JORNAL DE JALES: LUÍS HENRIQUE CONFIRMA PRÉ-CANDIDATURA E JÁ CONTA COM APOIO DE QUATRO PARTIDOS

Eis a capa do Jornal de Jales deste domingo, destacando o leilão do pré-sal que deverá render quase R$ 3 milhões para a Prefeitura de Jales, segundo as contas da Confederação Nacional dos Municípios. O governo Bolsonaro vai leiloar parte das reservas petrolíferas descobertas pela Petrobras durante o governo Lula – o chamado pré-sal – e, por lei, terá que dividir uma fatia do bolo com os municípios brasileiros. O governo espera arrecadar cerca de R$ 100 bilhões, dos quais ficará com a metade. Outra parte – cerca de R$ 35 bilhões – ficará com a Petrobras e o restante será dividido entre os 5.570 municípios. O deputado federal Baleia Rossi, líder do MDB, enviou ofício ao vice-prefeito Garça, onde informa o valor do repasse para Jales e ressalta a atuação do seu partido na aprovação da lei que estabeleceu a divisão da grana com os municípios.

Destaque, igualmente, para a incursão que o prefeito Flá Prandi fez a São Paulo durante a semana, acompanhado dos vereadores Kazuto, Deley e Pintinho. A comitiva jalesense visitou gabinetes de deputados e do vice-governador Rodrigo Garcia e voltou da capital com convênios que somam R$ 1,5 milhão para obras no município. Segundo o jornal, R$ 800 mil serão utilizados no recapeamento de ruas, R$ 250 mil em melhorias no velório municipal, e o restante – R$ 450 mil – deverá ser investido na construção de uma pista de caminhada na avenida “Euphly Jalles”.

A terceira fase da operação “Farra no Tesouro”, que resultou no indiciamento de 17 pessoas, as quais, por omissão ou negligência, permitiram, segundo a Polícia Federal, os desfalques perpetrados pela ex-tesoureira Érica Cristina; a falta de acordo sobre salários, que deixou as unidades de saúde do município sem pediatras; as palestras promovidas pelo Sindicato dos Motoristas de Jales com orientações sobre como evitar ações trabalhistas; os jogos universitários e os saraus promovidos pela Unijales; e a atuação da empresa Guizzo Controle de Vetores e Pragas, que ganhou licitação para cuidar do combate ao mosquito da dengue em Rio Preto, são outros assuntos do JJ.

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior informa que o suplente de deputado estadual Luís Henrique Moreira já não esconde de ninguém que é pré-candidato a prefeito de Jales. Ele até declarou que já elaborou uma programação de reuniões mensais, com palestras de experts para manter a motivação dos candidatos a vereador de seu grupo político. Por sinal, segundo Deonel, Luís Henrique deverá ser apoiado por 60 candidatos a vereador, espalhados por quatro siglas: PP, Podemos, PSD e, é claro, o PSDB, partido ao qual o pré-candidato se filiou recentemente. 

10 comentários

  • Que balaio de gato, no final das contas o eleitor não vai saber nem pra quem votou. Se atirar no pato é perigoso acertar no ganso, se atirar no ganso acerta o marreco, se atirar num bando d codorna voando acerta no urubu. Eu Hem tô fora , pra qualquer lado que atirar,o tiro sai pela culatra.

  • Não entendo nada desses apoios políticas , só sei que não vai mudar em nada. Meu padrão de vida , é perigoso piorar as, portanto, meu voto vai ser pro NIN…. ninguém.

  • grobo

    o Fra perde o fórum privilegiado vai responder igual os outros prefeitos.

    Fra…. não sei do nada…. não vi nada….

  • Depois de grande e milionário, o MDB está pobre e rachado

    O MDB do Garça e de Baleia Rossi precisam fazer propaganda da atuação do seu partido na aprovação da lei que estabeleceu a divisão da grana do Pré sal, com os municípios.
    Com a ascensão de Bolsonaro e seus seguidores, o MDB rachou, encolheu, perdeu poder e dinheiro e viu alguns de seus principais quadros, como o Temer e o ex-ministro Moreira Franco, serem presos diante das câmeras,
    Os dois estão soltos agora, ao contrário de outros emedebistas como Sérgio Cabral, Pezão, Cunha e Geddel Vieira Lima, atrás das grades por envolvimento em esquemas de corrupção.
    Afastado do Palácio do Planalto —tem apenas um ministro, Osmar Terra (Cidadania), e o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (PE)—, o partido não pretende ter candidato a presidente da República. Ao menos por enquanto, a prioridade do MDB é recuperar a imagem e voltar a crescer no Congresso Nacional.
    Por isso, Baleia Rossi não quer mais presidir o partido que nestas eleições deverá afundar mais

  • LH e as coligações partidárias proibidas

    De acordo com o jornal, Luís Henrique deverá ser apoiado por 60 candidatos a vereador, espalhados por quatro siglas: PP, Podemos, PSD e, é claro, o PSDB, partido ao qual o pré-candidato se filiou recentemente.
    No segundo semestre de 2017, o Congresso Nacional aprovou projeto de reforma política que atacou o maior problema de nosso sistema político: a elevada fragmentação. Temos mais de 35 partidos!
    A cláusula de barreira e a vedação de coligação partidária na eleição proporcional, que vigorará a partir da eleição de 2020, reduzirão muito o número de partidos. Está proibida a coligação partidária!
    As coligações ajudavam a eleger, no Legislativo, partidos menores, que se juntavam às legendas mais fortes para conseguir pleitear um assento que, sozinhos, dificilmente obteriam. Sem elas, as Casas teriam menos partidos, o que tende a facilitar a governabilidade.
    Outro argumento é que, quando um candidato tem uma votação muito expressiva, acaba por inflar o total de votos da coligação e “puxar” outros do mesmo grupo —ou seja, pode eleger políticos de um outro partido.
    Tramita na Câmara o projeto de lei 9212 de 2017, de autoria do senador José Serra, de São Paulo, já aprovado no Senado, que institui no Brasil o voto distrital misto, inspirado no sistema alemão. Nesta caso, muda tudo!

  • Sr Conjuntura

    isso vai virar um acordão, vai ter uma candidatura única novamente, aguardem os desdobramentos.

  • Prefeito Garotinho

    Parabéns ao FRÁ Pulou uma etapa importante. Não precisa ser condenado em primeira instância. Vai ficar inelegível logo no primeiro julgamento. kkkkkkkkkkkkk
    Adeus candidatura a deputado.

  • Prefake

    Jornal do tio do Prefake tá difícil de ler!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *