BOLSONARISTA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO FAZ AMEAÇA DE MORTE AO HUMORISTA GUSTAVO MENDES

O bolsonarista é morador de São José do Rio Preto. Hoje, provavelmente preocupado com a repercussão do caso, ele concedeu entrevista ao Diário da Região e deu pinta de estar arrependido. Ele pediu perdão ao humorista e disse que “errei por burrice”. Bolsonarista burro? Difícil de acreditar!

O humorista Gustavo Mendes ficou conhecido nacionalmente por imitar a ex-presidenta Dilma Rousseff. Detalhe: a reportagem do Diário, que pode ser lida aqui, não menciona que o rapaz seria um policial reformado.

A notícia é da revista Fórum:

Um policial reformado bolsonarista, identificado nas redes sociais como Walison Caputo Ribeiro, fez ameaças de morte ao ator e humorista Gustavo Mendes, nessa segunda-feira (21), por conta do posicionamento crítico de Mendes com relação ao governo Bolsonaro.

As ameaças foram divulgadas pelo próprio ator em seu perfil no Instagram. “Preciso que vocês conheçam esse cara, Walison Caputo Ribeiro (@ribeirowalisoncaputo ) Esse cidadão – não sei se é fake ou não – está me ameaçando de morte. Se alguém tiver informações sobre esse sujeito, agradeço. Temo por minha vida e de minha família”, escreveu o ator em uma postagem com fotos do sujeito. Em uma das imagens, inclusive, o homem aparece ao lado de Jair Bolsonaro.

Através de mensagens, o homem disse que iria “atrás” de Gustavo Mendes e estaria “disposto a tudo” contra o humorista. “Como você é um Lixo! Quem é você pra falar do presidente? Quem é você pra falar do presidente? Diz que dúvida quero ver! Eu vou atrás de você! Espero um dia encontrar você e com certeza você vai engolir tudo que Você fala seu vagabundo nojento”, escreveu o agressor.

7 comentários

  • Seus PTRALHAS

    Nossa fomos salvos da terceira guerra mundial, foi descoberto a vacina contra a covid, que alegria, antes que eu esqueça, VÃO CAGÁ seus PTRALHAS.

  • Rapizodia

    Ouvimos muito que a esquerda está em frangalhos e, situações que se tornaram corriqueiras, como esta da reportagem, onde por falta também de ideias ou argumentos, aqueles que se intitulam serem de direita mostram que seu lado também está em frangalhos. São ataques pessoais a pessoas que o sujeito sequer conhece achando defender uma ideia que ele também tem pouco ou nenhum conhecimento e que tem os senhores Trump e Bolsonaro como expoentes brasileiros dessa categoria e daí reclamam das chacotas, dá prá levar a sério!?

  • PT NUNCA MAIS

    PT NUNCA MAIS.
    Dormimos na virada do século e entregamos o Brasil ao PT, quando acordamos o Brasil tinha 17 mil sindicatos, 149 estatais, serviços públicos falidos, dividas internas de R$ 3 trilhões e o sistema mais corrupto da história, más tem uma coisa pior: ainda há quem defenda o PT.

  • Mais um confusão entre petistas e bolsonaristas

    O humorista que imitava a Dilma, deveria fazer um boletim de Ocorrencia contra este cidadão. Parece que não fez? Mas valeu a propaganda.
    Os humoristas fazem piadas de políticos. Logico! Depois não querem sofrer as consequencias.

    • Piadas sobre políticos existem desde que a política foi inventada. Eventuais discordâncias a respeito delas devem ser debatidas com civilidade e não com ameaças. Você mesmo gosta de postar piadas sobre o Lula aqui neste espaço e não vi ninguém te ameaçando.

      • Mais uma confusão (2)

        Cardosinho
        Concordo com você
        Mas o humorista deveria ir a delegacia. Já que houve ameaças de vida.
        Colocou nas redes sociais para “aparecer”. Onde é seu “ganha pão “.
        Como vive falando mal dos presidentes. Ele deveria saber lidar com esses fanáticos.

  • Gustavo Mendes e suas ideias de pobre

    O humorista é muito polemico. Veja um caso ocorrido na sua apresentação, em Teofoli Otoni. E que ele disse:
    A confusão ocorreu, depois que o humorista fez uma piada sobre a discussão entre Bolsonaro, e Emmanuel Macron. “Fascista não tem lugar no meu show”, disse Gustavo ao explicar a saída de aproximadamente 30 pessoas do espetáculo, em protesto.
    O humorista afirmou ainda que o protesto foi orquestrado. “Articularam via internet. Pobre de direita é o meu grande problema. O que é ser de direita e o que é ser de esquerda?! Vou explicar!
    O cara que é pobre, e é de direita, é um imbecil. Você pode ser de direita se você é dono do meio de produção. Eu sou pobre, ganho mais do que muitas pessoas… Mas eu sou empregado. A direita quer empurrar seu modelo goela abaixo”, disse
    O Brasil tem vergonha de ser classe trabalhadora. A gente quer ser de classe média. O pobre não precisa ser de esquerda. Ele pode até não ter viés político. O que ele não pode é ser de extrema-direita, neofascista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *