SIMONE – “PAIXÃO”

Nascidos em Pelotas, Kleiton e Kledir são irmãos de outro gaúcho – Vítor Ramil – muito respeitado no mundo da música. Nos anos 70, eles integraram um grupo de rock, mas, com o fim do grupo, resolveram continuar cantando em dupla.

O primeiro disco – que trouxe o sucesso “Vira Virou” – foi gravado em 1980. Logo em seguida, em 1981, veio o segundo disco que tinha, entre outras, a música “Paixão”, uma composição do Kledir e um dos maiores – talvez o maior – sucessos dos dois irmãos gaúchos.

Com uma letra recheada de sensualidade e romantismo, “Paixão” é a música mais regravada do repertório de Kleiton e Kledir. Uma dessas releituras, em ritmo de reggae, é da baiana Cláudia Leite, em disco de 2010 (se tiver tempo, ouça aqui).

Os próprios irmãos já regravaram “Paixão” pelo menos três vezes. A primeira, em disco de estúdio de 1997. A segunda, em disco ao vivo de 2005. E a terceira regravação foi lançada na semana passada e fará parte da trilha sonora da novela “Orgulho e Paixão“, da Globo.

E eu bem que procurei uma versão ao vivo de “Paixão“, em vídeo, com Kleiton e Kledir, mas só encontrei interpretações solo do Kledir, dos tempos em que a dupla esteve separada. Achei melhor, então, mostrar o vídeo com a versão da Simone, que deu à música uma interpretação com a sensualidade que a letra requer. Confiram:

 

A TRIBUNA: MESMO SEM SER INAUGURADA, NOVA CRECHE DO JACB JÁ ESTÁ FUNCIONANDO

No jornal A Tribuna deste final de semana, o principal destaque é para a inauguração da unidade do “Ganha Tempo” de Jales. O evento contou com a presença da deputada estadual Analice Fernandes(PSDB), que, em seu discurso, disse que Jales tem “um prefeito que se preocupa com o dinheiro público e aplica o dinheiro naquilo que vai transformar efetivamente a vida das pessoas”. De seu lado, Flá agradeceu a deputada pelo apoio e a diretora do DETRAN de Jales, Amanda de Fátima Couto, pela parceria. O prefeito ressaltou que “nenhuma cidade consegue viver sem parceiros”.

O jornal está destacando, também, o início das atividades da nova creche do JACB, que já está funcionando deste a segunda-feira, 16. A nova  creche custou R$ 1,6 milhão e vai se chamar EMEI “Diva Maciel Jorge”, em homenagem à avó materna do ex-vereador Luís Rosalino(PT), que foi professora em Jales de 1961 a 1974, quando faleceu com apenas 45 anos. A reportagem diz, ainda, que a Prefeitura já comprou os móveis e equipamentos de outras duas creches que deverão ser inauguradas no início de maio e atenderão cerca de 180 crianças que estão na fila de espera.

O encerramento da Facip Rodeio Show, nesse domingo, com show da cantante Marília Mendonça; a cavalgada de domingo passado que contou com cerca de 2.000 pessoas; a entrega, pela Câmara Municipal, de um título de cidadão e cinco medalhas XV de Abril; o jogo marcado para Rio Preto entre o time de másters do Flamengo e uma seleção local, para homenagear o narrador Deva Pascovicci, que faleceu na tragédia da Chapecoense; e as novas eleições para prefeito e vice de Turmalina, marcadas para o dia 03 de junho, são outros assuntos de A Tribuna.

Na coluna Enfoque, detalhes sobre a troca de farpas entre os vereadores Topete(DEM) e Deley(PPS) nas redes sociais, por conta da paternidade da verba que recapeou uma rua no reduto eleitoral de ambos. Na página de opinião, o eclético Marco Antônio Poletto manda um lembrete aos coxinhas paneleiros, enquanto o professor Léo Huber escreve sobre Tiradentes (o original!). No coloridíssimo  caderno social, destaque para a coluna do Douglas Zílio e a festa de aniversário dos gêmeos Mariana e Leonardo Tânios. 

FRASES

As frases abaixo repercutem um mesmo assunto: o discurso surrealista do presidente golpista Michel Temer na TV. O Vampirão se compara a Tiradentes, dando a entender que, assim como o herói da Inconfidência, ele está sendo julgado e condenado por lutar e defender um Brasil livre, forte e independente.

“O golpista afronta o povo brasileiro e insulta a memória de Tiradentes ao se comparar ao mártir da Independência. Temer é como Joaquim Silvério dos Reis, um traidor da nação, e a ele está reservado o lixo da história. (Guilherme Boulos, líder do MTST e pré-candidato a presidente pelo PSOL)

“O que Michel Temer precisa entender é que a única coisa que o aproxima de Tiradentes, é a forca. Machado de Assis disse que ‘a história não fala dos covardes’, mas, para Temer ela abrirá uma exceção, apenas para deixar claro às futuras gerações, quem foi o maior golpista do país, em todos os tempos”.  (Neggo Tom, cantor e compositor)

“Se Temer pretende se comparar a alguém na Inconfidência, só pode ser ao Joaquim Silvério dos Reis. Será que esse senhor cabulava as aulas de história do Brasil e depois comprava o diploma?”. (Ana de Hollanda, ex-ministra da Cultura)

“O sujeito que está tentando entregar Eletrobrás, Casa da Moeda, Amazônia, ter a coragem de se comparar ao Tiradentes é uma afronta. É muita cara de pau pra uma pessoa só!”. (Glauber Braga, deputado federal do PSOL-RJ)

 

“Já diziam que no Brasil só existem dois partidos: o de Tiradentes e o de Silvério dos Reis. Parece que a turma do Silvério, que entrega o país, foi pra TV tentar se passar por Tiradentes”. (Manuela D’Ávila, deputada e pré-candidata a presidente pelo PCdoB)

FÉRIAS E DÉCIMO-TERCEIRO: TRIBUNAL DE JUSTIÇA MANDA PREFEITO DE SANTA ALBERTINA PAGAR R$ 82 MIL A ELE MESMO

O prefeito de Santa Albertina, Vanderci Novelli, o Tuquinha – que não gosta de ser fotografado por este aprendiz de blogueiro – é um caso único na região. Pelo menos, que eu saiba.

Os estimados leitores já viram por aqui algumas notícias sobre ex-prefeitos da região – incluindo a nossa ex-prefeita Nice Mistilides – que foram à Justiça para requerer o pagamento do décimo-terceiro salário referente ao período em que estavam no poder, bem como das férias não gozadas.

Registre-se que a maioria das leis orgânicas dos municípios preveem férias para os prefeitos. Basta comunicar a Câmara para que dê posse ao vice. Afinal, o vice-prefeito ganha um bom salário exatamente para substituir o prefeito em ocasiões como essa. 

Os ilustres alcaides preferem, entretanto, não sair em férias, uns porque se julgam imprescindíveis e outros porque não gostam se afastar da cobiçada cadeira de prefeito. Agora, depois que deixam o poder, estão com a mania de correr à Justiça para cobrar um direito do qual abriram mão enquanto lhes interessava.

Tuquinha é um caso único porque nem esperou sair do poder. Em 2017, o prefeito de Santa Albertina ajuizou uma ação na Justiça de Jales, cobrando da Prefeitura de Santa Albertina em nada menos que R$ 82 mil, relativos ao 13º salário não recebido e às férias não usufruídas em seu primeiro mandato, de 2013 a 2016.

Ele alegou que não tirou férias – pasmem! – “em função da absoluta necessidade de serviço”. Ou seja, sem ele na Prefeitura, Santa Albertina  correria o risco de ficar paralisada e a cotação do dólar poderia sofrer um abalo. 

Na primeira instância, aqui em Jales, o juiz José Geraldo Nóbrega Curitiba, da 3ª Vara, negou provimento à ação de Tuquinha. Embora reconhecesse que todo trabalhador faz juz àqueles direitos trabalhistas, o magistrado alegou que, no caso dos agentes políticos, o pagamento do 13º salário e das férias precisa estar regulamentado por lei municipal.

Na segunda instância, porém, a desembargadora Vera Angrisani, da 2ª Câmara de Direito Público do TJ-SP, deu provimento a um recurso de Tuquinha, reformando a sentença do juiz Curitiba e determinando que o prefeito de Santa Albertina assine um cheque de R$ 82 mil e pague a ele mesmo.

Tudo bem! Se é um direito, então que o assoberbado prefeito receba pelas horas de labor que dedicou ao município. A desembargadora Angrisani poderia – até para preservar o prefeito de uma provável estafa – ter determinado também que, a partir de agora, Tuquinha seja obrigado a usufruir de suas férias em descanso, de preferência com a família. Afinal, o vice-prefeito ganha um bom salário exatamente para substituir o prefeito em ocasiões como essa.     

JALES ABRIU 38 EMPREGOS EM MARÇO, MAS CHEGA AO FINAL DO 1o TRIMESTRE COM SALDO NEGATIVO

Os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), divulgados ontem pelo Ministério do Trabalho, mostram que Jales abriu 38 novos empregos com carteira assinada em março, resultado de 344 admissões e 306 demissões.

Considerando que em janeiro foram fechados 65 empregos e em fevereiro foram abertos 23, Jales chega ao final do 1º trimestre de 2018 com saldo de 04 empregos formais a menos do que tínhamos em 31 de dezembro. No período, foram contabilizadas 840 admissões e 844 demissões.

Entre as quatro principais cidades da região, Jales é a única que apresenta saldo negativo no primeiro trimestre do ano. Fernandópolis abriu 127 novos empregos em março e 249 no trimestre. Santa Fé do Sul abriu 83 em março e 182 no trimestre, enquanto Votuporanga abriu 87 em março e apenas 13 no trimestre.

Entre os 22 pequenos municípios que integram a microrregião de Jales, os destaques positivos de março foram Santa Albertina, que abriu 48 novos empregos, Paranapuã (+41), Populina (+21) e Urânia (+20).

No trimestre, os destaques positivos são Santa Albertina, que abriu 133 novos empregos de janeiro a março, Urânia (+35) e Paranapuã (+30). Já os destaques negativos de 2018, na região, são os nossos ex-distritos Pontalinda, que fechou 23 empregos em três meses, e Vitória Brasil, que fechou outros 17.  

JALES VENCE CEDRAL PELA LIGA REGIONAL DE BASQUETE MASTER

Agressivo na defesa e contundente no ataque? Parece até que o diretor de imprensa – por sinal, um dos cestinhas da equipe – está falando do time do Corinthians. Eis a notícia que o cestinha me enviou:  

No último sábado, 14, a equipe de basquete Master de Jales voltou às quadras em jogo válido pela 2ª rodada da III Copa Monte Líbano/Liga Regional de Basquete Master, em jogo contra Cedral. E a equipe jalesense, desde o começo da partida, mostrou que buscaria a vitória a todo custo.

A postura da equipe de Jales, desde o princípio, foi bastante agressiva na defesa e contundente no ataque, o que ficou demonstrado no placar: após os primeiros dois minutos de jogo, a equipe jalesense tomou a frente do placar e manteve-se assim até o fim do jogo, construindo um placar crescente, principalmente no último quarto da partida. Os resultados obtidos pela equipe de Jales foram os seguintes: 1º quarto: 17 x 07; 2º quarto: 12 x 12; 3º quarto: 17 x 16 e 4º quarto: 29 x 11, totalizando o placar de 75 x 46 para Jales.

Com a vitória, a equipe de Jales, atual vice-campeã da competição, alcança a quarta posição na tabela de classificação, enquanto o time de Cedral, penúltima colocada, ocupa a sétima posição.

No primeiro jogo da equipe jalesense, ocorrido em 24 de março contra Catanduva, apesar de apresentar um bom basquetebol naquela oportunidade e manter-se à frente do placar durante praticamente toda a partida, chegando a abrir 14 pontos de vantagem, o time acabou cedendo a vitória à equipe adversária nos últimos minutos, que acabou com o placar em 64 a 60.

Pela equipe de Jales, que conta com o apoio da Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Esportes, jogaram e pontuaram os seguintes atletas: Gustavo Silva (5), Robério Bandeira (2), Paulo Silva (22), Marcelo Weiers, Carlos Birigui (11), Adagoberto Navarro, Sérgio Amorim (8), Osvaldo Landim Jr. (14), Fábio Galan (5) e Alessandro Santos (8).

O próximo confronto da equipe será dia 19 de maio, onde Jales enfrentará Barretos.

DEU NA FOLHA NOROESTE DE HOJE

Na edição digital do jornal Folha Noroeste deste sábado, o grande destaque foi a inauguração da unidade do “Ganha Tempo” de Jales, que ocorreu ontem, sexta-feira. A inauguração teve presenças ilustres, como a deputada Analice Fernandes(PSDB), responsável pela verba de R$ 300 mil destinada pelo governo estadual para reforma do local onde o “Ganha Tempo” foi instalado. E teve também ausências igualmente ilustres, como os vereadores Topete e Tiquinho. O “Ganha Tempo” de Jales vai reunir em um só lugar órgãos como o DETRAN-SP, INSS, Ministério do Trabalho, IAMSPE, IBGE, DAEE, PROCON, PAT e DIMUTRAN.

Obs.: DIMUTRAN, para quem não sabe, é a Divisão Municipal de Trânsito, onde o Vítor Sobreira e sua valorosa equipe dão expediente.

O jornal está destacando, também, que 2.484 famílias jalesenses se inscreveram para participar do sorteio das 99 moradias populares do Residencial “Honório Amadeu”, que está sendo construído pela CDHU nas proximidades do cemitério novo. Como se sabe, 3.540 famílias tinham agendado a inscrição, mas 30% delas desistiram ou foram barradas no baile por não estarem aptas – segundo as regras da CDHU – a concorrer a uma casa. As inscrições foram realizadas entre os dias 09 e 12 de abril, no Centro Cultural “Dr.Edílio Ridolfo”.

Na coluna FolhaGeral, o combativo redator-chefe Roberto Carvalho, o “Pestinha”, está informando que a justificativa do prefeito Flá para solicitar mais um empréstimo de R$ 4 milhões diz que os recursos serão utilizados na infraestrutura e no recapeamento de vias públicas que “apresentam pontos de desgaste e rupturas e necessitam ser recuperadas urgentemente para garantir a segurança e fluidez do fluxo de veículos”. O Roberto diz que concorda com a justificativa, mas acha que o prefeito deveria dizer, já de antemão, “quais seriam as vias públicas que irão receber o melhoramento”.

PREFEITO FLÁ E AUTORIDADES INAUGURARAM UNIDADE DO GANHA TEMPO EM JALES

A notícia é da Secretaria Municipal de Comunicação:

Na semana festiva em que Jales comemorou seu aniversário de 77 anos, o prefeito Flávio Prandi Franco, o Flá, o vice-prefeito José Devanir Rodrigues, o Garça, e dezenas de autoridades inauguraram uma ampla e moderna unidade do ‘Ganha Tempo’ que irá facilitar o acesso do cidadão a uma série de serviços públicos. A cerimônia aconteceu na manhã de sexta-feira, 20, na sede do “Espaço Fioravante Boldrin”, localizada na Avenida da Integração.

As unidades do ‘Ganha Tempo’ são instituições municipais, vinculadas ao gabinete dos prefeitos, que além dos serviços municipais, também colocam à disposição do cidadão, mediante convênios e parcerias firmadas entre a Administração Municipal, Governo do Estado de São Paulo, Governo Federal e outros órgãos de atendimento público. ‘O Ganha Tempo’ de Jales vai contar com uma unidade do DETRAN-SP, que já está em funcionamento, INSS, Ministério do Trabalho, IAMSPE, IBGE, DAEE, PROCON, PAT e DIMUTRAN.

Parte dos recursos utilizados para as reformas e adequações do prédio do ‘Ganha Tempo’ foram viabilizados pela deputada estadual Analice Fernandes, que destinou R$ 300 mil para que o projeto pudesse se tornar realidade. A Prefeitura e o DETRAN também fizeram importantes investimentos no local que foram fundamentais para a implantação do novo ponto de atendimento.

O presidente da Câmara, Vagner Selis e o superintendente regional de trânsito, Rafael Martins Sisto, ressaltaram o trabalho realizado pela Prefeitura para que o ‘Ganha Tempo’ se tornasse realidade. “Parabéns prefeito Flá, ficou excelente esta unidade do ‘Ganha Tempo’, o DETRAN se sente honrado e orgulhoso de estar fazendo parte deste grande projeto”, frisou Rafael.

A deputada Analice Fernandes falou sobre a iniciativa do prefeito Flá em fazer acontecer o ‘Ganha Tempo’ em Jales. “Isso é importante, porque em época de crise, de arrecadação curta, é preciso termos pessoas que façam gestão com coragem e dinamismo, e que invista de verdade, e o prefeito Flá, tem investido na nossa cidade com maestria e responsabilidade”.

O prefeito Flá enfatizou que o ‘Ganha Tempo’ de Jales “traz para este local os serviços essenciais das mais diversas naturezas, aspectos que fazem parte da rotina do cidadão. Este amplo atendimento passa a ser conduzido em um ambiente prático, com uma estrutura que oferece conforto e segurança em todos os sentidos”.

SUAZILÂNDIA MUDA DE NOME POR DECISÃO DO REI DO PAÍS

As moças da foto não são as esposas do monarca. São apenas algumas bailarinas comemorando os 50 anos de independência da ex-Suazilândia. A notícia é do Estadão:

O rei da Suazilândia, Mswati III, surpreendeu seus súditos nesta quarta-feira, 19, ao mudar o nome do país africano, que, a partir de agora, se chamará Reino de eSwatini.

A mudança promovida pelo monarca, que está no governo há 36 anos, acontece durante as celebrações do 50º aniversário da independência do país. O novo nome significa “Terra dos Swazi”.

Durante o anúncio, Mswati III alegou que muitas pessoas confundem a Suazilândia com a Suíça, já que na língua inglesa, o nome de ambos os países são parecidos (“Swaziland” e “Switzerland”).

No entanto, a troca de nome revoltou grande parte da população da Suazilândia, que afirmou que Mswati deveria dar mais atenção para a fraca economia da nação. A Suazilândia, ou Reino de eSwatini, possui pouco mais de 1,3 milhão de habitantes e é a última nação do continente africano que é regida por uma monarquia absolutista.

Nos últimos anos, manifestantes têm organizado protestos pedindo para que o país mude o regime para uma democracia. O rei Mswati III$ (ao lado), que também é chamado de Ngwenyama ou “leão”, possui 50 anos e é conhecido por ter 15 esposas.

Outros países da região passaram por mudanças de nome semelhante no passado. A Botsuana, por exemplo, era conhecida como Bechuanalândia, e o Lesoto como Basutolândia.

VENCEDORA DO BBB-18 GRITA ‘LULA LIVRE’ EM PLENA GLOBO

Deu no Brasil 247:

A vencedora do Reality Show Big Brother Brasil, produzido e veiculado pela Rede Globo, gritou “Lula Livre” ao se reencontrar com a família. Acreana, Gleici Damasceno foi avisada da prisão de Lula pelo seu irmão no momento de reencontro com a família. 

Nas redes sociais, Gleici se define como “militante dos direitos humanos”, e já atuou em comitês da Juventude do PT (Partido dos Trabalhadores) no Acre. “Esse prêmio é pra minha família, e não sei mais o que dizer. Obrigada, acreditem no sonho de vocês, tudo é possível. Agradeço a todos vocês”, se emocionou a sister ao abraçar Tiago Leifert.

1 2 3 1.148