EX-DELEGADO DA POLÍCIA CIVIL DE SÃO PAULO APARECE COM US$ 194 MILHÕES NO HSBC DA SUIÇA

Deu no blog do Fernando Rodrigues:

Cento e noventa e quatro milhões e novecentos mil dólares. Este é o saldo que, segundo o HSBC da Suíça, constava na conta relacionada ao delegado aposentado da Polícia Civil de São Paulo e empresário do ramo de segurança Miguel Gonçalves Pacheco e Oliveira entre os anos de 2006 e 2007.

Mesmo com esse valor guardado nos cofres de Genebra —o que faz dele um dos dez brasileiros com mais dinheiro no banco suíço—, Oliveira não abriu mão de brigar na Justiça por uma aposentadoria mais robusta. Nos últimos anos, entrou com pelo menos oito ações para pedir revisão de seus vencimentos. Ganhou em parte delas e recorre naquelas em que perdeu. De acordo com o site de transparência do governo de São Paulo, ele recebe R$ 10 mil líquidos pelos serviços prestados à Polícia Civil.

Levantamento feito pelo UOL em parceria com o jornal “O Globo” encontrou Oliveira e outros quatro servidores públicos ou de concessionárias de serviços públicos na lista de 8.667 correntistas do HSBC da Suiça. São eles um inspetor da Polícia Civil do Rio de Janeiro, um engenheiro da Secretaria Municipal de Obras carioca, um conselheiro da concessionária do Aeroporto de Cabo Frio e um ex-diretor da antiga concessionária do metrô do Rio, a Opportrans.

Todos os citados que foram localizados negaram ter contas no banco suíço, assim como qualquer irregularidade financeira. Oliveira não respondeu aos pedidos de entrevista.

Ao longo de sua carreira, Miguel Oliveira foi delegado-assistente do Departamento de Polícia Judiciária (Decap), órgão responsável pelas 93 delegacias da capital paulista. Como parte de seu trabalho, chegou a ser enviado a Miami e a Nova York para conhecer algumas experiências de combate ao crime organizado.

O ex-delegado mora em um apartamento de luxo nos Jardins, onde o pessoal costuma fazer panelaços contra a presidenta Dilma e a corrupção na Petrobrás. A notícia completa é muito interessante e pode ser vista aqui

2 Comentários mais...

JORNAL DE JALES: CRYSTAL E ITAIPAVA SERÃO AS CERVEJAS DA FACIP 2015

DSC02231No Jornal de Jales deste domingo a manchete principal destaca a visita que o diretor de expansão do Instituto Federal de São Paulo(IFSP), Silmário Santos, fez ao gabinete do prefeito Pedro Callado, na sexta-feira, 27. Segundo o jornal, o diretor garantiu que, se for feito um trabalho de mobilização política competente, Jales poderá ser contemplada com um campus avançado do IFSP.

Outra manchete do JJ destaca a decisão da juíza Maria Paula Branquinho Pini, que aceitou a ação ajuizada pelo Ministério Público contra a ex-prefeita Nice Mistilides e a comissão da Facip 2013, por improbidade administrativa. Ainda na seara da Facip, o jornal está informando que a Cervejaria Petrópolis, fabricante das marcas Itaipava e Crystal, fechou um acordo com a BX Eventos para o fornecimento de bebidas durante a festa programada para daqui alguns dias.

As três operações da Polícia Federal de Jales, realizadas durante a semana também estão no JJ. Uma delas culminou na prisão temporária do ex-prefeito de Fernandópolis, Luiz Vilar. Outra, no desmantelamento de uma quadrilha especializada na distribuição de drogas, comandada por um ex-peão de rodeio. A terceira resultou na apreensão de produtos que incentivavam o uso de drogas.

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior está informando que o secretário estadual de Habitação, Rodrigo Garcia, confirmou a possibilidade de uma fusão entre o DEM e o PTB, o que deixaria o novo partido com uma bancada federal do tamanho do PSDB. Diante disso, o jornalista pergunta quem seria o cacique da nova tribo em Jales: Flávio Prandi(DEM) ou Nice Mistilides(PTB)?   

Sem Comentários mais...

CASAL ACUSADO DE ROUBO É PRESO E FAZ SEXO DENTRO DA VIATURA DA PM

Seria um fetiche? Uma tara? A notícia é do jornal carioca O Dia:

Um casal foi flagrado fazendo sexo dentro de uma viatura da Polícia Militar em Vila Velha, no Espírito Santo, na noite da última quarta-feira. Segundo o jornal A Gazeta , a dupla foi presa após assaltar duas mulheres. Apesar de algemados, o casal foi flagrado pelos policiais fazendo sexo dentro do veículo. Os dois negaram o fato. No entanto, acabaram confessando o assalto e disseram ser usuários de crack.

Segundo uma das vítimas, ela seguia a pé por volta das 18h em uma avenida em Vila Velha quando o casal chegou de bicicleta e anunciou o assalto. A mulher relatou ainda que o homem simulou que estava armado e exigiu os pertences das jovens.

O casal fugiu, mas acabou tendo a bicicleta atingida por um carro que passava pelo local. Eles caíram e foram capturados por populares, que chamaram a polícia.

2 Comentários mais...

FACIP 2013: NICE E MAIS QUATRO EX-ASSESSORES RESPONDERÃO POR SUPOSTOS MALFEITOS

DSC02762-edNo total eram nove os acusados, mas, por enquanto, o abacaxi terá que ser descascado apenas pela prefeita cassada Nice Mistilides e por quatro dos seus ex-assessores – Angélica Boleta, Roberto Timpurim, Renato Preto e Adriano Lisboa. Eles serão processados por supostos malfeitos na preparação da Facip 2013, aquela festa que foi cancelada a 15 dias de sua realização.

A decisão é da juíza Maria Paula Branquinho Pini, da 4ª Vara de Jales, que aceitou denúncia do Ministério Público contra os cinco personagens.

Eles estão sendo acusados de improbidade administrativa por fazer contratações sem a devida licitação e sem documento escrito, além de receber doações e movimentar grande quantidade de dinheiro sem autorização orçamentária e sem contabilização. Para a magistrada, ficaram evidenciados os indícios de que os cinco denunciados teriam cometido ato de improbidade.

A juíza ressaltou, no entanto, que a aceitação da denúncia em virtude da existência formal de indícios da prática de atos de improbidade não quer dizer que os envolvidos tenham efetivamente praticado tais atos, o que deverá ser apurado no curso do processo.

A denúncia do MP foi ajuizada em novembro do ano passado e incluía, também, o ex-presidente da Facip 2013 e atual prefeito, Pedro Callado, o advogado Luiz Fernando de Paula e outros dois integrantes da Comissão Organizadora – João Nogueira e Douglas Zílio. No entanto, com relação a eles a denúncia foi rejeitada.

De acordo com a juíza, não houve a descrição de nenhuma conduta que pudesse caracterizar improbidade administrativa por parte de Callado e dos outros três denunciados.

“O fato de eles integrarem a Comissão não é suficiente para se concluir que praticaram atos de improbidade, nem mesmo que participaram de esquema complexo na tentativa de burlar a lei e a Constituição”,  registrou a juíza.

Mais detalhes sobre o caso, no jornal A Tribuna deste final de semana.

11 Comentários mais...

DEU NA FOLHA NOROESTE DE HOJE

folha noroeste-28.03.15

O jornal Folha Noroeste deste sábado está destacando as articulações que o deputado estadual Carlão Pignatari vem fazendo em torno da votação do Projeto de Lei Complementar (PLC) nº 49, que trata da elevação de entrâncias das unidades judiciárias do Estado de São Paulo.

Entre as cidades contempladas pelo PLC estão: Jales, Fernandópolis, Votuporanga e Santa Fé do Sul. Com a aprovação do projeto – que já teve parecer favorável das comissões de Justiça e de Finanças – a comarca de Jales será promovida à entrância final, o que vai garantir maior celeridade no julgamento de processos.

Na coluna FolhaGeral, o diretor, editor e redator Roberto Carvalho – aniversariante de amanhã, 29/03 – comenta a proposta do presidente da ACIJ, Carlinhos Altimari, sobre a venda do Estádio Municipal. O palmeirense Roberto, que foi um talentoso lateral esquerdo, se mostrou favorável à ideia. 

Sem Comentários mais...

A TRIBUNA: JUSTIÇA ACEITA DENÚNCIA CONTRA NICE POR IRREGULARIDADES NA FACIP 2013

capa tribuna 29.03.15Eis a capa do jornal A Tribuna deste final de semana. O principal destaque é para uma proposta do presidente da ACIJ, Carlos Altimari, que inclui a venda do Estádio Municipal e do Terminal Rodoviário e a mudança desses dois espaços públicos para outro local. Altimari está propondo que o assunto seja discutido pela população. A ideia de vender o Estádio não é nova: há 13 ou 14 anos o então vereador Rivelino Rodrigues lançou a proposta, que foi rechaçada pelo bloco dos contrários.

Outro destaque do jornal é a decisão da juíza da 4ª Vara de Jales, Maria Paula Branquinho Pini, que aceitou a denúncia do Ministério Público contra a prefeita cassada Nice Mistilides e seus ex-assessores Angélica Boleta, Renato Preto, Adriano Lisboa e Roberto Timpurim. Em Ação Civil Pública ajuizada pelo MP, eles estão sendo acusados de improbidade administrativa por conta de irregularidades na preparação da Facip 2013, aquela que foi cancelada.

As prisões do ex-prefeito de Fernandópolis e de um ex-peão de rodeio, efetuadas pela Polícia Federal; a crise no setor de locação de imóveis em Jales; as últimas novidades do “Caso Curió”, bem como a visita do diretor de expansão do Instituto Federal de Educação, Silmário Santos, a Jales, são outros assuntos desta edição de A Tribuna.

No caderno social, destaque para o enlace dos jovens Sandra Voltan e Gustavo Ruzza e para as novidades da disputadíssima coluna do Douglas Zílio. E, na coluninha sobre os bastidores da política, escrita por este aprendiz de blogueiro, tudo sobre a licitação para contratação da empresa que ficará responsável pela coleta do lixo e pela limpeza urbana. Tudo indica que a empresa poderá ser conhecida na segunda-feira, 30. 

6 Comentários mais...

EMPRESÁRIA QUE TIROU BLUSA DURANTE PROTESTO VAI POSAR NUA PARA REVISTA

toplesspaulista

A notícia é do portal iG:

Transformada em musa das manifestações contra o governo, após tirar a blusa e mostrar os seios durante o protesto contra a presidenta Dilma Rousseff(PT), a empresária Juliana Isen, de 36 anos, já foi convidada para posar nua.

Juliana confirmou ao iG que iria posar para a equipe da revista “Sexy” nesta sexta-feira, 27. Sem revelar detalhes, ela apenas confirmou que a publicação deve ir às bancas em maio ou junho.

“Eu não vou querer nada escancarado, mas é surpresa. Acho que vai chocar muito a sociedade. Vai ser bafão”, disse.

A manifestante já confirmou também sua participação nos próximos protestos contra o governo, agendados para o dia 12 de abril, na Avenida Paulista.

Perguntada se o ensaio teria relação com esse dia, ela se limitou a dizer: “Vai ficar subentendido. O que eu posso dizer é que a minha revista vai chocar”.

6 Comentários mais...

REDE GLOBO RECEBE MAIS UMA AULA INESPERADA E INDESEJÁVEL DE POLÍTICA

O comentário é da blogueira Maria Frô, no portal da Revista Fórum:

Nas raras vezes que vemos um discurso dissonante na Rede Globo, percebemos que o produtor não fez a lição de casa e chamou um pesquisador decente para ser entrevistado. Foi assim que no Bom dia ES, o convidado estragou a festa.

Pesquisadores sérios não repetem o senso comum, não fazem coro à política reacionária da Rede Globo, por isso, o jovem professor Dr. Vitor Amorim de Angelo deu uma surra de coerência e informações democráticas em pleno estúdio da rede golpista de tv. 

A entrevista acontecia ao vivo e vemos um apresentador em franco desespero tentando trazer o convidado atrevido para o script.

Mas um professor, formado em História, com mestrado e doutorado em Ciências Sociais, membro do Laboratório de Estudos de História Política e das Ideias, com passagem pelo Centre d’Histoire do Institut d’Études Politiques de Paris (SciencesPo) e pesquisador do Institut des Sciences Sociales du Politique da Université de Paris Ouest-Nanterre La Défense  tem de honrar o conhecimento que acumulou em sua trajetória de formação: graduação em História, mestrado doutorado em Ciências Sociais, não podendo, portanto, tratar a política com o desrespeito e a manipulação global, regras daquela emissora.

Abaixo, o vídeo com o resultado da formação e coerência do jovem professor: 4 minutos de aula sobre política, sistema político brasileiro, democracia, respeito ao pleito eleitoral, com a frase lapidar, brilhante feito um diamante: “A democracia é um regime de confiança, não de adesão. Portanto, não é uma opção aderir ou não ao resultado”, deixando a fala partidarizada de Miram Leitão, reverberada pelo  apresentador do Bom dia ES no chinelo. Estão até agora procurando o rumo de casa.

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video

4 Comentários mais...

PF INFORMA DETALHES SOBRE OPERAÇÃO VULPINO, QUE PRENDEU EX-PREFEITO DE FERNANDÓPOLIS

A notícia da assessoria de imprensa da Polícia Federal cita apenas as iniciais, mas os prezados leitores já sabem que se trata do ex-prefeito Luiz Vilar de Siqueira e do advogado Paulo Sérgio Nascimento:

cristiano páduaA Polícia Federal de Jales/SP deflagrou na manhã desta sexta-feira, (27), a Operação Vulpino, que tem como objetivo identificar fraudes e prender indivíduos que causaram rombo de aproximadamente 10 milhões de reais aos cofres da Fundação Educacional de Fernandópolis no período em que dois dos investigados presidiam a instituição. 

Após a deflagração da Operação Bolsa Fantasma no final de 2014, ocasião em que o presidente afastado da FEF, (Fundação Educacional de Fernandópolis) P.S.N. foi preso por fraudes em programas de concessão de bolsas estudantis, um interventor foi nomeado pela justiça e teve início uma cooperação entre a PF de Jales e os interventores. Este trabalho conjunto revelou que as fraudes não se limitavam apenas às concessões de bolsas. Além de novas fraudes, a PF descobriu que a presidência anterior também havia causado um rombo milionário nas contas da instituição. 

O ex-prefeito da cidade de Fernandópolis, L. V. S., antes de assumir a prefeitura do município, presidiu a FEF por alguns anos. Durante este período, P.S.N., presidente da instituição preso em dezembro de 2014, era o assessor jurídico da instituição. Juntos, permitiram que prejuízos milionários fossem suportados pela FEF mediante a compra de “créditos podres” de uma Usina Açucareira do estado de Alagoas. Eles adquiriram, em nome da FEF, créditos contábeis sem nenhum valor e, mesmo assim, pagavam valores milionários a pessoas que se identificavam como procuradores da empresa detentora dos créditos falsos. 

Quando a FEF apresentava os créditos à Receita Federal e à Procuradoria Geral da Fazenda Nacional, os mesmos eram recusados, pois eram falsos. Mesmo assim, a FEF pagava aos procuradores da Usina Açucareira pelos “créditos podres” causando prejuízos milionários aos cofres da FEF. 

Também foram identificadas irregularidades na compra de um terreno para a construção de uma unidade da FEF em Rondonópolis/MT. Um empréstimo foi feito pelo então presidente L.V.S. com anuência do assessor jurídico P.S.N. junto a um banco para a construção de uma unidade naquele município, tudo em desacordo com o Estatuto da FEF. A obra não foi concluída e o empréstimo não foi honrado. O banco executou a dívida e ficou com o terreno com a construção parcial, causando mais um rombo milionário à instituição educacional. 

Até o momento, pelo menos 10 milhões de reais em fraudes e desvios foram identificados em detrimento do patrimônio da FEF. Além do ex-prefeito, outros indivíduos tiveram prisão decretada. Os seis mandados de busca e apreensão e os quatro mandados de prisão expedidos pela Justiça Estadual de Fernandópolis foram cumpridos por diversas equipes da Polícia Federal em três Estados. Os municípios que estão sendo diligenciados são: Francisco Beltrão/PR, Campo Grande/MS, Olímpia/SP e Fernandópolis/SP. 

Os investigados foram indiciados pelos crimes de estelionato, falsificação de documento particular, uso de documento falso e associação criminosa. Todos os presos e toda a documentação apreendida será encaminhada para a Delegacia da Polícia Federal em Jales. O Delegado Federal Cristiano Pádua da Silva, chefe da PF em Jales, preside a investigação e afirma que “…é possível concluir que a direção de (…) causou graves danos e prejuízos milionários à saúde financeira da Fundação Educacional de Fernandópolis”. 

Os presos estão sendo ouvidos pelo delegado federal responsável pelas investigações e posteriormente serão conduzidos para a cadeia pública de Jales onde permanecerão à disposição da Justiça Estadual de Fernandópolis.

Sem Comentários mais...

DE SUPOSTO EM SUPOSTO…

A notícia sobre as estripulias do parente do governador do Paraná já saiu há alguns dias em blogs alternativos. Hoje, finalmente, ela chegou à Folha de S.Paulo, mas o fato de o jornal tratar o rapaz como “suposto primo” do governador parece não ter agradado. Vejam, por exemplo, o que escreveu o Guilherme Carvalho, do blog Macaréu Amazônico:

Hoje pela manhã me deparei com uma matéria no UOL intitulada Suposto primo de governador tucano é indiciado no Paraná. Confesso que fiquei estático por uns segundos. Suposto primo? Como assim? Vaguei pelos labirintos dos meus pensamentos. O dever do bom jornalismo não é apurar os fatos? Pelo menos é o que sempre ouço falar.

Não deveriam ter checado se o dito cidadão é ou não primo do governador Beto Richa? Aliás, para a matéria do UOL o governador do Paraná não tem nome. O indiciado é acusado de pertencer uma organização criminosa que, segundo o Ministério Público, fraudava licitações e incorria em falsidade ideológica. Em Londrina, o indiciado é conhecido por todos como “o primo do Richa”.

Ao continuar a ler a matéria somos informados que o juiz da Vara de Execuções Penais determinou que o “primo do Richa”, ou “suposto” ao UOL, fosse transferido para o quartel do Corpo de Bombeiros “porque o parentesco com o governador poderia colocar sua segurança em risco num estabelecimento prisional”. A matéria ainda nos brinda com as expressões “suposto esquema” para fraudar licitação “concorrência supostamente direcionada”.

De fato, o “suposto primo” do governador do Paraná pode nem ser parente do chefe do Executivo. Contudo, o que chama atenção é a preocupação do UOL de oferecer ao indiciado o benefício da dúvida, coisa que nem de perto ocorre quando os acusados são adversários do PSDB, principalmente petistas e integrantes de movimentos sociais. Nesse caso, qualquer denúncia assume a condição de prova irrefutável e manchetes garrafais.

Uma observação final: foi comprovado recentemente que a assessoria do governador Beto Richa “apagou” a presença do “suposto primo” numa das fotos em que ele aparecia na sala do chefe do Executivo. Isto prova que Stalin tem seguidores até hoje.

De suposto em suposto a mídia corporativa mostra o seu rosto….

7 Comentários mais...

POLÍCIA FEDERAL MARCA COLETIVA SOBRE PRISÃO DE LUIZ VILAR

113382O setor de Comunicação Social da Polícia Federal, enviou nota avisando que foi marcada um coletiva de imprensa para hoje, às 15:30 horas, quando serão fornecidos os detalhes sobre a prisão do ex-prefeito de Fernandópolis, Luiz Villar(DEM). A prisão de Vilar não se deu, no entanto, por conta de sua atuação como prefeito, mas como presidente da Fundação Educacional de Fernandópolis – FEF.

Segundo a nota, ele teria participado de fraudes e desvios que chegam a R$ 10 milhões, em prejuízo da FEF. Além de Vilar, outras três pessoas estão envolvidas, dentre elas o presidente afastado da Fundação, Paulo Nascimento, que chegou a ser preso em outra operação da PF, em dezembro de 2014.

Mandados de busca e apreensão, condução coercitiva e prisão temporária estão sendo cumpridos em Francisco Beltrão(PR), Campo Grande(MS), Olímpia(SP) e Fernandópolis(SP). Todos os presos, assim como os materiais apreendidos, estão sendo conduzidos para a PF de Jales.

8 Comentários mais...

EX-PREFEITO DE FERNANDÓPOLIS, LUIZ VILAR, É DETIDO PELA POLÍCIA FEDERAL DE JALES

O dia amanheceu movimentado em Fernandópolis. A Polícia Federal de Jales fez uma incursão até o vizinho município atrás de duas pessoas, mas encontrou apenas uma. Até às 12:00 horas, a PF ainda não tinha emitido nenhuma nota oficial. Fiquemos, por enquanto, com a notícia é do site Região Noroeste:

vilar - fernandópolisO ex-prefeito de Fernandópolis Luiz Vilar(DEM) foi detido na manhã de hoje pela Polícia Federal de Jales para averiguação.

O ex-presidente da FEF-Fundação Educacional de Fernandópolis, Paulo Nascimento está foragido.

Ainda não há informações sobre os motivos que levaram Vilar à sede da PF, mas segundo informações, ele não resistiu à detenção e estaria tranquilo quanto a possíveis questionamentos.

A Polícia Federal deve soltar uma nota oficial em instantes, para explicar os motivos da prisão de Vilar.

Sem Comentários mais...

CALLADO PARTICIPA DE CAFÉ DA MANHÃ COM COLETORES DA COOPERSOL

Coopersol01

A notícia é da Secretaria Municipal de Comunicação:

A convite da Cooperativa Regional Solidária de Catadores de Resíduos Sólidos/Coopersol o prefeito Pedro Manoel Callado Moraes participou na terça-feira (25), de um café da manhã em sua sede. O encontro reuniu os cooperados que pediram o apoio da administração municipal para a continuidade da parceria com a Prefeitura. 

Os coletores mostraram ao prefeito os serviços de coleta seletiva que realizam no local, transformando lixo reciclável em renda, dando ênfase nas adequações e no apoio que precisam para o incremento da empresa. Pedro Callado ressaltou que a administração municipal vai continuar sendo parceira da Cooperativa.

“Vocês acordam cedo e realizam um serviço importante, de sol a sol, contribuindo com a limpeza pública do município, diminuindo a quantidade de lixo destinado ao aterro sanitário. São empreendedores que merecem reconhecimento. Dentro do nosso alcance, a Prefeitura está à disposição para contribuir com melhorias e na busca de recursos”, completou. 

Durante conversa com os cooperados, o prefeito agradeceu o convite e falou da importância do trabalho desenvolvido pela Cooperativa, demonstrando seu respeito. “Agradeço o trabalho que vocês fazem na cidade, pela cidade. Temos que mostrar cada vez mais para a população, a importância da Coopersol. Vocês são exemplos de conscientização e sustentabilidade”. 

Participaram do café da manhã, representantes da ONG EcoAção, entidades parceiras e convidados, além da primeira-dama, Lúcia Helena Gomes Callado Moraes.

21 Comentários mais...

EM PARANAPUÃ, VEREADOR DO PT AJUDA A APROVAR CONTAS DE PREFEITO ADVERSÁRIO

robson ptO parecer do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo que reprovou as contas de 2011 do prefeito de Paranapuã, doutor Antonio Melhado Neto, foi rejeitado pela Câmara Municipal, por 6 votos a 3, em sessão realizada na segunda-feira, 23. Com isso, as contas do prefeito foram aprovadas.

O fato curioso da sessão é que um vereador do PT que faz oposição ao prefeito Melhado, Robson de Miranda Paixão(foto), votou contra o parecer do TCE, enquanto, de outro lado, a vereadora do PSD, Claudia Lucia Siquieri, aliada de Melhado, votou favorável ao parecer, ou seja, reprovando as contas do prefeito.

A sessão durou mais de duas horas. O prefeito precisava de seis votos para ter suas contas aprovadas e conseguiu isso graças ao voto de um suposto adversário petista. Outros dois vereadores do PT – Gilmar de Freitas e Elisângela de Melo Bravo – votaram contra o prefeito e a favor do parecer do TCE.

cláudia siquieriA vereadora do PSD, Claudia Siquieri(foto), que faz parte da base aliada do prefeito justificou seu voto em favor do parecer do TCE, dizendo que as contas foram analisadas mais de uma vez pelos auditores que reiteraram a rejeição das contas. Claudia disse que “se o TCE é um órgão altamente qualificado para analisar e considerar que as contas apresentavam tais irregularidades, não há porque se opor ao parecer”.

De seu lado, o vereador Robson Miranda Paixão(PT) disse que “votou tranquilo”. Ele argumentou que não houve desvio de dinheiro público e que o TCE deu parecer contrário à aprovação das contas porque a defesa do prefeito foi “mal feita”. Para ele, “não existiu nenhum ato grave para justificar a rejeição das contas do executivo”.

O vereador petista desmentiu os boatos a respeito da possível nomeação de sua esposa para ocupar um cargo no CRAS – Centro de Referência e Assistência Social. Ela ocupava um cargo no setor de Recursos Humanos da Prefeitura, que foi extinto por determinação do Tribunal de Contas.

30 Comentários mais...

CALLADO EXONERA RENATO PRETO E COGITA FAZER MAIS CORTES

comissão facip 2013Quem conversou com o prefeito Pedro Callado nos últimos dias notou que ele anda muito preocupado. Tudo indica que um dos motivos seja o fato de não estar agradando os companheiros que esperavam uma “boquinha” na administração.

Além de não conseguir acomodar alguns companheiros, Callado está tendo que dispensar outros. É o caso, por exemplo do presidente da Casa da Criança, Renato Luís de Lima Silva, o Renato Preto, que ocupava um cargo na Secretaria de Saúde.

Renato participou da campanha da deputada Analice Fernandes(PSDB) e, por isso mesmo, esperava-se que ele continuaria no cargo. Ledo e Ivo engano: nesta semana, ele foi comunicado sobre sua exoneração.

A alguns mais chegados, Callado já confidenciou que terá de fazer mais cortes, uma vez que os gastos com pessoal continuam acima dos limites estabelecidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Evidentemente que os cortes deverão atingir servidores nomeados por Nice.

38 Comentários mais...

  • Rádio Brasil & Cia

  • Sobre

    • Valdir José Cardoso, casado, 4 filhos, aposentado, fã de Chico Buarque e corintiano. Foi funcionário do Banco do Brasil durante 25 anos, onde se aposentou. Gosta de música e futebol. Foi colunista político do jornal Folha D' Oeste. Apresenta há 15 anos, na Rádio Regional FM, o programa Brasil & Cia.

    • Formulário de contato
  • Publicidade

  • Enquete

    Na sua opinião, o vereador André Macetão deve ser cassado?

    Ver resultados

  • Publicidade

  • Apoio

    Extreme Bartenders

    Studio Lívia Cardoso - Fotografia

  • Copyright © Blog do Cardosinho. Todos os direitos reservados.
    Powered by Wordpress