SESSÃO DE JULGAMENTO PODE TERMINAR AMANHÃ DE MANHÃ

DSC01843-ED

No ritmo em que estava indo, a sessão de julgamento que está sendo realizada pela Câmara de Jales, poderia durar, no mínimo, três dias. Até as 22:00 horas, ou quase dez horas depois de iniciada a leitura do processo, foram lidas cerca de 200 páginas. Como o processo tem 1.151 páginas, basta fazer as contas.

A leitura de todo o processo foi uma exigência do advogado Osmar Honorato Alves. Por volta das 23:00 horas, no entanto, o advogado apresentou um requerimento onde seleciona algumas páginas para serem lidas e abre mão da leitura das demais.

Para o vereador Luís Rosalino(PT), o requerimento do advogado pode ser uma estratégia para fazer com que o julgamento termine de madrugada, quando a maioria da população estará dormindo. O petista  requereu ao presidente da Câmara, Tiquinho, que os vereadores também possam escolher algumas páginas para serem lidas.

O objetivo do vereador, é claro, é levar o julgamento para a manhã da terça-feira, a fim de que a população possa acompanhar, ao vivo, a votação final. Como se vê, na foto lá de cima, a Câmara estava quase vazia por volta das 10:00 horas.

As poucas pessoas que acompanham a sessão, não estão prestando a mínima atenção à leitura, que está sendo feita pelos vereadores Jesus Batista, Luís Rosalino, Pérola Cardoso e Tiago Abra, em sistema de revezamento. Abaixo, mais alguns flagrantes:

DSC01846-EDA vereadora Pérola e os vereadores Jesus, Rosalino e Tiago Abra estão se revezando na leitura do processo. Em 10 horas, foram lidas 200 das 1.151 páginas do processo.

DSC01848-EDEnquanto a vereadora Pérola fazia a leitura, o advogado da prefeita, Osmar Honorato, trocava figurinhas com o presidente da Câmara, Tiquinho, e o vice-presidente, Rivail Júnior.

DSC01851-edAlguns dirigentes do Sindicato dos Servidores, incluindo o presidente José Luiz Francisco, estão acompanhando a sessão.

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *