PETROBRAS VAI ELEVAR O PREÇO DO GÁS EM 39% NO COMEÇO DE MAIO

No vídeo aí de cima, o ministro Paulo Guedes anuncia, há um ano, que o preço do gás seria reduzido à metade. E os tontos que o ouviam ainda bateram palmas.

A notícia é do Poder360:

A Petrobras vai elevar em 39%, em média, o preço do gás natural vendido a distribuidoras, que atendem os consumidores na ponta. O anúncio foi feito pela estatal na manhã desta 2ª feira (5.abr.2021). Valerá a partir de 1º de maio.

A companhia precisa fazer os reajustes por que isso está estabelecido na sua política de preços. O aumento deve-se, principalmente, à recente valorização das cotações do petróleo no mercado internacional, à taxa de câmbio e ao índice inflacionário IGP-M, associado à parcela de transporte nos contratos.

O produto é um importante insumo para indústrias, termoelétricas e serve de matéria-prima, por exemplo, para produção de fertilizantes.

O repasse ao consumidor depende da legislação de cada Estado. Em alguns casos, os contratos estabelecem reajuste automático. Em outros, o acerto é feito em revisões tarifárias aprovadas pelas agências reguladoras locais.

De qualquer forma, o gás canalizado deve ter um impacto forte sobre a taxa de inflação de maio. Até agora, a Petrobras já reajustou em 2021 a gasolina em 46,2% neste ano. O diesel, em 41,6%. E o gás em botijão em 17%.

7 comentários

  • Guedes ou centrão?

    O ministro realmente fez promessas que não poderia fazer.
    Depois que Bolsonaro entregou o seu governo para o Centrão. O ministro está sendo fritado pelo Bolsonaro. Poderá ser o próximo Ministro a cair.
    O centrão quer seu cargo. Bolsonaro precisa do Centrão para evitar a sua saída. Então vai entregar a cabeça do ministro.
    GLP, assim como os outros combustíveis, é uma commodity, que tem seus preços determinados no mercado global pelos movimentos de oferta e demanda.
    O Brasil é importador de parcela importante do GLP aqui consumido.
    Se a Petrobras reduzir o preço abaixo das cotações internacionais, ficaria diante de duas opções: deixar o mercado desabastecido ou importar a preço mais alto e vender a preço mais baixo.
    O preço é composto por uma parte da Petrobras que está em torno, em média, 39%. O restante corresponde a impostos estaduais e federais, custos e remuneração de distribuidoras e revendedores.

  • Cidadão impotente

    FDP, FDP, FDP, FDP, FDP, FDP… FDP… QUERO GRITAR ISSO ATÉ ESSES FDP SAIREM.

  • A culpa é do LuLa/PT

    Vamos fazer arminha com a mão pra baixar o preço!

  • Sukodilaranja

    E só fazer arminha com a mão que baixa.

  • sukodilaranja

    O gado vai ter que cozinhar no fogao a gaio, ou apelar rpos leoes da praça, pra tereza cansada de guelra, eu disse guelra mesmo. Ainda bem que alfafa nao precisa cozinhar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *