THE GUARDIAN: PRIMEIROS SEIS MESES DE BOLSONARO FORAM UMA PÉSSIMA VIAGEM

Matéria do jornal britânico The Guardian, com tradução de Regina Aquino:

O Brasil estava a poucas semanas do terremoto eleitoral do ano passado quando Lobão, lenda do rock brasileiro, saiu de seu estúdio caseiro, agitou seu smartphone e anunciou seu apoio ao candidato da extrema-direita.

“Cheguei a conclusão de que irei votar em Jair Bolsonaro”, declarou o roqueiro de direita em uma declaração de apoio pelo YouTube. “Bolsonaro é o único que tem chance de fazer algo novo”

No entanto, recentemente, o cantor de voz rouca sentou na cadeira no mesmo terraço em que fez a declaração anterior e admitiu estar vivendo um caso sério de arrependimento.

“É um monte de maluquices”, afirma Lobão sobre a crise criada por Bolsonaro, em sua estreia no poder, que foimarcada por lutas de facções, protestos de massa, alegações de relações com a mafia e corrupção envolvendo sua família, um escândalo de tráfico de cocaína envolvendo o avião presidencial e as perigosas revelações envolvendo seu célebre Ministro da Justiça, Sérgio Moro.

Sem mencionar a série de gafes bizarras – incluindo o compartilhamento de um video pornográfico com seus 3,4 milhões de seguidores no Twitter – que levou alguns a questionar se Bolsonaro conseguiria terminar seus 4 anos de mandatos.

“Nem Syd Barret fez uma viagem dessas”, diz Lobão. Seis meses depois de Bolsonaro ser empossado, Lobão, 61, emerge como um dos mais ferozes críticos na direita populista, atacando duramente a administração de Bolsonaro, em sucessivas aparições na mídia. E ele não é o único a estar abismado com tudo que acontece.

Pesquisa de Opinião mostra que a taxa de aprovação de Bolsonaro desmoronou desde sua posse em primeiro de Janeiro, com 32% considerando seu governo ruim ou péssimo, agora, comparado com 11% no momento da sua posse.

Mais da metade do Brasil diz agora que não confia no presidente.

“É um pior começo para uma presidência desde o retorno da democracia (em 1990)”, diz Mauro Paulino, diretor do Datafolha, um dos melhores entre os pesquisadores de opinião no Brasil.

“A popularidade dele está caindo porque as pessoas se sentem desconcertadas pelas coisas que faz e diz”, disse Eliane Cantanhêde, uma colunista do jornal conservador Estado de São Paulo, em outra das mais afiadas críticas a Bolsonaro.

Os bolsonaristas desprezam as críticas ao presidente, que eles consideram divagações irrelevantes. “Certas vozes prefiro não escutar – e Lobão é uma delas”, diz um desses bolsonaristas. “ Eu acho que ele é bom fazendo música – ele podia ficar nisso”.

Mas Lobão, cujo nome real é João Luiz Woerdenbag Filho, não está arrependido de abrir o verbo, dizendo que não podia mais suportar ser associado aos fanáticos em torno de Bolsonaro. “ Eu não posso mais permanecer ao lado de um bando de fanáticos, vilões, vadios…terra-planistas”, conclui o roqueiro.

2 comentários

  • Qua

    Disseram q não duraria 6 meses esse governo….já durou….vão chorar na cama mortadelas….q lá é quentinho….

  • Bolsonaro : da corrupção à inexperiência

    Desde o impeachment de Dilma estamos em crise, com um numero enorme de desempregados. Temer deixou a inflação controlada apesar de sua impopularidade porem politicamente ele era “bom”. Sabia “conversar” com os políticos.
    Saímos de vários governos corruptos. Aprendemos a detestar os políticos e gostar da Lava Jato! Bolsonaro não gosta de políticos. Não lida bem com o congresso e nem o STF. Porem precisa deles para aprovar seus projetos. Bolsonaro é incompetente. Seu governo é fraco. Ele nunca fez nada em mais de 16 anos como deputado. Era um desconhecido! Sabíamos disso. Parece ser bem intencionado. Encheu os ministérios com militares. Diminuiu a corrupção porem seus ministros são inexperientes. Moro e Guedes levam o governo nas costas. E o resto?
    A oposição é fraca. O PT só se preocupa em tirar Lula. Vive no supremo e faz armações para solta-lo. Parece que não sabe viver sem ele. O problema do governo não é o PT e sim, ele mesmo.
    O governo só pensa em aprovar a reforma. Para arrumar o seu caixa. O problema do governo está nele mesmo e em que os filhos de Bolsonaro dizem.
    A mídia adora as bobagens que os filhos falam para noticiar e criticar sempre. Vamos atura-los por muito tempo. Vamos esquecer deles e se preocupar com o meu prato de comida.
    É isso que importa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *