POLÍCIA APREENDE CERCA DE 500 CAIXAS DE CIGARRO CONTRABANDEADO EM JALES

A notícia é do G1:

cigarroA Polícia Rodoviária apreendeu nesta terça-feira (30) um caminhão carregado com cerca de 500 caixas de cigarro, na Rodovia Eliéser Montenegro Magalhães, em Jales (SP). A mercadoria trazida do Paraguai foi entregue na Polícia Federal.

Segundo informações da polícia, durante uma abordagem de rotina, o motorista do caminhão abandonou o veículo e conseguiu fugir por uma estrada de terra de um canavial. O suspeito é procurado na região.

REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL VAI COLOCAR 1.300 ADOLESCENTES NA CADEIA, EM RIO PRETO

Imaginem quantos irão para a cadeia no Brasil todo. Será que o nosso sistema prisional está preparado para receber esse público? A notícia é do Diário da Região:

A redução da maioridade penal, nos moldes discutidos pela Câmara dos Deputados, levaria 1.360 adolescentes de Rio Preto diretamente para a cadeia. Esses menores, em número suficiente para lotar 13 unidades da Fundação Casa da cidade, foram apreendidos na cidade de 2013 a maio deste ano por homicídio, estupro, tráfico de drogas e roubo qualificado.

São para esses crimes, parte deles hediondos, que o projeto da Câmara, adaptado da proposta do senador rio-pretense Aloysio Nunes (PSDB), reduz a maioridade penal. Nesses casos, o adolescente ficaria detido em ala prisional separada dos maiores de 18 anos. A redução da maioridade penal divide opiniões. A presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Rio Preto, Suzana Quintana, é favorável ao projeto de Aloysio. “Parece-me a proposta mais sensata. Não concordo com a redução para todos os crimes. Nosso sistema carcerário já está inflado demais”, diz.

Já o juiz da Vara da Infância e Juventude de Rio Preto, Evandro Pelarin, é mais radical. “Sou favorável à redução da maioridade penal independentemente do crime.” Ele faz ressalvas ao projeto do tucano. “Alguns crimes que ficaram de fora da proposta exigem mais intelecção do que o tráfico, como o estelionato, por exemplo.”

CLÁUDIO MORISHIGUE FALECE EM SÃO PAULO, AOS 60 ANOS

claudinho japaNos tempos em que maltratávamos a bola no juvenil do CAJ, o Claudinho – ou Cláudio Japa, para os amigos – era um dos goleiros. Cláudio Morishigue, irmão da Cleusa Morishigue, do Escritório São José, faleceu hoje, em São Paulo, onde morava.

No início dos anos 70, Claudinho deixou Jales ainda jovem, com destino a Belo Horizonte, onde morou alguns anos. Ele faria 60 anos em agosto. Segundo informações foi vítima de um câncer que o levou a nove cirurgias.

Seu corpo está sendo trasladado para Jales e será velado em nosso Velório Municipal a partir das 18 ou 19 horas. O sepultamento será amanhã, mas o horário ainda não está definido.

ORQUESTRA POPULAR CAIPIRA DE PEREIRA BARRETO SE APRESENTA EM JALES, NO DOMINGO

Orquestra-Foto III

Eis aí a oportunidade para prestigiar um belo espetáculo. A novidade nos foi enviada pelo Clayton Campos, da Escola Livre de Teatro:

A história da música caipira é repleta de canções que fazem parte da história cultural e musical de nosso país. O espetáculo musical “Atravessando Gerações”, que será levado pela Orquestra Popular Caipira de Pereira Barreto, neste próximo domingo, dia 05/07, no Teatro Municipal de Jales, às 20h00, conta essa história por meio da execução de importantes canções do universo caipira. 

O espetáculo “Atravessando Gerações” é um concerto didático e apresenta ao público um repertório que contempla os vários ritmos, compositores e intérpretes da música caipira. O show reúne mais de 40 instrumentistas e conta com arranjos de composições eruditas.

A Orquestra é mantida pela AERFAC – Associação Educacional e Recreativa FACMOL com o apoio da Prefeitura Municipal de Pereira Barreto, através da Secretaria Municipal de Cultura. 

A apresentação do espetáculo “Atravessando Gerações” em Jales está sendo viabilizada pela parceria entre Orquestra Popular Caipira de Pereira Barreto, Ponto de Cultura Escola Livre de Teatro, a ECCART – Associação Espaço, Cidadania, Curta e Arte e Secretaria de Cultura de Jales. 

A regência é do Maestro Wellington Reginaldo Rodrigues dos Santos.

ATENDENDO A PEDIDOS, O POLÊMICO COMENTÁRIO DE ZECA CAMARGO SOBRE CRISTIANO ARAÚJO

Atendendo ao pedido do leitor Carlos França, reproduzo abaixo a notícia mais recente – do site Purepeople – sobre a polêmica envolvendo o jornalista Zeca Camargo e a morte do cantor Cristiano Araújo:

Zeca Camargo pediu desculpas sobre as declarações polêmicas ditas a respeito do cantor Cristiano Araújo, que morreu em um acidente de carro junto com a namorada, Alana Moraes, de 19 anos, na quarta-feira(24), em Goiás.

Durante o programa “Vídeo Show” desta segunda-feira (29), enquanto falava sobre a sua volta à TV na atração “É de casa”, da Globo, o jornalista aproveitou o espaço em rede nacional para dizer que foi mal interpretado após considerar exagerada a cobertura da morte do artista, de 29 anos, que repercutiu internacionalmente.

“Escrevi um comentário na Globo News sobre essa cobertura e acabei sendo mal interpretado por alguns fãs”, disse Zeca, que ainda se confundiu e chamou Cristiano Aráujo de Cristiano Ronaldo, equívoco também cometido por Fátima Bernardes e outros artistas.

“Gostaria de deixar claro que tenho a maior admiração pelo ‘Cristiano Ronaldo’, que não está mais com a gente, que começou de uma maneira, tão honesta e tão bonita, que estourou e virou esse artista que o Brasil inteiro chorou a sua morte. Qualquer artista tenho, sobretudo, muito respeito por todos. Queria me desculpar com quem talvez tenha entendido errado”, declarou o apresentador.

Texto de Zeca Camargo sobre ‘comoção nacional’ revoltou artistas

Zeca Camargo escreveu em sua crônica no Jornal das Dez, da Globo News, que a morte de Cristiano Araújo levou uma multidão comovida por um artista “desconhecido” e que “de uma hora para outra, fãs e pessoas que não faziam ideia de quem era Cristiano Araújo partiram para o abraço coletivo”.

“Muita gente estranhou a comoção nacional diante da morte trágica e repentina do cantor Cristiano Araújo. A surpresa maior, porém, vem do fato de ser tão famoso e tão desconhecido. O Brasil, felizmente, tem um punhado de artistas que não passam pelo radar da grande mídia, nem são um consenso popular, mas que levam multidões para seus shows. (…) O que realmente surpreende neste evento triste da semana foi a comoção nacional. De uma hora para outra, fãs e pessoas que não faziam ideia de quem era Cristiano Araújo partiram para o abraço coletivo, como se todos nós estivéssemos desejando uma catarse assim, um evento maior que nos unisse pela emoção”, escreveu Zeca.

Vários artistas rebateram as declarações do apresentador. Pelo Instagram, Sorocaba, da dupla com Fernando, escreveu: “Tentando tapar o ouvido pra tanta bobagem … É triste ver em rede nacional o jornalista Zeca Camargo subestimando a força da nossa música sertaneja. Foi infeliz!”. Munhoz e Mariano publicaram uma foto e escreveram na legenda: “Quem é Zeca Camargo?”, em forma de hashtag. Por causa da campanha contra a declaração do jornalista, o nome de Zeca foi parar em primeiro lugar dos assuntos mais comentados do Twitter.

Eis o áudio com a crônica completa do Zeca Camargo:

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video

ARRECADAÇÃO DE JALES COM FPM, ICMS E IPVA AUMENTA

De vez em quando, nós ouvimos entrevistas de prefeitos onde eles reclamam da queda na arrecadação oriunda de repasses estaduais e federais. Um dia desses, foi a prefeita de Vitória Brasil, Ana Lúcia Olhier, que repetiu essa espécie de mantra.

Eles – os prefeitos – preferem usar isso como justificativa para os males que suas prefeituras enfrentam, do que fazer o mais recomendável, que seria o corte de gastos. Ou o “ajuste”, para usar uma palavra da moda.

Mas será que a suposta queda é verdadeira? No caso de Jales, não é bem assim.

Com relação ao FPM do governo federal, basta uma olhadela no Portal da Transparência para ver que os repasses não caíram. Nos primeiros cinco meses deste ano, o município arrecadou R$ 8,1 milhões com o FPM, ou 5,2% acima dos R$ 7,7 milhões arrecadados em igual período do ano passado. Um aumento abaixo da inflação, é verdade, mas não se pode dizer que tivemos uma queda.

Com relação aos repasses do governo estadual, é possível observar que o IPVA transferido para Jales, nos primeiros cinco meses, subiu 8,6%, passando de R$ 5,6 milhões em 2014, para R$ 6,1 milhões em 2015.

Mas, aumento mesmo teve o ICMS. No ano passado, de janeiro a junho, o governo estadual repassou R$ 6,5 milhões para Jales. Neste ano, até o último final de semana, o repasse já alcançava R$ 7,4 milhões. Um crescimento de 15%.

Portanto, quando o amigo leitor ouvir algum prefeito choramingando no rádio, desconfie.

Em tempo: o crescimento do ICMS no Estado de São Paulo deve-se, principalmente, aos aumentos da energia elétrica e dos combustíveis. Ou seja, o aumento está saindo do seu bolso e os prefeitos ainda tentam te enganar.

CALLADO E UNIVERSITÁRIOS VOLTAM A SE REUNIR NESTA SEGUNDA-FEIRA

DSC00195

O prefeito Pedro Callado e parte dos 700 estudantes universitários que viajam para faculdades da região – Fernandópolis, Araçatuba, Santa Fé do Sul e Votuporanga – em ônibus da Prefeitura, terão um novo encontro nesta segunda-feira.

A reunião está marcada para as 18:00 horas, na Câmara Municipal. Na reunião anterior, realizada na quinta-feira, 25, tivemos muito falatório e quase nenhuma definição.

O que já está definido é que a Prefeitura não vai mais disponibilizar seus ônibus para o transporte dos universitários. A decisão, segundo Callado, é consequência de orientações do Tribunal de Contas e do Ministério Público.

MARIETA SEVERO: “O BRASIL NÃO É O PAÍS DA DESESPERANÇA”

Marieta Severo deve ter despertado a ira dos coxinhas com a resposta que deu ao Faustão. O resumo é do Yahoo Notícias:

No último domingo, Marieta Severo foi a grande estrela do Domingão do Faustão. Destaque como Fanny Richards, de Verdades Secretas, a atriz foi chamada para falar sobre o sucesso da novela, mas gerou burburinho nas redes sociais quando Faustão a questionou sobre a situação do Brasil, classificado por ele como “país da desesperança”.

Marieta rebateu a definição pessimista. “Eu sou sempre otimista. Não acho que nós sejamos o país da desesperança”, comentou. “Acho que o país caminhou muito nos últimos anos numa coisa muito importante, que sempre norteou minha vida,  que se chama ‘inclusão social’, a chamada luta contra a desigualdade.”

Veja o vídeo:

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video 

JORNALISTA BRASILEIRO NARRA EM LIVRO A AVENTURA DE PEDALAR 12 MIL QUILÔMETROS NA ÁFRICA

EquipeTourdAfrique-3-850x563

EquipeTourdAfrique-6-850x566

EquipeTourdAfrique-7-850x563

Com informações do site Fotos Públicas:

As fotos acima integram o livro “Mais que um Leão por Dia” que narra a aventura vivida pelo jornalista Alexandre Costa Nascimento, durante quatro meses no Tour d’Afrique. Essa expedição atrai ciclistas do mundo todo pelo desafio de percorrer 12 mil quilômetros que separam o Cairo, no Egito, da Cidade do Cabo, na África do Sul.

O jornalista foi o primeiro brasileiro e representante de um país latino-americano a participar da expedição. Alexandre mescla informações dos países visitados com as surpresas oferecidas em cada etapa: visuais impressionantes, animais selvagens, desertos, tempestades de areia, calor de 40° graus durante o dia e frio de 0 grau na madrugada, pneus furados, quedas, machucados, doenças inesperadas etc.

Engajado na adoção do ciclismo como estilo de vida e meio de mobilidade urbana, o jornalista abriu mão da carreira jornalística para concretizar o sonho de atravessar o continente africano sobre uma bicicleta.

Do Cairo à Cidade do Cabo, Alexandre passou, ao todo, por 11 países africanos (Egito, Sudão, Eitópia, Quênia, Tanzânia, Malauí, Zâmbia, Zimbábue, Bosuana, Namíbia e África do Sul). Ele partiu em janeiro de 2013 em uma jornada que transformaria sua vida para sempre e que o fez constatar a sentança que precedia o formulário de inscrição da Tour d’Afrique: “Uma vez que você vai, você nunca mais será o mesmo”.

ACIDENTE NA ROTATÓRIA

280615111650-capotadada

A foto acima é do Alexandre Ribeiro, o Carioca. Ela mostra um carro de rodas para cima na esquina da Avenida “Francisco Jalles” com a Rua Dez. O veículo ficou nessa posição depois de um acidente ocorrido ontem à noite, no cruzamento onde a administração Nice instalou aquela famosa rotatória.

Um EcoSport, com placas de Santa Fé do Sul, seguia pela “Francisco Jalles”, em direção à Avenida “João Amadeu”, quando colidiu com o veículo da foto, um Fiat, que contornava a rotatória e tinha a preferência.

No carro de Santa Fé do Sul viajavam duas mulheres. A motorista, provavelmente desacostumada com o organizado trânsito de Jales, não deve ter observado o sinal de “pare” em plena avenida.  

Apesar do susto, ninguém se feriu. As causas oficiais do acidente serão apuradas pela polícia.

NESTA SEGUNDA-FEIRA, NO CINE JALES: FESTIVAL CHARLES CHAPLIN

chaplin

O professor Belon está convidando os amigos cinéfilos para mais uma sessão de cinema promovida pelo Cine Jales e o Centro Cultural “Ponto de Partida”. Como se vê no cartaz acima, serão exibidos dois filmes do genial  Charles Chaplin

Continuando uma programação de filmes alternativos, o Cine Jales – Avenida Francisco Jalles, 2991, em Jales – e o Centro Cultural “Ponto de Partida”, apresentam, no dia 29 de junho, segunda-feira, às vinte horas, uma nova atração em dois filmes de média metragem.

O CIRCO (The Circus) estrelado por Charles Chaplin, Alan Garcia, Merma Kennedy e Harry Crocker. Charles Chaplin responde ainda pela produção, pelo roteiro, pela música e pela direção. É uma comédia burlesca de 1928 e um exemplo de filme da época do cinema mudo.

O GAROTO (The Kid) estrelado por Charles Chaplin, Edna Purviance, Jackie Coogan. Novamente a produção, o roteiro, a música e a direção de Charles Chaplin. O filme equilibra comédia e drama ao retratar as fragilidades humanas.

As atividades do cineclube destinam-se ao público em geral, sem cobrança de ingressos. Gratuitamente.

JORNAL DE JALES: JULHO VAI COMEÇAR SEM ROTATÓRIA NA RUA DEZ

DSC00210O Jornal de Jales deste domingo está destacando a decisão do Conselho Municipal de Trânsito sobre a retirada da rotatória (se é que podemos chamar aquilo de rotatória!) que havia sido aprovada pelo próprio Conselho e instalada pela administração Nice Mistilides no cruzamento da Rua Dez com a Avenida “Francisco Jalles”. De acordo com panfleto distribuído aos motoristas, a mudança será feita no dia 1º de julho.

Outro assunto que mereceu  manchete no JJ foi a reunião realizada na quinta-feira, 25, na Câmara Municipal, quando o prefeito Pedro Callado e os universitários que estudam em faculdades da região tentaram encontrar uma solução para o problema do transporte. A Prefeitura, que cede 12 ônibus para o transporte de alunos, não poderá mais fazê-lo, conforme orientação do Tribunal de Contas e do Ministério Público Estadual.

A campanha de castração de animais da ONG Amigo do Bicho; a operação da Polícia Civil de Jales, que prendeu 17 pessoas; a aprovação de uma lei que cria incentivos fiscais para empresas que se instalarem em Jales e os 10 anos de inatividade do CAJ, são outros assuntos do JJ.

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior está informando que o ex-diretor do Fórum Trabalhista de Jales, Norton Luiz Bechtlufft, atualmente em Campinas, foi eleito – em votação direta – por seus companheiros de trabalho para representa-los em um Comitê criado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). O Comitê tem o objetivo de aperfeiçoar os serviços judiciários de primeira instância. 

REVISTA ‘INTERATIVA’ ENTREVISTA PEDRO CALLADO E JOSÉ PEDRO VENTURINI

DSC00208A revista Interativa deste mês traz entrevista com o prefeito Pedro Callado, onde o alcaide fala de diversos assuntos – saúde, educação, asfalto, trânsito, iluminação pública, geração de empregos, etc – e garante que, no momento,  não está pensando em reeleição. “Seria injusto pensar em campanha, quando existem tantos problemas para serem resolvidos”, afirmou o prefeito.

O provedor da Santa Casa, José Pedro Venturini, é outro que deu entrevista à Interativa. Zé Pedro revela que a Santa Casa realiza cerca de 4.000 atendimentos/mês,  sendo 72% através do SUS. Ele fala, também, sobre a importância de conseguir a reclassificação do hospital para “estratégico”.

A revista traz, ainda, uma matéria onde conta um pouco da vida de Henrique Prata, presidente da Fundação Pio XII, mantenedora do Hospital de Câncer. A matéria está ilustrada com depoimentos de diversos jalesenses, incluindo o viticultor e comerciante Durvalino Fernandes Gouvea, o Pratica, uma das pessoas que mais trabalharam pela instalação do hospital em Jales.

POLÍCIA FEDERAL DE JALES PRENDE TRAFICANTES QUE ABASTECIAM BOCAS DE FUMO DA REGIÃO

PF-20150627_121231

A notícia é da assessoria de Comunicação da Polícia Federal:

Policiais federais de Jales, com apoio de policiais militares da cidade e do TOR (Tático Ostensivo Rodoviário) de São José do Rio Preto, apreenderam, na manhã deste sábado (27), 3,86 kg de maconha e 825g de cocaína em Tanabi e Jales. Dois homens foram presos.  Dois carros e uma moto, além de R$ 8.079,00 reais em espécie também foram apreendidos na operação policial.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Parte do entorpecente foi apreendido pelo TOR, com informações repassadas pela PF, na Rodovia Euclides da Cunha, nas proximidades do município de Tanabi. A droga era transportada por V.F.L., 38 anos, residente em Guariba/SP. Ele viajou até Jales nesta manhã para receber 3,86kg de maconha que seria comercializada na região de Ribeirão Preto. A droga estava dissimulada em compartimento falso no tanque do veículo que ele conduzia. No compartimento falso, além da droga, havia aproximadamente R$ 8.000,00 em espécie.

O restante do entorpecente apreendido, cerca de 825g de cocaína, foi encontrado em uma residência no bairro Arapuã em Jales. A droga estava escondida no telhado da casa. O traficante L. H. C. D., vulgo “Lubinha”, jalesense, foi preso por policiais federais e militares em uma casa em construção, de sua propriedade, no bairro Alvorada em Jales. Ele forneceu a droga apreendida na Rodovia Euclides da Cunha, em Tanabi, e também era o proprietário da droga apreendida em sua casa no bairro Arapuã em Jales. As informações da PF indicaram que “Lubinha” comercializava grande quantidade de drogas (maconha e cocaína) em diversas “bocas de fumo” de cidades da região, principalmente em Urânia, Pontalinda e Jales.

Os presos, a droga, o dinheiro e os veículos apreendidos encontram-se na sede da Polícia Federal em Jales. O Delegado Federal Cristiano Pádua autuou em flagrante delito os presos pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas com penas totais que variam de 8 a 25 anos de prisão. Os presos serão encaminhados para a cadeia pública de Jales onde permanecerão à disposição da Justiça Estadual.

A TRIBUNA: CONTINUA O IMPASSE ENTRE PREFEITURA E ELEKTRO POR CONTA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA

capa tribuna 28.06.15No jornal A Tribuna deste final de semana a principal manchete trata da iluminação pública, um assunto que está dando muita dor-de-cabeça ao prefeito Pedro Callado. A Prefeitura achou que tinha resolvido o problema, depois de conseguir uma liminar na Justiça Federal, mas a Elektro deu o troco e diz que a tal liminar não considerou um contrato assinado por Callado, em fevereiro deste ano, onde o município assume a responsabilidade pela manutenção da iluminação pública.

Destaque, igualmente, para o desabafo do vereador Claudir Aranda, que parece disposto a fazer oposição ao governo Callado. Claudir disse, entre outras coisas, que não frequenta o gabinete de Callado porque por lá só se ouve muita conversa e toma-se muito café. “Conversa eu ouço nas ruas. E café eu tomo no boteco”, garante Claudir.

A operação da Polícia Civil de Jales, que prendeu 16 pessoas na manhã de quinta-feira; a extinção da Fundação “Masaru Kitayama”, que foi o ponto de partida para a vinda do Hospital de Câncer para Jales; a programação da Festa do Motorista deste ano e os detalhes do encontro Callado/Flá para anúncio de mais verbas da CDHU, são outros assuntos de A Tribuna.

Na coluninha Enfoque, escrita por este aprendiz de blogueiro, destaque para a reunião de Callado com estudantes universitários, ocorrida na quinta-feira. No caderno social, destaque para os flashes do casamento dos jovens Verônica e Wagner, integrantes de famílias tradicionais de Jales, e para a requisitada coluna social do Douglas Zílio.  

1 2 3 529