MINISTRA DAMARES DEFENDE AULAS DE ABSTINÊNCIA SEXUAL NAS ESCOLAS

Deu no portal Terra:

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, defende que a educação sexual nas escolas inclua a abstinência sexual.

Para ela, ao adiar o momento da primeira da relação sexual, o jovem pode também evitar doenças como o HIV, por exemplo, e optar por um relacionamento com mais afeto.

Segundo a ministra, existe em curso no país uma “pressão social” para que as meninas afirmem ser bissexuais e que isso afeta a identidade e a saúde psicológica da criança, provocando até tentativas de suicídio. Ela disse também que filhos de homossexuais não podem ser discriminados.

Em entrevista à BBC News Brasil, durante sua visita a Buenos Aires para reuniões de trabalho, Damares disse que ela mesma forma uma família atípica por ser uma mãe divorciada, mas pretende casar e até cogita entrar em aplicativo de relacionamentos. “Eu até já tirei a foto para ir para o Tinder. Cortei cabelo.”

Damares disse ter se tornado alvo no início do governo em meio a uma ofensiva para enfraquecer o presidente Jair Bolsonaro, e acabou tachada de “ministra maluca” a cada declaração.

Entre suas opiniões que mais viralizaram estão suas críticas à campanha feita por internautas para que a personagem Elza, do desenho animado Frozen, se torne lésbica na sequência. A ministra estende as críticas a diversas animações, como Pica-Pau e Popeye. “Tratavam a Olívia como objeto”.

4 comentários

  • RAPIZODIA

    Alguém que tiver acesso, por favor, peça prá essa senhora calar a boca, deixar o ministério e voltar prá seus afazeres anteriores. O ministério que o Presidente montou é uma verdadeira cocheira, lotada de burros e asnos e também um pequeno zoo com muitas antas, que inclui ele, seu astrólogo e matilha de filhotes. Ainda no assunto principal da matéria, essa senhora é uma quadrúpede ruminante, onde o Bolsonaro encontrou essa daí. Ministra de Estado!? Onde vamos chegar com gente com este perfil intelectual!? Assusto em saber que dava palestras e cultos em igrejas! Meu senhor tenha misericórdia, o Brasil não merecia isso! É sério amigos que seguiram Bolsonaro, vocês nos meteram no maior inferno político da história brasileira. Que Deus os perdoe!

  • RAPIZODIA

    Em tempo, me corrijo quanto ao professor Marco Antônio Vila, que foi afastado do jornal da Jovem Pan, acabei de ouvi-lo em outro contexto no opinião nacional desta semana. O cara traçou um panorama político do Brasil atual, fora a sua crítica contumaz de sempre, foi perfeito na explanação, indico a quem possa interessar.

  • RAPIZODIA

    Ah! Como a Damares resolveu buscar toda a literatura dos quadrinhos e desenhos animados, queria sugerir o Brucutu, que era um sujeito da idade das pedras que arrastava a mulher dele pelos cabelos. Nossa! Puro machismo, como nós crianças não crescemos traumatizadas!? Uma surpresa!

  • Ministra e sua ingenuidade

    Existem pesquisas que informam que jovens pré adolecentes estão iniciando a sua vida sexual muito cedo. Meninas de 12 a 14 anos já estão iniciando a vida sexual. Isso acarreta doenças venéreas, gravidez indesejada, abortos, problemas psicológicos, mães solteiras, etc a estas crianças.
    Ao incluir a abstinência sexual nas escolas, certamente ela quer que uma criança adie a sua entrada na vida sexual e tenha um relacionamento com mais afeto.
    Eu desconheço que existe em curso no país uma “pressão social” para que as meninas afirmem ser bissexuais. Não sei da onde ela tirou isso?
    Ela está certa de que filhos de homossexuais não podem ser discriminados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *