8o FESTIVAL NACIONAL DE TEATRO TERÁ DOIS ESPETÁCULOS NESTE DOMINGO

O 8º Festival Nacional de Teatro terá sequência neste domingo, com mais dois espetáculos, ambos marcados para o Teatro Municipal. O primeiro – “Cora Coralinha” – é uma peça infantil e será encenada às 11:00 horas. E a segunda – “O Candelabro” – é para maiores de 16 anos e começará às 20:30 horas. Abaixo, as sinopses:

CORA CORALINHA  (11:00 horas – TEATRO MUNICIPAL)

CORA CORALINHAO espetáculo – encenado pela Cia de Teatro Sala Três, de Goiânia-GO – retrata a vida de Aninha, que vem ao encontro da trupe para reacender a chama e a magia da arte nos corações tristes dos artistas de rua. É através de suas palavras que aninha (Cora Coralinha) faz reviver a esperança na trupe sem nome. O encontro é mágico, ela vem não sabe de onde, aparece não se sabe como, dizendo-se perdida, toca os artistas com suas histórias e eles resolvem ajuda-la a chegar até a casa da ponte. É no desenrolar dessa aventura de volta pra casa que toda a sabedoria de Aninha (Cora Coralinha) é mostrada através de trechos de poesias e contos da autora. Faixa etária: infantil.

O CANDELABRO  (20:30 horas – TEATRO MUNICIPAL)

O CANDELABROMaria, uma mulher que se enclausura numa igreja abandonada, por não aceitar o medo e as dores encontradas durante sua vida, desde a infância, onde sofreu abuso sexual e foi explorada durante parte da sua vida. É uma reflexão e por sua vez, servirá para quebrar os estigmas da violência que persegue milhares de mulheres no mundo.

O espetáculo será apresentado pela Cia Távola de Teatro, da cidade de Lauro de Freitas-BA.  

VACINAS NÃO FORAM SUFICIENTES PARA ATENDER TODOS QUE FORAM AOS POSTOS NESTE SÁBADO. NA TERÇA-FEIRA CHEGAM MAIS VACINAS

DSC01693-ed

Segundo a secretária municipal de Saúde, Patrícia Albarello, o governo do Estado disponibilizou 3.600 doses de vacinas para Jales, que foram todas aplicadas neste sábado. No Núcleo Central de Saúde, onde foram aplicadas cerca de 1.200 doses – um terço do total – as vacinas acabaram por volta das 15:00 horas.

Algumas das pessoas que estavam na fila no momento em que a foto lá de cima foi registrada – às 14:20 horas – foram embora pra casa sem tomar a vacina. Não há, no entanto, motivos para desespero. Uma nova remessa de vacinas está sendo esperada para a terça-feira, 03. É muito provável que já na própria terça-feira, ou na quarta-feira, a vacinação tenha continuidade.

DSC01687-ed

O ESF do Jardim Paraíso foi um dos primeiros a ficar sem vacinas, o que fez com que muitas pessoas se deslocassem para o ESF do Roque Viola. A foto acima foi registrada às 14:00 horas, quando a fila no Roque Viola era a maior entre os postinhos de saúde dos bairros.

DSC01695-ed

No ESF do Arapuã, o visual, às 14:45 horas, era esse da foto acima. Por lá, as vacinas tinham acabado meia hora antes, mas, mesmo assim, foram aplicadas 470 doses, das quais 299 – quase 64% do total –  em idosos. Outras 134 foram aplicadas em crianças. 15 gestantes foram vacinadas, a grande maioria com idade entre 30 e 40 anos.

No ESF do Jardim São Jorge – onde as vacinas acabaram pouco antes das 15:00 horas – o percentual de idosos atendidos foi ainda maior. Das 395 doses aplicadas, 312 foram em idosos, cerca de 79% do total. As crianças atendidas no Jardim São Jorge foram apenas 67, incluindo dois netos deste aprendiz de blogueiro.

A TRIBUNA: AS MAQUINAÇÕES DE TIQUINHO

capa tribuna 01.05.16No jornal A Tribuna deste final de semana, destaque para os bastidores da política local que, apesar de aparentemente tranquilos, estão fervilhando. O vereador Tiquinho, por exemplo, queria ser vice de Pedro Callado, mas anda contrariado com a indecisão do prefeito. Durante a semana, Tiquinho se lançou candidato a prefeito e, segundo fontes, teria convidado a petista Pérola Cardoso para sua vice. E não é só isso: na quarta-feira passada, o partido de Tiquinho – o PSD – tinha uma reunião marcada com o pré-candidato Flávio Prandi, mas o prefeiturável do DEM não compareceu ao encontro.

Destaque também para as investigações do homicídio ocorrido em Urânia, na semana passada. A polícia já sabe que o principal suspeito é um peão de rodeio de 21 anos. Segundo matéria do repórter Alexandre Ribeiro, a polícia pode capturar W.N. – o peão – a qualquer momento. Segundo narrativas, W.N. fazia aniversário no sábado passado e resolveu comemorar em uma lanchonete, onde, depois de beber por algumas horas, se desentendeu com dois filhos da proprietária. A vingança, no entanto, foi praticada contra um irmão da proprietária da lanchonete, atingido por golpes de faca nas costas e no peito.

O projeto que altera para dois anos o tempo de mandato dos eleitos para a Mesa Diretora da Câmara – presidente, vice e secretários; os números equivocados utilizados pelo vereador Tiago Abra para justificar a demissão das varredoras dispensadas pela empresa do lixo; a aprovação, pela Câmara, de um novo parcelamento de dívidas de contribuintes junto à Prefeitura; e a nova ação ajuizada pelo Ministério Público de Jales contra o ex-prefeito Parini, são outros assuntos de A Tribuna.

Na coluna Enfoque, o desmentido de Flávio Prandi sobre rumores de que ele estaria sendo pressionado a desistir de sua candidatura a prefeito. Na página de opinião, Marco Antônio Poletto escreve sobre o Cine Jales (o antigo), enquanto a Taísa Selis aproveita o “Dia do Trabalho” para escrever sobre… trabalho! No caderno social, destaque para a disputadíssima coluna do Douglas Zílio e para a exposição “40 Semanas de Amor”, das fotógrafas Laura Lima e Lívia Cardoso.      

ACIDENTE COM DOIS CARROS DEIXA SEIS FERIDOS EM JALES

A notícia é do Diário da Região:

acidente_jales_2Um acidente no início da tarde deste sábado, dia 30, deixou seis pessoas feridas, em Jales. Segundo informações da Polícia Rodoviária, um veículo Santana seguia pela SP-320, a rodovia Euclides da Cunha, sentido Estrela D’Oeste, quando o condutor perdeu o controle e bateu contra a grade de proteção. Em seguida, o veículo voltou a cruzar a pista e, um Gol, que vinha no mesmo sentido, chocou-se transversalmente. O acidente foi no quilômetro 582 e ocorreu por volta das 13h10.

De acordo com as primeiras informações, seis pessoas que estavam nos dois carros tiveram ferimentos leves e foram levadas para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Jales para receberem atendimento médico. Ainda não sabe o que fez o motorista do Santana perder o controle de direção do veículo. 

DEU NA FOLHA NOROESTE DE HOJE

folha noroeste 30.04.16O jornal Folha Noroeste deste sábado está destacando a visita que o governador Geraldo Alckmin fez a Vitória Brasil, onde ele inaugurou uma creche para 130 crianças. A inauguração foi ontem, sexta-feira, mesmo dia em que professores estaduais e alunos de escolas técnicas do estado protestavam em São Paulo. Segundo o governador, a construção do prédio da EMEI “Neide Aparecida de Carvalho” custou R$ 1,2 milhão e só foi possível graças a uma parceria entre a Secretaria Estadual de Educação e a Prefeitura de Vitória Brasil. Ele disse, também, que a creche de Vitória Brasil foi a 119ª entregue pelo seu governo.

A nota obtida pelo AME de Jales em uma pesquisa de satisfação; as discussões no Senado Federal sobre a criação do Estatuto do Motorista; o resultado financeiro do leilão de gado realizado no domingo passado em prol da Santa Casa de Jales; o arrastão da Campanha do Agasalho programado pelo Fundo Social de Solidariedade do município para a próxima terça-feira, 03; e as explicações da doutora Lilian Fiorelli sobre o prolapso genital, também conhecido como “bexiga caída”, são outros assuntos da Folha Noroeste.

Na coluna FolhaGeral, o editor chefe, Roberto Carvalho – o mais talentoso entre os talentosos laterais que já desfilaram nos campos de futebol de Jales – está informando que teria havido uma debandada quase geral entre os jogadores do Jalesense Atletico Clube depois da saída do patrocinador Ailton Rodrigues de Pádua. Segundo o Roberto, os atletas teriam sido avisados pelo secretário Ademir Molina e pelo vereador Tiquinho de que eles não teriam salários e que o clube só garantiria pouso e comida. Muitos preferiram ir embora, diz o colunista.  

UM DOS MAIORES TRAFICANTES DO MUNDO É PRESO EM RIBEIRÃO PRETO

A notícia é do portal Band.com:

CardozaEduard Fernando Giraldo Cardoza, considerado um dos maiores traficantes de droga da Colômbia e Estados Unidos, está detido na Polícia Federal de São Paulo, onde chegou na madrugada desta sexta-feira (29).

Segundo a polícia, o suspeito tem ligações com as Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia). A polícia norte-americana oferecia US$ 5 milhões pela captura de Eduard, que foi preso ontem em Ribeirão Preto, no interior do Estado. Na sequência, ele deve ser extraditado para os Estados Unidos. 

Os agentes chegaram até o traficante após a Polícia Federal de Tabatinga, no Amazonas, comunicar que a mulher do bandido colombiano havia atravessado a fronteira e seguia para Ribeirão Preto, a cerca de 300 quilômetros da capital paulista.

Ao ser preso em casa, no interior paulista, o colombiano apresentou um documento falso, mas depois confirmou aos policiais que de fato era o traficante internacionalmente procurado.

Cardoza foi indiciado nos Estados Unidos em 2015, no entanto conseguiu driblar as autoridades e fugiu. A polícia agora investiga se ele atuava também em Ribeirão Preto e quem são as pessoas com quem ele tinha contato na região e, eventualmente, até em outros estados.

VACINAÇÃO CONTRA GRIPE COMEÇA RELATIVAMENTE TRANQUILA EM JALES

DSC01666-ed

A vacinação contra os vírus Influenza – que inclui o H1N1, da gripe suína – começou neste sábado praticamente sem atropelos. A maior aglomeração acontece no Núcleo Central de Saúde (foto acima), onde a fila é um pouco mais extensa. No Jardim Municipal, um pouco antes das 08:00 horas, pouca gente esperava para ser vacinada.

A maioria das pessoas que procuraram os postos, nesta manhã de sábado, é de idosos. Poucas gestantes foram vistas nas filas. Nas fotos abaixo, a situação dos postos de vacinação, por volta das 08:00 horas:

DSC01657-ed

No ESF “Setuo Suetugo”, do Jardim São Jorge, às 07:20 horas, a fila ainda era pequena.

DSC01659-ed

No ESF do Jardim Paraíso, às 07:30 horas, a movimentação também era pequena.

DSC01663-ed

Um pouco mais adiante, no ESF do Roque Viola, esse era o retrato da movimentação, às 07:40 horas.DSC01671-ed

No Jardim Arapuã, um dos bairros mais antigos da cidade, a fila tinha muitos idosos.

DSC01672-ed

No ESF do JACB, que está prestes a inaugurar um novo prédio, os idosos também predominavam na fila, às 08:10.

DSC01676-ed

No ESF do Jardim Novo Mundo, que também vai inaugurar um novo prédio em breve, pouquíssimas pessoas esperavam a vez de serem vacinadas.

DSC01664-ed

DSC01684-ed

Por fim, o Núcleo Central de Saúde, na Rua Sete, onde a movimentação era mais intensa. Por lá, eu encontrei o meu amigo Francisco Valdo de Albuquerque, que luta bravamente contra um câncer e aguardava pacientemente, na fila, a sua vez de tomar a vacina. Encontrei também outro amigo: o professor José Antônio de Carvalho, que já tem idade para tomar a vacina, mas estava no Núcleo trabalhando como voluntário.

8o FESTIVAL NACIONAL DE TEATRO COMEÇA HOJE EM JALES COM DOIS ESPETÁCULOS

A programação do 8º Festival Nacional de Teatro, que começa neste sábado, aqui em Jales, marca dois espetáculos. O primeiro – “Feio” – está programado para as 15:00 horas, no Teatro Municipal. E o segundo – “Farra do Boi Bumbá” – acontece às 20:00 horas, na Praça Euphly Jalles. Abaixo, as sinopses das duas peças:

FEIO  (15:00 horas – TEATRO MUNICIPAL)

ofeio1O espetáculo, apresentado pela Cia Grão, de Barueri-SP, aborda a história de um pequeno pato, que por ser “FEIO”, é rejeitado desde o nascimento por todos, começando pela mãe e irmãos. Ele parte de onde vive em busca de um lugar no qual se sinta acolhido. Passa por inúmeras dificuldades, conhece a fome, o medo e a morte, até descobrir que aquilo, que aos olhos dos outros causava repugnância, era a origem de sua imensa beleza. O espetáculo também é acessível às pessoas portadoras de necessidades especiais auditivas e visuais.

FARRA DO BOI BUMBÁ  (20:00 horas – PRAÇA EUPHLY JALLES)

FARRA DO BOI BUMBÁA história, encenada pela Cia de Teatro Os Ciclomáticos, do Rio de Janeiro-RJ, se desenvolve em torno de um rico fazendeiro que tem um boi muito bonito. Esse boi, que inclusive sabe dançar, é roubado por Chico, trabalhador da fazenda, para satisfazer a sua mulher Catirina, que está grávida e sente desejo de comer a língua do boi. O fazendeiro manda diversos personagens populares procurarem o boi. Quando o encontram, ele está doente, e pajés são chamados para curá-lo. Depois de muitas tentativas, o boi finalmente é curado, e o fazendeiro, ao saber do motivo do roubo, perdoa Pai Chico e Catirina, encerrando a representação com uma grande festa.

EM MARINÓPOLIS, FILHA DO PREFEITO É A PRIMEIRA COLOCADA EM CONCURSO DA PREFEITURA

A caixa de contatos do blog registrou, nesta sexta-feira, o e-mail de um leitor que está protestando contra o resultado do concurso público realizado pela Prefeitura de Marinópolis, no início de abril.

O motivo para o protesto está na disputa para o preenchimento das vagas de cirurgião-dentista. O leitor diz que “como já era esperado, a filha do prefeito Jarbas foi aprovada em primeiro lugar, com uma diferença gritante na pontuação em relação aos demais aprovados“.

Ainda de acordo com o leitor, “dá pra imaginar que a prova não foi tão fácil, uma vez que apenas três candidatos atingiram a média de 50% de acertos, porém a filha do prefeito, que já ocupa o cargo desde 2015, como contratada, se destacou dos demais candidatos“.

Como sou moço curioso, tratei de fazer uma visita ao site da FSV Concursos, a empresa que realizou o concurso da Prefeitura de Marinópolis.

Com efeito, os resultados mostram que a filha do prefeito deve ter estudado bastante. Ela obteve 70 pontos, enquanto as outras duas únicas aprovadas conseguiram, respectivamente, 58 e 54 pontos. Todos os demais 12 candidatos ficaram abaixo dos 46 pontos.

PREFEITO CONSEGUE EMPRÉSTIMO DE R$ 10 MILHÕES PARA RECAPE

politica_Buraco

Calma! Foi o prefeito de Rio Preto quem conseguiu um empréstimo junto ao Desenvolve SP, o mesmo órgão que está prometendo emprestar R$ 4 milhões para a Prefeitura de Jales. A notícia é do Diário da Região:

A Prefeitura de Rio Preto abre licitação hoje, no valor de R$ 11,4 milhões, para obras de recapeamento de ruas. A maior parte do recurso, R$ 10 milhões, foi obtido junto ao governo do Estado por meio de empréstimo a ser pago em 72 parcelas mensais.

De acordo com o prefeito Valdomiro Lopes (PSB), serão recapeadas ruas de bairros da zona norte, da Boa Vista entre outros. A abertura dos envelopes com as propostas feitas pelas empresas está prevista para o início de junho. O prazo para execução da obra é de 90 dias.

Além de contratar uma empresa para executar a obra, o prefeito disse que pretende intensificar o serviço de tapa-buraco executado pela Secretaria de Trânsito. A Prefeitura conta com usina própria de asfalto. Valdomiro tenta melhorar a imagem da sua administração, que está desgastada pela quantidade de buracos espelhados por toda a cidade.

O município abre licitação hoje depois de submeter o empréstimo a autorização dos vereadores, obtida em novembro. A liberação do dinheiro passou ainda pelo crivo da Secretaria do Tesouro Nacional. A operação de crédito foi firmada com a agência Desenvolve São Paulo, órgão ligado ao governo estadual.

VEREADORES QUEREM EXPLICAÇÕES PARA SAÍDA DE INVESTIDOR DO JALESENSE ATLÉTICO CLUBE

DSC01609-gilbertão-jesus-rivailA fofíssima Jaqueline Zambon – assessora de imprensa da Câmara e neta do falecido Albino Zambon, um grande incentivador do futebol amador de Jales nos anos 60/70 – enviou release sobre um requerimento dos vereadores Gilbertão, Jesus Batista e Rivail Júnior, aprovado na sessão de segunda-feira passada.

Nele, os três nobres edis cobram explicações sobre a repentina e estratégica  deserção do investidor Ailton Rodrigues de Pádua, que abandonou o recém-fundado Jalesense Atlético Clube. Aílton, vocês se lembram, deu entrevistas onde prometia financiar a volta do futebol profissional em Jales.

Tudo caminhava bem com o novo mecenas patrocinando a reforma dos alojamentos do time, a compra de beliches, ventiladores e outros apetrechos, a contratação da Comissão Técnica e a alimentação da turma toda. O mecenato, no entanto, não durou três meses. Ailton foi embora sem nem mesmo dizer adeus.

No requerimento, os vereadores perguntam quais motivos levaram o investidor a tirar o time de campo e se ele deixou dívidas para o clube pagar. Querem saber, também, se existe a possibilidade de, no futuro, o investidor reivindicar, na Justiça, o ressarcimento dos investimentos feitos por ele.

O vereador Rivail Júnior, um dos três que assinam o requerimento, tem lá seus motivos para estar atento ao que acontece. Afinal de contas, ele já viveu uma péssima experiência nessa seara. Em 2005, escalado por Parini, Rivail assumiu a presidência do extinto CAJ, o “Dragão do Oeste”. 

Três meses depois, sem que o time tivesse disputado um único amistoso, quem entrou em campo foi a polícia e a TV TEM, por conta de uma denúncia feita pela mãe de um jogador. Rivail, o mais prejudicado com a experiência, aprendeu que o futebol profissional é para profissionais.   

PARINI É ALVO DE MAIS UMA AÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO

parini (1)O portal do Tribunal de Justiça publicou, na terça-feira, o ajuizamento de mais uma ação civil pública contra o ex-prefeito Humberto Parini, por ato de improbidade administrativa. Segundo o Ministério Público, apesar de alertado oito vezes pelo Tribunal de Contas, Parini fez dívidas em seu último ano de mandato para que fossem pagas por seus sucessores, o que é proibido pela Lei de Responsabilidade Fiscal.

Não bastasse isso, Parini deixou de pagar, nos dois últimos meses de seu mandato, as contribuições devidas ao Instituto Municipal de Previdência, num total de R$ 852 mil O promotor Horival Marques de Freitas Júnior, que assina a ação, está pedindo que o ex-prefeito seja condenado, entre outras coisas, a ressarcir os prejuízos causados aos cofres públicos.

Mais detalhes sobre o caso, na edição desse final de semana do jornal A Tribuna.  

POLÍCIA DE JALES RECUPERA 13 CELULARES ROUBADOS DURANTE FACIP

A notícia é do jornal A Tribuna, de Jales:

260416114515A Polícia de Jales prendeu a quadrilha que havia roubado treze telefones celulares no primeiro dia da 46ª Facip. De acordo com o delegado Sebastião Biazi, após receber cerca de 20 queixas de furto, a polícia foi até o recinto de exposições Juvenal Giraldelli e conseguiu localizar os meliantes.

Em uma das queixas, a proprietária de um dos aparelhos contou que o celular tinha um dispositivo para rastreamento. O sistema doi acionado e indicou que o sinal vinha de um dos estacionamentos nas proximidades da festa. OS investigadores foram até o local e se depararam com um automóvel Toyota Etyos, de cor prata, já deixando o estacionamento. “O casal afirmou ser de Maringá, no Paraná. Eles e o veículo foram revistados e dentro de uma mala encontramos 13 aparelhos, entre eles o da jovem que possuía o sistema de rastreamento”, contou o delegado.

Foi dada voz de prisão em flagrante e o casal recolhido.

Catanduva:

O mesmo fato havia acontecido em Catanduva quando, na primeira noite da Expô, cerca de 150 celulares foram roubados. A Polícia Militar prendeu cinco suspeitos de integrar a quadrilha, mas recuperou apenas 45 aparelhos. 

Entre os suspeitos presos, três são peruanos: duas mulheres, identificadas apenas pelas iniciais A.B.R.A, 23 anos, e J.S.P.A., 22 anos, além de um homem, identificado pelas iniciais R.G.A.L., 23 anos. Os outros dois homens são brasileiros, J.M.L.S, 29 anos, e M.L.S.P, 35 anos.

TESTE DE HONESTIDADE: SORVETERIA DEIXA CLIENTES PAGAREM SOZINHOS E SOFRE PREJUÍZO

csm_Sorvete-Irandy-Ribas_e54da19726

A notícia é do jornal A Tribuna, de Santos:

Em meio a tantas reclamações de corrupção na política, quase um quinto do público submetido a um simples exercício de honestidade, em Santos, cedeu à tentação e não foi correto. O resultado está exposto na Alpi Gelateria, localizada na Rua Pedro Américo, 137, no Campo Grande, em Santos, que há 15 dias colocou sorvetes fora da loja, convidando os consumidores a deixar o pagamento na urna e se servirem. No total, 16% dos pagamentos foram “esquecidos”, segundo a contagem da loja.

O cenário era simples. Em vez de a pessoa entrar, se dirigir a um funcionário e pagar pelo produto, ela se dirigia a um freezer, onde acima dele há um banner com os seguintes dizeres: “A Alpi acredita em um País sem corrução. Pegue seu sorvete e deposite o pagamento no caixa ao lado”. Mesmo quem pegasse o sorvete e saísse sem pagar, não seria abordado pelos funcionários.

A gerente da loja, Sandra França, explica que hoje será colocada outra placa na frente do estabelecimento, com o resultado da contagem, além de publicação no Facebook. E a ação continuará.

“Até achei que ia ser maior a quantidade (de não pagantes), mas fiquei satisfeita com o resultado. Acredito que esse número (os 16%) deve diminuir. Na verdade, foi mais por parte de molecada que sai do colégio e pega o sorvete”, explicou ela. 

Na Universidade Tecnológica Federal de Cornélio Procópio, no Paraná, de onde a ideia foi copiada, a taxa de calote foi de 2%, mesmo com o dobro de tempo de exposição. Lá, foram 2.400 sorvetes em um mês. 

Darrell Champlin, antropólogo e professor universitário, achou os 16% santistas uma taxa altíssima, apesar de a ação não poder ser considerada um estudo e, portanto, não mostrar a realidade como um todo, cientificamente. 

“Isso mostra que praticamente um quinto da população que efetivamente participou da provocação, está pouco ligando para a corrupção”, diz Champlin.

Para ele, a divulgação dos resultados deve gerar impacto positivo para as próximas semanas. “O povo tende a ter o que chamamos de instinto de manada, que é seguir o exemplo. Ou seja, se todo mundo estivesse roubando o sorvete, mais gente ia roubar. Mas como 84% ainda é a maioria, será melhor seguir o que faz quatro, de cada cinco pessoas”, aposta.

VACINAÇÃO CONTRA H1N1 COMEÇA ÀS 08:00 HORAS, NO SÁBADO. IDOSOS TAMBÉM SERÃO VACINADOS

DSC01638-ed

A secretária de Saúde, Patrícia Albarello, e a enfermeira Renata Rachieli, responsável pela vigilância epidemiológica municipal, reuniram-se, na manhã desta quarta-feira, com as enfermeiras e auxiliares de enfermagem das unidades de saúde do município, com o objetivo de repassar orientações sobre a campanha de vacinação que começa no sábado.

A imprensa diz que a campanha de vacinação é contra o vírus H1N1, da famosa gripe suína, mas, na verdade, a vacina imuniza o paciente contra três tipos de vírus, entre eles o H1N1. Em Jales, a vacinação começa às 08:00 horas do sábado e vai até às 16:00 horas.

No sábado, além das enfermeiras e auxiliares de enfermagem, as equipes de vacinação serão reforçadas por alunos do curso de Técnico em Enfermagem do Instituto Educacional Profissionalizante – IEP.

Convém registrar, que a vacinação não ocorre apenas no sábado. Durante a semana, a vacina continuará sendo aplicada no horário normal de atendimento das unidades de saúde – das 07:00 às 17:00 horas.

É importante lembrar, também, que não haverá vacinação em três postos do programa ESF – Jardim Oiti, Uni-América e Rural – que não possuem salas apropriadas para vacinas. Os moradores dos bairros atendidos por esses postos deverão procurar a unidade do ESF mais próxima, ou então o Núcleo Central de Saúde.

Post Scriptum: O governo estadual alterou instruções anteriores e, além de gestantes e crianças, os idosos também serão vacinados nesta primeira etapa da vacinação, que começa no sábado. 

1 2 3 613