Arquivos do autor: cardosinho

‘MUSA DO IMPEACHMENT’ SERVE CAVIAR E CHAMPAGNE AO CACHORRO DE ESTIMAÇÃO

images_cms-image-000436051

A socialite Ju Isen, que tentou ganhar seus 15 segundos de fama tirando a roupa nas manifestações de março e abril deste ano, fez um novo gesto para sair de sua obscuridade: postou fotos nas redes sociais dando champanhe e caviar ao seu cachorro.

toplesspaulistaPara o jornalista Miguel do Rosário, que escreve no  blog Tijolaço, esse tipo de notícia serve para explicar muita coisa e “para a gente ter consciência de como essa gente é brega”.

O portal de notícias R7, também condenou a ostentação da moça. “No momento em que o governo anuncia um corte de R$ 69,9 bilhões no orçamento da União, a ‘Musa da Manifestação’ aproveita para ostentar a vida de luxo e ‘lamentar’ a situação do País“.

A TRIBUNA: POLÍCIA AINDA AGUARDA LAUDOS PARA INDICIAR EX-NAMORADO DE CÍNTIA

capa tribuna 24.05.15No jornal A Tribuna deste final de semana, a principal manchete trata do acidente que ceifou a vida da jovem Cíntia Taynara, no domingo passado. Segundo a matéria do repórter Alexandre Ribeiro, o inquérito caminha para o indiciamento do ex-namorado de Cíntia. Os dois tinham terminado um relacionamento conturbado há menos de um mês.

O julgamento de um dos recursos interpostos pela ex-prefeita Nice, marcado para segunda-feira, 25, é outro assunto abordado pelo jornal. Assessores do prefeito Pedro Callado estão  preocupados com o resultado do julgamento, enquanto os servidores – que não querem a volta da Ungida – estão apreensivos.

A posse de Flávio Prandi Franco como gerente regional da CDHU; a inauguração da 5ª Vara Judicial de Jales, marcada para agosto; a trapalhada da administração Nice, que doou um terreno que já tinha dono, no Distrito Industrial III, e a visita do senador Aloysio Nunes Ferreira a Jales são outros destaques de A Tribuna.

Na página de Opinião, o ex-vereador Rivelino Rodrigues contesta artigo escrito pelo aposentado José Célio Martini na semana passada. No caderno social, destaque para a comemoração dos oitenta anos do senhor Ovídio Miranda e para a coluna do Douglas Zílio, recheada de belas fotos.

DROGARIA SHALOM INAUGURA FILIAL AO LADO DO HOSPITAL DE CÂNCER

DSC00135-ed

Empresário do ramo farmacêutico, o pastor Luciano Ferreira Nunes inaugurou, ontem, sexta-feira, a segunda filial da Drogaria Shalom, em Jales. A nova farmácia está localizada na Avenida “Francisco Jalles”, bem pertinho do Hospital de Câncer.

DSC00136-edA primeira filial, localizada no Jardim Arapuã, já existe há bastante tempo, enquanto a matriz está localizada na Rua Oito, ao lado da Agência dos Correios e em frente ao Sakashita Supermercados.

Segundo Luciano, além de atender a uma região da cidade bastante povoada – Novo Mundo, Vila Maria, Vila Aparecida da Boa Vista – a nova filial será uma boa opção para os pacientes do Hospital de Câncer. 

UNIDADE MÓVEL DA CDHU ESTÁ ATENDENDO EM JALES NESTE FINAL DE SEMANA

DSC00139

Uma equipe da CDHU está em Jales, neste final de semana, com uma Unidade Móvel da companhia para prestar atendimento aos mutuários que estejam precisando regularizar a situação de suas casas.

O atendimento inclui a regularização de transferências, quitações,  negociação de dívidas e o esclarecimento de dúvidas dos mutuários a respeito dos conjuntos habitacionais.

DSC00140Neste sábado, 23/05, a Unidade Móvel da CDHU  está  estacionada  no Centro Comunitário do JACB, onde ficará até as 15:00 horas, atendendo mutuários dos conjuntos JACB, “Pedro Nogueira” e dos predinhos do Sakashita.

Amanhã, domingo, a Unidade Móvel estará na EMEI do conjunto “Dercílio Joaquim de Carvalho”, atendendo os mutuários do próprio Dercílio, do conjunto Renascer, da Cohab “Santo Hernandes Argentina” e dos predinhos Jardim do Paraíso.

DEU NA FOLHA NOROESTE DE HOJE

folha noroeste 23.05.15O jornal Folha Noroeste deste sábado está destacando a posse do jalesense Flávio Prandi Franco no cargo de coordenador regional da Companhia de Desenvolvimento Habitacional Urbano (CDHU), em São José do Rio Preto. Ele tomou posse na terça-feira e no dia seguinte, quarta-feira, já recebeu uma delegação de Jales que foi pleitear mais casas populares para nossa cidade.

Destaque, também, para audiência de produtores de tilápia do estado de São Paulo com o ministro da Pesca, Helder Barbalho. Eles fizeram diversos pedidos ao ministro para assegurar as atividades em lagos de hidrelétricas durante os períodos de estiagem. O ministro dos Portos, Edinho Araújo, também participou do encontro e destacou que a região Oeste do estado é a maior produtora de tilápias do Brasil por meio de tanques-rede.

Na coluna FolhaGeral, o editor Roberto Carvalho lembra que a situação financeira da Prefeitura de Jales é calamitosa, mas ressalta que a administração precisa fazer alguma coisa para melhorar as condições da calçada ecológica construída pelo ex-prefeito Humberto Parini, entre a Rua Seis e a Avenida João Amadeu. Segundo o jornalista, a calçada está “uma vergonha” e pede manutenção urgente.

PREFEITO DE DOLCINÓPOLIS CONTRARIA LEGISLAÇÃO E PAGA JUROS EM PAGAMENTOS FEITOS COM ATRASO

Dolcinópolis - José Luiz AzevedoUm dia desses, informei aos prezados leitores que o Tribunal de Contas do Estado(TCE) rejeitou as contas anuais da Prefeitura de Dolcinópolis, relativas a 2013. Não contei, porém, alguns detalhes, o que faço agora.

Um dos apontamentos do TCE diz que o prefeito José Luiz Reis Inácio de Azevedo(PSDB) não tomou providências para cobrar de alguns vereadores o ressarcimento de quantias indevidamente pagas a eles. Esse pode ser um dos motivos que explicam a bovina submissão dos vereadores, que não tomam nenhuma providência para apurar os malfeitos do prefeito.

Da mesma forma, o TCE apontou que o prefeito promovia o desconto em folha dos valores devidos pelos funcionários por conta de empréstimos bancários, mas repassava o dinheiro com muito atraso para as instituições financeiras, fato que teria causado a inclusão de servidores em listas de inadimplentes.

Querem mais? Segundo o TCE, José Luiz afrontou os princípios da legalidade e da moralidade ao promover uma “churrascada” em comemoração ao aniversário da cidade. Com a Prefeitura cheia de dívidas, ele gastou cerca de R$ 8 mil somente na compra – sem licitação – de novilhas para o tal churrasco.

Mais ainda? O prefeito contratou, sem licitação, uma construtora de Fernandópolis para realizar obras de construção de galerias, pagando por elas cerca de R$ 14 mil. Poucos meses depois de pronta, a obra já estava em péssimo estado, fato que, segundo o Tribunal, demonstra que a finalidade da instalação das galerias não foi atendida.

Quando o Tribunal voltar a Dolcinópolis para auditar as contas de 2014, vai encontrar outras aberrações, como o pagamento de juros bancários, o que é proibido às prefeituras. Entre junho e novembro, a municipalidade pagou R$ 16 mil em juros à Caixa Econômica Federal.

É provável que os juros por pagamentos em atraso se refiram aos empréstimos dos servidores municipais, que o prefeito descontou de seus respectivos salários mas não repassou à Caixa.

E o prefeito, que já contratou – sem licitação – uma empresa da qual ele tinha sido sócio até dois meses antes de assumir o cargo, não se cansa de fazer coisa errada. Agora em 2015, somente nos primeiros três meses, ele já pagou quase R$ 15 mil a uma empresa aqui de Jales. Sem licitação.

FACIP 2013: RENATO PRETO APELA AO TJ-SP MAS NÃO CONSEGUE EFEITO SUSPENSIVO

renato pretoO Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) negou, ontem, o efeito suspensivo solicitado pelo presidente da Casa da Criança, Renato Luís Lima e Silva, o Renato Preto, em recurso contra decisão da Justiça de Jales que o incluiu entre os acusados por malfeitos na Facip 2013, a festa que não houve.

Como os prezados leitores haverão de estar lembrados, o Ministério Público de Jales ajuizou uma Ação Civil Pública contra nove acusados, inclusive o ex-presidente da Facip 2103, Pedro Callado, mas a Justiça aceitou as denúncias apenas em relação a cinco acusados: Nice Mistilides, Angélica Boletta, Adriano Lisboa, Roberto Timpurim e Renato Preto.

Renato Preto, por seus advogados, recorreu, então ao TJ-SP, com um pedido de efeito suspensivo, sob a alegação, entre outras, de que “o fato de ser integrante da Comissão Organizadora da 44ª FACIP não o transforma em automático partícipe do complexo esquema envolvendo ilegítimas dispensas de licitação, irregulares contratações de serviços”, etc.

Renato alegou, também, que, “como mero 2º secretário da Comissão Organizadora da 44ª FACIP, não me era dada a tomada de decisões e tampouco detinha poder para ordenar despesas”. Convenhamos, nisso ele tem razão, pois, até onde se sabe, as decisões eram tomadas pelo trio de ferro Nice-Angélica-Adriano.

Em que pese os argumentos de Renato, o desembargador Ronaldo Andrade julgou que não era o caso para conceder o efeito suspensivo. Ele anotou, em sua decisão, que “a ação foi ajuizada com base nos fatos apurados em inquérito civil e fornece elementos que, em tese, denotam a existência de indícios da prática de atos de improbidade administrativa”.

A negativa não significa, porém, que o presidente da Casa da Criança já possa ser considerado culpado. O desembargador ressaltou que a existência ou não de ato de improbidade administrativa na atuação de Renato somente será verificada durante o devido processo legal, observado o contraditório e a ampla defesa.

UMA NOVA RÁDIO FM EM JALES?

O Diário Oficial da União do dia 15 de maio trouxe uma novidade interessante.

Um despacho do ministro das Comunicações, Ricardo Berzoini, está homologando o processo de seleção que escolheu a “Fundação Onda Verde de Radiodifusão Brasil” para instalação de uma nova rádio em Frequência Modulada (FM) no município de Jales.

A publicação diz, ainda, que se trata de uma emissora educativa. Segundo o Decreto Lei 236, de 1967, as rádios educativas são voltadas à transmissão de programas exclusivamente educativo-culturais e não podem ter caráter comercial nem fins lucrativos. 

A entidade vencedora deverá submeter à aprovação do Ministério das Comunicações, no prazo de quatro meses, os locais escolhidos para a montagem da estação, bem como as plantas, orçamentos e todas as demais especificações técnicas dos equipamentos.

A Fundação Onda Verde tem como endereço o bairro de Campo Belo, em São Paulo, e, aparentemente, já possui outras emissoras de rádio. 

JUSTIÇA DE JALES DETERMINA APREENSÃO DE VEÍCULO PARA EXAME EM APARELHAGEM DE SOM

Decisão da Vara Cível Especial e Criminal de Jales, de ontem, é um alerta aos rapazes que abusam do som alto em seus veículos. Registre-se que, normalmente, o gosto musical desse pessoal que acha bacana exibir a potência da sua aparelhagem de som não é lá dos melhores, o que torna as coisas ainda piores para quem é obrigado a ouvir.

Mas, vamos à decisão: a Justiça acatou um pedido do Ministério Público e determinou a busca e apreensão do veículo pertencente a um morador do bairro Big Plaza, para um exame da aparelhagem  sonora.

O rapaz foi denunciado ao MP por perturbação do sossego. Segundo um morador do bairro, ele costumava ligar o som de madrugada e não dava a mínima para as reclamações da vizinhança. 

De acordo com a decisão da Justiça, o veículo seria devolvido após a perícia – da qual ficou incumbido o Instituto de Criminalística – mas a aparelhagem deverá ficar apreendida para o caso da necessidade de novos exames. A estratégia deverá proporcionar algumas noites de sono tranquilo à pacata comunidade do Big Plaza.

O juiz determinou, ainda, que fossem solicitadas ao órgão de trânsito as informações sobre a situação documental do veículo. Havendo alguma irregularidade, o morador do Big Plaza poderá ficar sem o seu possante.  

MAIS UMA TRAPALHADA DA ADMINISTRAÇÃO NICE MISTILIDES

DSC00128-ed

Um pouco antes de serem desapeados do poder, a ex-prefeita Nice Mistilides e o seu supersecretário Aldo Nunes de Sá patrocinaram uma penúltima trapalhada que poderá causar prejuízos a um empresário local.

Eles doaram ao empresário o terreno da foto acima, no Distrito Industrial III. Detalhe: o terreno já tinha dono, com escritura registrada em Cartório e tudo.

Na segunda-feira, 18, o dono do terreno – que foi doado a ele em 2012, ainda no governo Parini – levou um susto ao encontrar alguns pedreiros trabalhando no local.

O empresário que recebeu o terreno do governo Nice já investiu mais de R$ 30 mil no local, mas terá que, provavelmente, paralisar a obra. O abacaxi deverá chegar ao gabinete do prefeito Pedro Callado nos próximos dias, a fim de que ele o descasque.

Na edição deste final de semana, de A Tribuna, todos os detalhes sobre o caso. 

FUNCIONÁRIOS DO PAÇO MUNICIPAL SÃO RECEBIDOS COM MÚSICA ERUDITA

foto orquestra 001

Pelo jeito, minha amiga Drica está gostando da apresentação. A notícia é da Secretaria de Comunicação:

Na manhã da quarta-feira, 29 de maio, os funcionários públicos municipais foram surpreendidos ao chegarem à sede da prefeitura para o inicio do expediente. Um quarteto de cordas, formado por membros da Corporação Municipal Musical de Jales, apresentaram um recital de música erudita, pop e internacional. 

Gabriel Justo, Gabriel Mariano, Pablo de Almeida e Nilton Souza, jovens instrumentistas, com violinos, viola e violoncelo, encantaram e receberam aplausos de todos servidores que passaram pelo saguão de entrada do Paço. 

O maestro Edivaldo de Paula, organizador do evento cultural, afirmou que a ideia era justamente surpreender os funcionários e que a música erudita é uma forma de acalmar, relaxar, para que todos pudessem ter um dia mais alegre e produtivo. 

Edivaldo aproveitou o ensejo para convidar os que quiserem ingressar na orquestra, informando que a sede da corporação fica na Avenida Francisco Jalles, 2867, sob o viaduto Antonio Amaro. As matrículas estão abertas a todos, a partir de 9 anos de idade. Os alunos recebem ensinamento musical básico e material didático completo.

PREFEITO TUCANO DE MESÓPOLIS É INOCENTADO EM AÇÃO PENAL POR SUPOSTA COMPRA DE VOTOS

Leandro polarineO prefeito de Mesópolis, Leandro Aparecido Polarini(PSDB), é mais um tucano a se livrar, pelo menos temporariamente, das garras da Justiça. Nesse caso, da Justiça  Eleitoral.

O Tribunal Regional Eleitoral(TRE-SP) julgou improcedente – por cinco votos a zero – a Ação Penal movida contra ele e outras quatro pessoas, por suposta compra de votos durante as eleições de 2008, quando ele foi candidato a vice-prefeito, em dobradinha com Otávio Cianci.

A ação penal foi ajuizada depois de investigação da Polícia Federal de Jales, que apurou denúncia sobre a compra de votos, apresentada pelo ex-prefeito de Mesópolis, José Moreira.

De acordo com Ministério Público Eleitoral de Jales, a investigação da PF conseguiu juntar provas suficientes para comprovar o crime de compra de votos e de outros delitos que teriam sido praticados pelos investigados.

Tudo indica, porém, que, na opinião dos julgadores do TRE-SP, as investigações da PF e as provas citadas pelo MPE não comprovaram os crimes supostamente cometidos pelo pessoal de Mesópolis.

RESUMO: PEDRO CALLADO PARTICIPA DE INAUGURAÇÃO, VISITA BURACOS E RECEPCIONA ANTONIO FIGUEIRA

Clínica01

Com informações da Secretaria Municipal de Comunicação:

O prefeito Pedro participou, na manhã de segunda-feira, 18, da inauguração da clínica odontológica da cirurgiã-dentista Patrícia Pelarim Cassuci, localizada na Rua Quatro, esquina com a Treze. Na oportunidade, o prefeito desejou sucesso ao novo empreendimento.

Na semana passada, Callado já tinha participado de um tour por alguns bairros, na companhia dos vereadores Gilbertão e Nenê do Pet Shop. Segundo a assessoria do prefeito, ele teria ido verificar, in loco, os problemas existentes.

No Jardim Paraíso e  Cohab Dercílio de Carvalho, locais onde estava sendo realizada uma operação tapa-buracos, o prefeito ouviu atentamente as reclamações de moradores sobre diversos assuntos. Ele disse saber da existência de muitos buracos nas vias da cidade e garantiu que “por isso a operação tapa buracos vai continuar. Pouco a pouco vamos sanar o problema”.

figueira-calladoAntes da incursão aos bairros, Callado recebeu em seu gabinete o ex-vereador e médico pediatra Antônio Figueira Filho, um dos mais ilustres conterrâneos de Inocêncio de Oliveira e de Virgulino Ferreira, o Lampião.

Figueira e Callado abordaram diversos assuntos, entre eles a possível municipalização do Ambulatório Regional de Saúde/ARE que inclui o Ambulatório de Saúde Mental e o Centro Ambulatório de Reabilitação.

PRESIDENTE DO COREN VISITA HOSPITAL DE CÂNCER E MINISTRA PALESTRA A PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM

coren

Na semana passada, a presidente do COREN-SP, Fabíola de Campos Braga Mattozinho, fez uma visita ao Hospital de Câncer – Unidade de Jales, onde proferiu uma palestra com o tema “Aspectos Éticos e Legais do Exercício Profissional e a Segurança do Paciente”.

coren 2A palestra foi dirigida a enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem do hospital e faz parte de uma série de eventos promovidos em todo o estado de São Paulo, por conta das comemorações da Semana da Enfermagem 2015.

Aos que a ouviram, Fabíola disse, entre outras coisas, que “não adianta você ter um vasto conhecimento se você não souber aplica-lo dentro dos contextos éticos e legais”.

Além de detalhar pontos do Código de Ética do Profissional de Enfermagem, ela falou, também, sobre o tema “Competências, Habilidades e Atitudes”, analisando casos levantados em processos éticos.

LÍDER DE MOVIMENTO COXINHA CONTRA CORRUPÇÃO FOI DEMITIDO POR… CORRUPÇÃO

images_cms-image-000435218

A notícia é do portal Brasil 247, com base em reportagem do jornal A Tribuna, de Vitória(ES):

O líder do movimento Vem Pra Rua em Vitória, no Espírito Santo, foi flagrado por câmeras da Câmara Municipal da capital batendo o ponto de presença vestido de bermuda, camiseta, sandálias e óculos escuros e indo embora sem trabalhar.

O vídeo causou sua exoneração, mas ele afirma desconhecer as imagens e não se lembrar de ter feito isso. O fato aconteceu em março de 2013, mas o vídeo só foi divulgado ontem.

Fontoura foi um dos organizadores de manifestações contra a corrupção e contra a presidente Dilma Rousseff nas ruas de Vitória. Para ele, a divulgação do vídeo é uma “trama diabólica”.

Questionado pelo jornal A Tribuna sobre se sua conduta como assessor na Câmara condizia com o que prega nas ruas, Fontoura respondeu: “Minha luta sempre foi pública e quem me conhece sabe que eu não coaduno com nenhum tipo de malfeito”.

No último domingo 17, Armando Fontoura foi eleito secretário do diretório municipal do PSDB. O vídeo foi divulgado por integrantes da juventude do PSDB, após a eleição da Executiva Municipal da legenda.

Eles denunciam uma fraude na disputa interna: Armando Fontoura teria a senha do programa de filiação do partido e teria filiado várias pessoas de sua família para participar da eleição. “O Armando conseguiu filiar pessoas que nunca tiveram ligação com o PSDB. Ele ligou para os parentes irem votar. Teve gente que foi votar de pijama”, contou Bárbara Kuster, 25.

Para Elias José Salim, 20, a chapa vencedora, encabeçada por Wesley Goggi, e que tem Armando Fontoura como secretário, só está atrás de cargos, não tem ideologia. “Eles achavam que teriam cargo no governo com César Colnago (PSDB) como vice-governador”, disse. O líder do Vem Pra Rua respondeu ser normal ter parentes filiados ao partido, mas não precisou o número de familiares que foi votar por ele no domingo passado.

1 2 3 518