QUEIROZ DEU MAIS DINHEIRO À MULHER DE BOLSONARO

A novidade está pendurada na coluna do Ricardo Noblat, na Veja:

Chegou aos gabinetes mais importantes do Palácio da Guanabara, sede do governo do Rio de Janeiro, a informação de que foi maior do que se sabia o volume de dinheiro depositado por Fabrício Queiroz, ex-assessor do então deputado estadual Flávio Bolsonaro, na conta de Michelle, a mulher do presidente Jair Bolsonaro e, há mais de um ano, primeira-dama do Brasil.

À época da descoberta do fato pelo Ministério Público do Rio, Bolsonaro disse que o dinheiro totalizou R$ 40 mil. Segundo ele, tratou-se de dinheiro que havia emprestado a Queiroz e devolvido em 10 suaves prestações mensais. Não explicou por que Queiroz precisara do empréstimo se tinha movimentado em sua própria conta mais de R$ 1 milhão só no ano passado.

Investiga daqui, investiga dali, descobriu-se que Queiroz depositou na conta de Michelle pelo menos R$ 60 mil. Talvez um pouco mais. O sigilo bancário da mulher de Bolsonaro não foi quebrado, mas a Constituição não impede que seja. Quebrado foi o de Queiroz, de Flávio e o de mais 93 pessoas, a maioria ex-funcionária do gabinete de Flávio que devolvia parte dos seus salários.

2 comentários

  • Fofocas da conta da Michelle

    A muito tempo, os petistas estão investigando a vida de Fabrício Queiroz e da família de Bolsonaro. Não acharam nada. Até agora! Nada suspeito.
    Por outro lado, os bolsonaristas levam a investigação do Lulinha com o Oi e de Lula com o seu Instituto, para frente.
    São todos bandidos! Mas o que se vê é que os valores da quadrilha de Bolsonaro são muito pequenos. Será que eles roubaram pouco? Esqueci que o Bolso não era presidente.
    Já o Lulinha, o que se sabe? Que ele é um milionário? O dinheiro foi transferido por Lula? Eu queria nascer filho de um presidente. kkkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *