JUSTIÇA EXTINGUE REPRESENTAÇÃO DE MATOGROSSO CONTRA MACETÃO POR SUPOSTA PROPAGANDA ELEITORAL ANTECIPADA

DSC00028-macetãoO juiz eleitoral da Comarca de Jales, Adílson Wagner Ballotti mandou ao arquivo morto a denúncia apresentada pelo ex-fogueteiro Lauro Figueiredo, o Matogrosso, contra o ex-vereador Luiz Henrique Viotto, o Macetão, por suposta propaganda eleitoral antecipada.

Para quem não se lembra, Matogrosso acusou Macetão de estar “pulverizando” a cidade com um cartão onde o ex-vereador, a pretexto de divulgar o número de seu celular – xxx11123 – estaria, na verdade, divulgando o número com o qual concorreria a uma cadeira na Câmara.

Macetão, na verdade, registrou sua candidatura com o número 11611, mas a questão do número nem chegou a ser analisada pelo juiz eleitoral. Segundo Ballotti, a legislação diz que o ajuizamento de denúncias como a de Matogrosso só pode ser feito por partidos políticos, coligações e candidatos.

E, como Matogrosso ainda nem era candidato, quando fez a denúncia…. Arquive-se!

Resumo: pelo menos por enquanto, o moço dos cabelos encaracolados conseguiu se livrar da vigorosa marcação do ex-lateral direito do Dom Bosco.

Em tempo: pelos mesmos motivos, a representação de Matogrosso contra o vereador Tiago Abra(PP) sobre o mesmo tema – propaganda antecipada –  teve o mesmo destino. 

8 comentários

  • HACHID

    ESSE MACETÃO -E UM FANFARRÃO.. MITIDO..

  • Eleitor indiguinado

    Esse Mato Grosso não tem o que fazer, tomara que o Macetão seja o mais votado de novo pra cala a boca dele. Agora até eu voto no Macetão.

  • Mato Grosso já esta começando a apreender a PERDER A PRÓXIMA DERROTA VAI SER NA ELEIÇÃO A VEREADOR.
    MATO GROSSO VAI PESCAR LAMBARI .
    QUE GOSTOSO É SENTIR SUAS DERROTADAS.

  • OLHA O TRÍPLEX
    O TRIPLEX DO GOLPE!

    Não é de hoje que o ex-presidente Lula enfrenta uma enxurrada de denúncias, calúnias e atitudes arbitrárias para tentar incriminá-lo a qualquer custo.
    Em março, quando foi conduzido coercitivamente, em uma ação absurda que o expôs como se fosse um criminoso declarou: “Eu já cansei, eu não tenho que provar que tenho apartamento, quem tem que provar é a imprensa que acusa, o Ministério Público que fala que eu tenho, a Polícia Federal que falou que eu tenho, eles que têm que apresentar documento de compra, pagamento de prestação, algum contrato assinado, porque se não tiver, eles terão que me dar de presente um apartamento e uma chácara, aí eu ganharei de graça essas cosias que eles falam que eu tenho.”
    Ontem, no final da tarde, foi divulgado o relatório final sobre o triplex. Foram indiciados a publicitária Nelci Warken (que admitiu ser a verdadeira dona de um tríplex no Condomínio Solaris, no Guarujá) e funcionários da Mossack Fonseca no Brasil. O ex-presidente Lula e seus familiares não foram indiciados.
    Ou seja, primeiro escolheram o culpado, depois tentaram encontrar um crime. Quem vai pagar por todas as calúnias proferidas contra o ex-presidente Lula e sua família? Cada vez fica mais evidente que tudo isto é parte do plano para retirar a presidenta Dilma do comando do país sem ela ter cometido qualquer crime. Tudo foi feito para viabilizar o golpe! ‪Lula 2018.

  • NOIS OUTRA VEZE agora Moro? Tríplex de Guarujá e sítio de Atibaia não são de Lula.

    Em uma só semana, caem por terra dois pilares da seletividade e da perseguição política, policial e judicial contra o ex-presidente Lula e sua família. A Polícia Federal, ao concluir o relatório das investigações sobre o tríplex do Guarujá (SP), não indiciou Lula e seus familiares. A informação foi divulgada no fim da tarde de ontem pelo juiz Sérgio Moro e é a comprovação do que Lula sempre afirmou desde o início das investigações: ele nunca foi dono do apartamento.

    De forma semelhante, a PF, ao tomar o depoimento do empresário Fernando Bittar na última quarta-feira (17), ouviu a declaração de que ele é o real proprietário do sítio em Atibaia (SP), outro imóvel que é foco de investigação contra o ex-presidente. Bittar afirmou ter adquirido a propriedade com recursos doados por seu pai e disse que fez reformas no local para conviver com a família do ex-presidente e para receber parte do acervo presidencial.
    Sobre o tríplex, a Polícia Federal – ao concluir a fase “Triplo X” da Operação Lava Jato, decidiu indiciar a publicitária Nelci Warken, que admitiu ser a verdadeira dona de um tríplex no Condomínio Solaris, no Guarujá, além de funcionários da Mossack Fonseca no Brasil. Além de Nelci, são arroladas Maria Mercedes Riaño (chefe do escritório da Mossack no Brasil), Luis Fernando Hernandez, Rodrigo Andrés Cuesta Hernandez, Ricardo Honório Neto e Renata Pereira Britto, que trabalhavam para a Mossack. Também é indiciado o empresário Ademir Auada, que intermediava negócios para a Mossack.
    Sítio de Atibaia – O empresário Fernando Bittar – que é sócio de Fábio Luís Lula da Silva, filho do ex-presidente – contou ainda em seu depoimento à PF – que a ideia de comprar o sítio surgiu numa reunião familiar entre ele, seus irmãos e o pai, Jacó Bittar – ex-prefeito petista de Campinas, amigo de Lula desde a década de 1970. A ideia era que eles pudessem se reunir e receber os amigos. O ex-presidente Lula, por sua vez, nunca escondeu que frequenta o sítio, que é de propriedade de amigos.
    No mesmo dia do depoimento de Bittar, os advogados do ex-presidente Lula, Cristiano Zanin Martins e Roberto Teixeira, emitiram nota à imprensa na qual afirmam que, com relação a outro depoimento (desta vez, prestado pelo empresário José Carlos Bumlai à Polícia Federal), a Operação Lava Jato “não pode ter qualquer dúvida” sobre a propriedade do Sítio de Atibaia.
    Segundo a defesa, “desde março, os investigadores dispõem de farta documentação fornecida pelos proprietários — Fernando Bittar e Jonas Suassuna — comprovando, dentre outras coisas, que eles adquiriram a propriedade com recursos próprios e pagaram com recursos próprios manutenção e reformas no local”. “A prova sobre a propriedade de um imóvel é documental, e já foi feita pelos donos do sítio”, pontuam.
    E agora Juiz Moro corrupto, comprado pelo PSDB, DEM e PMDB.

  • Fra

    Chupaaa….Mato-Grosso !!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *