DOLCINÓPOLIS: SEM RECEBER SALÁRIOS HÁ TRÊS MESES, SERVIDORES MUNICIPAIS INICIAM GREVE

dolcinopolis-img-20160927-wa0141-ed

Sem receber salários há três meses, boa parte dos servidores municipais de Dolcinópolis está em greve desde ontem, 27. Segundo informações, pelo menos metade do funcionalismo já tinha aderido ao movimento, que nesta quarta-feira, recebeu mais adesões.

Há relatos de servidores que estariam com dificuldade até para conseguir alimentos, já que estão sem dinheiro e sem crédito para comprar fiado no comércio local. Segundo o presidente do Sindicato dos Servidores da Região de Jales, José Luiz Francisco, uma servidora causou comoção ao dar um depoimento, hoje pela manhã. A servidora contou que a filha pediu algumas bolachas e ela, sem dinheiro, não teve como comprar.

Zé Luiz citou, também, o caso de um servidor que está correndo o risco de ser preso, pois não tem como pagar a pensão à ex-esposa. Um vereador confirmou a história a este aprendiz de blogueiro e acrescentou que o servidor já procurou a Justiça de Estrela D’Oeste para dar explicações sobre o atraso da pensão.

O vereador confirmou, ainda, que a Prefeitura está em atraso também com os fornecedores e que muitos deles – incluindo um Posto de Combustíveis – estão se negando a vender para a municipalidade.

Em entrevista ao Jornal do Povo, da Rádio Assunção, o presidente do Sindicato, Zé Luiz – que se faz acompanhar de seguranças, quando vai a Dolcinópolis – confirmou que recebeu ameaças de uma pessoa ligada ao prefeito, o seu xará José Luiz Inácio de Azevedo. O sindicalista disse, ainda, que um segurança foi alvo de injúria e que, tanto a ameaça quanto a injúria serão levadas à Justiça.

8 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *