IDOSA CAI EM GOLPE DO “BILHETE PREMIADO” E PERDE R$ 61,4 MIL

Não é incrível? E ainda ficou com uma dívida de R$ 50 mil. A notícia é do Diário da Região:

Uma pensionista de 67 anos perdeu 13,3 mil euros, o equivalente a R$ 61,4 mil, ao cair em um golpe do bilhete premiado. O caso ocorreu na tarde da última quarta-feira, 17, mas a vítima só procurou a polícia nesta sexta-feira, 19.

Segundo o boletim de ocorrência, a idosa seguia pela rua Silva Jardim, próxima ao Mercado Municipal, quando foi abordada por um homem desconhecido que lhe pediu uma informação sobre a localização de uma loja.

A idosa disse que desconhecida o endereço e, neste momento, o homem exibiu um bilhete supostamente premiado no valor de R$ 1,8 milhão e afirmou que o proprietário da loja tinha lhe oferecido o valor de R$ 6 mil mais um televisor pelo bilhete.

A idosa então sugeriu que o homem fosse até uma agência da Caixa Federal para conferir se o bilhete realmente estava premiado. Nessa hora, outro homem se aproximou e ao ouvir a conversa se ofereceu para ligar no banco.

De acordo com o boletim de ocorrência, o rapaz com o nome de Paulo Trevisan fez a ligação e confirmou que o bilhete era premiado.

Com a confirmação, o dono do suposto bilhete ofereceu R$ 150 mil para Paulo e a idosa, caso os dois o ajudassem a receber o prêmio. Entretanto, para receber o dinheiro, o proprietário do bilhete exigiu de ambos a garantia de que os mesmos entregariam todo o dinheiro que possuíssem no banco.

Paulo, então, apresentou dois pacotes de dinheiro que estavam dentro de um envelope pardo, sendo um de notas de R$ 50 e R$ 100 e outro com dólares.

Já a idosa foi levada em várias agências bancárias com o intuito de obter o dinheiro. Primeiro, a mulher passou no Banco do Brasil, na Avenida Faria Lima, e fez o saque de R$ 5 mil. Na sequência ela foi em outra agência do Banco do Brasil, no interior da Secretaria da Fazenda, onde fez outro saque de R$ 5 mil.

Na sequência, a idosa foi conduzida pelos dois homens até o Banco do Brasil da Avenida Bady Bassitt, onde fez um novo saque no valor de R$ 2,4 mil. Por fim, ela foi levada para agência do Banco do Brasil, no Centro, onde fez um empréstimo de R$ 50 mil.

Após executar os saques e o empréstimo, os três foram para a casa de câmbio, localizada dentro do Plaza Avenida Shopping, onde a idosa comprou 10 mil euros, equivalente a R$ 46,3 mil. Ainda no shopping, a mulher adquiriu mais 3,3 mil euros, equivalentes a R$ 15,1 mil.

Depois de ter recebido todos os valores, os dois indivíduos disseram para a idosa que o “prêmio” seria entregue no dia seguinte, até às 11h, na agência da Caixa Econômica Federal, da avenida Bady Bassitt.

A idosa então foi até a agência bancária na data combinada, mas não encontrou nenhum dos homens e, assim, concluiu que havia caído em um golpe.

Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, a mulher contou que durante o trajeto com os dois homens, os mesmos disseram que se tratava de um sequestro e que ambos estavam armados com revólver.

1 comentário

  • Burrario da Região

    Que notícia mais mal redigida. Cheia de erros, vícios de linguagem e inconsistências. Era golpe ou sequestro? Conseguiu contar quantas vezes está escrito NA SEQUÊNCIA?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *