TIME ELEGE BOLSONARO COMO UM DOS 100 MAIS INFLUENTES DO MUNDO, MAS O CLASSIFICA COMO “HOMOFÓBICO ULTRACONSERVADOR”

O ex-urubólogo Alexandre Garcia – agora ocupado em puxar o saco do Bozo, apresentando-o como um coitadinho que foi esfaqueado por um comunista e passou meses defecando em uma bolsa – teve orgasmos cívicos ao anunciar, em seu comentário de hoje, que Bolsonaro foi eleito pela revista Time como uma das 100 pessoas mais influentes do mundo.

Nada mais natural! Qualquer pessoa que se sente na cadeira de presidente do Brasil será considerada uma das mais influentes do mundo. O Temer só não foi um dos 100 mais influentes porque era produto de um golpe. Lula e Dilma foram eleitos duas vezes – cada um – como personalidades mais influentes do planeta.

O que o ex-urubólogo não disse é que no perfil de Bolsonaro, publicado pela revista Time para apresenta-lo entre os mais influentes, está escrito que ele é um “garoto propaganda da masculinidade tóxica, homofóbico ultraconservador empenhado em travar uma guerra cultural e talvez reverter o progresso do Brasil no ataque às mudanças climáticas”.

Ou seja, o Bozo foi eleito uma das 100 personalidades mais influentes não por suas virtudes – se é que ele as têm – mas pelo que ele pode fazer de ruim.

Em Tempo: a capa da Time que ilustra este post é falsa. Mas vejam nos comentários como os bolsonaristas acreditam em qualquer baboseira.

9 comentários

  • Bolsominion que ouvi Anta ligado

    E duro ouvir os caras da rádio que votaram e defenderam os bolsoantas falando que o jornalismo deles é imparcial! Eles tem como atração o baba ovos chefe da imprensa da ditadura Alexandre Garcia, o cabeçudo tem até tesão de ser candidato pelo partido do Bozonoro, o dia da questão ninguém falou que é quem trouxe a pauta golpista de 64 foi o bolsoanta é o que que ele fez até agora? Nada! Já tem muito bolsoanta que já está arrependido, vamos ver quanto tempo demora?

  • TRUMPH

    E a Maria do Rosário emprega o genro Cardosinho?

  • O passado e o presente do "1 dos 100"

    Certamente não é Bolzo, Temer, Dilma ou Lula que foram a personalidade dos 100 mais influente do mundo. É o Brasil!
    Por ora, como o Bolzo está presidente. Ele é! Por pouco tempo. Deixará de ser presidente talvez com processos.
    É triste ver os ex presidentes serem presos, no Brasil. Temer saiu da cadeia mas certamente voltará. Aliás, Temer não foi presidente, mas vice por isso não foi tão influente assim
    Lula foi também mais influente. Ele era o cara! Mas está preso e sem perspectivas de sair.
    Dilma está esquecida. Não conseguiu se eleger a senadora. Nem o PT fala mais nela.

  • Enfermeiro cubano

    BOLSONARO LEVANDO FERRO!!!!!!!

    Centrão impõe humilhações em série a Bolsonaro. A reforma da Previdência empacou na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara. A votação foi adiada para depois da Páscoa. Isso ocorre porque o centrão, grupo suprapartidário conservador que vive de apoiar governos em troca de vantagens, decidiu dar uma lição em Jair Bolsonaro. O centrão quer ensinar a Bolsonaro que ataques à velha política, muito úteis em campanhas eleitorais, perdem a serventia no instante em que o presidente manda para o Congresso as emendas constitucionais que prometeu aos eleitores. No caso da reforma da Previdência, o que Bolsonaro precisa no momento é de três quintos dos… – Veja mais em https://josiasdesouza.blogosfera.uol.com.br/2019/04/17/centrao-impoe-humilhacoes-em-serie-a-bolsonaro/?cmpid=copiaecola
    LEGAL!!!!!LEGAL!!!!!!LEGAL!!!!!!!!

  • Enfermeiro cubano

    ESSA É A VERDADE SOBRE O MILICIANO O RESTO É MENTIRA!!!!!!!!!!

    Jair Bolsonaro não foi eleito Personalidade do Ano pela revista “Time” Imagem falsa da capa da revista Time com Jair Bolsonaro circula pela internet Imagem: Arte UOL sobre reprodução Lucas Borges Teixeira Colaboração para o UOL 14/12/2018 04h01 Uma imagem que circula pelas redes sociais mostra o presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro, como tendo sido escolhido pela revista “Time” a personalidade do ano em 2018. Anualmente, a publicação americana divulga sua lista de pessoas que são destaque. Por diferentes motivos, a revista explica por que considera esta pessoa ou entidade o grande nome do período. Atualmente, entre os critérios, está a votação online, encerrada no começ… – Veja mais em https://noticias.uol.com.br/confere/ultimas-noticias/2018/12/14/bolsonaro-nao-foi-eleito-personalidade-do-ano-pela-revista-time.htm?fbclid=IwAR1Y-B_84gvOS2T5n6UKqML_1TSQ6F9py4LtQ1nG_wfyclw4y2i_T3Jfu6I&cmpid=copiaecola

  • Enfermeiro cubano

    DEPOIS DA VERDADEIRA VERDADE AMAIS LEGAL NOTICIA POLITICA DO MOMENTO…

    https://external-gru2-1.xx.fbcdn.net/safe_image.php?d=AQDI5p3LP-u5sMFW&w=540&h=282&url=https%3A%2F%2Fnovobloglimpinhoecheiroso.files.wordpress.com%2F2019%2F04%2Fpt_bancada_congresso03.jpg%3Fw%3D450&cfs=1&upscale=1&fallback=news_d_placeholder_publisher&_nc_hash=AQB9Pz6moZOvUQb8

    Deputados do PT e de outros partidos da oposição tiveram uma grande vitória ao conseguir adiar a análise do parecer para a próxima semana.
    Após enfrentar a truculência e o autoritarismo do presidente da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC), deputado Felipe Francischini (PSL/PR), que tentou impedir o direito legítimo da oposição de obstruir a votação da reforma da Previdência de Bolsonaro (PEC 06/19), o PT e os demais partidos de oposição conseguiram na quarta-feira [17/4] uma grande vitória política com o adiamento da análise do parecer para a próxima semana. O pedido foi feito pelo relator da proposta, deputado Delegado Marcelo Freitas (PSL-MG), que alegou precisar de mais tempo para analisar as emendas ao texto. A votação deve ocorrer na próxima terça-feira [23/4].
    Diante da pressão exercida pelo governo para que a CCJ votasse a reforma antes do feriado da Páscoa, os deputados José Guimarães (PT/CE) e Maria do Rosário (PT/RS) consideraram o adiamento uma grande vitória. “Não adiantou querer atropelar ignorando o regimento. Nós resistimos. Eu mesmo vou me privar da minha família amanhã porque só tem voo (saindo de Brasília) de madrugada, mas valeu pelo povo brasileiro, porque inviabilizamos essa votação hoje [17]”, comemorou Guimarães.
    Na mesma linha, a deputada Maria do Rosário agradeceu a todos os deputados de oposição, principalmente as parlamentares do PT, PCdoB e do PSOL, pela obstrução que resultou no adiamento da votação. “Essa foi uma vitória não apenas da oposição, das mulheres, mas sim de todo o povo brasileiro. Eles (da base do governo) queriam marcar a Páscoa dos brasileiros com a retirada dos direitos previdenciários, mas não conseguem nem mesmo fazer um relatório que convença (os demais deputados) de seus argumentos”, afirmou.
    Durante o debate, que ocorreu em grande parte sem a presença do relator, vários deputados do PT e de outros partidos de oposição (PSOL, PCdoB, PSB, PDT e Rede) tentaram apresentar uma série de requerimentos do chamado “kit obstrução” – conjunto de instrumentos regimentais utilizado pela minoria para atrasar ou impedir a apreciação de uma proposta –, mas foram impedidos pelo presidente da CCJC, Felipe Francischini. Além de ignorar o regimento interno, que permite a ação, o parlamentar do PSL também cassou a palavra de parlamentares da oposição, gerando veementes protestos
    Ao se dirigir a Francischini, a deputada Erika Kokay (PT/DF) disse que ao rasgar o regimento interno, o presidente da CCJC queria “apressar uma reforma que destrói os direitos previdenciários do povo brasileiro”. Em contrapartida, o único requerimento aceito por Francischini foi um que permitia a alteração da ordem dos trabalhos colocando a votação do parecer favorável à reforma antes da leitura da Ata da reunião anterior da Comissão e do expediente.
    A atitude revoltou os parlamentares de oposição – principalmente as mulheres – que se colocaram em frente à mesa do presidente, impedindo a continuidade da reunião. Nesse momento, parlamentares aliados do governo chegaram a pedir a intervenção da segurança da Casa. Em resposta, a deputada Gleisi Hoffmann (PT/PR) disse aos favoráveis à reforma: “se a proposta (da reforma) fosse boa, vocês fariam o debate com o povo brasileiro”. E arrematou: “gente sem vergonha!”.
    Após alguns minutos de acalorada discussão, Francischini interrompeu a reunião. Depois de um intervalo de 30 minutos, o relator da reforma finalmente apareceu na comissão e anunciou um acordo realizado com os líderes dos partidos. “Vou analisar as emendas apresentadas ao texto, que pode mudar ou não, por isso peço que a votação seja adiada para a próxima semana”, observou o Delegado Marcelo Freitas.
    O relator prometeu ainda usar os próximos dias para analisar as sugestões. Contrariado, Francischini acatou o pedido e transferiu a votação para a próxima terça-feira [23/4].
    A SENSATEZ PREVALECEU.

  • O amigo do Toffoli

    Os ministros (petista) Toffoli e Moraes afinaram! Moraes quis proteger Toffoli pois censurou as noticias de uma revista e de um site contra ele. Que vergonha! Eles estão com medo da CPI da Toga. Existem ministros milionários.
    O povo, a midia, o governo, etc estão revoltados o que eles estão fazendo. Aliás sempre fizeram. Por isso, ricos e políticos nunca vão presos! Eles são contra a Lava Jato.

  • Dilma

    A VERDADE SEMPRE APARECE.

    https://estaticos.globoradio.globo.com/fotos/2018/12/37d10d92-3b0c-4d79-9506-46a45be12913.jpg.640x360_q75_box-0%2C0%2C708%2C399_crop_detail.jpg

    É fake que Jair Bolsonaro foi escolhido personalidade do ano pela Revista Time.
    A Time escolheu jornalistas mortos e presos como ‘pessoa do ano em 2018’. Os profissionais mencionados pela Revista são o colunista ‘Washington Post’ Jamal Khashoggi, a ex-repórter da CNN nas Filipinas Maria Ressa, além de funcionários do jornal ‘Capital Gazette’, em Annapolis (EUA), e da agência Reuters.
    Esse Bolsonaro é uma ANTA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *