NOVIDADES DO TWITTER: FILHO DE BOLSONARO XINGA DESAFETO DE “CORNO”

Deu no DCM:

Num bate-boca no Twitter, Carlos Bolsonaro postou o seguinte:

O corno do @pecesiqueira espalhando fakenews dizendo que os outros é que seriam cornos!

A revolta do filho de Jair Bolsonaro é com uma conversa entre o YouTuber PC Siqueira e a jornalista Patrícia Lélis, ex-namorada de Eduardo Bolsonaro. Patrícia disse ao vlogueiro que “nós mulheres merecemos muito mais do que um homem idiota, babaca, com mentalidade de uma criança e com um micropenis!”, referindo-se ao Eduardo.

O irmão pitbull não deixou passar. Carlos xingou PC e disse que eles compram armas pra “compensar no tamanho”. A baixaria no Twitter rendeu alguns memes.

Felipe Neto, um dos maiores YouTubers do Brasil e pioneiro na plataforma de vídeos com PC Sigueira, postou o seguinte sobre a briga:

Mano, o FILHO DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA (@CarlosBolsonaro) postou publicamente chamando o @pecesiqueira de corno. Elegemos uma turma de quinto ano do ensino fundamental pra comandar o país. Aliás o Carlos Bolsonaro é uma versão menos bonita e q pega menos mulher que o Thammy.

Pois é.

2 comentários

  • Bostonaro

    O nome dos bozos é FRUSTRAÇÃO. Pai,Bibi pai e bobi filho

  • Os filhos de presidente!!!!!

    Parece que os filhos de Bolsonaro darão muito trabalho ao presidente pois vivem se metendo em confusão principalmente com a denuncia da COAF de seu ex assessor. Agora, temos esse barraco!
    Luiz Claudio, o filho de Lula é réu, no processo da Operação Zelotes que apura irregularidades na compra de caças suecos durante o governo Dilma, pelos crimes de tráfico de influência, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Procuradoria pediu bloqueio de R$ 24 milhões de Lula e do filho.
    Palocci denunciou Luiz Claudio de que recebeu propina de 2,5 milhões, em função das alterações de uma Medida Provisória (MP) editada por seu pai em 2009, quando este ainda era presidente da República.
    A empresa Gamecorp, que pertencia a Lulinha, outro filho de Lula, recebeu ao menos R$ 103 milhões, de acordo com laudo elaborado na Operação Lava Jato. A cervejaria Petrópolis e empresas ligadas à Oi são os principais remetentes desses recursos.
    Parece que os filhos de Lula gostavam de receber propinas porem de agora para frente vamos ver se os filhos de Bolsonaro gostam de que?
    Se forem barraqueiros, está bom!
    kkkkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *