PREFEITO E VICE DE RIOLÂNDIA SÃO CASSADOS POR DESVIO DE R$ 3,3 MIL

Neste país, desviar pouco dinheiro não compensa. Vejam a notícia do G1:

riolândiaA Justiça Federal de São Paulo aceitou a denúncia do Ministério Público e cassou os mandatos do prefeito de Riolândia, Sávio Nogueira Franco Neto, e do vice-prefeito, Maurilio Viana da Silva, por improbidade administrativa. Segundo a assessoria do Tribunal não cabe mais recurso.

A decisão foi publicada na quinta-feira (3) e determina, além da perda dos cargos que os dois ocupam, a suspensão dos direitos políticos deles por cinco anos. Assim, prefeito e vice estão proibidos de contratar com o serviço público ou receber benefícios ou incentivos fiscais, por cinco anos.

De acordo com a denúncia do MP, eles desviaram cerca de R$ 3 mil de verbas federais. O prefeito e o vice terão de devolver o valor de R$ 3.315, com correção monetária e acréscimo de juros, calculados a partir de julho de 2004. O dinheiro deve ser depositado ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, órgão do governo federal.

O presidente da Câmara de Riolândia, Joaquim Roberto Mega (PSDB), já foi notificado da decisão e tem 48 horas para convocar uma sessão, em que será empossado como novo prefeito.

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *