PREFEITURA PAGOU R$ 103 MIL POR SHOW DE DUPLA SERTANEJA QUE COBRAVA APENAS R$ 35 MIL

O Ministério Público Federal(MPF) de Rio Preto está acusando o ex-prefeito de Américo de Campos, César Shumaher de Alonso Gil(PR) de improbidade administrativa na aplicação de R$ 100 mil repassados pelo Ministério do Turismo para a festa de peão realizada naquela cidade em 2008.

Na prestação de contas que enviou ao Ministério do Turismo, o ex-prefeito informou que gastou os R$ 100 mil, mais os R$ 3 mil da contrapartida da prefeitura, na contratação da dupla de cantantes Zé Henrique e Gabriel.

Acontece que Gabriel, um dos cantantes sertanejos, resolveu abrir o bico e revelar ao MPF que, em 2008, o valor de uma apresentação da dupla variava entre R$ 25 mil e R$ 35 mil. Como se vê, o valor cobrado pela dupla, à época, ficava bem abaixo dos R$ 103 mil que o prefeito pagou pelo show.

Resta descobrir, agora, onde foi parar a diferença.

2 comentários

  • Monstro vermelho

    Esses vermes só pensam em suas quadrilhas, foda-se a população. O pior de tudo é provalvemente esses desgraçados continuaram na vida pública, por que seguiram “todos os tramites legais” (licitação), realmente lamentável.
    Viva a democracia burguesa.

  • anônimo

    será que é por isso que as festas acontecem mesmo com as prefeituras quebradas e com as ruas esburacadas?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *