PESQUISA IDENTIFICA PERFIL DE QUEM PULA A CERCA

A novidade é do Diário da Região:

Secretárias e empresários. As duas profissões encabeçam listas nada honrosas. São as mais comuns quando o assunto é traição conjugal. Entre as mulheres, as secretárias – incluindo recepcionistas – são as profissionais que mais traem. Pelo lado masculino, o título vai para a categoria dos empresários – ou donos do próprio negócio. Mas calma, se você namora ou é casado com uma secretária ou um empresário, não precisa ficar desesperado. Os dados não têm valor científico nem podem servir como base para aumentar ou diminuir o ciúme. Foram divulgados por um site de relacionamentos extraconjugais, que ouviu pouco mais de 5 mil pessoas, todas cadastradas. Entretanto, são dados curiosos.

Entre as mulheres que responderam ao questionamento, 21,3% são secretárias. Número bem maior do que o da segunda profissão que mais trai, funcionária pública, com 13,7%. “Não sei qual a explicação. Talvez seja pelo fluxo de pessoas com que lidamos diariamente. Mas nem todas traem,” diz a secretária S.R.M, 25 anos, que garante fidelidade ao noivo. As outras profissões que compõem o top five são donas de casa (12%), contadoras (10,5%) e enfermeiras (7,6%). A contabilidade, aliás, é a única categoria que compõe a lista tanto entre os homens quanto entre as mulheres. Entre os traidores do sexo masculino, os contadores estão na segunda colocação, com 10,7%. Ficam atrás apenas dos empresários, que representam 15,2%.

Completam a lista masculina os profissionais de tecnologia da informação (10,2%), engenheiros (9,8%) e advogados (7,2%). Para Eduardo Borges, um dos responsáveis pela empresa no Brasil, a presença destas profissões pode não ser uma coincidência. “Notamos que a condição financeira é um agravante para a traição. Quanto mais o homem lida com dinheiro e poder, maior a chance de trair. No caso das mulheres, as que lidam com homens em posição de poder têm mais chances ser infiel.”

A notícia completa do Diário da Região pode ser lida aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *