Arquivos do autor: cardosinho

JORNAL DE JALES: LUÍS HENRIQUE PROMETE REFORMA ADMINISTRATIVA E CORTE DE GASTOS

Eis a capa do Jornal de Jales deste domingo, cuja principal manchete destaca que o prefeito eleito, Luís Henrique Moreira(PSDB) está anunciando uma ampla reforma administrativa na Prefeitura de Jales. Em entrevista ao jornal, ele disse que “em relação ao enxugamento da máquina, pretendemos gerar economia aos cofres públicos desde uma simples conta de telefone, revisão de contratos já existentes, manutenção em geral, dentre outras medidas administrativas que com certeza vai gerar um resultado de economia aos cofres públicos. LH disse, ainda, que a vice-prefeita Marynilda Cavenaghi será seu braço direito.

O jornal está destacando, também, a eleição de três jalesenses para as câmaras municipais de Formosa(GO), Florianópolis(SC) e Araraquara(SP). Uma delas é a delegada de polícia Fernanda Lima, que passou para a história da cidade de Formosa ao ser eleita com a maior votação entre mais de 200 candidatos. Outro conterrâneo que se deu bem nas urnas foi o petista Paulo Paes Landim, reeleito para a Câmara de Araraquara aos 61 anos. A terceira jalesense eleita em outras plagas é a cientista social Carla Ayres, que, nas eleições de 2016, ficou na suplência e, nestas eleições de 2020, foi a candidata mais votada do PT de Florianópolis, com 2.094 votos.

Os estreantes eleitos para a Câmara Municipal de Jales, que serão maioria no Legislativo; a romaria dos 60 anos da Diocese, que acontece neste domingo com a realização de uma carreata; o alerta da ACIJ para os golpes que estão acontecendo em Jales no pagamento de boletos; o falecimento da professora Zuleika Carvalho, primeira presidente da APAE de Jales; o falecimento do advogado Fernando Neto Castelo, também colaborador da APAE; e o caso de uma mulher que caiu em um buraco de sete metros de profundidade, na ponte que liga o São Judas ao Jardim do Bosque, são outros assuntos do JJ.

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior comenta que o empresário e professor Rivelino Rodrigues(PP) voltou com força à cena política local, obtendo 809 votos, o terceiro mais votado. O colunista ressalta que Rivelino é do ramo em termos de campanha e lembra que ele foi o pioneiro no uso das redes sociais em campanhas eleitorais em Jales tendo estreado em 2000. Deonel não citou, mas, por conta desse pioneirismo, Rivelino ganhou do vereador Cartucheira o sarcástico apelido de “dabliu, dabliu, dabliu”. Cartucheira não botava fé nessa história de internet e rede social. 

ALCIONE – “ESTRANHA LOUCURA”

Com quase 50 anos de carreira, Alcione, a Marrom, é uma das mais consagradas sambistas do Brasil e uma intérprete reconhecida por sua voz grave e inconfundível. A cantora preferida do meu amigo Tinhoso está completando 73 anos neste sábado, dia 21.

Antes do aniversário, Alcione voltou aos palcos com seus sucessos em seu primeiro show aberto ao público, o que não acontecia desde o início da pandemia do coronavírus. O evento aconteceu na quinta, dia 19, no Bar Alcione, a Casa da Marrom, recém-inaugurado no Casa Shopping, na Barra da Tijuca.

Em homenagem à artista, o Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição), dono de um dos maiores bancos de dados da América Latina, fez um levantamento das músicas gravadas por ela mais tocadas nos últimos cinco anos.

Alcione tem 1.272 gravações cadastradas no banco de dados do Ecad. De todas, a mais tocada no Brasil nos últimos cinco anos foi “Meu ébano”, canção lançada há 15 anos e que fez parte do vigésimo sétimo álbum de estúdio da cantora, chamado “Uma Nova Paixão”. 

Alcione Dias Nazareth nasceu em São Luís, Maranhão no dia 21 de novembro de 1947. O nome de batismo foi ideia do pai, inspirado na personagem Alcione, a protagonista do romance espírita “Renúncia”, psicografado por Chico Xavier.

Foi o pai, que era maestro da banda da Polícia Militar do Maranhão e professor de música, quem ensinou Alcione a tocar alguns instrumentos de sopro, como trompete e clarinete.

Aos 18 anos de idade formou-se como professora primária na Escola de Curso Normal. Lecionou por dois anos, mas foi demitida aos 20 anos, por ensinar a seus alunos como se tocava trompete, querendo passar o aprendizado que recebeu, mas isso não agradou a direção da escola, que na época era muito rígida.

Depois disso, Alcione se mudou para o Rio de Janeiro, para tentar a carreira artística. As primeiras aparições foram no programa A Grande Chance, de Flávio Cavalcanti.

Alcione foi criada no catolicismo, mas converteu-se ao espiritismo há alguns anos, depois de ter sido curada de problemas nas cordas vocais. Com um tumor na laringe, a medicina a avisou de que só poderia cantar por mais um ano. Ela então se submeteu a uma operação espírita e, para surpresa dos médicos, se curou e pôde continuar cantando normalmente.

No vídeo, Alcione canta um de seus grandes sucessos – “Estranha Loucura” – que, segundo o levantamento do Ecad, está entre as cinco músicas de Alcione mais tocadas nos últimos cinco anos. Veja aqui.

PREFEITURA VAI À JUSTIÇA PARA COBRAR R$ 130 MIL DA CORPORAÇÃO MUSICAL DE JALES

O Tribunal de Contas do Estado e a Prefeitura de Jales parecem empenhados em por um fim a uma das poucas coisas da qual Jales pode se orgulhar na área cultural: a nossa Corporação Musical, que sobrevive há vários anos graças ao esforço de músicos abnegados.

Ontem, 20, a Prefeitura protocolou no Fórum local uma Ação de Execução de Título Extrajudicial, no valor de R$ 129.965,38, na qual a Corporação Musical de Jales aparece como executada.

Na ação, a municipalidade pede que a Justiça determine que o pagamento seja efetuado em três dias e, caso isso não ocorra, que seja providenciada a penhora bancária com o bloqueio de valores suficientes para o pagamento da obrigação.

Caso não sejam encontrados valores na conta corrente da Corporação – o que é bem provável – que seja, então, determinada a penhora de bens da entidade. Resumindo, a Corporação corre o risco de ter seus instrumentos penhorados.

A dívida é consequência de um decisão do conselheiro Josué Romeiro, do Tribunal de Contas do Estado. Em julho deste ano, ele condenou a Corporação Musical a devolver R$ 84,8 mil aos cofres públicos municipais. O valor é parte dos R$ 92 mil transferidos pela Prefeitura para a Corporação em 2017, cuja prestação de contas foi julgada irregular.

Atualizados, os R$ 84,8 mil já estão calculados em quase R$ 130 mil.

A TRIBUNA: ADVOGADO FLAGRA DESPEJO IRREGULAR DE LIXO POR EMPRESA E REGISTRA BOLETIM DE OCORRÊNCIAS NA POLÍCIA

No jornal A Tribuna deste final de semana, a principal manchete destaca frase do prefeito eleito Luís Henrique Moreira, onde se lê que “teremos uma Jales antes e outra depois de nossa administração”. A matéria diz que na primeira entrevista concedida pelo prefeito eleito, logo após a confirmação da sua vitória, ele garantiu que fará uma administração histórica e descartou que pretenda se candidatar a deputado em 2022. “O nosso projeto é fazer um mandato de quatro anos muito bem feito para ser um divisor de águas”, disse LH. Em entrevista ao jornal, LH reafirmou algumas propostas de campanha, como o corte de despesas, comentou a nova formação da Câmara Municipal e falou sobre abstenção.

Destaque, também, para a renovação da Câmara Municipal que, de acordo com o jornal, será de 70% para a próxima legislatura. Apenas três dos atuais vereadores foram reeleitos – Bismark (PSDB), Deley(DEM) e Zanetoni(PSD) – enquanto outros quatro tentaram a reeleição mas não conseguiram. Outra novidade foi a eleição de duas mulheres – Carol Amador(MDB) e Andrea Moreto(PODE) – algo que só tinha acontecido uma vez na história da Câmara, nas eleições de 2009, quando o PT elegeu duas vereadoras. Por outro lado, duas mulheres do Republicanos foram as menos votadas para vereador: Francieli Rizzi (zero votos) e Sônia Nazário (um voto).

A entrega do Kit Merenda pelo sexto mês consecutivo para famílias de alunos das escolas municipais; a campanha de vacinação contra a poliomielite, que foi prorrogada para o dia 30 de novembro; o alerta da ACIJ a respeito de golpes no pagamento de boletos em Jales; o despejo irregular de lixo praticado por uma empresa e flagrado por um advogado; os números da pandemia de coronavírus em Jales, que já registra 64 óbitos; e os agradecimentos dos candidatos Luís Especiato(PT) e Ailton Santana(PV) aos seus eleitores, são outros assuntos de A Tribuna.

Na coluna Enfoque, este aprendiz de blogueiro comenta que o ex-vereador Rivelino Rodrigues continua em forma, apesar de afastado da política há oito anos. Ele foi o terceiro mais votado nas eleições de domingo passado, com 809 votos. Desde 2000, quando estreou na política, Rivelino disputou quatro pleitos e foi eleito na quatro ocasiões, sempre com mais de 800 votos. De outro lado, o vereador Luiz Henrique Viotto, o Macetão, que é o candidato mais votado na história das eleições para a Câmara – ele obteve 2.338 votos em 2008 – foi uma das decepções do pleito deste ano, com apenas 264 votos.   

JANAÍNA PASCHOAL SE REVOLTA COM PUNIÇÃO DA GLOBO A APRESENTADORA QUE PUBLICOU FOTO COM JOICE

Esse pessoal da mídia não perde tempo. O narrador Luís Carlos Júnior, do SporTV, ex-marido da apresentadora Janaína Xavier, já está namorando a moça do tempo, a Jaqueline Brasil. E a Janaína já se ajeitou com um advogado. 

Luís Carlos e Janaína foram casados por 14 anos. Deu no portal da revista Fórum:

A informação de que o Grupo Globo puniu a apresentadora do Sportv, Janaína Xavier, por publicar uma foto com a então candidata do PSL à Prefeitura de São Paulo, Joice Hasselmann (PSL-SP), revoltou a deputada estadual Janaína Paschoal (PSL-SP), que acusou a emissora de se render à “imposição de uma agenda” da esquerda.

“O problema é tirar foto com político? Ou tirar foto com político de direita? Suspender a moça é mais que excessivo, resta incompatível com o proceder da emissora frente ao trato dispensado aos outros colaboradores. Isso não é “política da empresa”! É imposição de uma agenda!”, tuitou Janaína Paschoal.

Segundo o portal Uol, em comunicado, o Grupo Globo teria suspendido a xará da deputada estadual de suas atividades alertando para o “rigoroso” código interno da emissora, que proíbe publicações de “apoio ou repúdio a algum candidato”.

“Não devemos fazer posts de apoio ou repúdio a algum candidato; não devemos curtir posts de candidatos; e não devemos entrar em debates sobre este ou aquele candidato. Este princípio básico de isenção é importantíssimo para o nosso Jornalismo”, diz o comunicado, lembrando os “princípios editoriais” da Globo.

Janaína Xavier exibiu nos seus “stories” – mídias do Instagram que são apagadas após 24 horas – uma foto onde aparecia ao lado de Joice. Na mesma imagem estava o namorado da apresentadora, Gustavo Bonini Guedes, que é também advogado da então candidata do PSL.

FRASE

“Essa declaração do Mourão é um retrato perfeito do que é esse governo. Não basta dizer que não existe racismo. É preciso dizer isso no dia da Consciência Negra e após o assassinato brutal de um homem. É a ignorância e a burrice aliadas à maldade e a violência”

(Do humorista Fábio Porchat sobre declaração do vice-presidente Hamilton Mourão, que disse não haver racismo no Brasil).

DEU NA FOLHA NOROESTE DE HOJE

No jornal Folha Noroeste, edição digital deste sábado, destaque para a campanha de vacinação contra a Poliomielite que foi prorrogada até o dia 30 de novembro. A Secretaria Municipal de Saúde está informando que todas as crianças de 1 a 4 anos deverão receber as gotinhas contra a paralisia infantil nas unidades de saúde do município. Segundo a enfermeira da Vigilância Epidemiológica do município, Renata Forti Rachieli, a campanha não compreende apenas a prevenção da paralisia infantil, mas também todas as vacinas necessárias às crianças e adolescentes até os 15 anos. “É muito importante que os pais se conscientizem da importância de vacinar seus filhos. Nosso município apresenta coberturas vacinais relativamente baixas”.

O jornal fez um levantamento e publicou um ranking com os 23 vereadores mais votados em Jales, entre 1982 e 2020. O recordista é o vereador Macetão, que, em 2008, obteve 2.328 votos. A vereadora Pérola Cardoso é a segunda colocada com os 1.713 votos obtidos também em 2008. Luís Especiato vem a seguir com os 1.544 votos recebidos nas eleições de 1996, enquanto Tiquinho ocupa o quarto lugar, com 1.448 votos recebidos em 2012. Antonio Sanches Cardoso, o Rato, é o quinto colocado com 1.378 votos obtidos em 1992. O candidato mais votado em 2020, Ricardo Gouveia, com 1.197 votos, ocupa a 10ª posição. O vereador mais votado em 1982, Antonio Figueira Filho, é o 13º colocado, com 1.098 votos.

Na coluna FolhaGeral, o extremoso redator-chefe Roberto Carvalho comenta que, pela primeira vez na sua história, a Câmara de Jales atingiu um número inédito: dos 10 vereadores eleitos no pleito de domingo passado, nada menos que 09 são nascidos em Jales. A exceção é o comerciante Elder Mansueli, que nasceu em Palmeira D´Oeste. Segundo Roberto, a próxima legislatura em Jales é promissora, uma vez que a Câmara será formada por uma maioria de parlamentares relativamente jovens. Os mais experientes são Bismark e Zanetoni, com 56 anos, enquanto o mais jovem é o petista Hilton Marques, de 36 anos. O colunista lembra, por fim, que, pela segunda vez, a Câmara terá duas mulheres.

PT FOI O PARTIDO QUE MAIS CRESCEU EM NÚMERO DE VEREADORES NAS CIDADES COM MAIS DE 500 MIL HABITANTES

Nas 38 cidades brasileiras com mais de 500 mil habitantes moram 37% da população brasileira. A notícia é do Brasil 247:

Diferentemente do que setores da mídia tentam fazer crer, o PT apresentou nas eleições municipais um surpreendente crescimento nos grandes centros urbanos brasileiros. Foi o partido que mais avançou percentualmente em números de vereadores nas cidades com mais de 500 mil habitantes, segundo levantamento do cientista político Jairo Nicolau. Cresceu 6,6% contra 6,3% do DEM e 6,1% do Republicanos. O MDB cresceu 4,9% e o PSOL 4,8%.

Se reduzimos o universo pesquisado para apenas as capitais, o PT ficou ligeiramente abaixo (53 cadeiras a 50) somente do Republicanos, Ao contrário do MDB e do PSDB, que perderam posições nas câmaras das capitais, o PT, o PSOL, o DEM, o Republicanos, o Patriota e o PSD foram as únicas siglas que cresceram em cadeiras no legislativo municipal nestas cidades

Para o vice-presidente nacional do PT, Washington Quaquá, o crescimento do partido nas capitais é um indicador real e palpável da pujança partidária . E fundamental para a definição de estratégias para 2022.

-Em 2016, diante do massacre moral de setores da mídia, o PT recuou. Agora, estamos novamente avançando, numa demonstração da nossa força e de nossa capilaridade. Números de vereadores é um dado real, mostra a força e o tamanho efetivo de sua base – afirmou.

ELEIÇÕES MUNICIPAIS TIVERAM 78 BOLSONAROS E 26 LULAS. SÓ TRÊS SE ELEGERAM

Apesar de ter bem menos candidatos, o time dos Lulas ganhou por 2 a 1. Deu no Poder360:

Lula não foi eleito em São Domingos (MA). Jair Bolsonaro foi derrotado em Laranjal do Jari (AP). Tanto os candidatos que usaram o nome do ex-presidente quanto aqueles que adotaram o sobrenome do atual chefe do Executivo nas urnas não tiveram o sucesso que esperavam nas eleições municipais de 2020.

Dos 26 postulantes filiados ao PT que se identificaram com o nome do ex-presidente Lula, apenas 2 foram bem-sucedidos. Lula do Doce se elegeu vereador por Itaíba (PE), com 483 votos. Lula do Assentamento conquistou uma cadeira na Câmara Municipal de Alto Alegre (RO), com 166 votos. Entre os derrotados está Thamara Lula da Silva, que recebeu apenas 16 votos em Taquaritinga (SP), e Steve Melo Lula Livre da Silva, candidato escolhido por apenas 18 sapeaçuenses, do município de Sapeaçu (BA).

Já entre os candidatos que utilizaram o sobrenome Bolsonaro nas urnas, a taxa de sucesso foi ainda menor. Foi eleito apenas o mais conhecido deles: Carlos Bolsonaro, o “filho 02” do mandatário. Ele foi o 2º vereador mais votado do Rio de Janeiro (RJ), com 71.000 votos. Nas eleições de 2016, foi o mais votado, com 106.567 votos, número 35.567 maior que o alcançado na atual eleição.

Outros 77 Bolsonaros espalhados por 25 Estados não tiveram o mesmo sucesso que Carlos teve no pleito fluminense e não conseguiram se eleger. É o caso de Jair Bolsonaro, que se candidatou a vereador em Laranjal do Jari (AP) e conquistou 22 votos.

Também é o caso de Márcia Bolsonaro, de Irecê (BA), que recebeu apenas 6 votos. E de Bolsonaro Sergipano, que tentou uma vaga na Câmara de Aracaju (SE), mas foi votado por somente 286 pessoas.

Sergipano não ganhou a cadeira de vereador, mas viralizou nas redes sociais com as caracterizações que fez do presidente da República. Apareceu na propaganda eleitoral  da televisão com 1 terno, uma faixa presidencial fictícia, o cabelo penteado para o lado e finalizou a mensagem com o gesto de arma que o presidente costuma fazer.

Ainda no Nordeste, outro candidato atuante nas redes sociais que se gaba de semelhança física com o ídolo é Lula do PT. Ele se candidatou a vereador em Iguatu (CE). Além do nome, outra característica que aproxima os 2 Lulas é a profissão: o candidato de Iguatu é metalúrgico. Porém, não teve o sucesso que o pernambucano teve quando foi eleito e reeleito presidente. Teve apenas 83 votos.

ACIJ ALERTA SOBRE GOLPES NO PAGAMENTO DE BOLETOS EM JALES

A notícia é da assessoria de imprensa da ACIJ:

A ação de golpistas virtuais, especializados em fraudar boletos bancários, tem se tornado cada vez mais comuns no país. Esses criminosos já fizeram milhares de vítimas e o prejuízo é enorme, causando ônus em diversos setores da economia, empresas, clientes e instituições bancárias.

Recentemente, empresários de Jales, Sorocaba e outras cidades do estado registraram boletins de ocorrência depois de serem vítimas de estelionatários.

Os golpistas enviam e-mails falsos, contendo malwares (códigos maliciosos) em formato de anexos, fotos, avisos de cobrança e links para despertar a curiosidade. Quando o internauta abre e clica num desses conteúdos, seu computador é imediatamente infectado. Uma vez instalado, o vírus passa a monitorar o computador à distância.

A fraude acontece quando o vírus corrompe e altera o código de barras durante a geração/impressão do boleto, modificando o bloco de números que representa a conta corrente do favorecido e, sem que o usuário perceba, o pagamento é desviado para as contas bancárias dos fraudadores. Somente após finalizada a operação é que se descobre a fraude e o desvio do pagamento para uma conta desconhecida.

A Associação Comercial e Industrial de Jales alerta para os cuidados que devem ser tomados para evitar possíveis fraudes:

– Tenha sempre instalado um bom antivírus em seus computadores, tablets, smartphones e proceda sempre às atualizações de versão, pois todos os dias surgem novos vírus e tipos de golpes;

– Ao receber e-mails, não abra mensagens de origem desconhecida ou duvidosa, contendo links para atualização de dados cadastrais ou bancários, boletos, supostas fotos curiosas ou qualquer outro tipo de material anexo. Apenas descarte;

– Os sites dos bancos geralmente são seguros para pagamentos eletrônicos, desde que o seu computador não esteja infectado;

– Proteja seu patrimônio e mantenha-se informado.

Em caso de dúvidas ou de notar alguma suspeita de golpe em seu computador ou aparelho utilizado, procure ajuda de um especialista em TI, ou de uma empresa do ramo. Se for vítima da fraude, registre um boletim de ocorrência.

1 2 3 4 1.495