REJEIÇÃO A BOLSONARO EXPLODE EM PERIFERIAS E GRANDES CIDADES

Deu na Carta Capital:

A queda na popularidade de Jair Bolsonaro, aferida pela pesquisa do Ibope divulgada nesta quarta 20, foi mais vertiginosa nos centros urbanos do Brasil. Nos municípios com mais de 500 mil habitantes, o percentual dos que avaliam o governo como ruim ou péssimo cresceu 18 pontos percentuais — de 14% em janeiro para 32% em março.

O tombo foi ainda maior nas cidades da periferia, onde Bolsonaro desagrada 3 em cada 10 eleitores. No primeiro mês de governo, os que desaprovavam eram 8%. Esse número subiu para 19% em fevereiro e chega agora a 29%. Um aumento de 22 pontos percentuais.

A rejeição ao governo também cresceu significativamente entre os brasileiros que têm entre 45 e 54 anos. Em janeiro, apenas 9% consideravam ruim ou péssima a gestão do militar. Agora, são 26%.

Desde a posse, a aprovação a Bolsonaro caiu mais de 20 pontos percentuais entre os seguintes grupos: população de 45 a 54 anos (de 70% para 45%), moradores de cidades periféricas (de 63% para 42%) e entre os que só completaram o ensino fundamental (de 69% a 49%).

Já a região Nordeste dá ao governo a maior rejeição: 49%, um aumento de 19 pontos percentuais em relação a janeiro.

A pesquisa ouviu 2.002 pessoas entre os dias 16 e 19 de março, com margem de erro de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Ricos e evangélicos sustentam aprovação

Os mais ricos ainda são os que melhor avaliam Bolsonaro (49%), mas esse número também caiu: era de 57% em janeiro. Entre os homens e moradores de cidades pequenas (com até 50 mil habitantes) a aprovação atinge 57%. O apoio também é alto entre os que se autodeclaram brancos (42%).

Entre os evangélicos, outra base importante do presidente, a avaliação positiva é de 61%. O segmento também é o que mais confia no presidente (56%).

As regiões Norte e Centro-Oeste foram as únicas onde o apoio a Bolsonaro cresceu em relação a fevereiro: 42% consideram o governo bom ou ótimo.

21 comentários

  • O povo já sabia! Não pode reclamar

    Certamente Bolsonaro não era o melhor candidato a presidente pois ganhou as eleições sem abrir a boca e fez varias promessas que felizmente está cumprindo algumas. Com isso, está gerando descontentamento.
    Entretanto, tudo o que criticamos, hoje, o povo já sabia principalmente a sua incapacidade de governar. Diante disso, colocou Moro, Paulo Guedes e os militares para mandar em seu governo e o pior, deixa seus filhos palpitarem.
    Seus filhos estragam o seu governo assim como o seu ministro do turismo que certamente deveria ter sido demitido pois esteve envolvido em falcatruas. Neste caso, comete os mesmos erros dos ex presidentes. Uma pena!
    Tem uma ministra que parece pastora e demonstra não ter condições de estar ocupando um ministério.
    Prometeu e está sendo obrigado a fazer a reforma da previdência para suas contas baterem. Lula, Dilma e Temer se omitiram. Agora não tem jeito!

  • Abraham Lincoln

    Qualquer presidente, obviamente aquele com a bolsa escrotal purpúrea, que tivesse proposto a reforma da previdência, sofreria as conseqüências deletérias dessa medida anti-eleitoral. O trabalho incansável da esquerda, de propagar desinformação sobre o tema, tem sido bem feito, gerando, a meu ver, boa parte da queda de popularidade. É bem verdade que a redução se deve também às imbecilidades ditas pelo Borsa e por parte dos seus “escolhidos”, mas com relação à previdência, somente um animal selvagem não enxerga a necessidade de se realizá-la; e como nossa fauna é vasta.

    • Eu acho bem feito pra quem votou e meus pêsames pra quem não votou e está tendo que engolir, aguardemos as cenas dos próximos capítulos dessa emocionante novela: A SAGA DOS PRESIDENTES ,

  • A prisão de Temer melhora a popularidade de Bolsonaro

    A prisão de Michel Temer melhorou a imagem de Bolsonaro como também do Moro.
    Sua popularidade caiu devido a disputa entre os políticos do governo e os militares, o caso Queiroz e milícias, o laranjal do PSL, declarações estapafúrdias de ministros,
    Como também desconfianças cada vez maiores entre seus aliados no agronegócio e as dificuldades em amarrar a tramitação da reforma da Previdência.
    Acima de tudo, devido principalmente ao último item, a sensação de estagnação na economia. As pessoas votaram em Bolsonaro não só esperando uma revolução conservadora de costumes, mas também porque ele prometia tirar o país a eletrochoque do marasmo e do desemprego crônico.

  • Enfermeiro cubano

    Abraham Lincoln em minha singela opinião, acho eu que quem deve ter o escroto ou saco/bolsa testicular, popularmente chamado colhão, culhão, que , é uma bolsa externa de pele e músculo que contém os testículos é sua pessoa, pois caso contrário, serias um anormal ( será ),para aceitar as mudanças na Previdência, medidas essas que antes da eleição o senhor Bolsonaro Miliciano era contra a mais da metade dela, mas não só essas medidas que fazem do miliciano sofrer uma rejeição “pequena ” da população brasileira e, jamais a esquerda propagou desinformação sobre o tema, mas apenas mostrou o que iria acontecer, como realmente esta acontecendo e , então a queda de sua popularidade é que o mesmo é um analfabeto politico, despreparado mentalmente, e por suas tomadas de posições e logo em seguidas mudadas, fora os fatos como:*** Rachadinha, ***Onys e o CX.2,*** Os Laranjais,*** Flavio Bolsonaro líder dos milicianos com suas premiações aos mesmos na Câmara do RJ, ***Abertura das portas do Brasil para o Imperialismo Americano sem o visto no passaporte, ***Ao oferecer a Amazônia ao Imperialismo americano também, *** Ceder Alcântara um lugar estratégico para lançar foguetes e satélites,*** chamar o povo brasileiro de lixo *** Que os EUA corria. o risco com os mesmos entrando no pais sem visto., esses são os motivos da ” PEQUENA QUEDA DE REJEIÇÃO DE BOLSONARO””, além é claro da Proposta da Previdência, onde só abriu as pernas, com medo das consequências só para o Judiciário e as Forças Armadas.
    Vejamos então o que o senhor apoia e como o senhor se aposentará:
    ***acaba com a aposentadoria por tempo de contribuição***para se aposentar mulher 62 anos e homem 65 anos.***Tempo minimo de contribuição 20 anos e não mais 15.***idade minima é a mesma para funcionário público e privado.***Aposentado só recebe 100% do beneficio se pagar ao INSS por 40 anos.***03 regras de transição:por pontos, idade minima e com um pedágio de 50% em relação ao tempo que falta,***Quem ganha mais pagará contribuição maior ao INSS: de 11% sobe para 11,68.***Pensão por morte para viúvos órfãos será menor, caindo de 100% para 60% com um dependente.***Abono do PIS será pago só para quem recebe um salário mínimo, hoje tem direito quem recebe até dois mínimos.***Beneficio inicial a idoso cai de 998 para 400.
    reais.
    Por apoiar essas mudanças para mim tu és um louco irreparável. “””E agora tenho que ler no texto de cima de outro louco da Direita Ordinária, que com a prisão de TEMER a popularidade de Bolsonaro e Moro vai subir, mas antes ler e enxergar essas burrices do que ser cego. Diga para seu amigo o que tem haver o anus com a calça
    Por fim tu és um ” Animal Selvagem ” e não vai fazer falta nenhuma para a fauna brasileira.
    Uma pergunta: Já pensou no teu futuro, dos teus filhos, dos seus irmãos de sangue e da população em geral desse país.? Achas que um agricultor consegue trabalhar até 65 anos ?
    Por isso eu digo a Direita é sanguinária só pensa nela!!!!!!!

  • Enfermeiro cubano

    Abrham Lincoln Leia uma proposta da Esquerda que eu represento e veja nossas diferenças:

    ***construir uma nova narrativa para a autocompreensão do país.
    ***realizar uma reforma politica ampla e urgente.
    ***investir em saneamento básico como politica de saúde preventiva.
    ***reformular o sistema penal brasileiro.
    ***ter um projeto educacional ambicioso, com ênfase no professor e no ensino médio.
    ***ampliar as ações de trânsito de modo a reduzir as mortes no trânsito.
    ***avançar nas garantias de direitos humanos e sociais.
    ***proteger as minorias, especialmente pobres e negros ( isso tu és contra ).
    ***tornar o orçamento público mais transparente.
    ***promover mudanças mo ambiente jurídico, marcado pela alta litigiosidade.

    Meu caro desde o D.A. eu demonstrava para quem estava na minha frente e prestava atenção. Não obrigava a nada, a não ser atenção, por isso durmo tranquilo.

    • Abraham Lincoln

      Não posso responder a tudo que você posta direcionado a mim, é muita coisa. Mas neste comentário, é bom frisar, você tem bastante razão no que diz (ou no que cola). Inclusive quando diz que sou contra políticas direcionadas às minorias (vale lembrar que os pobres não são a minoria, são, infelizmente, a maioria). Claro que, para se tornar um membro da direita (KKKKK), faltam alguns ajustes em seus anseios, como o incentivo brutal ao livre comércio, às privatizações ou concessões públicas, à desmama do estado por parte de diversos setores, etc. Mas gostei de sua posição (quase de direita). Você está no caminho, continue melhorando. Veja alguns vídeos do Olavo de Carvalho, Caio Copolla, Luiz Felipe Pondé, entre outros; assim, compreenderá minha visão e, certamente, seremos ávidos comentaristas pró-Brasil e anti-esquerda. Abraços.

      • Enfermeiro cubano

        ABRAHAM LINCOLN O seu problema não é poder ou não poder responder meus textos e sim creio eu é sua capacidade e seus argumentos para responder .
        Pela milésima vez vou lhe responder que os textos por minha pessoa colocados no blog, são: cópias mas originais ( e não me envergonho disso), alguns são feitos por mim e outros feitos através da Intertextualização dos mesmos, por isso não venha com sarcasmo, pois muito sobre texto, quem lhe ensinou fui eu, ou quem sentava atrás de você. Então deixa a idiotice de lado, pois quando digo minorias são os seus batedores de panela, dos donos dos laranjais, do cx. 2, dos milicianos,, das rachadinhas de Flávio Bolsonaro, do entregador de Alcântara e do seu querido presidente que abriu as portas do Brasil para o Imperialismo americano..
        Eu sim, por ser de uma esquerda moderada luto pela maioria da população brasileira e jamais serei de sua direita fascista e burra, cujo conceito principal dentro das Ciências Politicas tem uma características autoritária, conservadora em relação a aspectos sociais do governo, dando sempre prioridade aos direitos individuas e não a uma coletividade,
        Meu caro seu cinismo é algo estranho e faz mal a alma, tome cuidado. Eu só não vejo videos do: Olavo, do Copolla e Pondé , mas também leio os livros de ; Murilo de Carvalho, Buarque de Holanda, Boris Fausto etc….e por isso sou contra qualquer resquício da direita.
        Para que não esqueça de quem eu fui e sou vou citar novamente minhas ideias de proposta governamental:
        ***construir uma nova narrativa para a autocompreensão do país.
        ***realizar uma reforma politica ampla e urgente.
        ***investir em saneamento básico como politica de saúde preventiva.
        ***reformular o sistema penal brasileiro.
        ***ter um projeto educacional ambicioso, com ênfase no professor e no ensino médio.
        ***ampliar as ações de trânsito de modo a reduzir as mortes no trânsito.
        ***avançar nas garantias de direitos humanos e sociais.
        ***proteger as minorias, especialmente pobres e negros ( isso tu és contra ).
        ***tornar o orçamento público mais transparente.
        ***promover mudanças mo ambiente jurídico, marcado pela alta litigiosidade.

  • Enfermeiro cubano

    ABRAHAM LINCOLN— veja como funciona a politica da Direita de Bolsonaro em pleno território chileno.

    Presidentes da Câmara e do Senado do Chile reagem a frase de Onyx sobre ‘banho de sangue’
    Parlamentares consideraram declaração ‘profundamente inamistosa’ e uma ofensa às vítimas da ditadura de Pinoche
    Os presidentes das duas Casas legislativas do Chile reagiram fortemente às declarações do ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que elogoiu “as bases macroeconômicas” fixadas na ditadura Pinochet (1973-1990) ao defender a necessidade de uma reforma da Previdência no Brasil.
    Em entrevista à Rádio Gaúcha nesta quinta-feira, Onyx afirmou que Pinochet “teve que dar um banho de sangue” nas ruas do país, o que classificou como “triste”
    Visita de Bolsonaro acirra tensão entre Piñera e oposição chilena.
    Onyx elogia ‘bases macroeconômicas’ do governo Pinochet e diz que Chile ‘teve que dar um banho de sangue’
    Imagem da matéria
    Ivan Flores, presidente da Câmara de Deputados do Chile, afirmou que as declarações de Onyx são “um desatino sem paralelo” e uma grave ofensa às vítimas da ditadura de Pinochet.
    — A menção deste porta-voz do presidente Bolsonaro, um personagem importante do governo brasileiro, a um “banho de sangue” no Chile é uma afronta a todas as pessoas que perderam familiares, a todos que sofreram com as violações de direitos humanos — disse Flores.
    O parlamentar acrescentou que não acreditava “ter experimentado algo parecido” antes.
    — As declarações não têm justificativa alguma e merecem a condenação mais enérgica. Não sei se ele [Onyx] tentou reforçar declarações antigas de Bolsonaro — comentou.
    ‘Ofendem o país inteiro’
    Jaime Quintana, o presidente do Senado chileno, classificou as declarações do ministro como “profudamente inamistosas”.
    — Não me lembro de declarações assim de um governo cujo mandatário pisou em solo chileno. Elas ofendem não só as vítimas das violações de direitos humanos, mas o país inteiro — disse Quintana.
    Os dois chefes parlamentares disseram que recusariam qualquer convite para participar de um almoço em comemoração ao aniversário de Bolsonaro (que completou 64 anos nesta quinta-feira), durante a visita do presidente ao Chile, onde ele desembarcou há pouco.
    As declarações de Flores e Quintana foram dadas na saída de um almoço em homenagem ao presidente Iván Duque, da Colômbia.

  • Enfermeiro cubano

    Abraham Lincoln sinta como a direita burra trata o poder judiciário, exercito, a marinha e a aeronáutica, diferentemente da população brasileira e depois tire sua conclusões.

    SALÁRIO DE GENERAL SOBE DE 22,6 MIL PARA 30,2 MIL COM GRATIFICAÇÕES ANTES DA MUDANÇA PREVIDENCIAL.
    Os salários de generais do Exercito , almirantes da Marinha e tenentes-brigadeiros, que são de 22.600 reais com as gratificações, subirão para 30.175 reais, caso a proposta de restruturação das carreiras enviada para o Congresso seja aprovada nos moldes apresentados, antes das mudanças da previdência. O aumento será de 33,33% e o do povo brasileiro quanto será meu caro?
    Fazem parte dessa remuneração os adicionais de habilitação ( 73% ).para aqueles que concluem cursos de capacitação, de disponibilidade militar ( 41% ), recebido pelo trabalho sem jornada definidade, e a gratificação de representação ( 10% ), recebida por generais que chefiam unidades militares. Esses percentuais incidem sobre o soldo básico, de 13.741 reais.
    E o adicional de habilitação trará uma renda extra de 9.833 reais, o de disponibilidade militar, outros 50523 reais e a gratificação de representação, mais 1.347 reais. Com isso o final de 30.175 reais, chegará próximo à remuneração dpo presidente da República, que é de 30.934 reais.
    Atualmente os generais, almirantes e tenentes brigadeiros já recebem 30% de adicional de abilitação, 10% da gratificação de representação e mais 28% de adicional por.tempo de serviço Com isso o salário chega a pelo menos 22.631 reais.
    Agora eles terão de escolher entre o adicional de tempo de serviço e o de disponibilidade. Isso tudo antes da reforma da previdência.
    ABRAHAM LINCOLN ISSO É A DIREITA, MAS ME DIGA QUAL SERÁ A TUA ESCOLHA?
    ..

  • Enfermeiro cubano

    ABRAHAM LINCOLN e agora o que fazer contra o seu presidente e sua laia de corruptos:—-

    STF ORDENA E POLÍCIA FEDERAL CUMPRE BUSCAS CONTRA MILÍCIA DIGITAL BOLSONARISTA
    O ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes autorizou as primeiras medidas no inquérito que investiga ofensas a ministros da Corte. As ações estão sendo cumpridas na manhã desta quinta-feira (21) e incluem busca e apreensão nas casas de suspeitos em São Paulo e em Alagoas. A investigação corre em sigilo, segundo o G1.
    Relator da investigação, o ministro indicou nesta quarta-feira (20) dois delegados para atuar no caso. Foram designados para a investigação o delegado federal Alberto Ferreira Neto, chefe da Delegacia Especializada em Repressão a Crimes Fazendários, e o delegado Maurício Martins da Silva, do Departamento de Inteligência da Polícia Civil de São Paulo.
    Moraes também anunciou que a servidora do Supremo Cristina Yukiko Kusahara vai organizar, dentro da Corte, os trabalhos da equipe responsável pelo inquérito.

  • mané

    ABRAHAM LINCOLN vamos analisar estes fatos que podem mudar a vida do ministro corrupto Moro.
    RODRIGO MAIA ESPINAFRA MORO NA CÂMARA DOS DEPUTADOS: “Ele está confundindo as bolas, ele não é presidente da República”
    https://i1.wp.com/www.apostagem.com.br/wp-content/uploads/2019/03/15531228865c92c6468d2ba_1553122886_3x2_md.jpg?
    resize=768%2C445&ssl=1ABRAHAM LINCOLN

    Com a paralisação do projeto apresentado por Sérgio Moro, que ele chama de combate à corrupção, o ministro buscou contato com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. Ex-super-juiz da Lava Jato e atual ministro da Justiça de Bolsonaro, Moro causou irritação ao presidente da Câmara ao tratá-lo como “funcionário de Bolsonaro”.
    Maia rebateu dizendo que o ex-super-juiz estaria confundindo as bolas e qualificou o projeto como “copia e cola” do projeto apresentado pelo Ministro do STF, Alexandre de Moraes, ainda durante o governo Temer.
    “O funcionário do presidente Bolsonaro? Ele conversa com o presidente Bolsonaro e se o presidente Bolsonaro quiser ele conversa comigo. Eu fiz aquilo que eu acho correto [sobre a proposta de Moro]. O projeto é importante, aliás, ele está copiando o projeto direto do ministro Alexandre de Moraes. É um copia e cola. Não tem nenhuma novidade, poucas novidades no projeto dele”, disse Maia, em resposta a um questionamento sobre se Moro estava se intrometendo na Câmara.
    Parece que o Moro não compreendeu que os tempos de estrelato de super-juiz passaram e como político, não passa de um rastaquera, foi o que disse Rodrigo Maia, em outras palavras.
    “Eu sou presidente da Câmara, ele é ministro funcionário do presidente Bolsonaro”, afirmou Maia.
    “O presidente Bolsonaro é quem tem que dialogar comigo. Ele está confundindo as bolas, ele não é presidente da República, ele não foi eleito para isso. Está ficando uma situação ruim para ele. Ele está passando daquilo que é a responsabilidade dele. Ele nunca me convidou para perguntar se eu achava que a estrutura do ministério estava correta, se os nomes que ele estava indicando estavam corretos”, afirmou.
    Depois desta resposta se Moro tivesse vergonha na cara se mandava logo dessa pocilga

  • Enfermeiro cubano

    ABRAHAM LINCOLN*********Veja o que um dos novos presidentes do Brasil, pois temos 4 ( a família Bolsonaro os Miliciano ) e, as resposta bem colocadas da Deputada Bruna Furlam pra cima de Eduardo Bolsonaro ( um dos presidentes do Brasil )

    https://img-buzzfeed-com.cdn.ampproject.org/ii/w1200/s/img.buzzfeed.com/buzzfeed-static/static/2019-03/21/15/asset/buzzfeed-prod-web-04/sub-buzz-16066-1553195657-5.jpg?resize=990:648?output-quality=auto&output-format=auto&downsize=360:*

    Bruna Furlan disse que “não é nada bom para o país” que o filho do presidente da República atue como se fosse o chanceler de fato.
    Ela ainda comparou o que está acontecendo no microcosmo da Comissão de Relações Exteriores com o cenário mais amplo da Câmara dos Deputados e o mais importante desafio do governo Bolsonaro: a votação da reforma da Previdência.
    A tucana está entre os parlamentares que defendem a reestruturação do sistema de aposentadoria, mas tem dúvidas sobre a viabilidade da reforma sob a gestão Bolsonaro.
    Para a deputada, Bolsonaro não tem condições de liderar um processo político que garanta uma verdadeira reforma na Previdência.
    Ela exemplificou alguns dos pontos que considera erros na articulação do presidente com os parlamentares, a começar pela escolha das lideranças no Parlamento.
    “A líder [do governo no Congresso, Joice Hasselmann, do PSL de São Paulo] é de primeiro mandato. Eles montaram time ruim, a líder não conhece ninguém e ninguém a conhece”, disse Bruna Furlan.
    Sem citar o nome do líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL-GO), ou o do líder do PSL no Senado, Major Olímpio (SP), emendou:
    “No PSL é major isso, é major aquilo. É uma coisa corporativista”.
    A política nas mãos dos youtubers.
    A tucana ainda criticou o discurso sobre o fim do toma-lá-dá-cá, exaustivamente repetido por Bolsonaro.
    “Eu estou no terceiro mandato e nunca participei de nada disso. Essa generalização incomoda muito, e não somente a mim”, disse.
    “O ambiente no Congresso está muito ruim. Quer tirar a política das mãos dos políticos e colocar nas mãos de youtubers? Eles estão mais preocupados em gravar vídeos para as redes que resolver os problemas do Brasil”, completou.
    Bruna Furlan também criticou a postura do governo com potenciais aliados em sua agenda de reformas e citou o seu PSDB como exemplo.
    Mesmo ponderando que não é líder e nem fala pela bancada, admitiu a existência um grande descontentamento entre tucanos. Deu como exemplo a fala de um deputado do PSL, no caso, do Coronel Tadeu (SP), que em reunião da Comissão de Constituição e Justiça chamou o ex-governador Geraldo Alckmin de assassino.
    “Estão agredindo as pessoas do PSDB. Fazem agressões fora de contexto. A insatisfação é grande.”
    Por fim, a deputada ponderou que, enquanto o governo não resolver seus problemas de articulação, até mesmo matérias de menor relevância podem ser barradas pelos parlamentares, que ganharão tempo esticando prazos e a corda política com embates como o que trata do pedido de autógrafo a Donald Trump.
    Na sessão de ontem da comissão, Eduardo deixou claro que esse autógrafo nunca foi solicitado por Jair Bolsonaro ao chefe dos Estados Unidos. Só que foi ele mesmo, Eduardo, que fez o pedido, em nome do pai.
    QUE ADMINISTRAÇÃO EXCELENTE ESTÃO FAZENDO OS 4 PATETAS PRESIDENTES DO BRASIL-ESSA DIREITA QUE NÃO VAI DURAR MUITO TEMPO

  • Enfermeiro cubano

    ABRAHAM LINCOLN O QUE ME DIZ SOBRE OS BOLSONARISTA DA MILICIA ADMINISTRANDO O BRASIL E SENDO UM DELES PRESIDENTE DA MESA, LEVANDO CHACOALHADA DE UMA DEPUTADA NOL PRÓPRIO PLENÁRIO DA CÂMARA.

    https://1.bp.blogspot.com/-DfNOmamb8M4/WsDj5h-tJoI/AAAAAAAAAdg/RjKSX6mIniQvAEF0tU98dQo2_TndijhgACPcBGAYYCw/s640/temer.jpg

    Bruna Furlan disse que “não é nada bom para o país” que o filho do presidente da República atue como se fosse o chanceler de fato.
    Ela ainda comparou o que está acontecendo no microcosmo da Comissão de Relações Exteriores com o cenário mais amplo da Câmara dos Deputados e o mais importante desafio do governo Bolsonaro: a votação da reforma da Previdência.
    A tucana está entre os parlamentares que defendem a reestruturação do sistema de aposentadoria, mas tem dúvidas sobre a viabilidade da reforma sob a gestão Bolsonaro.
    Para a deputada, Bolsonaro não tem condições de liderar um processo político que garanta uma verdadeira reforma na Previdência.
    Ela exemplificou alguns dos pontos que considera erros na articulação do presidente com os parlamentares, a começar pela escolha das lideranças no Parlamento.
    “A líder [do governo no Congresso, Joice Hasselmann, do PSL de São Paulo] é de primeiro mandato. Eles montaram time ruim, a líder não conhece ninguém e ninguém a conhece”, disse Bruna Furlan.
    Sem citar o nome do líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL-GO), ou o do líder do PSL no Senado, Major Olímpio (SP), emendou:
    “No PSL é major isso, é major aquilo. É uma coisa corporativista”.
    A política nas mãos dos youtubers.
    A tucana ainda criticou o discurso sobre o fim do toma-lá-dá-cá, exaustivamente repetido por Bolsonaro.
    “Eu estou no terceiro mandato e nunca participei de nada disso. Essa generalização incomoda muito, e não somente a mim”, disse.
    “O ambiente no Congresso está muito ruim. Quer tirar a política das mãos dos políticos e colocar nas mãos de youtubers? Eles estão mais preocupados em gravar vídeos para as redes que resolver os problemas do Brasil”, completou.
    Bruna Furlan também criticou a postura do governo com potenciais aliados em sua agenda de reformas e citou o seu PSDB como exemplo.
    Mesmo ponderando que não é líder e nem fala pela bancada, admitiu a existência um grande descontentamento entre tucanos. Deu como exemplo a fala de um deputado do PSL, no caso, do Coronel Tadeu (SP), que em reunião da Comissão de Constituição e Justiça chamou o ex-governador Geraldo Alckmin de assassino.
    “Estão agredindo as pessoas do PSDB. Fazem agressões fora de contexto. A insatisfação é grande.”
    Por fim, a deputada ponderou que, enquanto o governo não resolver seus problemas de articulação, até mesmo matérias de menor relevância podem ser barradas pelos parlamentares, que ganharão tempo esticando prazos e a corda política com embates como o que trata do pedido de autógrafo a Donald Trump.
    Na sessão de ontem da comissão, Eduardo deixou claro que esse autógrafo nunca foi solicitado por Jair Bolsonaro ao chefe dos Estados Unidos. Só que foi ele mesmo, Eduardo, que fez o pedido, em nome do pai.

  • Enfermeiro cubano

    ABRAHAM LINCOLN será que podemos trocar algumas palavras sobre a atitude toma por Maia ao ex juiz Moro que deixou de lado um salário de quase 100 mil reais para ser ministro da justiça ( ai tem alguma coisa )e, servir de capacho da família miliciana Bolsonara, pois o presidente fala ajoelha e o ex ajoelha e agora foi a vez de Maia colocar o defensor dos Bolsonaroem seu devido lugar;

    “”Rodrigo Maia humilha Moro e o chama de “funcionário do Bolsonaro”.
    A briga começou, quando Moro enviou uma mensagem a Rodrigo Maia, praticamente ordenando a Maia que colocasse seu projeto imediatamente em tramitação. Maia se irritou e disse que projeto de Moro era copia-e-cola do projeto já apresentado por Alexandre de Moraes e que iria apensar projeto de Moro ao projeto de Moraes…kkk !””””””

  • Enfermeiro cubano

    BOLSONARO COMETE GAFE E COMEMORA DIA DA SÍNDROME DE “DROWN”

    https://www.brasil247.com/images/cache/1000×357/crop/images%7Ccms-image-000624656.jpg

    “Hoje é Dia Internacional da Síndrome de Drown (sic)”, disse o presidente Jair Bolsonaro (PSL), sido corrigido na sequencia pelo ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), General Augusto Helen
    O presidente Jair Bolsonaro (PSL) cometeu mais uma gafe em sua transmissão ao vivo semanal no Facebook. Nesta quinta-feira (21), ao citar que hoje comemora-se o Dia Internacional da Síndrome de Down, o presidente errou o nome da síndrome.
    “Hoje é Dia Internacional da Síndrome de Drown (sic)”, disse o presidente, sido corrigido na sequencia pelo ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), General Augusto Heleno.

    https://twitter.com/rosana/status/1108867823554756608

  • Tinoco

    Direita Frustada

    Clã Bolsonaro repete com Maia roteiro que enterrou reforma no governo Temer 4.6k Tales Faria 22/03/2019 10h27 O fim da boa relação com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ameaça enterrar a reforma da Previdência da mesma forma como ocorreu no governo de Michel Temer. A história do relacionamento de Jair Bolsonaro com o presidente da Câmara começa a repetir o enredo do período Temer: em meio a intrigas familiares e disputas locais pela política no Rio de Janeiro, Maia e o Planalto se afastam. Carlos Bolsonaro continua a provocar Rodrigo Maia nas redes sociais. Irônico, perguntou no Instagram ontem, por exemplo, por que Rodrigo Maia anda tão nervoso. Os bolsonaristas … – Veja mais em https://talesfaria.blogosfera.uol.com.br/2019/03/22/sem-maia-reforma-morreu-com-temer-como-deve-ocorrer-com-bolsonaro/?cmpid=copiaecola

  • mané

    BOLSONARO NO CHILE É COMO CANGAMBÁ, ANIMAL FERIDO DE QUE TODOS QUEREM DISTÂNCIA

    Se Jair Bolsonaro fosse um animal, ele poderia muito bem ser o cangambá — um parente distante dos furões, da lontra e da irara –, de que todos querem distância, por exalar mau cheiro.
    ACA66tO7bD-N91QKOablfUDAAcLNtDbD8ZJmG5lgIhEmhYC5Ty54DI26xOBaUDcU9T1xkV os milicianos ou simpatizantes, estes unidos por laços de indiscutível afinidade.
    No Chile para a reunião de fundação da ProSul, a instituição de direita que substituirá a Unasul, Bolsonaro tem sido rejeitado até por quem, protocolarmente, deveria recebê-lo.
    É o caso do presidente do Senado, Jaime Quintana Leal.
    O senador recusou convite para um almoço que será oferecido ao presidente do Brasil amanhã. “Os admiradores de Pinochet não são bem vindos no Chile”, disse.
    Quintana Leal não é nenhum político extremista. Ele pertence ao Partido pela Democracia, que se define como centro-esquerda.
    Nesta semana, o senador se encontrou com o direitista Ivan Duque, presidente da Colômbia, que também está em Santiago para a instalação da ProSul.
    “Dividimos a mesa, em um clima muito civilizado. Mas nunca escutei de Duque expressões que atacam os pilares centrais da democracia, os valores essenciais de direitos humanos”, afirmou.
    Sobre Bolsonaro, a lista de restrições é longa.
    “Não tem a ver com o cargo da Presidência, mas com a pessoa de Jair Bolsonaro e suas declarações homofóbicas, misóginas e em relação à tortura. Participar de uma atividade de homenagem a ele (Bolsonaro) atingiria muitas pessoas de nosso país que se sentem prejudicadas por suas declarações”, disse.
    Quintana destacou que Bolsonaro representa ameaça à humanidade. “À medida que sigamos endossando lideranças que começam com discursos populistas, mas terminam consolidando regimes totalitários, a ameaça não é só para um país. Termina sendo uma ameaça para a humanidade. Isso aconteceu na Europa dos anos 1930.”
    A deputada Carmen Hertz, do Partido Comunista, foi na mesma linha, porém mais incisiva, e deu nome à ameaça dos anos 30. “Juntar-se hoje com Bolsonaro é como juntar-se a Hitler de 1936”.
    Uau!D
    Convive com ele apenas quem tem interesse no cargo que ocupa, salvo
    O presidente do Chile, Sebastian Piñera, que é de direita, se viu em uma saia justa. E ele tentou se justificar. Disse que a recepção a Bolsonaro estava relacionada à importância do Brasil.
    “Sei que ocorreram algumas críticas no nosso país. Mas cada país tem direito a escolher seus governos”, afirmou, e fez questão de frisar que o governo dele, Piñera, entretanto, mantém o “forte compromisso na defesa de direitos humanos”.
    Depois de Bolsonaro envergonhar o Brasil, com sua postura de lambe-botas de Donald Trump nos Estados Unidos, ele agora espalha seu rastro de ódio pelo Chile.
    Uma pessoa assim é nociva para os negócios do Brasil. Viagens internacionais são oportunidades de abertura ou ampliação de novos negócios.
    Uma das formas de atrair o interesse estrangeiro por oportunidades no Brasil é a exposição de idéias e propostas através do contato com a imprensa.
    Que jornalistas deixaria de fazer as perguntas sobre a controvertida biografia de Bolsonaro caso tivesse a oportunidade de entrevistá-lo?
    A CNN do Chile, em uma reportagem recente que fez sobre Bolsonaro, o associou ao assassinato de Marielle Franco.
    Enfim, Bolsonaro é uma notícia negativa em si. Sua simples presença não atrai simpatia e, em consequência, afugenta negócios.
    Se ele fosse CEO de uma empresa, já teria sido demitido, pela incapacidade de agregar imagem positiva a qualquer negócio que seja lícito
    Estamos bem de presidente , todo mundo foge do Cangambá .

  • mané

    ESPERAMOS MAIS UM POUCO QUE A COISA VAI EXPLODIR E EU ADORO QUANDO ISSO ACONTECE NA NÃO-ADMINISTRAÇÃO DE BOLSONARO O LOUCO E DOS 03 FILHOS PSICOPATAS.

    https://conteudo.imguol.com.br/c/bol/entretenimento/4d/2019/03/21/o-presidente-da-camara-dos-deputados-rodrigo-maia-e-o-ministro-da-justica-sergio-moro-1553200413431_v2_450x450.jpg

    Post de filho de Bolsonaro citando Moro faz Maia ‘explodir’ O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia Imagem: Mateus Bonomi/Folhapress e Evaristo Sá/AFP Naira Trindade e Vera Rosa Brasília 22/03/2019 08h29Atualizada em 22/03/2019 13h46 Um post do vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), na manhã desta quinta-feira, 21, fez o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), explodir quando já estava irritado ao saber da prisão de seu sogro, o ex-ministro de Minas e Energia Moreira Franco. Maia procurou interlocutores no governo que alertaram o presidente Jair Bolsonaro de que era preciso conter Carlos sob o risco de o deputado abandonar a articulação para aprovação da reforma d… – Veja mais em https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2019/03/22/post-de-filho-de-bolsonaro-citando-moro-faz-maia-explodir.htm?fbclid=IwAR1slVWOiYntQ5hDFvpHdjg899AvTx2hz9eM5oNATjUd66AsTDQn7QET7fI&cmpid=copiaecola

  • Enfermeiro cubano

    ABRAHAM LINCOLN me explica como vai ficar agora, as mudança na Previdência.

    Do Estadão:::::
    O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), avisou ontem ao ministro da Economia, Paulo Guedes, que deixará a articulação política pela reforma da Previdência.
    Maia tomou a decisão após ler mais um post do vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), com fortes críticas a ele. Irritado, o deputado telefonou para Guedes e disse que, se é para ser atacado nas redes sociais por filhos e aliados de Bolsonaro, o governo não precisa de sua ajuda.
    A ligação do presidente da Câmara para o titular da Economia foi presenciada por líderes de partidos do Centrão. Maia está irritado com a ofensiva contra ele nas redes, com a falta de articulação do Palácio do Planalto e com a tentativa do ministro da Justiça, Sergio Moro, de ganhar mais protagonismo na tramitação do pacote anticrime.
    “Eu estou aqui para ajudar, mas o governo não quer ajuda”, disse o presidente da Câmara, segundo deputados que estavam ao seu lado no momento do telefonema. “Eu sou a boa política, e não a velha política. Mas se acham que sou a velha, estou fora.”
    Carlos Bolsonaro, o filho “zero dois” do presidente, compartilhou nas redes a resposta de Moro à decisão de Maia de não dar prioridade agora ao projeto que prevê medidas para combater o crime organizado e a corrupção. “Há algo bem errado que não está certo!”, escreveu Carlos no Twitter.
    O texto acompanhava nota de Moro, divulgada na noite de quarta-feira, rebatendo ataques de Maia à sua insistência em apressar a tramitação do pacote. “Talvez alguns entendam que o combate ao crime pode ser adiado indefinidamente, mas o povo brasileiro não aguenta mais”, afirmou Moro. Além disso, no Instagram, Carlos lançou uma dúvida: “Por que o presidente da Câmara está tão nervoso?”.

  • Enfermeiro cubano

    CARLUXO SÓ PODE ESTÁ COM A DOENÇA DE CACHORRO LOUCO. COMEÇOU A AVANÇAR E MOSTRAR OS DENTES PARA O MAIA. SERÁ UM BOM SINAL?.
    O QUE ACHAS ABRAHAM LINCOLN?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *