Arquivos do autor: cardosinho

AÇÃO CONJUNTA DAS POLÍCIAS DE SP E MS RESULTA NA PRISÃO DE DOIS TRAFICANTES E APREENSÃO DE 144 KG DE MACONHA

Nos primeiros minutos desta terça-feira (28/06) investigadores da DISE de Jales abordaram um automóvel no Distrito de Ida Iolanda/SP e localizaram em seu interior 99 tijolos de maconha, que pesaram aproximadamente 88 kg. Um rapaz de 24 anos foi preso em flagrante.As polícias dos estados vizinhos já investigavam o rapaz há algum tempo. Diante do flagrante, os policiais de MS foram até o local de onde observaram o veículo sair horas antes e localizaram mais 56 tijolos de maconha, que pesaram cerca de 49 kg. Outro rapaz que estava no imóvel também foi preso em flagrante.As investigações foram coordenadas pelos delegados da DISE de Jales/SP, Dr. Ademir Gasques Sanches Júnior e Dr. Fernando Casatti, de Três Lagoas/MS.

BOLSONARO DIZ QUE PESQUISA DATAFOLHA É FAKENEWS E INDICA MAIS UMA VEZ QUE NÃO ACEITARÁ DERROTA

De fakenews o Bozo entende. A notícia é do Brasil 247:

Jair Bolsonaro (PL) atacou mais uma vez nesta segunda-feira (27) o Datafolha, após o instituto de pesquisas de opinião apontar, de novo, para uma vitória do ex-presidente Lula (PT) no primeiro turno da eleição presidencial.

“Se tivesse um inquérito sério de fake news, investigaria o Datafolha”, disse o chefe do governo a apoiadores no Palácio da Alvorada, em referência ao inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF), relatado pelo ministro Alexandre de Moraes, que investiga a atuação de milícias digitais.

Bolsonaro tem intensificado suas declarações no sentido de que não aceitará o resultado das urnas eletrônicas. No último final de semana, ele resgatou no WhatsApp uma mensagem antiga de um coronel da Polícia Militar para avisar que a corporação “seguirá o Exército em caso de ruptura institucional”. As Forças Armadas se aliaram aos ataques de Bolsonaro ao processo eleitoral.

A jornalista Maria Christina Fernandes, analista política do Valor Econômico, afirma que Bolsonaro já deixou claro que não espera mais vencer as eleições no voto.

Sua estratégia é contestar o resultado que caminha para a vitória inexorável e incontestável de Lula, que foi mantido como preso político em 2018 para que Bolsonaro pudesse ser eleito. “Bolsonaro está mais focado na contestação dos votos do que na obtenção de um resultado eleitoral favorável nas urnas”.

LUÍS HENRIQUE MANDA SECRETÁRIOS A LENÇÓIS PAULISTA PARA CONHECER FUNCIONAMENTO DA GUARDA CIVIL MUNICIPAL

Em maio deste ano, respondendo questionamento da vereadora Ana Carolina Amador(MDB) sobre a implantação da Guarda Civil Municipal (GCM), o diretor do Departamento de Mobilidade Urbana, Althair Ramos León, garantiu que a administração já estava desenvolvendo os estudos necessários para instituição do serviço.

E parece que está mesmo! Na semana passada, uma notícia pendurada no portal da Prefeitura de Lençóis Paulista dava conta de que dois ilustres jalesenses fizeram um visita àquela próspera urbe (aqui).

Os dois jalesenses são assessores do prefeito Luís Henrique Moreira(PSDB) – o secretário de Governo, Wellington Lima Assunção, e o secretário de Mobilidade Urbana e Segurança Pública, Wagner Roberto Coneglian. 

O objetivo da visita dos dois secretários foi conhecer a estrutura e o funcionamento da Guarda Civil Municipal daquela cidade, que, segundo a notícia, é referência para todo o estado de São Paulo.

A notícia cravou, ainda, que se tudo correr bem, Coneglian será o comandante da GCM de Jales.

VEREADOR ELDER MANSUELI VAI A TABOÃO DA SERRA E DECLARA APOIO A ADVERSÁRIO DE ANALICE FERNANDES

O vereador Elder Mansueli(Podemos) que tirou fotos com a deputada Analice Fernandes(PSDB) na última visita que ela fez a Jales, aproveitou a segunda-feira, 20, para fazer uma incursão a Taboão da Serra, principal reduto da deputada. Não pensem, no entanto, que Elder foi até lá para um tête-à-tête com Analice. Muito pelo contrário…

Segundo um jornal de Taboão da Serra, Elder esteve por lá para uma visita ao prefeito José Aprígio da Silva, também do Podemos, adversário político do grupo de Analice Fernandes.

Elder estava acompanhado pelo pré-candidato a deputado estadual Eduardo Nóbrega, que ocupou um cargo na administração de Aprígio até março deste ano. Nóbrega, que já foi vereador por dois mandatos em Taboão vai, com o apoio de Aprígio, tentar atrapalhar a reeleição de Analice.

Aprígio, que foi deputado estadual até 2020, quando deixou a Assembleia para disputar a Prefeitura de Taboão, não é muito fã da família Fernandes. Para chegar ao comando da Prefeitura, ele derrotou o apadrinhado de Fernando Fernandes, marido de Analice. Mas o clima entre Aprígio e os Fernandes já vinha esquentando bem antes das eleições.

Em dezembro de 2019, por exemplo, ele e Analice trocaram farpas durante uma sessão da Assembleia Legislativa. Dirigindo-se a Analice, Aprígio disse que, “depois de certas mentiras de alguns políticos da nossa região, resolvi usar a tribuna e perguntar para a deputada Analice se ela sabe quantas casas o marido dela construiu em 16 anos?”.

Analice tentou dar uma resposta, mas Aprígio não deixou e cuidou ele próprio de responder. “Nenhuma! O último conjunto habitacional de Taboão foi feito pelo PT e o seu marido nem foi na inauguração. A Dilma foi, o Lula foi, e o seu marido que era prefeito nem apareceu lá”, esbravejou o desafeto de Analice.

Na visita a Taboão, Elder Mansueli afirmou que vê com bons olhos a candidatura de Eduardo Nóbrega, mas, como se vê, ao apoiar um aliado de Aprígio para deputado estadual, o nosso vereador pode estar se metendo em briga de gente grande.

JORNAL DE JALES: APREENSÃO DE UMA TONELADA DE MACONHA PELA POLÍCIA MILITAR RODOVIÁRIA DA REGIÃO REPERCUTE NA MÍDIA

Eis a capa do Jornal de Jales deste domingo, cuja principal manchete destaca os efeitos negativos da chamada PEC dos Combustíveis – aquela que limita o ICMS dos combustíveis ao teto de 17% – nas finanças das prefeituras de todo o Brasil. Segundo entidades municipalistas, incluindo a Confederação Nacional dos Municípios, o volume de perdas será astronômico. Economistas ligados ao setor público estimam que os municípios da nossa região sofrerão perdas de R$ 88 milhões. Nas contas de quem entende do riscado, a Prefeitura de Jales deverá receber R$ 1,6 milhão a menos nos repasses do ICMS para este ano. Rio Preto perderá R$ 16,3 milhões.

Destaque, igualmente, para a atuação da Polícia Militar Rodoviária da região, que, na terça-feira, 21, apreendeu uma tonelada de maconha na Rodovia Euclides da Cunha. O caso teve amplo destaque em sites de notícias e na televisão por ser a maior apreensão de drogas no ano, na região. De acordo com as informações, o condutor de um Fiat/Toro, morador da região de Campinas, tentou fugir mas foi interceptado pelos policiais rodoviários. A droga e o veículo foram apreendidos e o condutor foi preso em flagrante por tráfico de drogas, conduzidos à sede da Delegacia da Polícia Federal de Jales.

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior está informando que a deputada Analice Fernandes passou mal durante visita à Santa Casa de Jales. Segundo Deonel, Analice, que acompanhou o governador Rodrigo Garcia em concentração na Santa Casa, no dia 17 passado, deu um susto nos assessores, correligionários e demais presentes, ao sentir um mal estar e tendo que deixar a cerimônia. Atendida pelo médico de plantão, ela se recuperou. Deonel ressalta, ainda, que Analice esteve em Jales pela terceira semana seguida, dessa vez para participar do Chá, que é considerado o maior encontro feminino da região noroeste, realizado ontem, 25.

GILBERTO GIL E CAETANO VELOSO – “DRÃO”

Nascido a 26 de junho de 1942, em Salvador, o baiano Gilberto Passos Gil Moreira, um dos maiores nomes da MPB e uma referência na cultura brasileira, completa 80 anos nesse domingo. Mesmo o mais arrebatado e ignorante eleitor de Jair Bolsonaro em algum momento da vida já se deixou envolver por alguma música de Gil.

Gil se casou pela primeira vez ainda muito jovem, em 1964, com Belinda, com quem viveu até 1967 e teve duas filhas, Nara e Marília. Em março de 1967, ele se separou de Belinda e passou a viver com a cantora Nana Caymmi, mas esse segundo casamento durou pouco mais de um ano e não produziu nenhum filho. Nana já tinha três filhos do primeiro casamento com um médico venezuelano.

Em novembro de 1968, ele começa a namorar a bancária Sandra Gadelha, com quem se casou em março do ano seguinte. Em meio a isso, Gilberto Gil foi preso pela ditadura militar e obrigado a deixar o país, exilando-se em Londres. Com Sandra, Gil teve três filhos: Pedro – que nasceu em 1970, em Londres, e faleceu aos 19 anos, depois de um acidente de carro, no Rio de Janeiro – Preta e Maria.

O casamento com Sandra durou 11 anos. Em 1979, ele se encantou pela comerciária Flora Nair Giordano, com quem juntou as escovas de dentes em 1980. Com Flora, sua atual mulher, Gil teve mais três filhos: Bem, Isabela (Bela) e José Gil. Este último nasceu em agosto de 1991, apenas três meses depois do falecimento do avô José Gil Moreira.

No vídeo abaixo, em que Gil canta “Drão”, a quarta mulher dele, Flora, aparece na plateia, ao lado da Preta Gil. Era natural que ela estivesse na plateia, mas a música foi feita para a terceira mulher de Gil, Sandra. “Drão”, uma música que fala de amor e desamor, foi feita pra ela, quando o casamento já estava terminando. Segundo Gil, foi uma música difícil de compor. “Drão” é o apelido de Sandra.

“Sua criação apresentou altos graus de dificuldade porque ela lidava com um assunto denso – o rompimento, o final de um casamento, porque era uma canção para Sandra e para mim. Foi uma música que consumiu dias e dias de trabalho”, explicou Gil no livro Todas as Letras

Vamos, então, ao vídeo. E vida longa ao Gilberto Gil.

A TRIBUNA: SHOW DE LUAN SANTANA NA FESTA DE ANIVERSÁRIO DE URÂNIA CUSTOU R$ 235 MIL

No jornal A Tribuna deste final de semana, a principal manchete destaca que a revitalização da avenida “Paulo Marcondes” deverá começar em alguns dias, antes do período eleitoral. A matéria diz que a ordem de serviços para início da obra – uma das principais do governo Luís Henrique – que inclui recapeamento, troca da iluminação e construção de uma pista de caminhada, deverá ser emitida antes do dia 02 de julho. A partir dessa data, fica proibido o início de obras financiadas com recursos federais e estaduais, até o final do período eleitoral. A informação é do secretário de Fazenda, Ademir Maschio, que confirmou o sucesso da concorrência realizada na quinta-feira, 23, para contratação das empresas que realizarão as obras.

Destaque, igualmente, para o caso dos chamados “predinhos do Sakashita”, que, dezoito anos depois de inaugurados, continuam sem documentação. Inaugurado em 2004, o conjunto habitacional Jales H, batizado de “Wladimir Antonio Prandi”, localizado nas proximidades do Sakashita Supermercado da avenida “João Amadeu”, permanece sem a documentação definitiva. Segundo o jornal, isso impede que os 96 proprietários dos apartamentos consigam o registro dos imóveis em cartório e os consequentes benefícios que isso proporciona.

E voltando à seara das licitações, a coluna Enfoque está informando que a empreiteira Max Construções Ltda, do tucano Ayres Lenar Maximiano, foi a vencedora da licitação para a reforma e adequação do ginásio de esportes “Waldemar Lopes Ferraz”. A obra estava estimada em R$ 2 milhões, mas empresa está prometendo executar os serviços por R$ 1.945.724,03. A Max disputou, também, a licitação para construção do palco de eventos da Praça “Euphly Jalles”, estimada em R$ 937 mil, mas a ganhadora foi a Construtora Trapézio, de Fernandópolis, com uma proposta de R$ 849,8 mil. A coluna está informando, ainda, que o show do cantante Luan Santana em Urânia custou R$ 235 mil.

LEI DO ICMS SANCIONADA POR BOLSONARO IRÁ TIRAR CERCA DE R$ 1,8 MILHÃO DE JALES EM 2022

Segundo matéria do Diário da Região, o projeto aprovado pelo Congresso – e sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro – que estabelece o teto de 17% para o ICMS dos combustíveis irá causar uma perda de R$ 88,6 milhões aos 97 municípios da região de São José do Rio Preto, apenas neste ano.

Rio Preto, a maior cidade da região, irá perder R$ 16,3 milhões em 2022 e cerca de R$ 34 milhões em 2023, o que está deixando o prefeito Edinho Araújo com os cabelos em pé. O cálculo é da Confederação Nacional dos Municípios (CNM).

A CNM estima que Votuporanga irá perder R$ 3,4 milhões, enquanto Fernandópolis deixará de arrecadar R$ 2,8 milhões até o final do ano. Jales não é citada na matéria do Diário, mas tudo indica que vamos perder cerca de R$ 1,8 milhão em 2022.

Para o ano que vem, o estrago será bem maior: segundo os cálculos da CNM, as perdas de 2023 serão de pouco mais que o dobro das perdas deste ano. No caso de Jales, coisa de R$ 4 milhões.

MARISA MONTE FAZ HOMENAGEM A DOM E BRUNO DURANTE SHOW EM LONDRES

Deu no DCM:

Em show em Londres, na Inglaterra, a cantora e compositora Marisa Monte homenageou o jornalista britânico Dom Phillips e o indigenista pernambucano Bruno Pereira, assassinados no Vale do Javari, no Amazonas, após ficarem desaparecidos por mais de 10 dias.

Ao final da performance, no Barbican Concert Hall, a artista se reuniu com toda a banda e uma foto de Bruno e Dom foi projetada ao fundo do palco, recebendo os aplausos do público.

Em seu Instagram, Marisa postou um vídeo do momento com a legenda: “Obrigada Dom e Bruno. Vocês são nossos heróis. Nossa solidariedade aos amigos e familiares”.

Outros grandes nomes da música brasileira, como Caetano Veloso, Emicida e Andreas Kisser, já fizeram homenagens aos dois durante apresentações, mostrando indignação com o descaso do governo do presidente Jair Bolsonaro (PL) em relação à morte deles.

1 2 3 4 1.696