MEU NOME É LÉA T.

Filha transexual do ex-jogador Toninho Cerezzo desfilará na SP-Fashion Week, para a marca Alexandre Herchcovitch.

Ela é mineira de Belo Horizonte, onde foi batizada com o nome de Leandro Cerezzo, mas cresceu em Gênova, onde o pai, o ex-jogador de futebol Toninho Cerezzo – que iniciou a carreira no Atlético Mineiro e atuou também no São Paulo e na Seleção Brasileira – foi ídolo do Sampdoria, um dos times da cidade. 

Leandro virou Léa T., atualmente a modelo transexual mais requisitada do planeta. Ela deve chegar nesta semana a São Paulo e já é uma das maiores atrações da edição de 15 anos do São Paulo Fashion Week. Léa já foi capa da revista Love, onde aparece beijando Kate Moss, é estrela da Givenchy e até já foi entrevistada pela Oprah Winfrey, apresentadora do mais afamado talk-show dos Estados Unidos.

Há seis meses, Léa tinha prometido não por mais os pés no Brasil, magoada com a onda de preconceitos e as notícias veiculadas na mídia tupiniquim dando conta de que seu pai, Toninho Cerezzo, estivesse renegando o filho transexual. Léa garante que tudo não passa de mentira: “a versão de que não nos falamos é mentirosa; meu pai foi a pessoa mais doce, que mais compreendeu minha decisão de mudar de sexo”. 

Ela garante, no entanto, que a mágoa contra a imprensa já passou. “Minhas raízes estão no Brasil, onde existe muita gente boa. Tenho de saber separar. Quem tratou a mim e ao meu pai daquela forma não merece respeito”, afirmou em entrevista ao Estadão.

1 comentário

  • ChicoEspora

    É isso ai garota!!! Seja o que vc quizer e vem pra galera!!! Eu te recebo meu amor…. é mais gata que muita mulher que frequenta salão de beleza e não consegue acabar com o bigode………kkkkkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *