“TENHO NOJO DE BOLSONARO”, DIZ CORONEL DA RESERVA DO EXÉRCITO

Deu no Brasil 247:

O coronel da reserva do Exército brasileiro Marcelo Pimentel Jorge de Souza afirmou pelo Facebook na última quinta-feira (17) sentir nojo de Jair Bolsonaro e vergonha por ter se formado na mesma Academia Militar que ele.

Ele ainda disse que Bolsonaro e seus ministros militares desmoralizam as Forças Armadas. “Sinto melancolia em ver boa parte dos oficiais de minha geração e ex-comandantes participando de um governo chefiado por uma pessoa política e intelectualmente despreparada”.

Como oficial da reserva do Exército, e de acordo c/o direito que me é assegurado pela Lei 7.524/86, declaro ter/sentir:

– NOJO da pessoa que preside meu país;

– DESPREZO por quem participa de seu governo;

– REPÚDIO por quem ainda hoje o apoia;

– ASCO em escutar sua voz ou a pronúncia de seu nome;

– VERGONHA de que tenha um dia passado pela mesma Academia Militar que me formou oficial do EXÉRCITO BRASILEIRO;

– MELANCOLIA em ver boa parte dos oficiais de minha geração e ex-comandantes participando de um governo chefiado por uma pessoa política e intelectualmente despreparada, inepta e incompetente, além de desumana e extremamente grosseira e mal educada.

7 comentários

  • Arrumem emprego ao coronel

    Um levantamento em julho, identificou mais de 6 mil militares da ativa e da reserva em cargos civis no governo. Ministério da Defesa considera somente os da ativa e diz que são mais de 3 mil.
    Com tantos militares no governo, Bolsonaro fez o que prometeu na campanha. De tirar os políticos envolvidos em corrupção e colocar os militares.
    Por isso não está preocupado com a opinião do coronel.
    Por que agrada a alta cupula das forças armadas com emprego, aos militares.
    E bom salario. É claro!

  • Oliveira

    Parabéns! Este militar disse tudo que está engasgado na garganta de milhões de brasileiros.

    • Waldir Antonio Fernandes Altieri

      A idiotice militar existe. Em todos os setores existem pessoas normais e anormais. Este coronel de araque da reserva falou por si e sem assinaturas de outros militares e demonstra não ter capacidade de liderança militar, pode ter alcançado o posto mas não tem índole para tal ele é inapto.
      A opinião de um militar não significa que os militares estão de acordo.
      E tem outra na minha juventude os militares assumiram o governo e nunca houve tanta evolução como tal. O Brasil que vivia no 70º lugar da economia mundial passou ao 7º lugar.
      Assim sendo, todos nós temos opinião própria.
      Tem gente que gosta de macarrão com tomate outros a óleo e alho.
      Tem gente que gosta de loira e outra de morena.
      Tem profissional em seu ramo que cria fama e outros vivem no obscurismo.
      Falar mal de quem trabalha é algo que demonstra inveja.
      Esse militar fala em nomes de outros militares mas não tem autenticidade de confirmação com assinaturas.
      Logo ou ele tem problema de cérebro pela idade ou é um comuna que viveu do Exército. Isso não é ser nacionalista e sim ser idiota.
      E o mais grave, o Presidente está agindo com coerência e pacífico, com seu Ministério engajado de profissionais com vivência, algo que nunca aconteceu em nossa história.
      E esse coronel de araque manifestou-se sem ninguém solicitar a sua opinião.
      Cometeu algo para ser comentando sem ter sido convidado a isso.
      Por que ele não fez isso com a roubalheira durante 20 anos do PT?
      Isso sim dá nojo de um militar que gosta de gozar com a vida dos outros.
      E o povo sustenta esse cretinoide nojento.

      O Brasil etava n merda, comrouvalheira e atos anti-naiconais, exmeplo a construção do proto emCuba com dinheiro do nosso povo. Mas tme gente que gostava da roublaheira. Que viva da mamata.
      O Brasil nunca teve um govenro tão exat e sem propinagem.
      Inclusive o Presidnet da República Federativa do Brasil ama pátria.
      Agor aum brasileiro dizer que é favorável a delcaração de um coronel dda reserva tem fezes no cérebro. O futuro de nossos jovnes, a sfuturasgeraç~eo sentirão o que é etrutura de uma Nação.
      Enfim, um militar defecar em cima de um homem que o povo elegeu é algo que deixa de lado a sua vidia militar. Um cretinoide querendo aparecer. Devia ficar pelado dependurar uma melancia no pescoço e sair na avenida faldno as idiotices. NUJITOMOJO SINTO EU QUE O POVO PAGA A SUA APOSENTAORIA PARA VOMITAR INVEJA. COIS ADE IDIOTA.

    • Waldir Antonio Fernandes Altieri

      Você sabe o que é brasilidade?
      Apoiar um militar que não respeita um oficial.
      Ele jamais deveria comunicar-se de forma degradante a um presidente da república. Ele como militar deveria honrar o seu posto. Colocou-se no lugar de soldado raso e invejoso de um militar respeitador ao povo. Cria vergonha na cara e adquira mais cultura brasileirinho comuna.

  • Thiago

    Sabe o que acho engraçado e patético ?, enquanto o Brasil foi descaradamente saqueado em nome da “velha política”, com suas propinas, trocas de favores, etc, etc, etc… (não estou falando apenas do PT mas de todos os governos, desde a instauração da república), todas essa “ilustres” figuras permaneceram convenientemente CALADAS, como se nada de errado estivesse acontecendo.

    Bolsonaro pode ter algumas limitações mas foi o ÚNICO candidato que realmente “peitou” o sistema, que jogou a m… no ventilador.

    Até então, para ser presidente do Brasil, o sujeito deveria trocar favores com os maiores veículos de comunicação e “formadores de opinião”, usando nosso dinheiro, diga-se de passagem. Acho que a maior contribuição de Bolsonaro foi desmascarar essa mídia até então, travestida de imparcial, e mostrar ao povo brasileiro a nível de manipulação ao qual sempre fomos submetidos.

    Infelizmente os porcos, por melhores que sejam os alimentos oferecidos, sempre preferem voltar à lavagem e aos restos, o brasileiro parece destinado à mesma sina.

  • Coronel sem rabo preso

    Há militares que apoiaram Jair Bolsonaro, pois acreditavam que qualquer coisa seria melhor do que o PT.
    Dizem que lutavam contra a corrupção. Outros se mantiveram distantes do capitão. Após dois anos, eles veem o governo se aliando ao Centrão ou buscando, por todos os meios, livrar o filho do presidente de seu encontro com a Justiça.
    Agora alguns e poucos coroneis criticam Bolsonaro e querem a saida do ministro general da saude.
    Não me lembro deles sairem da toca para dar palpite, na política, desde a ditadura.
    Quem tem emprego no governo esta calado. Está com “o rabo preso.” Quem não tem, chora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *