MACETÃO GANHA MAIS UMA

Parece que a fase do prefeito Humberto Parini não é das melhores. Como se sabe, com a intenção de mostrar ao vereador Macetão quem é que manda na cidade,  o prefeito “estimulou” o PMDB a entrar com uma “Ação de Perda de Cargo Eletivo por Desfiliação Partidária”, contra o ex-peemedebista. E o vereador, de seu lado, até como forma de defesa, também entrou com uma “Ação de Justificação de Desfiliação Partidária”, contra o PMDB, sob a alegação de perseguição pessoal.

Pois bem, como noticiamos ontem, o TRE julgou improcedente a Ação do PMDB contra o vereador. E, hoje, tivemos outra novidade: além de dizer que o vereador não cometeu a tal  infidelidade partidária, o Tribunal Regional Eleitoral julgou procedente a Ação de Macetão, o que, salvo melhor juízo, significa que os juízes do TRE entenderam que, realmente, houve algum tipo de perseguição contra o moço dos cabelos cacheados. 

E, por falar em cabelo, isso é o que podemos chamar de barba, cabelo e bigode.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *