LAUDO DA PF SOBRE EMPRESA DE LULA NÃO APONTA CORRUPÇÃO EM PALESTRAS

lula-cerveja02

Quanto às palestras contratadas por empresas investigadas pela Lava Jato, como Odebrecht, OAS, Andrade Gutierrez e Camargo Corrêa, que juntas representaram quase 30% dos rendimentos da LILS em cinco anos, o laudo da PF não levanta suspeitas. A notícia é do portal do Nassif, o GGN:

As reportagens sobre Lula ser o garoto propaganda da Itaipava são fruto de uma perícia técnica da Polícia Federal sobre as finanças da LILS, a empresa de palestras do ex-presidente. Os principais jornais decidiram focar em um e-mail em que é solicitado a Lula que fale bem da cerveja durante uma palestra contratada pelo fabricante Grupo Petrópolis, e marginalizaram o fato de a Lava Jato ainda não ter detectado irregularidades nos serviços prestados pela LILS.

O relatório assinado pelo perito criminal Ivan Roberto Ferreira Pinto e encaminhado ao delegado Luciano Flores de Lima foi feito com base na quebra de sigilo fiscal da LILS, acrescido de documentos apreendidos durante a Operação Aletheia, deflagrada há nove meses.

O trabalho da PF ressalta apenas uma situação administrativa possivelmente irregular sobre o uso da sede do Instituto Lula pela LILS, que deve ser analisada pela Receita Federal, e pede também a quebra de sigilo de três empresas que atuaram nas palestras só porque são de “pequeno porte”. Além disso, a PF quer apurar melhor um empréstimo de R$ 350 mil aos Demarchi, pois acha comprometedora a conexão da família com uma consultoria investigada pela Lava Jato e uma gráfica que atuou na campanha do PT em 2014.

Quanto às palestras contratadas por empresas investigadas pela Lava Jato, como Odebrecht, OAS, Andrade Gutierrez e Camargo Correa, que representaram quase 30% dos rendimentos da LILS em cinco anos, o laudo da PF não levanta suspeitas.

Apesar de fazer uma conexão entre as viagens internacionais de Lula pela LILS com encontros com presidentes de outros países e empresários brasileiros, o laudo apenas chama atenção para o fato de que a Odebrecht, sozinha, representa 10,5% dos lucros com palestras, mas esse índice pode ser ainda maior porque a empreiteira participou da organização de eventos no exterior e a PF ainda não pôde especificar os custos que foram divididos com outras instituições.

Segundo o laudo, entre 2011 e 2016, a LILS teria movimentado R$ 28 milhões. Lula, que tem sociedade com Paulo Okamoto neste negócio, ficou com pouco mais de R$ 2 milhões nesse período.

13 comentários

  • Bety Mary Christmas

    Cardoso aloprado, Vc só pode estar de brincadeira colocar essa foto desse moleque pilantra fazendo o que ele mais gosta.

  • BIGODAO

    Vira o disco Cardosinho!

  • De bem com a vida

    Cardosinho se vc não parar com estas notícias sobre o Lula pois quanto mais eles mexem menos eles acham os coxinhas vão infartar pois eles não acreditam em nada só acreditam nos deus deles Moro .

  • Mais uma do Lula

    Foi bom você publicar a notícia do laudo da PF para defender Lula.
    Porque a Folha golpista publica, hoje, que Gamecorp, empresa de Lulinha recebeu 103 milhões ou propinas “de presente ” das empresas Itaipava – 6 mi, Oi e Telemar – 82 mi e outras.
    Essas empresas deram essa grana a Lula. Porque será? E ainda, a Oi está quebrada pois pediu recuperação judicial e instalou uma antena no sítio de Lula.
    Gostaria de ter uma empresa assim mas eu não sou filho de Lula.
    Todos sabem (menos os petistas ) da onde vem o dinheiro mas logo o Cardozinho vai publicar que não vai virar nada pois Lula tem bons advogados com muito dinheiro.
    Se eu tivesse recebido esse dinheiro. Tava preso!

  • Mais uma do Lula

    Temos muita pena do Lula pois o triplex do Guarujá (não é dele), o sítio (é do amigo), o apartamento que mora, deve pagar aluguel, o seu Instituto, o terreno está sendo investigado assim como a empresa de Lulinha.
    Nunca, na historia do Brasil, um ex presidente foi tão perseguido pela polícia federal que ele criou.
    Ele não tem casa pra morar

  • julio arlatte

    Tem briga de galo, corrida de jumentos competiçoes de caes curió, corrida de galinhas e tudo mais no yotube. Eu desafio a qualquer hum, a mostrar um minuto que seja, de palestras desse sujeito em algum vídeo…

  • julio arlatte

    Essa foto é picaretagem feita recentemente a pedido dos advogados delle. Na verdade, o negocio delle não é cerveja, é cachaça mesmo.

  • OIA ELE TOMANDO A MARVADA SO KKKKKKKKK.

  • COXINHAS a vocês Aloprados, Moleques, Invejosos, Picaretas , Imbecis e Invejosos, que talvez mesmos estudados, coisa que eu duvido, devido suas poucas instruções em palavreados de escala inferior, como vossa pessoas, vou lhes mostrar quem é Lula 2018, a um bando de Otários que chamais chegarão, aos pés do futuro presidente do Brasil, tomando cerveja ou pinga, mesmo assim melhor que vocês de laias tão inferiores:::
    A segunda metade dos anos 1970 é caracterizada pela radicalização dos movimentos reivindicatórios da classe trabalhadora no Brasil.. Uma vez reprimida violentamente toda forma de oposição à ditadura, do movimento estudantil às organizações armadas, passando pela cassação de parlamentares e proibição de partidos, a atividade sindical vira uma espécie de ponta de lança da contestação, atraindo o entusiasmo e a solidariedade de militantes de esquerda que já não encontravam espaço para atuar em suas áreas de origem, da Igreja à Universidade. Entre 1978 e 1980, Lula comanda greves gerais que assumem proporções impensáveis, firmando-se como o maior nome da oposição no cenário político do país. Em 19 de abril de 1980, é preso e passa 31 dias na cadeia. Libertado, retoma a atividade sindical e política. Fundar um partido para conquistar espaço nas esferas decisórias, tanto no Executivo quanto na formulação de leis mais justas para os trabalhadores, torna-se uma meta, uma missão inevitável.
    Surge com Lula o maior e mais importante partido político da redemocratização. Concebido no cotidiano de lutas do movimento sindical, o PT é prontamente apoiado e influenciado por intelectuais, religiosos, artistas, estudantes e militantes egressos da luta armada. Lula é seu primeiro presidente. Em pouco mais de duas décadas, sua presença incisiva e quase onipresente como porta voz dos trabalhadores, e principal líder da oposição, deixaria marcas importantes no modelo de democracia instalado no país. Nesse período, foi provavelmente o principal articulador e incentivador da Central Única dos Trabalhadores, cuja diretoria não pôde integrar em razão da atividade política partidária; organizou um comitê supra-partidário em prol das eleições diretas e promoveu o primeiro grande comício das Diretas Já, ainda em 1983; foi o deputado federal mais votado do Brasil em 1986; atuou na formulação da Constituinte, garantindo a inclusão de direitos civis e sociais como o direito à greve, a licença-maternidade de 120 dias e a redução da jornada de trabalho de 48 para 44 horas semanais; e por muito pouco não foi eleito o primeiro presidente da República após 29 anos sem eleições diretas.
    Nos anos 1990, esteve à frente do Instituto Cidadania, no qual foram formuladas algumas das mais significativas políticas públicas implementadas na década seguinte, como o Fome Zero, e presidiu o PT na campanha pelo Impeachment de Collor e por ocasião da implementação de algumas das mais importante CPIs do período, como a que denunciou a violação do painel do Senado, em 1991, e o escândalo dos anões do Orçamento, em 1993. Ao longo dos oito anos de administração de Fernando Henrique Cardoso, fez oposição à política econômica recessiva, à manipulação do câmbio de modo a manter a moeda artificialmente forte, à compra de votos em troca da aprovação do projeto de lei que garantiu o direito à reeleição, em 1997, e à mal gestão do dinheiro público em programas como o Proer, de recuperação de instituições financeiras, e em privatizações de empresas como a Vale, leiloada por um preço bem abaixo do que de fato valia. Após três campanhas eleitorais frustradas, Lula foi finalmente eleito presidente da República em 27 de novembro de 2002.
    Lula é o primeiro operário a instalar-se como inquilino no Palácio do Alvorada. Seus dois governos são marcados principalmente pela implementação bem sucedida de programas de distribuição de renda, como o Bolsa Família, e de acesso dos mais pobres a linhas de crédito, salários mais altos, geração de empregos e melhor qualidade de vida em educação (Prouni, 14 universidades criadas…), moradia (Minha casa, minha vida), infra-estrutura e saneamento (Luz para Todos, Programa de Aceleração do Crescimento) e outros. A relação do governo com a população ganha uma outra qualidade, com a realização de mais de 70 conferências nacionais e a abertura sistemática do Palácio do Planalto a diferentes grupos da sociedade civil organizada. Reeleito para um segundo mandato, Lula realiza o feito inédito de eleger sua sucessora, Dilma Rousseff, e chega ao final do governo com recorde de popularidade: sua administração é aprovada por 87% da população em dezembro de 2010, diz o Ibope. As estatísticas de desemprego e de famílias abaixo da linha de pobreza são as menores desde o início dessas medições.
    E vocês coxinhas o que foram ou serão.?

  • COXINHAS a vocês Aloprados, Moleques, Invejosos, Picaretas , Imbecis e Invejosos, que talvez mesmos estudados, coisa que eu duvido, devido suas poucas instruções em palavreados de escala inferior, como vossa pessoas, vou lhes mostrar quem é Lula 2018, a um bando de Otários que chamais chegarão, aos pés do futuro presidente do Brasil, tomando cerveja ou pinga, mesmo assim melhor que vocês de laias tão inferiores:::

    1) Reduziu a inflação de 12,5% (2002) para 4,3% (2009) ao ano; a taxa média anual de inflação no governo Lula (6% ao ano) é menos da metade da que tivemos no governo FHC (12,5% ao ano);
    2) Aumentou o salário mínimo para o seu maior patamar em 40 anos, com um aumento real de 74% entre 2003/2010;
    3) Reduziu a relação dívida/PIB de 51,3% (2002) para 36% do PIB(2008);
    4) Acumulou um superávit comercial de US$ 252 Bilhões (2003/2010);
    5) Pagou toda a dívida com o FMI e com o Clube de Paris e o Brasil se tornou credor do FMI, algo inédito na história do país, para quem emprestou US$ 10 Bilhões; Hoje, a dívida externa líquida é negativa em US$ 65 bilhões;
    6) Reduziu o déficit público nominal de 4% do PIB (2002) para 1,9% do PIB (2008);
    7) Ampliou a capacidade de investimento do Estado; Os investimentos do governo federal e das estatais para 2009 estão previstos em R$ 90 Bilhões; Em 2010 eles estão programados para chegar a R$ 119 bilhões;
    8) Aumentou as exportações de US$ 60 Bilhões/ano (2002) para US$ 198 bilhões/ano (2008) acumulando um crescimento de 230% em 6 anos; Em 2010, as exportações deverão superar os US$ 200 bilhões, o que acontecerá pela primeira vez na história do Brasil.
    9) Aumentou as reservas internacionais líquidas de US$ 16 Bilhões (2002) para US$ 285 Bilhões (Novembro de 2010);
    10) Ampliou o Pronaf de R$ 2,5 Bilhões/ano (2002) para R$ 16 Bilhões/ano (2010);
    11) A concentração de renda e as desigualdades sociais diminuíram sensivelmente; o índice de Gini atingiu o menor patamar da História;
    12) Gerou 15 milhões de empregos formais entre 2003/2010;
    13) Reduziu o percentual da população brasileira que vive abaixo da linha de pobreza de 28% (2002) para 19% (2006), segundo o IPEA;
    14) Elevou os gastos sociais públicos para 21% do PIB;
    15) O BNDES emprestou R$ 137 Bilhões em 2009 para o setor produtivo, contra cerca de R$ 22 Bilhões em 2002;
    16) Fez o Brasil se tornar credor externo, com um saldo positivo de US$ 65 Bilhões, algo inédito na História do país;
    17) Criou programas sociais inclusivos, como o Bolsa-Família, ProUni, Brasil Sorridente, Farmácia Popular, Luz Para Todos, entre outros, que beneficiaram aos pobres e miseráveis e contribuíram para melhorar a distribuição de renda;
    18) Iniciou novas grandes obras de infra-estrutura (rodovias, ferrovias, usinas hidrelétricas, etc) financiadas tanto com recursos públicos como privados. Exemplos: Usinas do Rio Madeira, Transnordestina, Ferrovia Norte-Sul, recuperação das rodovias federais, duplicação de milhares de quilômetros de rodovias;
    19) Anulou portaria do governo FHC que proibia a construção de escolas técnicas federais e iniciou a construção de dezenas de novas unidades e que foram transformadas em Institutos Superiores de Educação Tecnológica (são 214 novas escolas técnicas federais construídas entre 2003/2010);
    20) Criou o Reuni, que iniciou um novo processo de expansão das universidades públicas, aumentando consideravelmente o número de universidades, de campus e de vagas nas mesmas;
    21) Os lucros do setor produtivo cresceram quase 200% no primeiro mandato em relação ao governo FHC;
    22) Fez o Estado voltar a atuar como importante investidor da economia. Exemplos disso: a criação da BrOI, que têm 49% do seu capital nas mãos do Estado; a compra e incorporação de bancos estaduais pelo Banco do Brasil (da Nossa Caixa, do Piauí, Santa Catarina e Espírito Santo) evitando que fossem privatizados; a participação da Petrobras em 2 grandes petroquímicas nacionais (a Braskem, com 30% do capital nas mãos da Petrobras; a Ultra, com 40% do capital nas mãos da Petrobras); o aumento da participação dos bancos públicos (BNDES, CEF, BB, BNB) no fornecimento de crédito para a economia do país;
    23) Elevou o volume de crédito na economia brasileira de cerca de 23% do PIB, em 2002, para 46% do PIB, em 2010;
    24) Criação do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) que prevê investimentos públicos e privados de R$ 646 Bilhões entre 2007/2010; até 2013 os investimentos previstos chegam a R$ 1,14 Trilhão;
    25) Reduziu a taxa de desemprego de 10,5% (Dezembro de 2002) para 6,8% (Dezembro de 2008);
    26) Reduziu os gastos públicos com pagamento de juros da dívida pública para 5,9% do PIB (em 2008), representando uma queda de cerca de 36% quando comparado com o segundo mandato de FHC.
    A inveja, incompetência do saber a realidade, a incapacidade e o ódio leva ao stress ao nervosismo exagerado e consequentemente ao enfarte. Cuidado seus Trouxas.
    Ia me esquecendo acho eu que o mais Imbecil, despreparado e otário é o Senhor MAIS UMA DO LULA.

  • COXINHAS a vocês Aloprados, Moleques, Invejosos, Picaretas , Imbecis e Invejosos, que talvez mesmos estudados, coisa que eu duvido, devido suas poucas instruções em palavreados de escala inferior, como vossa pessoas, vou lhes mostrar quem é Lula 2018, a um bando de Otários que chamais chegarão, aos pés do futuro presidente do Brasil, tomando cerveja ou pinga, mesmo assim melhor que vocês de laias tão inferiores:::
    Em sinal de respeito à sociedade brasileira, que merece receber informações corretas e verdadeiras, divulgamos a relação das empresas e instituições que, desde 2011, contrataram PALESTRAS do ex-presidente Lula no Brasil e no exterior por meio da empresa LILS Palestras e Eventos Ltda.
    Trata-se de uma atividade legítima, que Lula exerce legalmente desde que deixou a Presidência da República, a exemplo de outros ex-presidentes do Brasil e de outros países, e personalidades de destaque como esportistas, artistas, jornalistas, cientistas.
    De 2011 até hoje, Lula fez 70 palestras contratadas por 41 empresas e instituições, e foi remunerado de acordo com sua projeção internacional e recolhendo os devidos impostos.
    No mesmo período, o ex-presidente participou gratuitamente de mais de 200 conferências, palestras e encontros promovidos por sindicatos, movimentos sociais, partidos, governos e instituições multilaterais, no Brasil e no exterior, sempre em defesa dos interesses nacionais, da paz mundial, estimulando o combate à fome e à pobreza.
    Mesmo se tratando de contratos que preservam a privacidade das partes, julgamos necessária sua divulgação neste momento, para esclarecer distorções, manipulações e prejulgamentos em torno dessa atividade e das empresas contratantes, como vem ocorrendo por meio de reportagens, artigos e até editoriais na imprensa.
    As palestras de Lula foram contratadas por algumas das maiores e mais respeitadas empresas de vários setores econômicos, do Brasil e do mundo. Por exemplo: Microsoft, Itaú, Infoglobo, Santander, Ambev, Telefónica, Iberdrola e Telmex.
    O ex-presidente Lula e a empresa LILS solicitaram ao Ministério da Justiça, ao Ministério da Fazenda e à Procuradoria-Geral da República que apurem, na competência de cada instituição, as responsabilidades pela violação criminosa do sigilo bancário da LILS, violação que atinge não só um ex-presidente da República mas toda a sociedade brasileira.
    Desta forma, o ex-presidente Lula e o Instituto Lula estão certos de contribuir para o esclarecimento da verdade, a defesa do estado de direito democrático e a garantia dos direitos constitucionais de todos os cidadãos brasileiros.
    LISTA DAS EMPRESAS QUE CONTRATARAM PALESTRAS DE LULA ENTRE 2011 E 2015:
    • ABAD – Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores de Produtos Industriais
    • Associação de Bancos do México
    • Abras – Associação Brasileira de Supermercados
    • ALL América Latina Logística
    • Ambev
    • Andrade Gutierrez
    • Banco Santander
    • Bank of America
    • BBVA Bancomer
    • BTG Pactual
    • Camargo Corrêa
    • Centro de Estudos Estratégicos de Angola
    • CFELG – Centro de Formacion y Estudios en Liderazgo y Gestion (Colômbia)
    • Cumbre de Negócios (México)
    • Dufry do Brasil
    • Elektra
    • Endesa
    • Gás Natural Fenosa
    • Grupo Petrópolis
    • Helibrás
    • Iberdrola
    • IDEA (Argentina)
    • Infoglobo
    • Itaú BBA
    • LG
    • Lojas Americanas
    • Microsoft
    • Nestlé
    • OAS
    • GDF Suez Energy Latin America
    • Odebrecht
    • Pirelli
    • Queiroz Galvão
    • Quip
    • Revista Voto
    • Sinaval
    • Telmex
    • Telos Empreendimentos Culturais
    • Terra Networks
    • Tetra Pak
    • UTC
    COXINHAS IMBECIS, ta bom ou querem mais.

  • NOS COXINHAS FASCISTAS E GOLPISTAS PRECISAMOS MARCAR UMA NOVA DATA PARA A PRÓXIMA PASSEATA E BATEÇÃO DE PANELAS, PELOS MOTIVOS ABAIXO::::

    Temer decide cortar auxílio de trabalhadores afastados por doença

    Objetivo é cancelar 30% dos benefícios em vigor. Medida também vai interromper 150 mil aposentadorias por invalidez
    O governo de Michel Temer decidiu restringir o acesso e cancelar boa parte dos benefícios previdenciários por incapacidade, como o auxílio-doença e aposentadoria por invalidez. As mudanças, já em vigor, constam na Medida Provisória (MP) 739. A MP permite a realização de perícia médica para reavaliação de todos os segurados.
    Com isso, a expectativa da equipe de Temer é cortar cerca de 30% dos auxílios-doença, afetando mais de 250 mil dos 840 mil beneficiários em todo o país. No caso das aposentadorias por invalidez, a meta do governo interino é reduzir o benefício em 5%, índice que representa 150 mil, do total de 3 milhões de segurados. A economia de recursos pode ultrapassar os R$ 6,3 bilhões, segundo os cálculos oficiais.
    “Não existe esse índice de irregularidade nos benefícios previdenciários que justifique o cancelamento de 30% dos auxílios-doença, por exemplo. O que o governo está fazendo é retroceder em direitos sociais da população mais pobre”, aponta o advogado de Direito Previdenciário João Badari, sócio do escritório Aith, Badari e Luchin Advogados.
    Para acelerar a realização das perícias médicas, a MP criou uma bonificação para médicos peritos do INSS, com duração de 24 meses. Os peritos receberão R$ 60 por perícia realizada nas agências da Previdência Social. Na opinião de João Badari, é uma forma de incentivar os peritos a realizarem o maior número possível de reavaliações médicas. “Imagina, se um perito fizer 10 perícias em um dia, ele ganha R$ 600. Em um mês, vai receber R$ 12 mil pelo serviço. Será uma perícia mais precária, com pouco tempo para avaliar, o que deverá resultar no cancelamento do benefício para segurados e aposentados que não tem condições de retornar ao trabalho”, critica o advogado.
    A concessão de novos benefícios também passará a ter regras mais rígidas. Pela MP, “sempre que possível”, a concessão de auxílio-doença, judicial ou administrativa, deverá fixar o prazo estimado para a duração do benefício. Na ausência de fixação do prazo, o benefício será cortado após o prazo de 120 dias, contado da data de concessão ou de reativação. “Isso é uma aberração! As pessoas tem uma capacidade de recuperação diferente, de acordo com idade, sexo e condições físicas. Não pode haver corte automático sem que haja uma reavaliação médica. Como uma pessoa afastada para o tratamento de um câncer, por exemplo, vai saber que em 120 dias estará recuperada para voltar ao trabalho?”, questiona João Badari, advogado especialista em Direito Previdenciário. Ele prevê uma enxurrada de processos judiciais de segurados contra as novas medidas, o que deve reduzir a economia pretendida pelo Ministério da Fazenda.
    O governo Temer também pretende reavaliar cerca de 4,2 milhões de inscrições no Benefício de Prestação Continuada (BPC), concedido a idosos ou pessoas com deficiência com renda familiar per capita menor que R$ 220 por mês (um quarto do salário mínimo).
    ENTÃO AMIGOS COXINHAS NOVAS PASSEATAS E BATER PANELAS. KKKKKKKKKKKKKKK

  • BIGODAO

    Vixe este CARECA ficou louco só pode.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *