JUSTIÇA CONDENA COORDERNADOR DE SAÚDE DE URÂNIA POR IMPROBIDADE

A juíza da Vara Única de Urânia, Marina de Almeida Gama Matioli, condenou, em primeira instância, o coordenador de saúde do município de Urânia, José Rubens Gitti, por prática de ato de improbidade. Entre outras coisas, ele foi condenado ao pagamento de multa em valor equivalente a cinco vezes o salário de coordenador, além de ter seus direitos políticos suspensos pelo prazo de cinco anos.

De acordo com a acusação feita pelo Ministério Público estadual, José Rubens, enquanto coordenador de saúde, teria desviado material odontológico municipal em benefício de seus familiares. Segundo narra a petição, no momento em que os materiais eram entregues no setor de saúde, o acusado, aproveitando-se de sua condição funcional, separava os itens de seu interesse e, posteriormente, entregava-os para os seus filhos que eram estudantes de odontologia.

A defesa argumentou que a denúncia seria falsa e que a principal testemunha estaria agindo por motivo de vingança, uma vez que ela pleiteava o cargo de coordenador para si, mas acabou sendo preterida pelo prefeito municipal, que nomeou José Rubens para o cargo. A juíza, no entanto, não aceitou essa tese e considerou que a testemunha foi bastante firme em suas afirmações.

Segundo a juíza, além de retirar materiais odontológicos que pertenciam ao município para seu próprio uso ou de seus familiares, o acusado, juntamente com outros membros do primeiro escalão do governo municipal, teria tentado intimidar a testemunha Izilda Maria Chinaglia, a fim de que ela mentisse à polícia e ao Poder Judiciário. Da decisão da Justiça de Urânia cabem recursos aos tribunais superiores.

8 comentários

  • Luiz

    Pois, em janeiro de 2012, quando fiz um comentário sobre a liminar de afastamento desse secretário, algumas pessoas se doeram em defesa ao Coordenador da Saúde de Urânia, os nicks “Indignada e o Cidadão” e eu disse que esperaria a decisão da justiça. Podemos observar que a Magistrada de Urânia condenou o “Zé”, seria isso politica? Pois no ano teriamos eleições municipais. Acredito que não, a juiza teve a convicção do crime. Até quando nós povo iremos conviver com desvio de dinheiro e ficaremos calados. E o prefeito Saracuza o que fez perante isso, pois inclusive o advogado do coordenador é o próprio assessor juridico do municipio, e não sei a situação de recurso, mas informações de que o mesmo esta a frente da saúde ainda, mesmo após a decisão. Como eu havia dito em 2012, o mais ético pelo prefeito seria o afastamento do mesmo por decisão do prefeito, mas ele decidiu colocar um pano por cima. Vamos acordar meu povo, lugar de corrupto é na cadeia, e ainda mais defendo prisão perpétua para quem se apropria de dinheiro publico. Deixo uma pergunta e se alguém puder me ajudar a responder. Porque será que o prefeito esta defendendo tanto esse coordenador?

    • lucia

      è Luiz demorou mas o Meliante foi julgado em 2ª estancia
      saiu agorinha dia 6/2/2014
      juntamente com o pref. foi julgados por ter tirado 212.000.00 mil reais dos cofres publicos
      foram julgados por improbidade administrativa e muito mais…..Vtitoria

  • prof. José Carlos

    Bom dia!!

    Sou de Jales, mas acredito que o prefeito Saracuza não iria compactuar com esses desvios. Acredito ser um caso isolado e que o prefeito deveria ter tomado uma decisão mais severa contra o servidor publico!!

    Ainda dá tempo prefeito!! Mostre senso de justiça para seu eleitorado..

    • Luiz

      Pois é prof. José Carlos, infelizmente o prefeito Saracauza compactoo no meu ponto de vista, uma vez que ocorreu o afastamento do coordenador da saúde pela justiça, e ele através de sua assessoria juridica lutaram para que o mesmo permanecesse no cargo mesmo sendo investigado, e agora mesmo com uma decisão transitada e julgada em primeira instancia ele ainda autoriza que ele fica na direção. Essas coisas não podem ocorrer no meu ponto de vista, isso mostra para as pessoas que justiça não existe, e que há impunidade quando se trata da elite do alto escalão. Precisamos moralizar a coisa publica, para que nossa juventude não se desiluda da politica e que essas punições sirvam de exemplos para quem está no poder, para que não façam nada contra o seu povo.

    • lucia

      Oi Prof. Carlos o Pref. ta junto na sugeira
      os dois foram julgados agorinha dia 6/2/2014
      Vitoriaaaaaaa

  • VIUVAS DO FLA

    CONCORDO CONTIGO LUIZ.

  • lurdes de matos azevedo

    e quem vcs ai acima acha que esta apto a ser coordenador na lugar de jos rubens….. o popular fiao,a desvairada izilda ou o seu veicente ganine…… veja bem pessoal quem muito julga um dia sera julgado….

    • Luiz

      Eu não li isso que a senhora acima escreveu, digam para mim que foi uma miragem. Não acredito que existem pessoas com esse pensamento. “Não julgue para ser julgado”, eita nossos juizes de direito precisam ler esse comentário, para a partir de hoje não julguem processo algum, pois um dia serão julgados. Como uma pessoa pode criticar um comentário que eu fiz sobre a decisão já transitada e julgada pela justiça em que condena o coordenador. Minha senhora não sei quem deve comandar a saúde de urânia, pois não sou o prefeito, mas temos muitas pessoas competentes e em momento algum disse sobre a competencia do coordenador atual. Acorda lurdes, acorda Brasil, por isso que nossa pais esta na forma que ta, politicos se apropriam de dinheiro publico, caem em escuta telefonica tirando “sarro” do povo, fazendo farra com dinheiro publico. Chega de pessoas se apropriarem de dinheiro publico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *