REUNIÃO DO FÓRUM DA CIDADANIA SOBRE CANDIDATURA ÚNICA: TUDO ACERTADO, NADA COMBINADO!

flá garça callado-ed

A reunião promovida pelo Fórum da Cidadania, ontem, na sede da ACIJ, com as presenças dos pré-candidatos a prefeito e vice – Callado, Flá, Bexiga e Garça – para tentar um consenso sobre uma candidatura única, terminou como começou: sem acordo.

Segundo informações confiáveis (a imprensa não teve acesso à reunião), o prefeito Pedro Callado até que concordou em abrir mão de sua candidatura, desde que pudesse indicar um vice para a chapa de Flá. Comentou-se que o indicado seria o ex-vereador Carlos Roberto Cardozo, o Cardosão, mas o empresário Bexiga também teria manifestado interesse na vaga.

Para que pudesse haver um acordo, o pré-candidato a vice de Flá, José Devanir Rodrigues, o Garça, também teria que ir para o sacrifício, ou seja, teria que abrir mão de sua pré-candidatura. E Garça até se disse disposto a contribuir para o consenso, mas deixou claro que só poderia deixar a disputa se houvesse a concordância do grupo de partidos que o apoia.

E é aí que a porca torce o rabo! O grupo de partidos que apoia a dupla Flá e Garça é radicalmente contra o acordo. Líderes de alguns desses partidos não escondem uma certa mágoa de pessoas que gravitam em torno do prefeito e um certo desapontamento com o próprio Callado. Segundo eles, o prefeito demorou muito para escolher um vice, o que o fez perder possíveis aliados pelo caminho.

Os apoiadores de Flá avaliam, também, que a eventual saída de Garça – a essa altura do campeonato – reabriria uma nova e inoportuna disputa pela vaga de vice, já que alguns aliados – como Tiquinho, por exemplo – se sentiriam no direito de pleiteá-la. Para eles, essa questão do vice é um assunto superado.

Em tempo: o portal Região Noroeste deu uma versão diferente para a falta de acordo na reunião de ontem. Segundo o RN, “o atual prefeito de Jales Pedro Callado (PSDB) não aceitou a imposição do Fórum da Cidadania – uma espécie de Associação de Amigos – e vai manter a decisão de disputar a reeleição em Jales“. 

Imposição? Juro que não entendi.

PP DE JALES TERIA DESOBEDECIDO ORIENTAÇÃO DA EXECUTIVA ESTADUAL PARA COLIGAR-SE COM O PSDB DE CALLADO

A novela em que se transformou a disputa interna no PP de Jales deverá ter novos e interessantes capítulos nos próximos dias. Segundo o blog apurou, o chefe de gabinete do prefeito Callado, Ivan Bertucci Nunes, retirou junto ao Cartório Eleitoral uma cópia da ata da convenção de ontem e já a encaminhou à direção estadual do partido.

Ivan alega, entre outras coisas, que a ata teria sido alterada antes de ser remetida ao Cartório. Questionado sobre o fato de a ata ter sido, supostamente, aprovada por unanimidade, ele argumenta que aprovou a ata que foi redigida logo depois da reunião e não aquela que chegou ao Cartório.

Ainda de acordo com Ivan, o presidente do diretório municipal, Luiz Henrique Moreira, teria desobedecido uma orientação da Executiva Estadual do partido, contida em um documento entregue a Moreira e lido durante a convenção.

O documento está assinado pelo presidente estadual do PP, deputado federal Guilherme Mussi, pelo secretário estadual, Augusto Machado Diniz Júnior, e pelo deputado Fausto Pinato, membro da Executiva Estadual do partido.

No documento, a direção estadual diz que, no Município de Jales não será admitida coligação com o PT, “em decorrência dos escândalos de corrupção em que aquela agremiação está envolvida”. O documento diz, também, que não será possível o apoio a uma coligação com o Democratas, “conforme acordado com o senhor Luiz Henrique Moreira e o deputado Fausto Pinato“.

Até aí, tudo bem, o PP realmente não fechou nenhuma coligação com o PT ou com o DEM. O problema estaria em outro trecho do documento, onde a direção estadual diz que “a nossa orientação é para celebração de coligação com o PSDB, tal como ocorrido na capital, vez que agora o partido integra a base do governo do estado, ocupando inclusive Secretaria“. A orientação, argumenta Ivan, não foi seguida.

Domingo, no jornal A Tribuna, mais detalhes sobre o imbróglio.

Em tempo: uma reunião que está ocorrendo neste momento (20:00 horas da quarta-feira), na ACIJ, poderá colocar um final na briga interna do PP. Na reunião, com a presença dos pré-candidatos Flá e Callado, está se discutindo novamente a possibilidade de uma candidatura única.

Em tempo 2: a citação aos escândalos de corrupção do PT só pode ser uma piada saída da cabeça privilegiada do deputado Fausto Pinato. Afinal, o PP, um dos principais sócios do PT nos escândalos de corrupção, tem nada menos que 32 deputados sendo investigados pela Lava Jato.

EX-PROMOTOR DE JALES INVESTIGA EXPLORAÇÃO SEXUAL DE MENOR POR POLÍTICOS DE IPIGUÁ

5a_1024x683

O promotor André Luiz de Souza, que atuou em Jales por muitos anos, está à frente da investigação. Além de políticos, a denúncia envolve um médico, um advogado, um empresário, etc. A notícia é o principal destaque do Diário da Região, desta quarta-feira.

Em depoimento ao Ministério Público, uma adolescente de 14 anos denunciou que foi obrigada a fazer programas sexuais com políticos, empresário, advogado, médico e servidor público de Ipiguá. No documento, ela menciona o presidente da Câmara de Vereadores, um ex-vereador, um funcionário da prefeitura, um advogado, um empresário  e um médico.

De acordo com a menor, a maioria dos encontros ocorreu em um motel próximo do trevo de Onda Verde, que não solicitava documentos da menina. “Eu realizava estes programa por volta das 15h e permanecia aproximadamente uma hora com cada pessoa”, disse a adolescente no depoimento.

O agenciamento dos programas era feito por uma mulher chamada Sílvia, que é apontada como a companheira de Abner Saulo de Oliveira Calixto, acusado de matar o delegado da Polícia Civil, Guerino Solfa Neto, em junho.

“Silvia ligava para as pessoas e fazia propaganda minha, dizia que uma menina de 14 anos estava trabalhando e que era nova e bonita. A Silvia me vendia pelo valor de R$ 50 e R$ 100. Inicialmente, os encontros aconteciam na porta da cada de Sílvia ou no trevo de Onda Verde. Onde eu aguardava as pessoas que combinavam o programa com ela (Sílvia)”, afirmou a menor em seu depoimento.

A adolescente citou que os contatos que Sílvia manteve com as pessoas para agendar os programas sexuais podem estar registrados no celular apreendido pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG). Foi a partir da investigação da Polícia Civil sobre a morte do delegado que a denúncia envolvendo a garota veio à tona.

No depoimento feito na presença de conselheiras tutelares de Ipiguá ao promotor da Infância e Juventude, André Luís de Souza, no dia 18 de julho, a menina afirma que se mudou para a casa de Sílvia após iniciar um relacionamento com o filho da mulher. A adolescente menciona que sua mãe, que não aprovava o namoro, mudou-se para Catanduva.

O promotor deve pedir auxílio do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) para aprofundar a investigação em Ipiguá. A apuração vai depender, por exemplo, da quebra do sigilo telefônico dos acusados.

FALECE EM JALES, AOS 80 ANOS, O EX-VEREADOR ARMANDO CARDOSO PEREIRA

CIMG8432Faleceu ontem à noite, com 80 anos de idade, o ex-vereador de Jales, Armando Cardoso Pereira, pai do ex-prefeito de Pontalinda, Guedes Marques Cardoso. Adoentado, Armando estava internado na UTI da Santa Casa de Jales há cinco dias.

O falecido foi vereador em Jales por três legislaturas – (1969 a 1973), (1983 a 1988) e (1989 a 1992) – sempre representando o então distrito de Pontalinda.

Em 1991, ele foi uma das principais lideranças do movimento que levou à emancipação de Pontalinda, em decisão da própria população, através de um plebiscito. Seu filho, Guedes, foi eleito o primeiro prefeito do novo município, em 1992. De lá para cá, Guedão foi prefeito outras duas vezes.

O corpo do ex-vereador Armando Cardoso Pereira será velado na Câmara de Jales até às 16:00 horas desta quarta-feira. Em seguida, ele será trasladado para Pontalinda, onde também será velado na Câmara, até as 08:00 horas da quinta-feira, e, em seguida, sepultado no cemitério do vizinho município.

Post Scriptum: estou atualizando a notícia para informar que o corpo do ex-vereador Armando Cardoso Pereira ficará na Câmara de Jales, na verdade, até às 16:00 horas. Após esse horário ele será trasladado para Pontalinda.

CONVENÇÕES COMEÇARAM COM SURPRESAS: PINATO IMPEDE PP DE SE COLIGAR COM O PT. E O PT PODE FICAR SEM PÉROLA

convenção PP

Em convenção realizada na noite de ontem, terça-feira, a Executiva do PP de Jales decidiu que o partido vai disputar as eleições para a Câmara Municipal sem se coligar com o PT, como estava sendo cogitado.

Na verdade, já estava tudo certo para que PP e PT disputassem as eleições juntos, mas um documento apresentado na última hora pelo chefe de gabinete de Callado, Ivan Bertucci, a alguns membros da Executiva acabou mudando o que estava combinado. O documento, assinado pelo deputado Fausto Pinato e pelo presidente do diretório estadual, Guilherme Mussi, proíbe o PP de Jales (e só o de Jales) de se coligar com o PT e ou com o DEM.

O PT também realizou sua convenção ontem, no mesmo horário, e, avisados sobre o que estava acontecendo na convenção do PP, os petistas registraram na ata da reunião que, por enquanto, seus candidatos a vereador também irão à luta sozinhos. O PT tem, no entanto, um plano “B” e, até a data limite, 05 de agosto, poderá arrumar um novo parceiro.

DSC00895-PQO que deixou o PT mais chateado nem foi a decisão do PP, mas a decisão da vereadora Pérola Cardoso, que não está a fim de disputar sua reeleição. Os petistas terão até o dia 05 de agosto para convencer a companheira Pérola a mudar de ideia, mas tudo indica que ela está mesmo decidida a abandonar a carreira política.

Voltando ao PP, informações dão conta de que a convenção teve lá seus momentos de tensão. O ex-presidente do partido,  Alessandro Ramalho Flausino – que não aparece na foto acima porque era o fotógrafo – foi responsável por um desses momentos. Em seu conhecido estilo deixa-que-eu-chuto, ele repreendeu publicamente os companheiros de partido que participaram da tentativa de intervenção. “Um tiro no pé”, segundo Alessandro.

Por sinal, o PP está se especializando em acertar tiros no respectivo pé. A imposição do deputado Fausto Pinato – que está impedindo o partido de fazer coligações – só vai trazer prejuízos ao próprio PP. Com apenas 11 candidatos a vereador – Henrique Macetão e Tiago Abra são os mais conhecidos – o partido corre o sério risco de não ter os votos necessários para eleger um vereador.

Nas eleições de 2012, vocês se lembram, o PMDB teve dois candidatos – Marynilda e Jediel – entre os dez mais votados, mas não fez nenhum vereador porque, no total, o partido não alcançou o coeficiente eleitoral. O mesmo aconteceu com o PSDB, que não elegeu nenhum vereador, apesar de Du Venturini ter sido o 4º candidato mais votado. Se ficar sozinho, o PP poderá sofrer o mesmo castigo nas eleições deste ano.

77% DOS ACIDENTES DE TRÂNSITO EM JALES ENVOLVEM MOTOS, MOSTRA PESQUISA

A notícia é do Jornal de Jales:

Foto0029pqUm levantamento feito pela Polícia Civil mostra que no primeiro semestre de 2016 foram registrados 192 acidentes de trânsito com vítima em Jales, e em 77% desse total (148 casos) havia ao menos uma motocicleta envolvida. Em 2011 esse percentual era de 74%.

O horário de pico dos registros foi entre as 18 e 19h. Isso se explica, segundo o delegado assistente da Delegacia Seccional de Jales, Altair Ramos Leon, devido ser nesse período o encerramento de diversas atividades, como as do comércio, por exemplo, o que faz aumentar os veículos em circulação.

Na tabela que mostra as naturezas dos acidentes, a colisão aparece em primeiro lugar com 140 casos, seguida pelo tombamento, 19, atropelamento, 13, abalroamento, 12, e outros, 8, totalizando os 192.
Ao todo 362 veículos se envolveram nas ocorrências: 158 motos, 141 carros, 29 caminhonetes, 16 bicicletas e 18 outros.

“Os acidentes envolvendo motos podem resultar em graves conseqüências aos seus condutores e passageiros, devido a vulnerabilidade que estão expostos e a fragilidade desse tipo de veículo. Por isso, os motociclistas devem conduzir com muita cautela”, disse o delegado. 

EM BUSCA DA POPULARIDADE PERDIDA: TEMER CHAMA IMPRENSA PARA VÊ-LO BUSCAR FILHO NA ESCOLA

images_cms-image-000509437

A notícia é do Brasil 247:

O presidente interino, Michel Temer, está à caça desesperada de popularidade. Nesta terça-feira 26, ele convocou a imprensa para vê-lo buscar o filho em seu primeiro dia de aula na escola, em Brasília, mas o plano não deu muito certo. 

Pais de outros alunos reclamaram do tumulto causado pelo aparato de segurança presidencial. A presença da imprensa incomodou alguns pais e crianças. “Vai ser todo dia essa palhaçada?”, perguntou uma mãe. “Vão atrás dos corruptos, ele é só uma criança”, gritou outra contra os jornalistas, segundo registrou o Valor Econômico.

Além disso, a própria imprensa noticiou que foi convocada por Temer no início desta tarde a ir até a escola, o que acabou se tornando constrangedor. Temer mandou assessores avisarem a imprensa que iria com a mulher, Marcela, buscar o filho na escola.

O esforço de Temer para se tornar mais popular acontece depois da pesquisa Ipsos, que revelou que apenas 16% dos brasileiros querem que ele continue na presidência até 2018.

EMPRESA DIVULGA RESULTADO DO CONCURSO DA CÂMARA DE JALES

A empresa Organização Paulista em Gestão Pública, também conhecida como Nova Visão, de Araçatuba, publicou ontem o resultado parcial dos aprovados no concurso público realizado pela Câmara Municipal de Jales para preenchimento de 04 cargos efetivos.

Para o cargo de Agente Parlamentar de Imprensa e Cerimonial (assessor de imprensa), apenas 11 dos 34 candidatos inscritos conseguiram a pontuação mínima. Tudo indica que a primeira colocada – Isabela Frushio Feliciano – seja de Olímpia-SP.

Para a vaga de recepcionista, que teve 173 inscritos, 58 candidatos alcançaram a pontuação mínima. A primeira colocada chama-se Edineia Soares de Oliveira Zigart, que deve ser aqui de Jales. Em 2014, ela foi aprovada em um concurso do Consirj.

Quanto aos dois outros cargos – procurador jurídico e motorista – ainda falta a segunda fase das provas, que está marcada para o dia 07 de agosto. Entre os 176 candidatos que concorreram à vaga de motorista, 66 foram classificados para a prova prática. E 41 dos 84 candidatos a procurador jurídico da Câmara classificaram-se para a prova dissertativa.

O resultado completo pode ser conferido aqui.

GLOBO: DELAÇÃO DE MARCELO ODEBRECHT SÓ VAI SER ACEITA SE INCRIMINAR LULA

aroei

O comentário é do jornalista Fernando Brito, no Tijolaço:

Merval Pereira, ministro autonomeado do Supremo Tribunal Federal e chefe honoris causa da Força Tarefa do Ministério Público, disse hoje na CBN que os procuradores “não devem aceitar” a delação premiada de Marcelo Odebrecht.

A razão é que ela conteria uma  “versão adocicada” sobre a relação da empresa com o ex-presidente Lula.

Porque, mesmo desesperado após um ano de prisão e 19 outros de condenação, Odebrecht não tem ato de corrupção a relatar dele.

Diria que fez favores ao ex-presidente, como em obras no sítio de Atibaia, mas sem que isso se vinculasse a qualquer contrapartida.

Lula, aliás, nem mais  presidente era.

Admitiria que o ex-presidente também ajudou, com seu prestigio pelo mundo, a empresa a candidatar-se a fazer obras em outros países, mas sem contrapartida por isso.

Então, diz Merval, a delação – que fala em propinas para uma multidão de políticos – não valeria.

Não presta porque não atribui crime a Lula.

E é só isso que interessa.

Tem de arranjar um crime para o Lula, senão não tem negócio com redução de pena.

É claro que isso é uma coação, só que não para o MP, para Sérgio Moro e para a mídia.

E, claro, não para Merval.

Já nem se preocupam em disfarçar que as delações são premiadas de acordo com o “prêmio” que oferecerem  aos que só pensam “naquilo”: a condenação de Lula.

É o grande prêmio.

SUPLA, SOBRE A PRISÃO DO PAI: “PRENDERAM O EDUARDO ERRADO…”

suplicy2

Deu no jornal gaúcho Zero Hora:

O músico Supla, filho do ex-senador Eduardo Suplicy, falou nesta segunda-feira sobre a prisão do pai. Em entrevista ao Gaúcha Repórter, ele comentou a situação com bom humor, e aproveitou para comparar a situação com a do deputado e ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB).

— Acho que prenderam o Eduardo errado. Desculpa falar, mas era para ser o Eduardo Cunha, não? — disse, entre risos.

Pela manhã, Suplicy foi detido por desobediência e obstrução à Justiça. Ele se deitou no chão para impedir uma reintegração de posse que ocorria em um terreno ocupado por cerca de 350 famílias, na Zona Oeste de São Paulo. O político é candidato a vereador pelo PT. Supla criticou a atitude da polícia. 

— Ele (Eduardo Suplicy) tem 75 anos. Ele não tá política para querer ganhar dinheiro. Ele tá lá pra ajudar as pessoas — comentou. 

O ex-senador foi carregado no colo por quatro policiais e levado à delegacia, de onde já foi liberado.

E agora, a opinião do site Nossa Política, sobre o caso:

suplicy5Supla talvez tenha repercutido a frase do dia nas redes sociais; enquanto Eduardo Cunha desfila com a senhora dos olhos arregalados nos mais finos restaurantes de Brasília, Eduardo Suplicy é conduzido pela polícia de Alckmin à força, por defender moradores.

Colunistas rejeitados até pela Veja, como Joice Hasselmann – a mocinha dos plágios – trataram de descaracterizar a atitude de Suplicy; antipetistas de todas as ordens comemoraram a detenção do ex-senador e muitos deles acreditaram que se tratava de prisão envolvendo a Lava Jato. Este país não existe.

Quer ver repressão? Apoie alguém que está sendo injustiçado pelo poder público. Mesmo carregado por policiais, Suplicy saiu mesmo foi nos braços do povo que o conhece e sabe da sua idoneidade. O mesmo não se pode dizer do outro Eduardo.

PRESIDENTE DE ASSOCIAÇÃO GARANTE QUE NÃO VAI FALTAR ÔNIBUS PARA TRANSPORTE DE ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS

LETÍCIA MOURA

A moça da foto é a presidente da Associação dos Estudantes Universitários de Jales (AEUJ), Letícia Moura. A Associação, da qual Letícia é uma das fundadoras, foi formada a partir de acordo entre Prefeitura, Ministério Público e os próprios estudantes, com o objetivo de regulamentar o transporte de universitários para quatro cidades da região – Fernandópolis, Santa Fé do Sul, Votuporanga e Araçatuba. A AUEJ reúne cerca de 500 estudantes.

De acordo com notícia do jornal A Tribuna, de domingo passado, Letícia está garantindo que, ao contrário dos rumores que surgiram nos últimos dias, não vai faltar transporte para os estudantes no segundo semestre deste ano. Os rumores – falsos – sobre uma suposta suspensão do transporte começaram depois que a presidente da AEUJ rescindiu o contrato com um dos ônibus que levam estudantes para Santa Fé do Sul. 

Inconformado, o proprietário do ônibus teria ido ao Ministério Público para, supostamente, denunciar outros donos de ônibus que estariam, segundo ele, com a documentação irregular. Letícia desmente as supostas irregularidades e diz que até já procurou espontaneamente o Ministério Público, na semana passada, para mostrar toda a documentação. “Temos cópias da documentação de todas as empresas e posso afirmar que elas estão todas regularizadas”, afirmou. 

Segundo Letícia, o dono do ônibus sabia que o contrato poderia ser rescindido a qualquer momento, caso o número de alunos diminuísse, o que acabou ocorrendo. “O fluxo de estudantes para Santa Fé do Sul diminuiu e já não justificava continuarmos utilizando um ônibus, quando o certo seria contratar um micro-ônibus”, explicou Letícia.

Ela explicou, ainda, que, segundo o que ficou estabelecido no acordo MP-Prefeitura, o município cede cinco ônibus para o transporte de universitários, enquanto a Associação freta mais sete ou oito ônibus ou micro-ônibus particulares.

Letícia garantiu, por fim, que a AEUJ vem cumprindo todos os seus compromissos. “Nossa Associação está funcionando corretamente. Contratamos até um seguro de vida individual para cada um dos estudantes. Não temos dívida com ninguém. Todas as empresas que prestaram serviços no primeiro semestre já receberam seus pagamentos, inclusive a desse senhor”, garante Letícia.

DONO DE BANCA É PRESO POR XINGAR JUIZ EM E-MAILS E FACEBOOK

A notícia é do portal Consultor Jurídico:

Um comerciante de 62 anos está preso em caráter preventivo desde dezembro de 2015 por ter xingado de “vagabundo, ladrão e corrupto” um juiz que assinou sentença sobre o despejo de sua banca de jornal, em Santo André (SP). Ele foi condenado no mesmo mês a 7 anos e 4 meses de reclusão, por calúnia. Mesmo com a decisão em primeiro grau, foi colocado atrás das grades para manter a “ordem pública”, porque declarou em juízo que continuaria escrevendo as mensagens.

O caso foi divulgado neste domingo (24/7) no jornal O Estado de S. Paulo. José Valde Bizerra teve uma banca de jornal por 30 anos e, em 2007, mudou o ponto para um terreno ao lado de um cemitério. Teve de deixar o local por ordem da prefeitura e entrou com ação contra os proprietários da área, mas o juiz José Francisco Matos, da 9ª Vara Cível de Santo André, rejeitou o pedido, em setembro de 2012.

A partir de então, de acordo com O Estado de S. Paulo, Bizerra reclamou do juiz à Corregedoria do Tribunal de Justiça de São Paulo, em sua página no Facebook e em três e-mails para o endereço pessoal do julgador, com mensagens ofensivas. Matos prestou queixa contra o jornaleiro, e a juíza Maria Lucinda Costa, da 1ª Vara Criminal de Santo André, condenou o réu à prisão e ao pagamento de multa. Segundo ela, houve reiteração criminosa de oito delitos em concurso material – cada e-mail foi considerado um crime individual.

A juíza disse ainda que “zomba o réu da Justiça, reiterando por anos o ilícito, de forma que somente sua segregação […] poderá torná-lo apto a conviver em sociedade novamente”. O advogado Daniel Fernandes Rodrigues Silva, que defende Bizerra, disse ao jornal que considera “inaceitável” uma pessoa primária ficar na cadeia por crime contra a honra.

Três pedidos de Habeas Corpus, porém, foram negados na 7ª Câmara Criminal do TJ-SP. Em uma das decisões, o desembargador Freitas Filho entendeu que a defesa queria usar o instrumento para questionar a condenação e considerou “presentes [as] circunstâncias que recomendam sua mantença no cárcere”.

O juiz José Francisco Matos declarou ao Estado que pediu a abertura de mais duas ações criminais contra Bizerra. “Ele não cessou sua atividade criminosa, passando inclusive a enviar e-mails para a minha conta pessoal, bem como postando manifestações, todas de caráter ofensivo e criminoso, em rede social.”

A reportagem não localizou a juíza Maria Lucinda Costa. O TJ-SP afirmou que a Lei Orgânica da Magistratura Nacional impede juízes de comentarem processos que estão julgando, e a Associação Paulista de Magistrados (Apamagis) disse que “a livre convicção do juiz deve ser sempre preservada”.

CONFIRMADO! TRE-SP CONCEDE LIMINAR E SUSPENDE INTERVENÇÃO NO PP DE JALES

bfe57ecc-a10b-4acc-a0ac-9e57fd647f0bAgora é oficial! A desembargadora Cláudia Lúcia Fonseca Fanucchi (foto), do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo, relatora do Mandado de Segurança protocolado sob n° 122.715/2016, deferiu a liminar solicitada pelo presidente do PP de Jales, Luiz Henrique dos Santos Moreira, e suspendeu a intervenção que a direção estadual do partido promoveu no diretório municipal de Jales.

É importante ressaltar que a magistrada suspendeu, mas não anulou a intervenção, o que só poderá ser decidido no julgamento do mérito do Mandado. De qualquer forma, com a decisão, fica mantida a convenção do partido convocada por Luiz Henrique,  marcada para essa terça-feira, 26, às 17:00 horas. Eis um trecho da decisão:

“Com isso, considerada a plausibilidade das teses invocadas pelo autor, bem como a necessidade de se evitar prejuízo em caso de êxito no presente mandamus, impõe-se reconhecer a presença dos pressupostos legais e DEFERIR A LIMINAR, em menor extensão, para que seja imediatamente suspensa a intervenção da agremiação impetrada sobre a impetrante, a fim de estabelecer o status quo ante do Diretório Municipal do Partido Progressista – PP de Jales e permitir a realização da sua Convenção Partidária já designada”.

Segundo informações obtidas pelo blog, a Executiva Estadual do PP ainda vai tentar suspender a realização da convenção de amanhã, sob o argumento de que a desembargadora que deferiu a liminar não teria sido informada de que o partido já havia marcado outra convenção para o dia 02 de agosto.

Como já informado pelo blog, uma nova convenção foi convocada pelo interventor Ivan Bertucci, conforme publicação de ontem, 24. Se a liminar for mantida, a convocação para a convenção marcada por Ivan para o dia 02 de agosto, fica sem efeito.

Durma-se com um barulho desses!

NOVE SERVIDORES MUNICIPAIS SE AFASTARAM DO TRABALHO PARA DISPUTAR ELEIÇÕES

DSC01729-françaNada menos que 09 (nove) servidores públicos municipais se afastaram de suas funções para disputar uma vaga de vereador nas eleições deste ano. Para oito deles, o último dia de trabalho – antes da desincompatibilização – foi 30 de junho, quando o prefeito Pedro Callado assinou as portarias de afastamento.

Antes, no início de abril, Callado já tinha assinado o afastamento do servidor Ricardo Junqueira. Servidores que trabalham em funções de fiscalização – como é o caso de Ricardo, auditor fiscal do município – precisam, segundo a nossa lei eleitoral, se afastar com seis meses de antecedência, apesar de o período de campanha ter diminuído para apenas 45 dias.

Ricardo é filiado ao PPS. Os outros servidores que estão afastados são: Antônio Mendes Gomes(PPS), Célia Maria da Silva(PPS), Délcio José Miorini, o Zé Bolacha(PSDB), Francisco Carlos Zanata, o França do Cemitério(PRB) – foto – Luiz Diosti(PP), Pedro Artur dos Santos(PSB), Sônia Regina Matos Silva(DEM) e Valdir Trassi Bitencourt(PSDB).

Dos nove servidores, apenas quatro já disputaram eleições. Ricardo Junqueira é o mais experiente, com 03 disputas: em 2000, ele obteve 119 votos, em 2004 chegou a 533 e, depois de folgar em 2008, voltou em 2012, quando teve 411 votos. Sônia Regina (30 votos) e Pedro Artur, o Pedrinho do Pronto Socorro (289 votos), concorreram em 2012, enquanto Valdir Trassi, o Valdir do Ônibus, concorreu em 2000 e conseguiu 404 votos.

Além dos nove servidores da ativa, pelo menos outros três servidores aposentados deverão disputar uma cadeira de vereador: Marynilda Cavenagui Nacca(PMDB), Jesus Martins Batista(DEM) e o infatigável ex-lateral direito do Dom Bosco de Cuiabá, Lauro Figueiredo(PRB), o Matogrosso.

HOSPITAL DE CÂNCER: KIT’S PARA 5a. CAMINHADA PASSOS QUE SALVAM JÁ ESTÃO À VENDA NA AVCC DE JALES

kit caminhada

A notícia é da assessoria de imprensa do Hospital de Câncer:

Já está disponível no bazar da AVCC (Associação de Voluntários de Combate ao Câncer de Jales) para a venda, os Kits da 5ª Caminhada Passos que Salvam que acontecerá em todo Brasil no próximo dia 27 de Novembro.

O Hospital de Câncer de Barretos é o idealizador da campanha que visa conscientizar as pessoas na divulgação dos primeiros sinais e sintomas do câncer infantojuvenil que são facilmente confundidos no início com outras doenças da infância, e por falta de informação faz com que a criança chegue muito tarde para o tratamento, quando geralmente não a mais tempo de cura.

De acordo com a coordenadora da ação, Naima Kathib, ao participar da Caminhada, você faz com que a população que não alcançamos desperte a atenção para esses sinais e ainda ajuda financeiramente o Hospital do Câncer de Barretos quando adquire o kit.

CÂNCER INFANTIL

Muitas crianças e adolescentes com câncer chegam ao centro especializado de tratamento com a doença em estágio avançado por diversos fatores, uma delas é desinformação dos pais, o medo do diagnóstico e a desinformação dos médicos.

Algumas vezes o diagnóstico é feito tardiamente porque a apresentação clínica e as características de determinados tipos de tumores podem não diferenciar muito de doenças comuns na infância. Por isso, o conhecimento acerca do câncer é determinante para um diagnóstico seguro e rápido.

Quando o diagnóstico é feito precocemente, as chances de cura são muito maiores. Estima-se que as taxas de cura variam de 0 a 60% em países menos favorecidos, mas que poderiam chegar a 80-90% se diagnosticadas precocemente e tratadas em hospitais especializados, como acontece em alguns centros internacionais. A maioria dessas crianças terá vida normal após o tratamento adequado.

A CAMPANHA

Em 2012 foi realizada a primeira caminhada Passos que Salvam, quando 19 municípios do Estado de São Paulo e dois de Rondônia abraçaram a idéia, mobilizou a sociedade, empresas e entidades a participaram do evento.

No ano passado foram 306 cidades de 12 estados que caminharam, comprometidos na luta contra o câncer infantojuvenil. Espera-se que este ano participem mais de 117 cidades de 12 estados.

O kit é composto por uma camiseta, um boné e um squeeze e custa R$ 30,00. Mais informações podem ser adquiridas no bazar da Sede da AVCC, que fica localizada na Av. Francisco Jales, anexa a Unidade do Hospital de Câncer de Barretos em Jales ou pelo telefone (17) 3621-1507.

1 2 3 636