PARA ESPECIALISTAS, REFORMA DA PREVIDÊNCIA NÃO TEM PREOCUPAÇÃO SOCIAL

Deu no portal MSN:

Especialistas em direito previdenciário afirmam que a proposta da reforma da Previdência, entregue pelo presidente Jair Bolsonaro ao Congresso Nacional nesta quarta-feira, 20, tem cunho apenas econômico, sem preocupação social. “Ela foi feita puramente por economistas, foi focada no critério econômico”, analisa a presidente do Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário (IBDP), Adriane Bramante.

O advogado especialista em direito previdenciário Erick Magalhães ressalta o ponto de Adriane e afirma que “a reforma da previdência proposta pelo Governo certamente agradou ao mercado financeiro, já que atende aos anseios econômicos” mas não é socialmente justa porque se distancia de uma realidade alcançável.

Para Magalhães, o Governo Federal não encontrou um “ponto de equilíbrio” no texto entre a expectativa de vida, o tempo de desemprego e as condições econômicas de um país subdesenvolvido e “apenas uma minoria elitizada continuará a conseguir a aposentadoria”.

Além disso, ele analisa que o texto acentuará as desigualdades sociais “já que muitas pessoas de classes econômicas de baixa renda dificilmente conseguirão cumprir com os requisitos”. Adriane, presidente do IBDP afirma que a proposta é mais dura do que a apresentada pelo governo Temer e “pega” todo mundo, “até quem está próximo da aposentadoria”.

O especialista em Direito Previdenciário João Badari afirma, também, que a proposta é mais rígida do que a anterior e aponta os problemas sociais nela. “A proposta do governo é um retrocesso social (…) Caso seja aprovada a fixação da idade mínima em 65 anos para homens e 62 para mulheres, o trabalhador terá que contribuir por cerca de 50, 40 anos até conseguir atingir o direito de se aposentar”, avalia e alega que os mais pobres serão os mais prejudicados.

Já a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), em nota oficial divulgada pela assessoria, posicionou-se favorável à proposta e afirmou que “o aumento da expectativa de vida da população brasileira e a queda na taxa de natalidade, aliada ao crescente déficit na conta da previdência, tornam a reforma necessária e urgente para garantir a sustentabilidade do sistema para os futuros aposentados”.

Para a entidade, adiar a reforma “é um retrocesso para a economia brasileira, empurrando o problema para frente, uma vez que, com o envelhecimento da população brasileira, as aposentadorias futuras poderão ficar comprometidas”.

16 comentários

  • Eu,

    Previdência, Previdência, no final do fritar dos ovos é o pobre que acaba pagando a conta, Se nós vivemos com 950,00, porque não cortar a metade desses políticos ? ???????????????????

  • Rodolfo Andrello

    Os argumentos oposicionistas podem convencer pessoas, mas não tem nenhum poder sobre a matemática. Gostem ao não, recursos são escassos.

  • Eles não quiseram a reforma

    A Previdência está quebrada a vários governos que não quiseram resolver o problema. Lula se omitiu em não fazer a reforma para não perder a popularidade.
    O PT não deixou Dilma fazer a reforma para não arrumar briga com a Cut.
    Temer tentou mas a oposição não deixou.
    Agora bolsonaro não tem outra alternativa.
    Diante deste rombo, a única alternativa foi entregar a solução para os economistas e não, aos advogados previdenciários.
    Problemas sociais teriamos se a Previdência não ter mais dinheiro para pagar os aposentados.
    Isto seria o caos!

  • Luciano Huck

    Previdência—-meus amigos acima existe dois textos creio eu, escrito pelos dedos de dois limitados, defendendo a Reforma da Previdência, ao mesmo tempo tenho a absoluta certeza que os mesmos ( limitados ), não leram, e nem se propuseram a ler para poder dar uma opinião correta sobre o assunto, que como sempre vai prejudicar em muito os trabalhadores brasileiros, como por exemplo: De acordo com o que o governo já havia anunciado na semana passada, a proposta prevê uma idade mínima de aposentadoria de 65 anos para homens e de 62 para mulheres, a ser aplicada após 12 anos de transição. Além disso, os beneficiários terão de contribuir por, no mínimo, 20 anos.
    Pensando nisto eu humildemente gostaria que os dois limitados, se propusessem a dar uma olha nas mudanças para depois sim com toda clareza tomasse uma verdadeira opinião e não já de inicio começar a puxar o saco do governo dos Laranjais.
    Vejam como vai ficar caro para o governo aprovar a Reforma:—–A reforma da Previdência já tem preço: R$ 10 milhões por deputado. É o dinheiro que cada um terá à sua disposição para despejar em obras e repasses federais de seu interesse. A revelação é do colunista Bernardo Mello Franco em seu blog. Mas o preço será ainda maior para o governo tentar aprovar sua reforma. Haverá distribuição de cargos de segundo e terceiro escalão. “Apesar do discurso oficial contra o ‘toma lá, dá cá’, a Casa Civil tem indicado disposição de negociar”, informou Franco. A porteira está aberta.
    A quota de R$ 10 milhões é para parlamentares reeleitos. Os iniciantes terão que se contentar com R$ 7,5 milhões. A conta, no total, poderá superar os R$ 500 milhões, sem contar as nomeações. A interrogação sobre as nomeações é se elas obedecerão a praxe estabelecida pelo esquema do clã Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Rio, coordenado por Fabrício Queiroz, de arrecadação de parte das remunerações dos nomeados para compor o caixa da família de Jair, Flávio, Eduardo e Carlos. ( os lideres da milicia do Rio de Janeiro ).
    O cenário na cúpula do governo ontem, era quase de desolação: “Depois da eleição, o ministro Paulo Guedes disse que bastaria dar uma “prensa” no Congresso para aprovar a reforma da Previdência. Se alguém no governo ainda acreditava nisso, ontem foi o dia de cair na real”, escreveu Franco.
    “O projeto entregue por Jair Bolsonaro foi recebido com frieza”, acrescentou o jornalista, indicando que o centrão está afiando as facas: “Parlamentares da bancada governista deixaram claro que vão aproveitar o momento para forçar um acerto de contas com o Planalto”.
    “Nas palavras de um senador tucano, o presidente pensou que conseguiria tratar o Congresso como um quartel. Agora será pressionado a dividir poder, fazer concessões e reabrir o balcão de negócios”. Assim caminhará a reforma e o governo na selva parlamentar.
    Ilimitados pesquisem.

  • Luciano Huck

    Ilimitados de uma olhadinha, como vai ser excelente a mudança da Previdência, esses são os principais itens, como bem já informou no seu Blog o jornalista Cardosinho:

    Os principais pontos da reforma são:
    *****Idade para se aposentar será de 62 e 65 anos
    *****Contribuição mínima será de 20 anos
    *****Trabalhador levará 40 anos para chegar a 100% do benefício
    *****Idade mínima para professores será de 60 anos
    *****Aposentado que trabalha perderá direito a FGTS e a multa de 40%
    *****Abono inicial de idoso pobre cai de R$ 998 para R$ 400
    *****Aposentadoria por invalidez: 100% só se tiver relação com o trabalho
    *****Contribuição de área pública e privada é unificada
    *****Regra de transição prevê três opções
    *****Aposentadoria de parlamentar será de R$ 5.839
    *****Pensão por morte poderá ser inferior ao mínimo
    *****Abono do PIS só para quem ganha até 1 mínimo
    *****Estados deficitários terão de aumentar alíquotas

  • Luciano Huck

    ILIMITADOS———-por favor leia e assista o que disse Bolsonaro sobre a Reforma da Presidência, no Primeiro texto acima, com o titulo: DURANTE CAMPANHA BOLSONARO DIZIA QUE APOSENTADORIA AOS 65 ANOS ERA ” FALTA DE HUMANIDADE ”
    IGNORANTES OS DOIS E O PRESIDENTE.

  • Eles não quiseram a reforma (2)

    Diante da omissão dos governos passados, a dívida chegou ao nível que temos que fazer uma reforma aina este ano que prejudicará muita gente.
    Sem dúvida nenhuma!
    Se não fizemos a reforma chegaremos ao momento que não teremos dinheiro para pagar os aposentados
    Aí a bomba cairá no colo de bolsonaro.
    Nao temos tempo mais para dizer se somos contra ou a favor.
    Essa fase passou.

  • eu

    RODOLFO AN……….. surgiu outro Laranjal na vida do Bolsomerda .

    RIO – A menos de 48 horas da eleição, mais de 10 milhões de santinhos , folders e praguinhas foram adquiridos por duas candidatas do PSL a deputada estadual no Ceará e em Pernambuco. O partido, envolvido numa polêmica sobre possíveis candidaturas laranjas, ainda destinou a poucos dias do primeiro turno R$ 268 mil, montante que mal parou nas contas de campanha de Gislani Maia e Mariana Nunes, que gastaram praticamente todo o valor recebido em gráficas entre os dias 5 e 6 de outubro.

    *****Gislani foi a única mulher a receber dinheiro do PSL no Ceará, embora o partido tenha tido outras 18 candidaturas femininas no estado. Além dela, apenas Heitor Freire, presidente da sigla no estado, foi beneficiado com recursos partidários. Freire foi eleito deputado federal e apresentou gastos de campanha de R$ 64,2 mil, menos da metade de Gislani.

    *****Mariana Nunes é outra candidata a movimentar grandes montantes de recursos às vésperas do primeiro turno. Apesar de ter obtido apenas 1.741 votos — ficando no 189º lugar na disputa por uma vaga na Assembleia Legislativa de Pernambuco — ela teve recursos dignos de uma campeã de votos. Sua campanha custou R$ 127.860, segundo a prestação de contas entregue à Justiça Eleitoral — mais do que líderes de votos do partido, como Janaína Paschoal (PSL-SP), deputada estadual mais votada da história do Brasil, que gastou R$ 58,4 mil
    O preço da laranja esta caindo dia a dia, vamos aproveitar.

  • Rodolfo Andrello

    Aos prezados amigos que mencionaram meus comentários meus sinceros agradecimentos, vocês demonstraram exatamente o que defendi, que por mais que se grite, chore ou cortem os pulsos, seus argumentos podem convencer pessoas, mas são absolutamente irrelevantes ante a matemática. Quanto ao Bolsonaro, em quem eu não votei, se ele for processado e preso, tanto melhor. Ninguém me verá fazer campanhas pedindo nobel da paz ou indo pras ruas pra pedir sua liberdade… muito pelo contrário. Mesmo assim, o problema do PSL ter usado laranjas na campanha não é um bom argumento contra a matemática da previdência. Aqui vai um entre uma longa lista de exemplos: Apenas em 2016, a Previdência rural teve déficit de R$ 105 bilhões. Quer vocês prendam Bolsonaro, quer vocês soltem lula, quer vocês cortem os pulsos, a matemática continuará a ignorar sumariamente vosso desespero.

  • Marreta

    Eles não quiserem a reforma ( 2 ) tinha certeza absoluta que um dos LIMITADOS ou ILIMITADOS era o mesmo barriga verde e incompetente de sempre, que só gosta de discutir sozinho pois falta lhe argumentos , pois o mesmo é um inapto e incapaz, por isso mesmo esta concordando com as mudanças da Previdência , sem saber quais são as mesmas.
    Então seu barriga verde vou lhe mostrar, como já fiz acima as principais mudanças da Previdência::::::::
    *****Idade para se aposentar será de 62 e 65 anos
    *****Contribuição mínima será de 20 anos
    *****Trabalhador levará 40 anos para chegar a 100% do benefício
    *****Idade mínima para professores será de 60 anos
    *****Aposentado que trabalha perderá direito a FGTS e a multa de 40%
    *****Abono inicial de idoso pobre cai de R$ 998 para R$ 400
    *****Aposentadoria por invalidez: 100% só se tiver relação com o trabalho
    *****Contribuição de área pública e privada é unificada
    *****Regra de transição prevê três opções
    *****Aposentadoria de parlamentar será de R$ 5.839
    *****Pensão por morte poderá ser inferior ao mínimo
    *****Abono do PIS só para quem ganha até 1 mínimo
    *****Estados deficitários terão de aumentar alíquotas
    Agora apesar de gostar de discutir sozinho me responda:
    1. Quais foram as omissões dos outros governos?
    2.Qual o valor da divida da Previdência? Se é que a mesma existe?
    Vou lhe mostrar algo impressionante que só os inteligentes sabe, ao pesquisar:
    OS MAIORES DEVEDORES DA PREVIDÊNCIA:
    ***Varig – Dívida de R$ 3,891 bilhões.
    ***JBS – R$ 2,395 bilhões.
    ***Vasp – R$ 1,916 bilhão.
    ***Associação Educacional Luterana do Brasil – R$ 1,783 bilhão.
    ***Transbrasil – R$ 1,319 bilhão.
    ***Marfrig – R$ 1,162 bilhão.
    ***Instituto Candango de Solidariedade – R$ 851 milhões.
    ***Rede Globo – 761 bilhões
    ***E o Bradesco-Itaú, Banco do Brasil,Caixa Econômica e Santander devem juntos 1,3 Bilhão
    E sua senhoria acha correto , honesto, leal, digno, íntegro. etc…. os 95% da população que ganha entre 1 a 5 salários mínimos pagar essa divida, com seu suor ?
    O correto não é o governo cobrar os devedores?
    Responda, estas perguntas, troca uma ideia comigo sobre estes assuntos? Tem capacidade para isso? ou prefere discutir sozinho? kkkkkkkkkkkkkkkkkkk ahahahahahahahahahah.

  • Marrreta

    Rdolfo Andrello concordo com você na maioria dos pontos, mas acabei de escrever um texto a um ignorante ( não você), de uma lida e verá minhas ideias., no qual eu mostro quem deve pagar , quanto eles devem, quem deve pagar, quem não deve pagar e mostrei também entre linhas que de acordo com a Constituição eu tenho direito de grita, de falar, e tentar com outros fazer um movimento para que as reformas não passem nas Câmaras e tenho certeza que apesar de correr muito dinheiro para a compra de votos isso não passa, pois ontem mesmo os policiais civis, bombeiros e mais alguma associações já invadira a Câmara dos Deputados Federais.
    Obrigado.
    Coloquei o pseudônimo de Marreta.

  • Marreta

    Mudando de Assunto.:::::

    Irmã de milicianos assinou cheques de campanha de Flávio Bolsonaro, diz revista
    Valdenice Meliga era lotada no gabinete do então deputado na Alerj e recebeu procuração dele para liberar gastos eleitorais.
    RIO – Além de ter empregado em seu gabinete na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) a mãe e a mulher do chefe do grupo de milicianos conhecido como Grupo de Milicianos , o senador e ex-deputado estadual Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) entregou suas contas de campanha para o Senado à irmã de outros dois criminosos . Valdenice de Oliveira Meliga, que era lotada no gabinete de Flávio na Alerj , assinou cheques de despesas de campanha em nome dele, segundo reportagem publicada pela revista “Isto É”. Ela é irmã de Alan e Alex Rodrigues de Oliveira, presos, em agosto do ano passado, na operação Quarto Elemento , do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e do Ministério Público do Rio de Janeiro.
    A revista teve acesso a dois cheques assinados por Valdenice, em nome da campanha de Flávio: um de R$ 3,5 mil e outro de R$ 5 mil. Dona de uma produtora de eventos, a Me Liga Produções e Eventos, Valdenice foi uma das pessoas a quem Flávio deu procuração para administrar os gastos de campanha, de acordo com documento enviado à Justiça Eleitoral.
    Os irmãos, Alan e Alex, chegaram a participar de atos de campanha do senador, antes da prisão. Em foto publicada no perfil de Flávio no Instagram, em outubro de 2017, o então deputado estadual aparece ao lado dos irmãos Alan, Valdenice e Alex, e do pai, Jair Bolsonaro, com a seguinte mensagem: “Parabéns Alan e Alex pelo aniversário. Essa família é nota mil!!!”
    Logo após a prisão de Alan e Alex, Flávio enviou uma nota ao jornal “O Estado de S.Paulo” em que afirmava que: “Eles são irmãos da Valdenice, que é um dos pilares do nosso trabalho de política aqui no Rio. Mas os irmãos dela não trabalham comigo. De vez em quando aparecem (nas agendas), mas não têm vínculo nenhum comigo”.
    Além da atuação da irmã dos milicianos como tesoureira da campanha de Flávio, outra funcionária do gabinete de Flávio Bolsonaro na Alerj exerceu a função de primeira-tesoureira do PSL no Rio. Alessandra Cristina Ferreira de Oliveira fez, por meio de sua empresa, a Alê Soluções e Eventos Ltda, a contabilidade de 42 campanhas eleitorais do partido no estado.
    Um dos cheques assinados por Valdenice, aos quais a “Isto É” teve acesso, no valor de R$ 5 mil, era destinado justamente à empresa de Alessandra. Desta forma, a responsável por distribuir os recursos do partido, recebia de volta parte desse dinheiro, como pagamento pelos serviços de contabilidade prestados por sua empresa. De acordo com a revista, ao todo, Alessandra recebeu R$ 55 mil das campanhas do PSL, cobrando valor entre R$ 750 e R$ 5 mil de cada candidato.
    Conclusão Bolsonaro e Flávio são os lideres das Laranjas e da Milicia carioca.

  • Enfermeiro cubano

    QUAL A DIFERENÇA DA APOSENTADORIA PELA PREVIDÊNCIA E A DE BOLSONARO.

    Bolsonaro é aposentado desde os 33 anos de idade.
    .
    Bolsonaro não é a melhor pessoa para defender a reforma das aposentadorias.
    No passado, ele ajudou a sabotar as mudanças que teriam ajudado a melhorar nossas contas. Mas ele próprio é beneficiário de mamatas.
    São legais, mas são mamatas.
    Deveria dar o exemplo – e cortar seus privilégios.
    Ele se aposentou aos 33 anos – isso mesmo, 33 anos – quando deixou o Exército, depois de 15 anos de serviço.
    Valor: quase R$ 10 mil
    Como ex-deputado, tem direito a uma aposentadoria de mais R$ 27 mil.
    Na condição de presidente, tem um salário de R$ 30 mil.
    Sua história ajuda a explicar o quadro calamitoso das contas da previdência.
    Daria um bom exemplo se, pelo menos, cortasse parte de suas aposentadorias.

  • Enfermeiro cubano

    Quanto o sapo barbudo leva $$$$$$$ hoje eu imagino que é o mesmo da Dilma, do Collor, do FHC etc……..e uma ou outra vez sua Ehefrau, esse é o beneficio a mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *