PRESSÃO POR USO DE CLOROQUINA É NOVO CRIME DE RESPONSABILIDADE DE BOLSONARO, APONTA ESTADÃO

Deu no Brasil 247:

“A pressão do presidente Jair Bolsonaro para que o Ministério da Saúde altere, contra as evidências e estudos médicos, o uso da cloroquina em pacientes com covid-19 é uma patente violação do direito à saúde, tal como previsto na Constituição de 1988”, aponta editorial do jornal Estado de S. Paulo, um dos veículos que apoiaram o golpe de estado contra a ex-presidente Dilma Rousseff, em 2016.

“A manobra do presidente é manifestamente perversa, por insistir numa medida com graves riscos para a saúde da população. Nada mais nada menos, Jair Bolsonaro quer que o Ministério da Saúde atue em sentido contrário ao que preconiza a medicina”, lembra o periódico.

“Os fatos são contundentes: o governo de Jair Bolsonaro é completamente disfuncional. E de pouco adianta a presença de pessoas oriundas das Forças Armadas, se a orientação que prevalece no Executivo federal são os delírios de Jair Bolsonaro. Não se pode tapar o sol com peneira. Não há racionalidade e tampouco moderação em um governo no qual o presidente da República tenta obrigar o Ministério da Saúde a emitir uma orientação que inequivocamente coloca em risco a saúde da população. É o poder direcionado a causar dano, e isso é crime”, finaliza o editorialista.

10 comentários

  • Toma se quiser! O problema é seu.

    Bolsonaro sabe que o uso de cloroquina para combater a covid-19 não tem comprovação científica. Ele comparou a indicação medicamento à luta em uma guerra para justificar a defesa de liberá-lo para todos os pacientes.
    Mandou embora dois ministros e médicos que se recusaram a medica-la. Mandou seu ministro general permitir a prescrição de cloroquina para casos leves da covid-19. O entendimento anterior era a prescrição do medicamento apenas para casos graves.
    No texto, Bolsonaro lembrou que, de acordo com as novas orientações, o medicamento segue ministrado com aval de médicos e pacientes, ou familiares. Pelo documento do ministério, o paciente deve assinar um termo de “ciência e consentimento” sobre o uso da droga.

  • Luiz

    “Com clareza de conhecimento, os gastos com este medicamento daria para comprar teste para o país inteiro”! segundo medico neurocirurgião brasileiro Paulo Niemeyer Filho

  • Anta Gonista da Silva

    Desde já declaro que estando com Covid-19, autorizo o uso de cloroquina, hidroxicloroquina, azitromicina, gasolina, creolina, zinco, heparina, novalgina, rifocina, penicilina, tetrex, aas, losartana, rivotril, selozoc, renitec, engov, Vonau, Mirena, diane, pomada minâncora, plasil, busonid, Sertralina, neguvon, carrapatol, omeprazol, Milanta plus, colirio Moura Brasil, imosec, 46, lactopurga, tandrilax, isordil, amoxilina, cefamox, ceclor, polaramine, naldecon, aerolin, gardenal, neosaldina, ranitidina, alegra, Anita, amprax, bactrin, cefamox, citalor, dolamin, dorflex, dormonid, fenergan, flotac, chá de alho, erva doce, erva cidreira, capim Santo, chá de hortelã, chá de canela, mel, própolis , gengibre, conhaque com limão e mel, caracu com ovo, pinga com limão, Jurubeba, Conhaque Presidente, Selvagem , Jamel, Pirassununga, 51, tequila, Saquê, Catuaba, Quentão, caldo verde, vaca atolada, mexidão do Bar do Carlão,….. e qualquer outra coisa que tiver a mínima possibilidade de me manter longe do caixão.

  • Toma se quiser 2

    Luiz
    Estamos falando de duas classes de pessoas diferentes
    A primeira são as pessoas já infectadas que eu estou dizendo
    A segunda são as pessoas que ainda não pegaram o vírus

  • Bolsonaristas estão se medicando com anti pulgas!

    Antes mesmo do Bolsonaro mudar o protocolo de tratamento da Covid-19 e ampliar o uso da cloroquina também para casos leves da doença. Bolsonaristas já vinham se automedicando com hidroxicloroquina, azitromicina e ivermectina (anti pulgas) diante dos primeiros sintomas respiratórios.
    Os medicamentos, receitados por um grupo de “médicos do bem”, e comprados em grandes quantidades, são distribuídos aos apoiadores do presidente. em SP.
    Tem um militar nomeado no SUS que publicou fake news sobre cloroquina e ofendeu OMS. O Major também tem ataques a STF, governadores e imprensa em seu Instagram

Deixe uma resposta para Bolsonaristas estão se medicando com anti pulgas! Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *