TEMER DIZ EM NEW YORK QUE DILMA FOI CASSADA POR NÃO ACEITAR PLANO DO PMDB

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video

A declaração acima não mereceu nenhum destaque na grande mídia brasileira. Globo, Folha, Veja, etc, não disseram um “a” sobre o assunto. A única exceção a comentar o caso foi a colunista do Estadão, Lúcia Guimarães, que se recusou a acreditar que Temer tivesse feito tal declaração.

“É suspeito um professor de direito constitucional dizer esta frase”, publicou a jornalista ontem em seu Twitter. Depois de sugerir que houve edição nas imagens, ela conferiu a íntegra – publicada no próprio site do Palácio do Planalto – e finalmente acreditou.

O jornalista americano, Glenn Greenwald ficou indignado com o silêncio da mídia brasileira: “Imagine a seguinte situação: o recém-empossado presidente de um país admite para uma sala repleta de oligarcas e imperialistas que ele e seu partido deram início ao processo de impeachment da presidente eleita por razões políticas e ideológicas, e não pelos motivos previamente alegados. Toda a grande imprensa brasileira finge que nada aconteceu, se recusa a informar os brasileiros sobre a admissão do presidente e ignora as possíveis repercussões sobre o caso do impeachment”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *