PRESIDENTE DE PORTUGAL HOMENAGEIA JOÃO GILBERTO. JÁ O PRESIDENTE DO BRASIL…

O presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Souza, publicou nota no site oficial do governo português, a respeito da morte de João Gilberto. Ei-la:

Quem viveu essa época, e mesmo quem não a viveu, não esquece a novidade de João Gilberto, nem o seu legado.

O cantor e compositor baiano que se instalou no Rio de Janeiro desencadeou uma revolução musical quando gravou, em 1958, «Chega de Saudade» e «Desafinado». A Bossa Nova, alegre e melancólica ao mesmo tempo, nasceu de uma vontade de, como disse João Gilberto, tirar os excessos, seguir o curso natural das coisas, dar as notas de modo a não prejudicar a poesia.

Uma voz baixa, um violão, uma batida e um sentimento poético-melódico ímpar deram à música popular brasileira um sucesso e um reconhecimento inéditos, concorrendo mesmo, na Europa e nos Estados Unidos, com os êxitos anglo-americanos das décadas do pós-guerra.

E ao lado de João Gilberto esteve toda uma geração de artistas excepcionais, como Tom Jobim ou Vinicius de Moraes, enquanto inúmeros outros seguiram o caminho que ele desbravou, em 13 álbuns de originais, discos ao vivo, concertos e colaborações. «Uma vida dedicada a aperfeiçoar a perfeição», como resumiu um dos seus estudiosos.

Enquanto isso, aqui no Brasil, o presidente – que homenageou, há alguns dias, um tal de MC Reaça – não emitiu uma linha sequer sobre o músico que revolucionou a música brasileira e tornou-a conhecida no mundo. Perguntado sobre João Gilberto, o ignorante – orgulhoso de sua ignorância – disse apenas:

“Era uma pessoa conhecida. Nossos sentimentos à família, tá ok?”

Nas redes sociais, surgiram comparações, como essa aí embaixo:

3 comentários

  • Brasileira

    Se homenageia é criticado e se não homenageia tb! Acho melhor vender o cargo por milhares de dólares como o Jean Willys e se divertir em outra praia !!! Hahaha!

    • rapizodia

      Não Brasileira, você está errada e sabe disso! E não há graça nenhuma! O Presidente acha que toda cultura do país está contaminada e não vê que quem está contaminado com ódio e quer vingança é ele! Quer vingança a todos que não notaram sua presença nos 28 anos de vida pública! Particularmente não curtia este exagero de perfeccionismo do João Gilberto com seu trabalho, isso era dele e respeito, mas não há como negar sua importância, importância boa, para a cultura musical do Brasil e mundial, coisa que o Presidente nunca será. Ao falar do João Gilberto com tamanho desdém, mostra o sujeito aculturado que ele é e principalmente sua pobreza humana e cristã que tenta mostrar e enganar aos evangélicos ávidos por poder! Compra quem não o conhece! Ah! Quanto a música de João Gilberto, você pode não curtir, mas ela é maravilhosa, pura poesia e sentimento humano e será lembrada pela eternidade.

  • anonimo

    E ele sabe quem é João Gilberto?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *