PAULO GUEDES VIRA PIADA EM GRUPOS DE WATHSAPP DE ANALISTAS E INVESTIDORES DO MERCADO FINANCEIRO

A lua de mel entre o falastrão e o mercado financeiro parece perto do fim. Deu no portal da revista Fórum:

O ministro da Economia, Paulo Guedes, um dos principais cabos eleitorais do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido-RJ) durante a campanha de 2018, entre analistas e investidores do mercado financeiro, agora virou motivo de piada entre eles.

De acordo com informações da coluna de Fábio Alves no Estadão, circulam mensagens nem um pouco abonadoras ao ministro em grupos de WatsApp de economistas e investidores.

Em uma delas, uma figurinha de Guedes com o dedo indicador em riste e um leve sorriso no rosto, traz a legenda: “Semana que Vem”, numa alusão ao histórico do ministro de prometer entregar propostas da agenda econômica sempre para um futuro próximo.

Outro meme mostra um posto Ipiranga em chamas, numa referência ao fato de que o mercado deixou de acreditar que Bolsonaro ainda dá a Guedes carta branca para resolver e decidir todos os assuntos da área econômica. Durante a campanha presidencial Guedes era chamado de “Posto Ipiranga” pelo agora presidente.

2 comentários

  • sao queiroz, deposita 89 000 00 pra nos.

    paulo guedes, mas pode me chamar de ROLANDO LERO

  • Por causa do impeachment, Bolso vendeu o governo!

    O ministro Guedes está com a credibilidade mais do que arranhada. Talvez até não seja por culpa dele, mas por ação de seu chefe o Presidente da Republica.
    Ele vendeu o seu governo para os partidos do Centrão que querem gastar. Como outros presidentes fizeram. Certamente o Bolsonaro viu o seu impeachment “rondar” o seu governo.
    Quem manda nas verbas publicas são os partidos apoiadores que cobram verbas publicas do presidente para dar apoio. O congresso impõe sua vontade. Não, do ministro!
    Entretanto, qualquer Ministro da Economia anterior, que tivesse um tratamento tão desprezível como ele tem tido do Bolsonaro. Esse Ministro já teria pedido demissão.
    Não o fazendo. Ele deslustra sua biografia ao mesmo tempo que joga a todos nós brasileiros num mundo desconhecido. Não sabemos o que será de nós, em 2021. Seja pobre, classe media ou alta classe. Todos no mesmo buraco cavado por Bolsonaro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *