LAUDO FEITO A PEDIDO DA JUSTIÇA APONTA QUE ADÉLIO BISPO TEM DOENÇA MENTAL

Ressalte-se que este é o segundo laudo a apontar que Adélio vive em um mundo de delírios, mas o Palácio do Planalto está tentando desacreditar os especialistas.

Afinal, a constatação de que Adélio é maluco não serve à narrativa dos bolsominions que querem continuar acreditando em uma conspiração para matar o Bozo, comandada pelos comunistas do PSOL e do PT.

Nessa história, não é só o Adelio que sofre delírios. A notícia é do Extra:

Um laudo pericial feito à pedido da Justiça indicou que Adélio Bispo de Oliveira, autor da facada no presidente Jair Bolsonaro durante a campanha eleitoral, sofre de uma doença mental. De acordo com o documento obtido pela TV Globo, por causa da doença, Bispo não pode ser punido criminalmente pelo crime.

Segundo o laudo, Adélio Bispo sofre da doença chamada transtorno delirante permanente paranoide. O documento relata ainda que o autor da facada em Bolsonaro disse em entrevistas com psicólogos e psiquiatras que não cumpriu sua missão, e que saindo da cadeia iria matar o presidente.

Adélio está preso desde 6 de setembro de 2018, dia em que atacou à facada o então candidato do PSL à Presidência, em Juiz de Fora. Ele foi denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF) por atentado pessoal por inconformismo político. A Justiça Federal aceitou a denúncia e transformou Bispo em réu.

O laudo deve ser usado pela Justiça para decidir sobre um pedido de análise da sanidade mental de Adélio Bispo apresentado pela defesa. Caso o juiz entenda que o autor da facada não pode ser punido criminalmente, Adélio pode ser levado para um manicômio judicial.

4 comentários

  • É safado, cadeia nele.

    Ele rasga dinheiro ?, NÃO, porque foi encontrado com o mesmo mais de DEZ mil reais.
    Ele come BOSTA ?, NÃO, é pilantra, cadeia para este safado, se tem doença, porque ele não enfiou a faca em seu peito, independente se foi no presidente, viajou vários quilômetros, cadeia neste safado.

  • Ética Carpideira

    Segundo um documentário que circula pelo You Tube o atentado nunca existiu. Foi uma encenação feita com auxílio de militares que trabalhavam na segurança do candidato deles. Há quem acredite que Bolsonaro já tinha um câncer estomacal e precisava ser operado. Juntando o útil ao agradável fez-se a farsa que o elegeu.
    Há muitas farsas iguis na história. É só pesquizar

  • Thiago

    Dizem por aí que ele entrou no consultório do psiquiatra e gritou “Lula Livre”, imediatamente o médico emitiu o atestado confirmando a doença mental

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *