COLUNISTA LITERÁRIO CLASSIFICA LIVRO DE ROSÂNGELA MORO COMO PIOR LEITURA DE 2020

Parece que a conja não agradou como escritora. Deu no DCM:

Rodrigo Casarin, colunista do Página Cinco no UOL, elegeu o livro Os Dias Mais Intensos – Uma História Pessoal de Sergio Moro, escrito por Rosangela Moro, como a pior leitura de 2020.

“A cada coluna, indico aos leitores boas obras e também os previno de eventuais ciladas. Mais do que criar um ranking com as leituras, é no dia a dia que compartilho o que vale ser lido e o que merece o desprezo”, escreveu Casarin.

Rosangela ganhou o ‘Prêmio Menino do Acre – Troféu Auto Revolucionar-se a Si Mesmo’ com o pior livro do ano.

Em 2019, esta premiação foi dada a E. L. James por “Mister”.

“Neste ano, a jaca voltou para o Brasil”, declarou Casarin.

4 comentários

  • Petistas não vao ler o livro!

    Eu confesso que não conheço o jornalista e o seu prêmio.
    Agora vou ler um livro
    Eu não sei o quê a esposa escreveria sobre o seu marido moro
    A nao ser sobre a lava jato. E falar mal do lula klkkk
    já tivemos filmes sobre a lava jato Certamente escolher Rosângela como a pior do ano valeu para o jornalista ficar conhecido. Rosângela também!
    Petistas adoraram
    Mas não vão ler o livro kkkkk

  • Sérgio

    O que mais esperavam da “CONJE”. Inteligência ali passou longe. O prefácio do livro, se é que pode ser chamado assim, deve ter sido assinado pelo outro “CONJE”.

  • #PTNUNCAMAIS

    ESQUERDALHA FRUSTRADA ATIRANDO PRÁ TODOS OS LADOS, KKKKK.
    CHUPAAAAAAAAA SEUS CORRUPTOS DO CARA$$$, KKKKK .
    2022 TÁ PRÓXIMO, KKKKKKKKK.

  • Jalesense

    O gado está babando agitado e raivoso! Efeito colateral da cloroquina no rabo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *