SIMON ARTICULA SESSÃO DE SOLIDARIEDADE A DILMA

José Célio Martini, o profeta do apocalipse, dizia, antes das eleições, que os aliados desonestos se arrependeriam de ter votado em Dilma, enquanto, de outro lado, os oposicionistas éticos se arrependeriam de não ter votado  nela. Vejam se não é isso que está acontecendo. A notícia é do portal Congresso em Foco:

Aos poucos, começa a se formar uma corrente de apoio à presidenta Dilma Rousseff no Congresso. Ela vem de senadores que ficaram à margem dos entendimentos que levaram seus partidos a compor a base de sustentação do governo. Não estão no grupo os principais líderes dos partidos aliados, incomodados com as seguidas denúncias de corrupção e com a disposição de Dilma de reagir a elas afastando dos cargos aqueles que são apontados como responsáveis.

Diante da informação, divulgada pelo Congresso em Foco, de que a cúpula do PMDB reuniu-se para arquitetar “um susto” em Dilma, o senador Pedro Simon (PMDB-RS), um dissidente no partido, iniciou as articulações para que, na segunda-feira (15), um outro grupo de políticos reveze-se na tribuna em apoio à presidenta, numa demonstração de que ela não está isolada.

“Eu vou dizer de cara: eu gosto da presidenta”, disse Simon, em discurso no plenário na quinta-feira (11). “Porque ela está fazendo o que o Lula não fez, o que o Fernando Henrique não fez. Ela está tendo coragem de agir contra a corrupção, o que eles não fizeram”, fuzilou Simon. Para Simon, o problema de Dilma é que a composição do Ministério e a divisão do poder antes do início do governo foram feitas tomando por base referências meramente políticas. Daí, a reação dos partidos. Nesse sentido, Simon até recomenda: “Vá com calma, presidenta. Não tente mudar tudo da noite pro dia. Mas não recue”. 

A notícia do Congresso em Foco, completa, pode ser lida aqui.

1 comentário

  • Camarada Martini

    Cardosinho, não vai ser fácil para nossa presidente.

    Estamos entrando na maior crise econômica desde

    l792, isso sera um JUÍZO FINAL.

    Como prega o cristianismo que sera o final do mundo

    que esta próximo. Não acredito em final do mundo,

    mas sim uma NOVA ORDEM ECONÔMICA.

    Na minha opinião o capitalismo financeiro vai deixar

    de existir, mas vamos sim para capitalismo do conhe-

    cimento.

    Graças a natureza, vão falir os 3 poderes” LEGISLATIVO

    EXECUTIVO E JUDICIÁRIO” .

    Nosso comportamento vai para outros valores, porque

    bens materiais não vai ter valor financeiro nenhum.,

    Como diz uns dos maiores economista do mundo.
    -Fique preparado, porque somente os sábios vão

    estar preparado para o grande choque econômico.

    Vai ser sim um Juízo Final, mas um final para

    vendedores de Cristo enganando os mais humildes,

    corruptos e exploradores do setor produtivo.

    Vamos para uma nova era bem melhor.

    Nos Estados Unidos, já tem igrejas falindo e

    pastores desempregados.

    A internet revelando vários casos de pedofilia,

    igrejas sendo incorporadas por outras porque

    os fieis não tendo condições de pagar seus dízimos.

    O indigente de hoje são pessoas que não tem

    acesso a alimentação e moradia. Já indigente do

    da nova era, sera os fracos do conhecimento.

    As vezes um retireiro vai ficar melhor que seu

    patrão hoje. Porque as vezes seu patrão só

    sabe administrar bens, e isso vai deixar de

    existir.

    Nossa presidente Dilma, é parte dessa nova

    ordem. Importante não sera ser chefe e sim

    líder, e ela é desprendida de bens materiais.

    Já o ladrão ele é materialista, porque capitalismo

    financeiro ostenta esse sistema.

    Com a falência do sistema essas pessoas serão

    punidas.

    EXECUTIVO E

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *