PARINI CONSEGUE VENDER MAIS UM TERRENO DA PREFEITURA

Agora vai! A Prefeitura conseguiu, na terceira tentativa, vender mais um imóvel pertencente à municipalidade. Como já foi noticiado por este aprendiz de blogueiro, Parini colocou oito imóveis à venda, sob o argumento de que o dinheiro seria utilizado em melhorias no Distrito Industrial III.

Nas duas primeiras tentativas, foram vendidos três terrenos e arrecadados R$ 273 mil. Nesta terceira tentativa, o leiloeiro oficial da Prefeitura conseguiu vender o quarto terreno, por R$ 19.910,00. A compradora, segundo publicação do Diário Oficial, desta quarta-feira, é a senhora “Cleusa” Ferreira Galvão da Costa.

Na verdade, devem estar se referindo à minha colega de adolescência, lá da Vila Maria, a Cleide Ferreira Galvão, que acrescentou o Costa ao nome, após se casar com o empresário Osvaldo Costa. A Cleide, que tem uma irmã chamada Cleusa, é a mãe do atual responsável pela Facip, o “Bixiga”.

18 comentários

  • Cigano do Rodeio

    Jales………………sem comentários…..

    Depois vcs “romanticos de plantão” acham que alguma coisa vai mudar aqui……..

  • HUMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM??????????????????????????????????????????????????????????????????

  • Ridículo

    Não dá pra pagar 1/4 do que o cunhado do prefeito e outros puxa-sacos receberam de verbas rescisórias de forma bem esquisita…

  • anônimo

    pra moralizar tudo isso, só com gente nova. Renovar na prefeitura e principalmente na câmara. Uma dica, pra prefeito, FLÁ mostra ser o mais ético e preparado.

  • Camarada Martini

    “A Privataria Tucana” entra na lista dos mais vendidos até da Veja
    Publicação vinha ignorando livro do jornalista Amaury Ribeiro Jr., que denuncia esquema propinas durante privatizações no governo FHC, ao contrário de outras listas semelhantes

    Por: Redação da Rede Brasil Atual
    Publicado em 28/12/2011, 12:47
    Última atualização às 12:47

    Data de validade do ranking foi modificada para 21 de dezembro (Imagem: Reprodução)

    São Paulo – Passados 19 dias da chegada de “A Privataria Tucana”, escrito pelo jornalista Amaury Ribeiro Júnior, a livrarias do país, a publicação foi inserida na lista dos mais vendidos de não ficção da semana da Veja na internet, nesta quarta-feira (28). Até a véspera, o site da editora Abril mantinha a obra de fora, apesar de outros levantamentos semelhantes destacarem o resultado de vendas do livro.

    “A Privataria Tucana” apresenta documentos e informações sobre um esquema bilionário de fraudes ocorridos durante o processo de privatização de estatis na década de 1990, durante o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Com 100 mil exemplares vendidos em menos de três semanas, segundo a Geração Editorial, a publicação chegou a esgotar no primeiro fim de semana de vendas.

    Por meio de documentação públicos e obtidos na Justiça, o jornalista acusa o ex-caixa de campanha do PSDB e ex-diretor da área internacional do Banco do Brasil, Ricardo Sérgio de Oliveira, de ter atuado como “artesão” da construção de consórcios de privatização em troca de propinas. Familiares e pessoas próximas ao ex-governador de São Paulo e ex-ministro do Planejamento, José Serra, também são citadas por envolvimento em lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

    A pesquisa realizada pelo portal Comunique-se mostrou que o livro já estava entre os dez mais vendidos em algumas das principais lojas do país, como as livrarias Cultura e Saraiva, em que aparece na segunda posição no segmento de não ficção, atrás somente da biografia de Steve Jobs, empresário da Apple morto neste ano, escrito por Walter Isaacson.

    Agora, no ranking da Veja.com, “A Privataria Tucana” aparece na sexta posição. Na última terça-feira (27), esta colocação era do livro “Feliz por Nada”, de Martha Medeiros, agora em terceiro lugar. O “Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil”, do jornalista Leandro Narloch, antes na segunda colocação, passou para a quinta. Já o segundo lugar ficou para “O Livro do Boni”, que também estava excluído da relaçaõ de dez mais vendidos.

    Segundo o Comunique-se, página voltado a um noticiário sobre comunicação e jornalismo, o site da revista da editora Abril alterou a data da semana de validade do ranking. Na terça, quando o livro do jornalista brasileiro não estava na lista, a data registrada era da semana atual. Nesta quarta, quando houve a mudança, a lista passou a ser datada do dia 21 de dezembro. A revista não prestou outros esclarecimentos sobre a mudança.

    Leia também:

  • Camarada Martini

    ESTE LIVRO “PRIVATARIA TUCANA” VAI VIRAR FILME

    COM ESTREIA EM JULHO DE 2014.

    COMO ESTE FILME EXISTE CENAS DE SEXO, CREIO QUE

    VÃO TIRAR PRIMATARIA E COLOCAR OUTRA COISA.

  • Você tem razão anonimo só mesmo elegendo o FLA e trocando todos os vereadores que estão la, alguns não fazem nada e no quinto dia útil vai pegar o holerite e tudo bem, a população fica vendo navio, é uma vergonha mesmo.

  • Cigano do Rodeio

    Flá mais gibão igaul aaaaaaaaaaaaa……….adivinha?

  • realista

    fla mais gibão eu não sei
    mas, fla mais juventude e competencia
    e facil,facil é jales voltando a ser cendto de região
    agora é fla

  • anonina

    concordo plenamenteeeeeeeeeee

  • Anônimo

    Ta dando nojo esta puxação de saco do Flá
    Eu até estava pensando em votas no Flá, mas ja estou desistindo, parece que só tem idiota no time dele a começar por aquele imbecil do candidatozinho de meia tigela Juliano Matos.

  • Casca grossa

    Voltando ao assunto da matéria. Independentemente de ser a Senhora Cleusa ou Cleide que fez a aquisição ou outra pessoa qualquer, são necessários alguns pré-requisitos: 1. Ter dinheiro (coisa que muitos que escrevem por aqui não tem), 2. Ter interesse em adquirir, 3. Pagar aquilo que está na avaliação ou valor maior, conforme estabelece a legislação.

  • Cigano do Rodeio

    Opaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa…….parece que alguém se doeu……hehehe

    E a questão, meu “quirido” não a citada senhora comprar, ou não, mas sim o município vender pelo preço que vendeu……

    E saiba Sr Casca Grossa, que a soberba é o pior dos pecados…..

    Dizer que muitos que “escrevem aqui” não têm dinheiro para comprar o citado terreno (leia-se pechincha) pode até ser verdade, eu mesmo não tenho, mas retrata que o Sr tem pensamentos burgueses e completamente incompatíveis com a realidade atual…

  • Cigano do Rodeio

    Cresça!!!!!!!! Depois apareça!!!!!!!! Só depois!!!!!!!

  • Casca grossa

    parece que o cigano do rodeio também se doeu. kkkkkkkkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *