PREFEITURAS DE DOLCINÓPOLIS E URÂNIA CONTINUAM DEVENDO PARA O CONSIRJ

saracuza-assis duarteDe vez em quando, somos obrigados a ouvir entrevistas radiofônicas do prefeito de Urânia, Francisco Airton Saracuza, onde ele dita cátedra sobre como conseguir recursos e, melhor, como utilizá-los.

Há pouco tempo, por exemplo, Saracuza nos matou de inveja ao dizer que tinha recursos sobrando para melhorar o asfalto de Urânia, mas não tinha onde aplicá-los, já que lhe faltavam buracos para tapar.

Agora vejam só que curioso: até um dia desses, a Prefeitura de Jales já havia repassado R$ 5,4 milhões ao Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região – Consirj – para cobertura de suas despesas. E sabem os prezados leitores quanto a Prefeitura de Urânia já repassou ao Consirj em 2015? Segundo o portal do Tribunal de Contas, de janeiro a julho, míseros R$ 9,5 mil.

E sabem por que tão pouco? Porque ele simplesmente não paga as contribuições mensais que deveria pagar. E isso não é de agora. Em 2013 e 2014, publiquei aqui e aqui, o calote que a Prefeitura de Urânia estava aplicando no Consirj. De lá para cá, o prefeito Saracuza até firmou um acordo para pagar os atrasados, mas, segundo informações, não vem cumprindo o tal acordo.

Ele não está sozinho nisso. O impoluto prefeito de Dolcinópolis, José Luiz Reis Inácio de Azevedo, também está em atraso com o Consirj. O detalhe é que, por incrível que pareça, José Luiz tem sido melhor pagador que Saracuza. Neste ano, por exemplo, ele já repassou mais de R$ 50 mil ao Consirj.

11 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *