PF DESMONTA FARSA DE BOLSONARO E CONCLUI, MAIS UMA VEZ, QUE ADÉLIO BISPO AGIU SOZINHO

O Bozo vai querer trocar o superintendente da PF de Minas Gerais novamente e abrir um terceiro inquérito. Deu no G1:

A Polícia Federal (PF) concluiu em um segundo inquérito que não houve mandantes para o ataque a faca contra Jair Bolsonaro em Juiz de Fora (MG) durante sua campanha presidencial pelo PSL em 2018.

De acordo com a investigação, coordenada pelo delegado Rodrigo Morais e entregue nesta quarta-feira (13) à Justiça Federal em Juiz de Fora, o autor da facada, Adélio Bispo de Oliveira, agiu sozinho, por iniciativa própria e sem ajuda de terceiros, tendo sido responsável tanto pelo planejamento da ação criminosa quanto por sua execução.

“O que a investigação comprovou foi que o perpetrador, de modo inédito, atentou contra a vida de um então candidato à Presidência da República, com o claro propósito de tirar-lhe a vida”, destaca o delegado no inquérito.

Ainda segundo as investigações, não foi comprovada, por exemplo, a participação de agremiações partidárias, facções criminosas, grupos terroristas ou mesmo paramilitares em qualquer das fases do crime (cogitação, preparação e execução).

O primeiro inquérito sobre o caso tinha sido concluído já em setembro de 2018, mesmo mês e ano que o crime ocorreu. A investigação inicial já havia considerado que Adélio Bispo agiu sozinho no momento do ataque e que a motivação teria sido “indubitavelmente política”. Ele então foi indiciado por prática de atentado pessoal por inconformismo político, crime previsto na Lei de Segurança Nacional.

A segunda apuração foi iniciada por decisão da própria PF para assegurar que não houve a participação de terceiros, com um eventual mandante – hipótese que acabou sendo descartada.

O segundo inquérito investigou todo o material apreendido com Adélio Bispo, como um computador portátil, aparelhos celulares e documentos. Foram analisados 2 terabytes de arquivos de imagens, 350 horas de vídeo, 600 documentos e 700 gigabytes de volume de dados de mídia, além de 1200 fotos.

Ao todo, 23 laudos periciais foram elaborados, 102 pessoas entrevistadas em campo e 89 testemunhas ouvidas no inquérito. Também foram realizadas diligências de busca e apreensão, quebras de sigilos fiscais, bancários e telefônicos.

Durante a investigação, a Polícia Federal analisou ainda mais de 40 mil e-mails recebidos e enviados em contas registradas por Adélio Bispo. Vídeos e teorias sobre suposta ajuda recebida por Adélio no momento do atentado, veiculadas em redes sociais, também foram periciadas por técnicos da corporação. Nenhuma dessas apurações apontou informações relevantes.

3 comentários

  • A facada que deu a presidência para Bolsonaro

    Certamente, os delegados da PF fizeram desta investigação, uma “mini Lava Jato”, por seu detalhismo e extensão. Certamente, a vida de Adélio foi virada do avesso: perfis na internet, movimentações financeiras. Nada indicou a existência de mandante. A PF sabia que o “chefe” Bolsonaro não ia gostar. Ele quer perpetuar a facada assim como os petistas fazem com a morte de Marielle.
    Agora, a única esperança de evolução no inquérito não está nas mãos da PF. O STF ainda precisa decidir se autoriza análises no celular do ex-advogado de Adélio, Zanone Júnior.
    Bolsonaro acha que o advogado estava sendo pago por supostos mandantes, Zanone teve o celular apreendido. Acha também que o mandante da tentativa do crime era o PT.
    Essa facada foi comentada, na demissão de Moro, pelo Bolsonaro quando disse que Moro e a PF não investigaram com afinco que deveriam. Grandes mágoas!
    Certamente, Bolsonaro queria que Moro acusasse o PT. Por isso mandou Moro embora.

  • sou reacionario, e daí?

    a gente vai tentando ate a policia federal ter convicção.

  • Rapizodia

    O Bozo quer a qualquer custo um inimigo prá chamar de seu, um bem graúdo, para o embate repercutir junto a seu exército de zumbis. O Adélio não serve, só seria aceito pela sua insanidade, de resto não serve, não é um inimigo a altura de uma conspiração de verdade. A mídia, os petralhas, os contras, os comunistas, o resto do Brasil, estes sim são inimigos que valem a pena perder tempo, a economia, a saúde…, e daí!? Essas podem esperar, não vê que ele tá ‘brincando’ com seus soldadinhos!?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *