VEREADORES DE ASPÁSIA VÃO AO MINISTÉRIO PÚBLICO CONTRA PREFEITO KALANGO

Como os prezados eleitores poderão observar, parece que, em Aspásia, petistas e tucanos estão no mesmo barco.

Os vereadores Odair Conejo Galego(PT), Renan Medeiro Venceslau(PT) e Rute Teodoro da Silva(PSDB), de Aspásia protocolaram uma representação junto ao Ministério Público de Urânia, contra o prefeito Josué Eduardo de Assunção(DEM), o Kalango.

Segundo os vereadores, o prefeito estaria deixando de responder a alguns pedidos de informações da Câmara. Num desses pedidos, os vereadores querem informações sobre um veículo que teve seu motor retificado, mas, poucos meses depois, fundiu novamente e deverá ser vendido como sucata.

Noutro pedido, a Câmara alega que a Prefeitura estaria gastando muito material de construção e que existiriam indícios de que tais materiais estariam sendo utilizados em casas e bens particulares.

Por fim, os vereadores reclamam que ficaram sem respostas para as perguntas que fizeram sobre os gastos com a 20ª Festa do Peão do Boiadeiro. Eles teriam informações de que “pessoas estariam pegando notas em cidades vizinhas para dar saída nos gastos com a festa”.

Os três vereadores estão pedindo a abertura de inquérito civil para investigar os fatos.   

4 comentários

  • Isso demonstra que os políticos estão focados em corresponder à confiança de seus eleitores, diferentes daqueles que visam a satisfação própria…

  • Careta

    Resumo da ópera. A festa deu prejuizo!

  • ele

    e kalango ta no no corrego sem agua kkkkkkkkkkkso em aspasia kkkk

  • Anonimo

    Isso não é nada, aqui em Turmalina a Prefeita conseguiu sumir com o carro do Gabinete. Vou explicar: diz ela que houve um acidente com o veiculo, dando PT, só não sabe explicar a ninguém onde ocorreu, não apresentou nenhum BO sobre o acidente, e também que GRAÇAS A DEUS, ninguém que estava no veiculo sofreu sequer um arranhão, isso que é ninja, e os vereadores, meu Deus nada fizeram, Agora quer comprar um outro carro 0km. Isso não é incrível?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *