“ESPOSA DE MENTIRINHA” TEM ANISTON E SANDLER

A primeira impressão ao assistir a comédia “Esposa de Mentirinha” é a de se tratar de uma ação entre amigos, em que atores, roteiristas, produtores e o próprio diretor são velhos conhecidos que se juntaram para divertir o público e a si mesmos. Primeira e última impressão, aliás, tendo em vista a calorosa química do elenco, as improvisações bem-humoradas no roteiro e, claro, a ficha corrida dos participantes da produção.

Danny (Adam Sandler) é um cirurgião plástico que, depois de ser desprezado por sua noiva quando era um rapaz feio, muda de visual e passa a ser um mulherengo canalha. Em suas conquistas, ele percebe que as mulheres tendem a ceder a homens casados, maltratados pelas esposas megeras e à beira do divórcio.

Por isso, o rapaz anda para todos os lugares com uma aliança falsa para usar em seus golpes. Porém, quando Danny conhece Palmer (a modelo Brooklyn Decker), e por ela se apaixona, deve encontrar uma esposa de mentira para não passar por mentiroso.

É nesse contexto que entram em cena Katherine (Jennifer Aniston), assistente do cirurgião, divorciada, com dois filhos, a performática Maggie (Bailee Madison, de “Entre Irmãos”) e o manipulador Michael (Griffin Gluck). Os confrontos do quinteto darão sabor ao filme.

Embora a história seja uma coleção de lugares comuns e previsível desde o início, a maior qualidade de “Esposa de Mentirinha” está nos diálogos e nas situações em que os personagens são jogados. Mas, sem dúvida, trata-se do humor costumeiro de Sandler, com suas flatulências e insinuações sexuais, e de Aniston, com suas frases prontas e sarcasmo light. Um filme para a família.

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *