CHEQUES VOADORES DA PREFEITURA DE DOLCINÓPOLIS ESTÃO SENDO COBRADOS NA JUSTIÇA

Dolcinópolis 18-02-2013Uma empreiteira de Fernandópolis, a Construtora Trapézio Ltda, está recorrendo à Justiça com uma Ação de Execução por Título Extrajudicial para tentar receber R$ 30 mil, referentes a três cheques sem fundos emitidos pela Prefeitura de Dolcinópolis, do famoso prefeito José Luiz Reis Inácio de Azevedo.

A Ação foi protocolada no Fórum de Estrela D’Oeste no dia 11 de fevereiro passado. De acordo com a empresa, os três cheques – de R$ 10 mil cada um – com datas de agosto e setembro de 2015, foram devolvidos pelo Bradesco de Dolcinópolis por insuficiência de fundos.

Segundo o advogado da empresa – Aparecido Carlos Santana – os cheques se referem ao pagamento de obras executadas pela Construtora Trapézio Ltda para a Prefeitura de Dolcinópolis. A Ação está sendo analisada pela juíza Marina Miranda Belotti.

7 comentários

  • Anônimo

    logo é os fornecedores de vitoria brasil que terão que recorrer a justiça para receber

  • morador

    Cheques da prefeitura???
    Isso da improbidade, correto cardosinho….?

  • Zé do Buraco

    Esse prefeito não termina o mandato,
    vai ser preso antes.

  • josé

    cheques da prefeitura pré datados só em Dolcinópolis onde o vereador chupim e pastor anda de BMW com petróleo da prefeitura é o primo do prefeito ai da isto mesmo e agora zé do Paraguay????vc vai preso preso acorda vc é louco ou se faz de louco ?? ou vc e seu tesoureiro, contador, advogado, são todos uma cambada de inrresponsaveis????

  • Deu ruim

    Normalissimo cheque sem fundos pois isso foi dito em cima do palanque da campanha pra justificar as falcatruas do entao candidato. Ganhou e continuou com os cheques sem fundos . E olhem que nao sao so estes existem muitos outros.Aguardem e verao. Chegaram ao fundo do poco e levaram a cidade junto. Que triste. Que decepcao.. Que nojo… E repugnante ainda ver pessoas que o defende tentando justificar o injustificavel. Pessoas decentes e honestas nao tem coragem de defende-lo pois isso seria como ser cumplice de um ato de imoralidade sem precedente. Mas como estamos acostumados a ver de tudo nesta cidade nada mais me espanta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *