AMERICANA GANHA O TÍTULO DE MULHER MAIS GORDA DO MUNDO E CONSEGUE MARIDO DE VOLTA

As gordinhas não devem, jamais, perder as esperanças. Vejam a notícia é do Extra on Line:

Com 330 kg, Pauline Potter pensou que nunca mais teria um relacionamento amoroso. A americana de 47 anos se divorciou do marido há três anos e passou a descontar a tristeza na comida. Engordou tanto que bateu o recorde de mulher mais gorda do mundo, quando pesava 291 kg, ainda em 2011. Para a surpresa dela, depois de vencer o título, o ex-marido Alex, de 46 anos e meros 64 kg, não resistiu e pediu para reatar o relacionamento.

Segundo reportagem do jornal “The Sun”, Alex se arrependeu de ter abandonado a mulher. “Foi o maior erro da minha vida. O título de mais gorda me fez ver o quanto a amo. Eu estou desesperado para ser o amor dela, zelar por ela”, disse o marido. Pauline não pensou duas vezes e reatou o casamento. E não tem do que reclamar.

A americana não consegue se vestir sozinha, nem ir ao banheiro sem ajuda. Mas o casal garante que a vida sexual vai muito bem. No dia em que voltaram, transaram seis vezes em menos de 24 horas. “Diferentemente do que algumas pessoas podem pensar, Pauline é ótima na cama”, garantiu Alex. “Mesmo que uma perna dela pese mais que eu, nós podemos deixar o corpo dela em uma posição prazerosa para nós dois”, completou ele.

Pauline admite que Alex faz a maior parte do trabalho, mas ela também tem uma boa participação nas “brincadeiras”. “Eu fiz ginástica até os 12 anos e isso ajuda”, revela. Apesar das restrições impostas pelo peso, a americana garante que o título de mais gorda trouxe muitas alegria. “Alex se apaixonou de novo por mim”, enfatiza. O casal se conheceu em 2002, quando Alex enviou um e-mail errado que foi parar na caixa de entrada de Pauline.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *