MINISTÉRIO PÚBLICO DENUNCIA DEZ PESSOAS EM MESÓPOLIS POR DESVIOS NO ‘MINHA CASA MINHA VIDA’

O Ministério Público de Jales está ajuizando uma Ação de Responsabilidade por Ato de Improbidade Administrativa que envolve dez pessoas de Mesópolis, todas integrantes do Conselho Gestor do Fundo de Habitação de Interesse Social. Um dos denunciados, Denílson Manoel Bortolozzo, é vereador pelo PSDB.

As denúncias envolvem irregularidades na escolha das pessoas beneficiadas com moradias populares do programa “Minha Casa Minha Vida”. De acordo com os vereadores Luiz Olímpio e João Luiz de Brito, que levaram a denúncia ao MP, o processo de escolha foi direcionado a pessoas ligadas ao então prefeito Otávio Cianci.

Foram construídas 30 casas do programa, em Mesópolis. O Ministério Público, através de comprovação técnica por amostragem, visitou 10 moradias e constatou irregularidades em 08 delas.

Descobriu-se, por exemplo, que, entre os 10 beneficiários visitados, cinco auferiam renda mensal acima dos limites estabelecidos pelo programa. Quatro já tinham moradia. E pelo menos três beneficiados moram a mais de 500 quilômetros de Mesópolis. Um deles reside em Mauá(SP), há mais de trinta anos.

O MP está requerendo a decretação da indisponibilidade dos bens de todos os acusados, além da suspensão dos direitos políticos de 5 a 8 anos e o pagamento de multa de até duas vezes o valor do dano, que é de R$ 390 mil.

8 comentários

  • RESUMINDO...

    FUDEU KKKKKKKKKKKK

  • ANTENADO

    ACHEI QUE MUTRETA TINHA SÓ AQUI
    KKKKKKKKKKK

  • comerciante

    Se o Ministério Público fazer visita em 100% dos programa de moradia seja minha casa…ou CDHU etc., a conclusão vai ser 100% desse tipo de falcatrua, sempre os apadrinhados dos políticos ou os próprios que levam, essa prática existe em todas as cidades com menor ou maior grau. MP não precisa ninguém denunciar é só fazer umas visitinhas dessas e apurar.

  • Pit Bull

    O pior que passado alguns meses, tornam-se produtos de exploração imobiliária. Não há fiscalização por parte dos governos em seus respectivos programas habitacionais. As prefeituras que deveriam preservar a ocupação daqueles que fazem jus – atendem aos pré-requisitos – são as agentes atrozes em benefícios dos seus “protegidos”.

    É só passar o “pente fino” , a existência do processo vergonhoso, virá à tona.

  • Betão do Posto

    Mesópolis na crista da onda kakakaka

  • paulo sergio

    NOSSA TO PARALISADO….NÃO FOI A VANIA QUE FEZ A DENUNCIA, PERDEU ESSA,O QUE ACONTECEU.

  • oscar halho

    gente pior que mesopólis nao existe, ha empate tecnico com pontalinda, alexandrita e aparecid do traboado.

  • FILHO DA TERRA

    Sabe, não acho que deveríamos citar Mesópolis ou moradores como más ou cidade ruim…voltarei para aí daqui pouco tempo…ruim são as pessoas que em suas investiduras Públicas cometem fraudes, irregularidades que desagradam diretamente e bilateralmente nossa população, e é necessário ouvir também dentro dos autores da causa em discussão.. e porque foram levados a tal ato … quem realmente lucrou e porque…mas acredito na justiça também, como acredito na resulução do problema, não devemos pensar politicamente, mas sim com o coração para que daqui a pouco…Mesópolis não virar motivos de criticas e comparações mediocres de pessoas que não amam verdadeiramente nossa Terra querida…é necessário realmente a denuncia..mas vamos nos ater a transparencia dos gestores…vamos ajudar tapar buracos nas ruas (tem muitos), vamos incrementar o conselho da Comunidade e ouvir o Povo ( me lembro com saudades do Bar do Srº Alcebíades) -defronte ..hoje Avenida … vamos lutar pelo asfalto…pelo turismo…pela agricultura ….e que seja punido os infratores pelo rigor da Lei que é para todos, com igualdade e serenidade …abraços a todos meus amigos e continuem assim lutando pela verdade e justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *