PESQUISAS: LULA VENCE EM TODOS OS CENÁRIOS. E DILMA É FAVORITA PARA O SENADO EM MINAS GERAIS

A ex-presidente Dilma Rousseff – que nasceu em Minas Gerais, mas mora no Rio Grande do Sul – foi a mais lembrada para o Senado, em pesquisa realizada pelo Instituto Quaest, que entrevistou 2.200 eleitores em 189 municípios mineiros. Ela aparece à frente dos atuais senadores Aécio Neves(PSDB) e Zezé Perrela(SD). Mas vamos à notícia do Brasil 247 sobre a pesquisa presidencial da CNT:

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é o favorito dos eleitores brasileiros para 2018. Pesquisa CNT/MDA, divulgada nesta terça-feira (19), mostra que Lula lidera as intenções de voto em todos os cenários avaliados. A intenção de voto estimulada em Lula varia, nos três cenários, entre 32% e 32,7% para o primeiro turno. No segundo turno, a intenção de voto estimulada fica entre 39,8% e 42,8%.

No levantamento que aponta a intenção de voto espontânea, Lula fica à frente dos demais nomes com 20,2% no primeiro turno. O segundo colocado é Jair Bolsonaro, com 10,9%. Na pesquisa divulgada em fevereiro deste ano, o ex-presidente tinha 16,6% das intenções de voto.

O levantamento foi realizado entre os dias 13 e 16 de setembro de 2017 e ouviu 2.002 entrevistados. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais com 95% de nível de confiança.

1º turno: Intenção de voto espontânea

Lula: 20,2% 
Jair Bolsonaro: 10,9% 
João Doria: 2,4%
Marina Silva: 1,5%
Geraldo Alckmin: 1,2%
Ciro Gomes: 1,2%
Álvaro Dias: 1,0%
Dilma Rousseff: 0,7%
Michel Temer: 0,4%
Aécio Neves: 0,3%
Outros: 2,0%
Branco/Nulo: 21,2%
Indecisos: 37,0%

1º turno: Intenção de voto estimulada

CENÁRIO 1: Lula 32,4%, Jair Bolsonaro 19,8%, Marina Silva 12,1%, Ciro Gomes 5,3%, Aécio Neves 3,2%, Branco/Nulo 21,9%, Indecisos 5,3%.

CENÁRIO 2: Lula 32,0%, Jair Bolsonaro 19,4%, Marina Silva 11,4%, Geraldo Alckmin 8,7%, Ciro Gomes 4,6%, Branco/Nulo 19,0%, Indecisos 4,9%.

CENÁRIO 3: Lula 32,7%, Jair Bolsonaro 18,4%, Marina Silva 12,0%, João Doria 9,4%, Ciro Gomes 5,2%, Branco/Nulo 17,6%, Indecisos 4,7%.

2º turno: Intenção de voto estimulada

CENÁRIO 1: Lula 41,8%, Aécio Neves 14,8%, Branco/Nulo: 39,6%, 
Indecisos: 3,8%.

CENÁRIO 2: Lula 40,6%, Geraldo Alckmin 23,2%, Branco/Nulo: 31,9%, Indecisos: 4,3%.

CENÁRIO 3: Lula 41,6%, João Doria 25,2%, Branco/Nulo: 28,8%, 
Indecisos: 4,4%.

CENÁRIO 4: Lula 40,5%, Jair Bolsonaro 28,5%, Branco/Nulo: 27,0%,
Indecisos: 4,0%.

CENÁRIO 5: Lula 39,8%, Marina Silva 25,8%, Branco/Nulo: 31,3%, 
Indecisos: 3,1%.

29 comentários

  • João

    HA HA HA HA
    OCORRE QUE ELE NÃO SERÁ CANDIDATO….ESTARÁ PRESO!!!

  • mané do zé

    muita mentira pra pouca postagem! kkkkkkkkkkk

  • Elias

    kkkkkkk essas pesquisas são ótimas, mas só para quem acredita em Papai Noel kkkkkkkkkk

  • A mentira se torna verdade para quem acredita!
    Feliz daquele que questiona as informações que recebe…
    Com a sétima acusação, algum idiota retardado ainda acha que esse sujeito vai ser candidato???
    Até o PC do B vai pular do barco…

  • Refinado

    Noticia do Brasil 247 + Pesquisa feita pelo próprio instituto lula? kkkkkkkkk morri de rir

    Esqueceram desse cenário:

    Cenário 6: Lula + Ladrão (Mouro +Sentença+Condenação) = Papuda

  • Abraham Lincoln

    Não acredito em pesquisas. Nessa… Minha Nossa!!!!! Sei que não acontecerá porque o Diabo Vermelho estará enjaulado, feito bicho (ou foragido), como merece e, portanto, não disputará nada. Mas a mera leitura de artigos como esse já me provoca calafrios.

  • Fatos que os petistas não lembram!

    Os petistas adoram fazer pesquisas para mostrar que Lula está na frente das pesquisas de uma eleição a daqui a 1 ano. Esquecem a sua situação criminal atual.
    Lula é reu já em 7 ações penais e já foi condenado por Moro em um processo que se for condenado pelo MPF-4, será impedido de ser candidato por ser ficha suja.
    O juiz de Brasília, aceitou denúncia nesta terça, contra o Lula por corrupção passiva na Operação Zelotes.
    A denúncia, afirma que Lula editou uma medida provisória para favorecer empresas do setor automotivo em troca de recebimento de propina. Até isso, Lula fez? Os petistas esqueceram?
    O depoimento de Pallocci fechou o caixão de Lula contando até agora, uma parte, a Moro. Vem coisas piores ainda.
    300 milhões de propinas da Odebrecht e assim vai…………

  • ANONIMO

    O burrinho, burrinho de Harvard voltou com suas imbecilidades, este sim é o Capete do rabo preto aluno delinquente do fundão da classe.

  • ANONIMO

    Cópia do Jornal Brasiliense:—-Brasília – O ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva lidera em todos os cenários as eleições de 2018, seguido do deputado Jair Bolsonaro, apontou pesquisa CNT/MDA divulgada nesta terça-feira. O resultado favorável ao petista se confirma mesmo com denúncias de corrupção e condenação a quase 10 anos de prisão.
    A pesquisa também mostrou uma queda na aprovação do presidente Michel Temer, cujos resultados de aprovação cairam para 3,4%, se comparados aos 10,3% de fevereiro.
    Lula passeia por multidão antes de depor a juiz Moro em Curitiba
    AFP
    O petista, que foi condenado a quase 10 anos de prisão diante do juiz Sérgio Moro e acusado em outros processos, cresceu em todos os cenários eleitorais previstos, tanto para o primeiro quanto o segundo turno, de acordo com a pesquisa realizada entre os dias 13 a 16 de setembro, com 2.002 pessoas e uma margem de erro de 2,2 pontos percentuais.
    Se a eleição de outubro de 2018 ocorresse hoje, o ex-presidente teria um total de 32,4% de votos, seguido de Bolsonaro, com 19,8% e da líder ecológica Marina da Silva, com 12,1%. Os demais candidatos não ultrapassariam um dígito.
    No caso de um segundo turno entre Lula e Bolsonaro, o cofundador do Partido dos Trabalhadores (PT) teria entre 39,8% e 41,8% dos votos, enquanto que o deputado 28,5% dos votos.

  • ANONIMO

    PESQUISA PRESIDENCIAL DIVULGADA PELO G1:– ( Isto é uma Cópia viu Imbecil –do G.1 )

    Nova pesquisa do Ibope revela que Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é o presidenciável com maior potencial de voto entre nove nomes testados pelo instituto.
    Pela primeira vez desde 2015, os eleitores que dizem que votariam nele com certeza ou que poderiam votar somam um total de 47% e se equivalem aos que não votariam de jeito nenhum, considerada a margem de erro.
    Desde o impeachment de Dilma Rousseff, há um ano, a rejeição a Lula caiu 14 pontos.
    Os três principais nomes do PSDB, por sua vez, viram seu potencial de voto diminuir ao longo do último ano e meio.
    Desde outubro de 2015, a soma dos que votariam com certeza ou poderiam votar em Aécio Neves despencou de 41% para 22%. O potencial de José Serra caiu de 32% para 25%, e o de Geraldo Alckmin foi de 29% para 22%.
    Veja abaixo as três últimas pesquisas presidenciais:
    . Vox Populi
    . CNT/MDA
    . Datafolha
    Os três tucanos têm aparecem na pesquisa com taxas de rejeição superiores à de Lula: 62%, 58% e 54%, respectivamente.
    O Ibope testou pela primeira vez o potencial do prefeito de São Paulo, João Doria, em uma eleição para presidente.
    Embora seja muito menos conhecido do que seus colegas de PSDB (44% de desconhecimento, contra 24% de Alckmin e 16% de Serra e Aécio), Doria tem 16% de eleitores potenciais (6% votariam com certeza). Mas sua vantagem é ter uma rejeição muito menor que a dos concorrentes dentro do partido: 36%.
    Principal adversário de Dilma na última disputa presidencial, Aécio sofre desgaste até nos segmentos em que foi vitorioso. Desde outubro de 2015, seu potencial de voto no eleitorado de renda mais alta (acima de cinco salários mínimos) caiu de 44% para 26%. Na região Sudeste, um de seus redutos, a taxa caiu de 42% para 23%.
    Assim como os nomes tradicionais do PSDB, a presidenciável Marina Silva sofreu redução de potencial de voto e aumento da rejeição. Agora, um terço dos eleitores a indicam como possível opção – eram 39% em 2015 e há um ano.
    Apesar de ter não contar mais com a projeção e a visibilidade inerente ao cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa ainda é considerado um candidato viável à Presidência da República por uma parcela considerável dos eleitores.
    Na pesquisa Ibope, Barbosa aparece com 24% de potencial de voto (soma das respostas “votaria com certeza” e “poderia votar”).
    Barbosa, que se celebrizou ao conduzir o julgamento do Mensalão e que se aposentou do STF em 2014, também não sofre os mesmos níveis de rejeição atribuídos aos políticos. Apenas 32% dizem que não votariam nele de jeito nenhum – uma das taxas mais baixas entre as dos nove nomes testados pelo Ibope.
    O ex-ministro do STF, porém, não manifestou intenção de se candidatar e nem sequer é filiado a um partido.
    Jair Bolsonaro, que tenta se beneficiar da onda de rejeição a políticos – apesar de ser deputado desde o começo dos anos 90 –, aparece com 17% de potencial de voto na pesquisa. Seu possível contingente de eleitores cresceu seis pontos porcentuais desde o ano passado, mas a parcela que o rejeita aumentou ainda mais, de 34% para 42%.
    Na pesquisa de potencial de voto, o entrevistador apresenta um nome de cada vez e pede ao eleitor que escolha qual frase descreve melhor sua opinião sobre aquela pessoa: se votaria nela com certeza, se poderia votar, se não votaria de jeito nenhum, ou se não a conhece o suficiente para opinar.
    PESQUISA IBOPE POTENCIAL DE VOTOS: (você votaria com certeza ou poderia votar no candidato a seguir?)
    Lula — 47%
    Marina Silva — 33%
    José Serra — 25%
    Joaquim Barbosa — 24%
    Geraldo Alckmin — 22%
    Aécio Neves — 22%
    Ciro Gomes — 18%
    Jair Bolsonaro — 17%
    João Doria Jr. — 16%

  • ANONIMO

    FATOS QUE DEVEMOS LEMBRAR:—–Aécio é alvo de oito inquéritos no Supremo. Um deles é a investigação aberta a partir da delação dos executivos e donos da JBS, na qual o senador foi denunciado.
    Há outros cinco inquéritos abertos para investigá-lo a partir das delações dos executivos e ex-executivos da empreiteira Odebrecht, todos no âmbito da Operação Lava Jato, e mais dois instaurados a partir das delações do senador cassado Delcídio do Amaral, que estão sob relatoria do ministro Gilmar Mendes.
    O senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) .

  • ANONIMO

    FATOS QUE DEVEMOS LEMBRAR:—A denúncia da Procuradoria da República contra Michel Temer tem 60 laudas e descreve, com detalhes constrangedores, o crime de corrupção passiva: recebimento da mala com R$ 500 mil por intermédio do corréu Rodrigo Loures e aceitação de promessa de vantagem indevida no montante de R$ 38 milhões, tendo como pano de fundo percentagem de arranjo contratual com a Petrobras, no âmbito do Cade, que beneficiaria empresa do grupo J&F, de Joesley Batista.”
    Temer terá direito a defesa escrita e oral. Reclamará de perseguição e de delação premiada ardilosa, apontando nulidades e ilações desacompanhadas de evidências materiais.
    Os ministros do STF, evidentemente, também estão sujeitos a injunções políticas, mas o território é da jurisprudência. A análise de caso criminal por juristas recai, teoricamente, na viabilidade técnica da peça acusatória, se ela preenche ou não os requisitos legais, se apresenta o mínimo de prova necessário do envolvimento doloso do acusado na trama, enfim, se há justa causa para a ação penal.
    Aceita a denúncia, o Supremo inquire testemunhas, aprecia a força das evidências e julga o réu em até 180 dias, ou o presidente afastado retoma o poder.
    As peças do tabuleiro se movem. Rodrigo Janot promete sucessivas denúncias contra o presidente, o que tornaria mais aguda a estratégia de desgastá-lo, mas em setembro assume a procuradora-geral Raquel Dodge, depois de sabatinada, é irônico, por senadores investigados -outro estilo, outro ímpeto, outra equipe?”

  • ANONIMO

    FATOS QUE DEVEMOS LEMBRAR:A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou o recurso apresentado pela defesa de Michel Temer e decidiu, em sessão nesta quarta-feira 20, enviar um novo processo contra o peemedebista para a Câmara dos Deputados.
    A denúncia pelos crimes de obstrução de Justiça e organização criminosa foi apresentada pelo ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot na semana passada.
    Com a decisão da Corte, cabe agora à Câmara avaliar a peça, como fez no início de agosto com uma primeira denúncia contra Temer – na ocasião, os deputados barraram o processo por corrupção. Na Câmara, a abertura de um processo contra o presidente é autorizada se forem atingidos ao menos 342 votos favoráveis à continuidade do processo.
    MP deve garantir que “ninguém esteja acima da lei”, diz Dodge
    Para Gilmar, Raquel Dodge deve reexaminar denúncia contra Temer
    O ministro Luiz Edson Fachin, relator da questão de ordem, votou pela rejeição do recurso de Temer. “Entendo que o juízo político a ser efetivado pela Câmara dos Deputados deve preceder a análise jurídica por parte do Supremo Tribunal Federal”, disse Fachin.
    Na sequência, os ministros Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Luiz Fux, Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski, alcançando maioria.
    Como sempre só o corrupto Gilmar Mendes da Direita e participante ativo do PSDB e Aécio Cheira Cheira votou contra.

  • ANONIMO

    FATOS QUE DEVEMOS LEMBRAR:——O presidente Michel Temer (PMDB) foi generoso com os aliados da bancada parlamentar,tudo para votarem contra a abertura de seu processo na Câmara dos Deputados nos últimos dois meses. Apenas em junho e julho o Palácio do Planalto autorizou o repasse de R$ 500 milhões para os deputados por meio das emendas parlamentares, que nunca chegaram a lugar nenhum para a educação, saúde, transporte, agricultura, economia etc. Então vai para onde? Para o bolso dos referidos deputados.

  • ANONIMO

    FATOS QUE DEVEMOS LEMBRAR:——O ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB-BA), braço direito de Michel Temer, foi preso novamente na manhã desta sexta-feira (8). A ele sobram as seguintes opções: 1- apodrecer na cadeia; ou 2- delatar o “chefe” do esquema. ( O CHEFE DA QUADRILHA TEMER E AÉCIO ).
    Geddel caiu novamente após a PF apreender na terça-feira (5) uma montanha de dinheiro — R$ 51 milhões — escondida num bunker em Salvador. Foi a maior apreensão de dinheiro vivo da história da Polícia Federal.
    Há suspeita de que parte desse dinheiro seria distribuída como propina a membros da cúpula nacional do PMDB.

  • ANONIMO

    FATOS QUE OS IMBECIS NÃO LEMBRAM PRINCIPALMENTE OS DA DIREITA GOLPISTA:————

    O Brasil está dividido. Você já deve ter cansado de ouvir esta frase, que se tornou o mantra de 10 entre 10 analistas políticos desde junho de 2013. Como na política nem tudo é preto no branco, testemunhamos na absolvição de Michel Temer no Congresso um raro exemplo daquilo que de fato une todo brasileiro: o sentimento de vergonha sempre que assistimos nossos representantes em cena.
    A acusação contra o presidente da República é a mais escandalosa possível: corrupção passiva. Ou, mais precisamente, ser o destinatário final de uma pomposa mala com R$ 500 mil, entregue pelo empresário Joesley Batista a um portador indicado por Temer, como recompensa pelo apoio a uma das empresas do grupo comandado por Batista, dona de uma termelétrica a gás que depende da Petrobras como fornecedora.
    Em pauta, o arquivamento ou aceitação do pedido apresentado pelo Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, para investigar Michel Temer. Para escapar da denúncia, bastava a maioria simples entre os 513 deputados e foi exatamente o que ocorreu. Um total de 263 deputados votaram para que a investigação não seguisse adiante, contra 227 favoráveis.
    Conseguir apoio dos parlamentares para aprovar temas polêmicos tem sido um dos pontos fortes do governo. Ex-presidente da câmara em duas ocasiões – em 1997, quando contou com o apoio do PSDB e do PFL, e em 2009, quando contou com os votos do PT, como retribuição por ter ajudado a eleger Arlindo Chinaglia (PT-SP) dois anos antes -, Temer é o que se pode chamar de uma raposa da política, dos mais hábeis quando o assunto são os jogos de interesse do Congresso Nacional.
    Desta vez, porém, o que estava em jogo não era uma reforma ou uma medida emergencial contra a crise que o país atravessa, mas a própria existência de um governo comandado por Michel Temer e, como tal, o jogo foi pesado. Cerca de dez ministros foram exonerados de seus cargos para reassumirem suas vagas de deputado e votarem a favor do presidente e contra as investigações. Antes do dia definitivo, entretanto, muita coisa rolou e alguns bilhões correram soltos no Congresso. Ao todo, R$ 17 bilhões foram destinados aos parlamentares por meio de emendas para serem gastos em obras de interesse em suas bases eleitorais.
    A acusação contra o presidente da República é a mais escandalosa possível: corrupção passiva. Ou, mais precisamente, ser o destinatário final de uma pomposa mala com R$ 500 mil, entregue pelo empresário Joesley Batista a um portador indicado por Temer, como recompensa pelo apoio a uma das empresas do grupo comandado por Batista, dona de uma termelétrica a gás que depende da Petrobras como fornecedora.
    Em pauta, o arquivamento ou aceitação do pedido apresentado pelo Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, para investigar Michel Temer. Para escapar da denúncia, bastava a maioria simples entre os 513 deputados e foi exatamente o que ocorreu. Um total de 263 deputados votaram para que a investigação não seguisse adiante, contra 227 favoráveis.
    Desta vez, porém, o que estava em jogo não era uma reforma ou uma medida emergencial contra a crise que o país atravessa, mas a própria existência de um governo comandado por Michel Temer e, como tal, o jogo foi pesado. Cerca de dez ministros foram exonerados de seus cargos para reassumirem suas vagas de deputado e votarem a favor do presidente e contra as investigações. Antes do dia definitivo, entretanto, muita coisa rolou e alguns bilhões correram soltos no Congresso. Ao todo, R$ 17 bilhões foram destinados aos parlamentares por meio de emendas para serem gastos em obras de interesse em suas bases eleitorais.
    ANALISE AGORA AS AÇÕES QUE TEMER PODERIA REALIZAR COM A GRANA QUE USOU PARA COMPRAR OS DEPUTADOS OU O APOIO NO CONGRESSO:—
    1. aumentar em 400% os investimentos do SUS.
    2. triplicar a verba de pesquisas do orçamento de 2017.
    3. reduzir em 1 ano o prazo para universalização do saneamento básico no Brasil.;
    4. Reverter o aumento dos impostos dos combustíveis.
    5. dar 14ºe15º salários a todos os professores do Brasil.
    6. bancar durante l ano e 3 meses os gastos em saúde no RJ.
    7. dobrar os gastos com segurança do RS, RJ, BA e SC e de quebra um 14º salário aos policiais.
    8. colocar 7 dos 12 milhões de analfabetos brasileiros em uma escola durante um ano.
    9. dar 1 semana sem impostos a todo brasileiro com renda até 3 salários.
    10. zerar os encargos e subsídios da conta de luz durante 10 meses.
    SÓ ISSO E , TEM ALGUNS IMBECIS DA DIREITA QUE ESQUECEM, PRINCIPALMENTE OS EX- MAUS ALUNOS. SE QUISEREM TEM MUITO MAIS

  • ANONIMO

    FATO REAL OU VERDADEIRO—SAIU NO GLOBO, G. 1, e FOLHA:—

    MPF (Ministério Público Federal) emitiu um parecer favorável à defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que um recurso em tramitação no STJ (Superior Tribunal de Justiça), que pede a suspeição do juiz Sergio Moro no … – Veja mais em https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2017/09/20/mpf-da-parecer-favoravel-a-lula-em-recurso-que-pede-a-suspeicao-de-moro.htm?cmpid=copiaecola

  • ANONIMO

    COXINHAS DA DIREITA GOLPISTAS FASCISTA E ATÉ OS QUE NÃO ACREDITAM EM PESQUISA. ISSO E VERDADEIRO E SAIU NO GLOBO E UOL:———-

    “Eduardo Cunha redistribuía propina a Temer, com ‘110%’ de certeza”. A frase, que liga o presidente Michel Temer ao ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha, está em um dos depoimentos prestados em 23 de agosto pelo delator Lúcio Bolonha Funaro, apontado como operador de políticos do PMDB em esquemas de desvio de dinheiro público. Nos depoimentos, há várias citações a casos em que Temer, Cunha e outros integrantes do partido teriam levado propina. Mas também há menções a episódios em que houve divergências internas, como na definição de quem indicaria um cargo na Caixa Econômica Federal (CEF) que renderia vantagens indevidas. Funaro disse ainda que José Yunes, amigo e ex-assessor de Temer, lavava dinheiro para o presidente e que a maneira mais fácil para isso era por meio da compra de imóveis.
    O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) durante análise sobre envio da denúncia contra Michel Temer à Câmara dos DeputadosMaioria do STF vota para enviar segunda denúncia contra Temer à Câmara
    O ex-governador Sérgio Cabral (PMDB) deixa o prédio da Justiça Federal do Rio após prestar depoimentoCabral vendeu confiança de eleitores a empresários, diz juiz
    Segundo Funaro, durante os governos do PT, os então deputados Michel Temer (PMDB-SP), Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e Henrique Alves (PMDB-RN) disputavam cargos, mas de formas diferentes. Cunha atuava no “varejo”, ou seja, focava em alguns cargos. Os outros dois agiam no “atacado”. Na semana passada, Janot denunciou Temer e outros seis peemedebistas, acusando-os de integrarem uma organização criminosa que desviou dinheiro de diversos órgãos públicos e empresas estatais, como Petrobras, Furnas, Caixa, Ministério da Integração Nacional e Câmara dos Deputados.
    Segundo o delator, Cunha lhe contou que o ex-sindicalista André Luiz de Souza explicou a Temer como funcionava o FI-FGTS, o fundo de investimento alimentado com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço. Souza fazia parte do conselho do fundo e é acusado de desviar dinheiro de lá. Segundo o termo de depoimento de Funaro, “Cunha disse que André de Souza explicou para Temer como funcionava o FI-FGTS, que aquilo seria como um ‘mini BNDES’”. É uma referência ao banco de desenvolvimento que, assim como o FI-FGTS, libera recursos para as empresas investirem em projetos de infraestrutura.

    Leia mais: https://oglobo.globo.com/brasil/cunha-distribuia-propina-temer-com-110-de-certeza-diz-funaro-21849538#ixzz4tK7gRopu

  • Fatos que os petistas não lembram!

    ANONIMO
    A noticia fala sobre Lula e Dilma, teus candidatos. Portanto não devemos colocar Temer e Aécio, nesta discussão.
    Apesar que eles faziam parte da quadrilha chefiada por Lula

  • ANONIMO

    DIREITA REACIONÁRIA BRASILEIRA ACABOU A PALHAÇADA! PHA Confirma Que Dodge Demitiu Dallagnol, ‘Coordenação Da Lava Jato Será Função De Procuradores Experientes”, TAIS COMO: José Alfredo de Paula e Alexandre Espinosa, procuradores honestos, sem o intuito de perseguição e não obedecendo ordens do coronel Moro.

  • ANONIMO

    FATOS QUE OS PETISTAS NÃO LEMBRAM–meu caro não seja uma criança desmiolada, incapacitada, desajustada e sem argumentos. Entenda uma coisa simples a noticia é sobre pesquisa, politica e corrupção onde nais quais ( pesquisas ) Lula bate em todo candidato e você sim vem com esta resposta de um descompassado e irracional, cheio de cavalgadura, por isso quis lhe mostrar alguns fatos políticos que você em toda ingenuidade desconhece, pois são os corruptos da direita fascista brasileira, cujo líder é seu ídolo Temer.
    Veja os nomes dos corruptos que estão nas mãos de Fachin ministro do STF, para serem julgados com o tempo:-
    após serem distribuídos para a 1° e 2° turma:
    MINISTROS
    Eliseu Padilha (PMDB), Casa Civil
    Gilberto Kassab (PSD), Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações
    Moreira Franco (PMDB), Secretaria-Geral da Presidência da República
    Roberto Freire (PPS), Cultura
    Bruno Araújo (PSDB), Cidades
    Aloysio Nunes Ferreira (PSDB), Relações Exteriores
    Marcos Pereira (PRB), Indústria, Comércio Exterior e Serviços
    Blairo Maggi (PP), Agricultura, Pecuária e Abastecimento
    Helder Barbalho (PMDB), Integração Nacional
    SENADORES
    Senador Romero Jucá Filho (PMDB-RR)
    Senador Aécio Neves da Cunha (PSDB-MG)
    Senador Renan Calheiros (PMDB-AL)
    Senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE)
    Senador Humberto Sérgio Costa Lima (PT-PE)
    Senador Edison Lobão (PMDB-PA)
    Senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)
    Senadora Lidice da Mata (PSB-BA)
    Senador José Agripino Maia (DEM-RN)
    Senadora Marta Suplicy (PMDB-SP)
    Senador Ciro Nogueira (PP-PI)
    Senador Dalírio José Beber (PSDB-SC)
    Senador Ivo Cassol
    Senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM)
    Senadora Kátia Regina de Abreu (PMDB-TO)
    Senador Fernando Afonso Collor de Mello (PTC-AL)
    Senador José Serra (PSDB-SP)
    Senador Eduardo Braga (PMDB-AM)
    Senador Omar Aziz (PSD-AM)
    Senador Valdir Raupp
    Senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) — presidente do Senado Federal
    Senador Eduardo Amorim (PSDB-SE)
    Senadora Maria do Carmo Alves (DEM-SE)
    Senador Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN)
    Senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES)
    Senador Antônio Anastasia (PSDB-MG)
    DEPUTADOS FEDERAIS
    Deputado Federal Paulinho da Força (SD-SP)
    Deputado Federal Rodrigo Maia (DEM-RM), presidente da Câmara
    Deputado federal João Carlos Bacelar (PR-BA)
    Deputado federal Milton Monti (PR-SP)
    Deputado Federal José Carlos Aleluia (DEM-BA)
    Deputado Federal Daniel Almeida (PCdoB-BA)
    Deputado Federal Mário Negromonte Jr. (PP-BA)
    Deputado Federal Jutahy Júnior (PSDB-BA)
    Deputada Federal Maria do Rosário (PT-RS)
    Deputado Federal Felipe Maia (DEM-RN)
    Deputado Federal Ônix Lorenzoni (DEM-RS)
    Deputado Federal Jarbas de Andrade Vasconcelos (PMDB-PE)
    Deputado Federal Arthur Oliveira Maia (PPS-BA)
    Deputada Federal Yeda Crusius (PSDB-RS)
    Deputado Federal Paulo Henrique Lustosa (PP-CE)
    Deputado Federal José Reinaldo (PSB-MA), por fatos de quando era governador do Maranhão
    Deputado Federal João Paulo Papa (PSDB-SP)
    Deputado Federal Rodrigo Garcia (DEM-SP)
    Deputado Federal Cacá Leão (PP-BA)
    Deputado Federal Celso Russomano (PRB-SP)
    Deputado Federal Dimas Fabiano Toledo (PP-MG)
    Deputado Federal Pedro Paulo (PMDB-RJ)
    Deputado federal Lúcio Vieira Lima (PDMB-BA)
    Deputado Federal Paes Landim (PTB-PI)
    Deputado Federal Daniel Vilela (PMDB-GO)
    Deputado Federal Alfredo Nascimento (PR-AM)
    Deputado Federal Betinho Gomes (PSDB-PE)
    Deputado Federal Júlio Lopes (PP-RJ)
    Deputado Federal Fábio Faria (PSD-RN)
    Deputado Federal Heráclito Fortes (PSB-PI)
    Deputado Federal Beto Mansur (PRB-SP)
    Por favor se prepara melhor para poder discutir, por favor.

  • ANONIMO

    DESPREPARADO FATOS QUE PETISTAS NÃO LEMBRAM:–LÍDER DA ORGANIZAÇÃO

    A acusação contra Temer tem como base, segundo fonte, afirmações feitas por delatores, como o empresário Lúcio Funaro, que recentemente fechou acordo de colaboração premiada, e investigações feitas que APONTAM O PRESIDENTE COMO O LÍDER DE UMA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA FORMADA POR ´PESSOAS LIGADAS AO PMDB DA CÂMARA.
    O presidente também será acusado de tentar obstruir investigações ao, na visão de Janot, avalizar a operação articulada por Joesley Batista de compra de silêncio de Funaro e do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para barrar uma eventual delação de ambos.
    A equipe de Janot trabalhou nos últimos pontos da denúncia, segundo uma fonte, até tarde da noite de quarta passada para que ele possa oferecer na quinta. Essa foi a última grande acusação criminal feita por Janot em seu mandato, que se encerrou no domingo.
    Na quarta-feira o STF decidiu rejeitar, por nove votos a zero, o pedido de suspeição apresentado pelos advogados de Temer para impedir Janot de atuar em investigações contra o presidente.
    Na mesma sessão, contudo, o Supremo adiou para a próxima quarta-feira o julgamento sobre se a eventual denúncia de Janot contra Temer terá de ficar suspensa até a conclusão das investigações sobre as delações da J&F, holding que controla a JBS, e a participação do ex-procurador Marcelo Miller como auxiliar do grupo empresarial na colaboração, mesmo antes de deixar o cargo de procurador da República. esta denuncia também já foi aprovada pelo STF e o único foto favorável foi do corrupto Gilmar Mendes, amigo de Temer e Aécio, em troca de dim dim dim dim dim.
    Caberá à sucessora de Janot, a subprocuradora Raquel Dodge, atuar nesse caso, como já esta fazendo.
    Em agosto, a Câmara rejeitou conceder uma autorização para que o Supremo julgasse uma denúncia contra Temer por corrupção passiva. Se isso ocorresse, e o presidente virasse réu, ele seria afastado do cargo por 180 dias.
    Por favor criança mimada chega de desajustamento mental.

  • ANONIMO

    FATOS QUE OS PETISTAS NÃO LEMBRAM:—O corretor Lúcio Bolonha Funaro afirmou, em depoimento à Procuradoria-Geral da República (PGR), que o presidente Michel Temer foi um dos destinatários de propina paga pela Odebrecht e Andrade Gutierrez em uma obra da estatal Furna… – Veja mais em https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2017/09/21/temer-recebeu-propina-por-hidreletrica-de-santo-antonio-diz-funaro.htm?cmpid=copiaecola

  • Humirde

    Se alguém me provar que leu todas as “informações” que o pseudo passou, pago uma caixa de cerveja Crystal no Bar da Maria (Jd. Paraíso), cerveja natural, claro, porque gelada ficaria mais com tanta perda de tempo.
    E não adianta ficar nervosa porque não irei responder.

  • ANONIMO

    HUMIRDE responde vai, pelo menos para o seu pai, que pois um baitolo no mundo dos animais o Burro, pois nasceste do cruzamento de uma mula com um cavalo.
    Quadrupede só podia morar no Jd. Paraíso, mas eu também vou tomar esta cervejinha em companhia da mula.
    Seu delinquente normalmente, burros desqualificados e sem aprendizados não leem, pois não entende, por falta de conhecimentos e estrutura mental. ahahahahahahahahahahahahah FDP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *