PARINI E A HEGEMONIA TUCANA

O prefeito Parini parece ter acordado mau humorado nesta manhã chuvosa de quarta-feira. Em entrevista ao Antena Ligada, ele atacou o PSDB, usando palavras como engodo, estelionato eleitoral, fraude, etc. Se eu entendi bem, Parini chegou a chamar o ex-governador Alberto Goldman de mentiroso. Tudo por conta da duplicação da Euclides da Cunha, que o ex-governador  – durante a inauguração do Hospital de Câncer – teria prometido começar ainda em 2010.

Parini começou a entrevista atacando o ex-prefeito de Votuporanga, atualmente deputado estadual, Carlão Pignatari. Na opinião do nosso prefeito, Carlão teria experiência suficiente para não se deixar enganar por ninguém. Como se sabe, na sexta-feira passada, durante evento em Jales, Carlão disse que muita gente foi enganada pela antiga direção do DER nessa história da duplicação, inclusive o ex-governador Goldman.

Provavelmente, irritado porque Carlão classificou de BURRICE uma possível paralisação da rodovia, idéia concebida no gabinete de Parini, o nosso prefeito garantiu que os tucanos – Carlão à frente – ao atribuir culpas ao DER, estariam apenas procurando um culpado para a fraude eleitoral praticada pelo PSDB.

Depois, o nosso prefeito reclamou da hegemonia do PSDB em nossa região, e conclamou nossa população a acordar para a realidade. Segundo ele, os eleitores desta região do Estado – inclusive os de Jales, onde a votação  dos tucanos ficou bem acima da média estadual –  poderiam ter levado a eleição do ano passado ao segundo turno, se não tivessem votado em peso em Geraldo Alckmim prá governador.

Talvez fosse a hora de o próprio Parini acordar. Afinal de contas, ele mesmo pediu votos para o PSDB, conforme se pode ver na foto aí do lado, onde a residência do casal Parini aparece enfeitada com cartazes da candidata tucana Analice Fernandes. Que autoridade o nosso prefeito tem prá falar que o povo está sendo enganado, se ele próprio contribuiu prá isso? E que autoridade o nosso prefeito tem para criticar o PSDB, se as maiores conquistas da sua administração – Hospital de Câncer, Fatec, Estrada do Café – só foram possíveis graças aos recursos disponibilizados pelo governo estadual?

Talvez fosse a hora de o prefeito Parini fazer uma reflexão sobre os motivos que levaram a população de Jales – administrada pelo PT – a dar uma votação tão expressiva ao PSDB. Se fizesse uma análise sincera, o prefeito iria perceber que, muito menos do que as promessas de duplicação da Euclides da Cunha, o que influenciou o voto nos tucanos pode ter sido o descontentamento com sua administração. Mas, cá entre nós, pedir que o nosso prefeito faça uma autocrítica sincera, aí também já é querer demais.

3 comentários

  • Paulo Reis Aruca

    Parini… Analise sincera… UTOPIA

  • Ester

    Parini, por favor né??? Quem não sabe que todo final de mandato as coisas enrolam? E que a burocracia no Brasil é o principal motivo que segura o desenvolvimento? Senhor prefeito, quer cobrar o que do PSDB ??? Não gostou da fala do deputado Carlão, foi?. Também divido a mesma opinião dele. Essa paralisação só prejudicaria ainda mais nossa gente… Agora nossa região tem a quem recorrer e grita por nós, mesmo que atinja diretamente alguns políticos. Ele está lutando pela maioria e não por essa minoria de sindicalistas que querem fazer bagunça. Aprenda fazer politica e melhora nossa cidade.

  • Carioca

    E quem é o Parini pra falar de obra inacabada????? Dá uma olhada em volta.Quero ver o que ele vai dizer na cara do secretário saulo hoje à tarde. E mais: quero saber com que cara ele vai ficar quando o secretário disser que a obrfa vai começar em uma mes.

Deixe uma resposta para Ester Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *