EQUIPE DO JUIZADO ESPECIAL DA COMARCA DE URÂNIA É FINALISTA DO ‘PRÊMIO MÁRIO COVAS’

A equipe do Juizado Especial Cível/Criminal/Fazenda Pública da Comarca de Urânia conseguiu se classificar entre os dez melhores projetos do Estado de São Paulo na categoria “Processos Organizacionais/Inovação em Gestão Estadual” do Prêmio Mário Covas-11ª Edição/2015 com o tema “Campeão da Conciliação – Um novo olhar sobre os conflitos sócios-individuais”.

A concorrência (conforme se pode conferir da relação dos classificados) é intensa, com diversos institutos e organismos de peso.

O projeto começou a ser desenvolvido em 2012 e enfocou toda uma estratégia voltada para conciliação/mediação nos processos de discussão sobre a legitimidade da cobrança de tarifas bancárias. Os resultados foram interessantes, conseguindo alcançar índice de até 46% de acordos, algo bastante significativo considerando que as instituições financeiras normalmente não são receptivas ao consenso, preferindo e optando pelo modelo adversarial-judiciário.

A próxima etapa é a defesa pública perante a comissão de especialistas que irá classificar os três primeiros colocados.

SOBRE O PRÊMIO

O “Prêmio Mario Covas” tem por objetivo reconhecer ações inovadoras que introduzam ou aprimorem uma prática de modo a gerar melhorias nos processos organizacionais ou na prestação de serviços públicos, ou ainda, em uma política pública e que sejam passíveis de difusão a novos contextos e por novos atores sociais e que gerem consequências efetivas ao servidor público, ou ao usuário de um determinado serviço público ou aos cidadãos de uma maneira geral.

 

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *