SEM REAJUSTE SALARIAL, SERVIDORES DE SÃO JOÃO DAS DUAS PONTES PLANEJAM GREVE E RECEBEM APOIO DO FILHO DO PREFEITO

Notícia pendurada no site do Sindicato dos Servidores Municipais de Jales e Região está informando que os servidores municipais de São João das Duas Pontes estariam dispostos a fazer uma greve por questões salariais.

O prefeito Zé Baruci(PR), de seu lado, alega que não pode conceder um mísero centavo de reposição salarial porque a parte patronal da contribuição previdenciária que a Prefeitura está obrigada a repassar mensalmente ao Instituto Municipal de Previdência corresponde a 48% do salário de cada servidor. Na maioria dos municípios da região, esse percentual não passa de 25%.

O Sindicato, é claro, diz que o problema não é dos servidores e vai exigir reposição salarial. A notícia ressalta que a grande maioria dos servidores – especialmente os professores – anda bastante insatisfeita com o achatamento salarial e com o desprezo da administração municipal por outros direitos trabalhistas.

Na quinta-feira, 21, os servidores municipais compareceram em grande número a uma assembleia geral convocada pelo Sindicato para discutir a possibilidade da deflagração de uma greve. Na assembleia, ficou definido um cronograma de negociação que inclui uma tentativa de se reunir com o prefeito para discutir uma proposta de reajuste.

Na próxima quarta-feira, 27, haverá uma nova assembleia e, se não houver nenhuma proposta do prefeito, a greve será colocada em votação e, se aprovada, o aviso de paralisação será protocolado na Prefeitura no dia seguinte, 28, com 72 horas de antecedência, como determina a lei. Se ainda assim o prefeito permanecer irredutível, a greve será iniciada na segunda-feira, dia 1° de abril.

A assembleia desta semana teve a participação do vice-prefeito João Maria e de pelo menos três vereadores, que manifestaram apoio aos servidores. Agora o detalhe curioso: um dos vereadores que teriam prometido apoio aos servidores é o moço da foto acima, José Carlos Baruci Júnior(PR), filho do prefeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *