JOICE E ZERO TRÊS SE ATACAM PUBLICAMENTE. E DELEGADO CONFIRMA: “BOLSONARO É UM VAGABUNDO”

A baixaria do PSL está ficando cada vez mais interessante. Que a plagiadora balofa é falsa como uma nota de três eu já sabia. Aliás, eu achava que ela era nota de 17. E essa história de “sem pau” precisa ser melhor explicada. Acho que o Dudu vai ter que “matar a cobra” (no caso, a Joice) e mostrar o pau.

A notícia é da revista Fórum:

Depois do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) publicar uma nota de R$ 3,00 com o rosto da deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) estampado foi a vez de aliados da ex-líder do governo no Congresso revidarem. Começou a circular uma nota de R$ 100,00 com o rosto de Eduardo, em referência à compra de votos que o presidente Jair Bolsonaro teria realizado em favor de Eduardo. Além disso, a nota traz a inscrição: “Sem pau”.

“Olha só mais um “presentinho” da milícia digital para mim. Anota aí: NÃO TENHO MEDO DA MILÍCIA, NEM DE ROBÔS! Meus seguidores são DE VERDADE, orgânicos. E não se esqueçam que eu sei quem vocês são e o que fizeram no verão passado”, publicou Joice ao ver a nota circular.

Em seguida, a tag #Bolsolão ganhou força nas redes sociais em referência às denúncias da ala bivarista do PSL de que o presidente teria comprado parlamentares para que eles assinassem lista em favor do filho 03. Bolsonaro queria ver Eduardo comandar a bancada do partido no lugar de Delegado Waldir (PSL-GO), aliado do presidente do PSL, Luciano Bivar.

Em entrevista, Waldir denunciou que o presidente da República segue articulando para colocar o filho, Eduardo Bolsonaro, no lugar dele. “A única finalidade do governo hoje é me derrubar da liderança do PSL. A traição vem de onde você menos espera”, revela o parlamentar, que promete que o partido agora pode atuar como oposição em algumas das propostas do Planalto. Na entrevista, o deputado repete o xingamento que fez em reunião fechada. “Eu não menti. Ele me traiu. Então, é vagabundo”, disse.

4 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *