TC QUESTIONA PREFEITURA DE GUZOLÂNDIA POR VALOR DO CACHÊ PAGO À BANDA ‘CLAUDIR SHOW’

A chamada Lei das Licitações (8.666/93) abre brechas para que algumas contratações sejam feitas sem o devido procedimento licitatório.

É o caso, por exemplo, da contratação de shows artísticos, que dispensam a realização de licitação, desde que os artistas sejam de renome nacional e consagrados pela crítica ou pela opinião pública.

Além disso, a lei determina que a contratação deve ser feita diretamente com o empresário dos artistas e nunca com intermediários.

Pois bem, o ex-prefeito de Guzolândia, Márcio Luiz Cardoso(PT), ao que parece não andou lendo a lei. Em 2012, ele contratou o grupo “Claudir Banda Show” (renome nacional?), aqui da nossa região, sem a devida licitação.

Mas essa nem é a pior parte. O problema, segundo o Tribunal de Contas, parece estar no valor da contratação: nada menos que R$ 38 mil. Segundo apurou o TC, a mesma banda apresentou-se em outras cidades da nossa região, em troca de cachês bem mais modestos.

Em Dirce Reis, por exemplo, a “Claudir Banda Show”  fez toda a população balançar o esqueleto por apenas R$ 7,9 mil. E em Vitória Brasil e Estrela D’Oeste, a banda movimentou o público por módicos R$ 6 mil. Como se vê, uma diferença razoável.

Por conta desse pequeno detalhe, o Tribunal de Contas está dando 30 dias para que a Prefeitura de Guzolândia – e o ex-prefeito, naturalmente – dê suas explicações. Se é que existe alguma explicação.

5 comentários

  • somos contra os politicos

    Os prefeitos continuam roubando, como sempre roubaram, da mesma forma de uns 20 anos atras e nao mudam.
    Eles menosprezam a inteligencia dos fiscais do TC. Por isso levam processo.
    Igual ao ex prefeito…..

  • Pit Bull

    É por estas e mais algumas coisas que “todos” gostam de promover Exposição, Festa de Peão, etc…

    O pior é que fatos semelhantes, está se tornando corriqueiro, evidenciando o desafio e descrédito nas ações da justiça. Resguardado pela impunidade, esta alimenta a intenção dolosa.

  • Anônimo

    E os uniformes o que sera que vai dar o que amigo cardosinho? Jales não pode ficar assimbdhfhtui-$-%%*©℅®®™¥

  • CAMARADA MARTINI

    Tudo na vida tem suas devidas duplicatas….

    Esta claro que houve corrupção nesta contratação,

    uma media de seis a oito mil reais em outras

    prefeituras da região.

    Imagina antigamente que não se tinha a tecnologia

    de hoje, como a coisa corria frouxa.

  • Joao

    Prefeito de Sao Francisco contratou uma dupla sertaneja por 18 mil, sendo que a mesma veio na festa do peao por apenas 2 mil reais…
    e foram liberados para as festividades de fim de ano 60 mil reias… 1O MIL BANDA JAFFERSON, 18 MIL PARA A DUPLA SERTANEJA,mais 6 MIL PARA A QUEIMA DE FOGOS, SAO 34 MIL, CADE O RESTO? devem estar engordando muito gado no pasto neh.
    Vergonha nacional.
    ATE QUANDO VAMOS VIVER EM UM PAIS ASSIM?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *