Arquivos do autor: cardosinho

JORNAL DE JALES: REGIÃO DE RIO PRETO, QUE INCLUI JALES, POSSUI O MAIOR ÍNDICE DE ÓBITOS POR COVID DO ESTADO

Eis a capa do Jornal de Jales deste domingo, cuja principal manchete destaca um estudo feito pelo Departamento de Cartografia da Unesp, onde se constatou que a região de São José do Rio Preto tem as mais altas taxas de óbitos por covid do estado. Segundo o jornal, o estudo da Unesp confirma pesquisa divulgada pela Confederação Nacional da Indústria(CNI), informando que três em cada quatro brasileiros perderam alguém para a covid. Entre aqueles que conhecem alguém que morreu na pandemia, 53% disseram ter perdido um amigo, 25% um parente que mora em outra residência e 15% um colega de trabalho. A pesquisa mostrou, também, que 56% da população brasileira tem muito medo da covid.

O jornal está destacando, igualmente, que o governo estadual vai investir R$ 17 milhões na recuperação dos 20 quilômetros da estrada vicinal Jales-Dirce Reis. O recapeamento daquela vicinal foi incluída na primeira fase do programa “Novas Estradas Municipais”, lançado na última quarta-feira, 05, pelo governador João Dória. Segundo o jornal, o recapeamento daquela via era a maior aspiração dos moradores de Dirce Reis e contempla também os habitantes de Jales que precisam escoar o que é produzido em propriedades situadas ao longo da vicinal.

A carreata dos bolsonaristas de Jales, realizada no sábado passado, dia 1º de maio, em que os simpatizantes de Jair Bolsonaro o “autorizaram a agir”; o número de novas empresas abertas em Jales no primeiro quadrimestre deste ano, que aumentou 70% em relação ao mesmo período de 2020; os falecimentos do ex-vereador Sílvio Cintra e da professora Aparecida Bello Leal; a operação “Grão Branco” da Polícia Federal, que prendeu acusados de tráfico internacional de drogas; e as homenagens às mães, são outros assuntos do JJ.

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior voltou a destacar a deputada federal Carla Zambelli, proeminente integrante da tropa de choque de Bolsonaro e conhecida propagadora de fake news. O colunista lembrou que La Zambelli é a madrinha do projeto que prevê a instalação de um hospital de doenças raras em área do Jales Clube. Ele informou que, em agradecimento, o presidente do clube, Clóvis Pereira, de 82 anos, está prometendo voltar às ruas em 2022 para fazer campanha para a deputada. Segundo Deonel, o objetivo de Clóvis é dar a Carla uma votação compatível com a grandeza do projeto amadrinhado por ela.

MARTINHO DA VILA – “TOM MAIOR”

Em 1966, inspirado na gravidez de sua primeira mulher, Anália Mendonça, o cantor, compositor e escritor Martinho da Vila compôs o samba “Tom Maior”, que seria gravado três anos depois, em 1969, no seu primeiro LP.

Na música, Martinho fala da expectativa de um filho que estava por vir e da sua esperança de que o herdeiro – na verdade, uma herdeira, mas ele ainda não sabia – viveria em um Brasil melhor, onde seria um homem de bem, que amaria a liberdade e só cantaria em tom maior.

Mas, por que em tom maior? É simples: em geral, as músicas compostas em escala maior, ou seja, em tom maior, são consideradas mais felizes. De outro lado, as canções em tom menor são, normalmente, tristes, embora haja exceções.

Dois exemplos clássicos são a alegre “Marcha Nupcial”, de Mendelssohn, composta em dó maior para animar casamentos, e a tristíssima “Marcha Fúnebre”, de Chopin, escrita em si bemol menor.

Na música popular, a melancólica “Contrato de Separação”, que arrancou lágrimas de Nana Caymmi, e a sofrida “Atrás da Porta”, que fez Elis Regina chorar, foram compostas em tons menores – sol menor e mi menor, respectivamente.

Em “Qualquer Canção”, uma linda e tristonha música do Chico Buarque, que a Leila Pinheiro canta divinamente, o compositor, não por acaso, diz que “é melhor sofrer em dó menor / do que você sofrer calado”.

Assim, quando Martinho da Vila diz, esperançoso, que seu filho só vai cantar em tom maior, ele estava desejando que o herdeiro fosse feliz e vivesse em um país melhor do que o Brasil de 1966. Infelizmente, o país não melhorou muito e, governado por um psicopata, vive um momento cuja trilha sonora é toda em tom menor.

No vídeo, Martinho da Vilela dedica “Tom Maior” a todas as mamães:

A TRIBUNA: JALES CLUBE ANUNCIA ENCERRAMENTO DE ATIVIDADES

No jornal A Tribuna deste final de semana, o principal destaque é o anúncio do recapeamento da vicinal que liga Jales a Dirce Reis. A vicinal tem 20 quilômetros, sendo que 9 deles no município de Jales, batizados com o nome de “Vitório Prandi”, e os outros 11, no município de Dirce Reis receberam o nome de “Raphael Cavalin”. O anúncio do recape foi feito na quarta-feira, 05, pelo governador João Dória, em cerimônia realizada no Palácio dos Bandeirantes, com as presenças do prefeito Luís Henrique Moreira, do vice-governador Rodrigo Garcia e dos deputados Analice Fernandes e Itamar Borges. Os 20 quilômetros de recapeamento deverão custar R$ 17 milhões ao estado.

Destaque, igualmente, para o encerramento das atividades do Jales Clube. Maior clube de campo da cidade, o Jales Clube está decidido a não mais receber associados e visitantes, depois de quatro décadas de atividades, que incluem memoráveis bailes de carnaval. A notícia foi dada na manhã de domingo, 02, por um dos fundadores do clube e seu mais longevo presidente, o empresário Clóvis Pereira. Clóvis não deu entrevistas sobre o assunto, mas, segundo informações obtidas pelo jornal, parte da sede será destinada à implantação de um hospital de doenças raras e outra parte ficará com uma entidade assistencial.

A autorização da ANTT para desapropriação de duas áreas à beira da ferrovia, em Jales, visando a construção de um viaduto sobre a linha férrea; a campanha de arrecadação de alimentos capitaneada pela Secretaria Municipal de Esportes; a posse dos novos conselheiros do Instituto Municipal de Previdência Social; o anúncio do governador João Dória, que estendeu a fase de transição do Plano SP contra o coronavírus, por mais duas semanas; e o adiamento da votação do projeto de autoria da vereadora Andrea Moreto Gonçalves, que proíbe a utilização de fogos de artifícios barulhentos na cidade, são outros assuntos de A Tribuna.

Na coluna Enfoque, destaque para o requerimento do vereador Hilton Marques(PT), que está questionando o prefeito Luís Henrique sobre qual destino será dado às pedras “petit-pavé” que estão sendo retiradas da Praça “Euphly Jalles”, por conta de uma reforma. O vereador tem lá suas razões para estar preocupado, uma vez que ninguém sabe dizer, até hoje, onde foram parar as pedras retiradas do centro da comercial da cidade por ocasião da repaginação das calçadas. A coluna traz, também, informações sobre a defesa do vereador Elder Mansueli(PODE) na ação de indenização por danos morais movida contra ele pelo prefeito Luís Henrique.  

MULHER DE 42 ANOS É A QUINTA VÍTIMA DA COVID EM FAMÍLIA DE JALESENSES

A notícia é do jornal Extra, de Fernandópolis:

Morreu nesta sexta-feira, 07, em Fernandópolis, Thaisa Oliveira, aos 42 anos de idade, vítima de complicações causadas pela covid-19.

Ela estava internada na Santa Casa de Fernandópolis há cerca de um mês, mas infelizmente não resistiu.

Thaisa, no entanto, não é a primeira vítima da covid na família, sua mãe faleceu há cerca 20 dias atrás, enquanto seu pai morreu ainda nesta semana. Os avós também foram vítimas da doença.

Inúmeras mensagens e homenagens foram feitas nas redes sociais de Thaisa, que era muito querida por todo seu círculo de amizades e familiares.

Como deixa claro a notícia do Extra, Thaisa foi a quinta pessoa de uma mesma família a falecer em consequência da covid. Os primeiros a morrer foram os avós.

Thaisa era filha do meu ex-colega de Banco do Brasil, Nicolau Silva de Oliveira, que faleceu na madrugada de quarta-feira, 06, e da Beatriz Caselato de Oliveira, falecida há menos de um mês, ambos vítimas da covid.

Beatriz, a mãe, estudou na EE “Euphly Jalles” e na Faculdade de Ciências e Letras de Jales. Era irmã do conhecidíssimo ex-craque de futebol Carlinhos Caselato, que mora em Santa Fé do Sul há vários anos.

Já o Nicolau trabalhou muitos anos na agência de Fernandópolis do Banco do Brasil e, por isso, era muito conhecido por lá. Depois da aposentadoria, ele – que é irmão do Salvador, da Fuga Couros, e do Jayme, da Sabesp – voltou a morar em Jales. Homem que valorizava a amizade, ele ajudou na campanha da ex-vereadora Tatinha, em 2008, como voluntário, sem nunca pedir nada em troca.

Esportista nato, ele foi atleta de futebol amador e, já veterano, integrou a equipe de vôlei adaptado de Jales. Na quarta-feira, 06, a página da Confederação Brasileira de Vôlei Adaptado (CBVA), no Facebook, registrou o falecimento de Nicolau:

 

PERFIL QUE DESMASCARA PRESIDENTE TIRA BOLSONARISTAS DO SÉRIO

Esse pessoal vai ter que trabalhar 24 horas por dia para desmentir todas as invencionices do Bozo. Deu no portal da Fórum:

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro estão revoltados com um perfil do Twitter e têm se mobilizado para derrubá-lo. Trata-se do perfil “Desmentindo Bolsonaro”, que todos os dias desmente ou esclarece declarações do titular do Planalto ou mesmo de congressistas apoiadores do governo.

Os “desmentidos”, feitos com vídeos que confrontam as declarações, são inúmeros: falas contraditórias de Bolsonaro sobre a Covid-19, vacinação, acusações e ataques à imprensa, sistema eleitoral brasileiro, cloroquina e uma infinidade de assuntos sobre os quais o presidente mente.

A página vem ganhando impulso principalmente em meio à realização da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que apura as omissões do governo no combate à pandemia, a CPI do Genocídio. Esse crescimento do engajamento do perfil Desmentindo Bolsonaro incomodou apoiadores do presidente.

“Peço ajuda para bloquear um grupo que está pegando vídeos de Bolsonaro falando que mentira (sic) e depois mostram comprovações para derrubar a credibilidade do nosso presidente. Estão começando igual ao Sleeping”, diz uma postagem de um bolsonarista que pede ajuda contra o perfil e faz referência à página Sleeping Giants, que expõe empresas que patrocinam ou anunciam em sites de fake news e discurso de ódio.

A reação dos bolsonaristas contra o perfil que desmascara o presidente, no entanto, gerou efeito contrário e a página ganhou ainda mais repercussão, fazendo a hashtag #DesmentindoBolsonaro chegar ao topo dos assuntos mais comentados do Twitter neste sábado (8).

DEU NA FOLHA NOROESTE DE HOJE

No jornal Folha Noroeste, edição digital deste sábado, o principal destaque é a previsão da ACIJ a respeito do aumento das vendas do comércio por conta do Dia das Mães. Segundo a matéria, a expectativa da ACIJ é de um crescimento entre 3% e 5% nas vendas nesse período, em comparação com as vendas do ano passado. Uma pesquisa feita pela equipe de comunicação da entidade mostra que a maior parte dos entrevistados – 77% – pretende gastar até R$ 100,00 com o presente da mamãe, enquanto os outros 23% estão dispostos a investir mais de R$ 100,00 no presente. Outro dado da pesquisa , realizada durante a semana, mostra que apenas 38% dos jalesenses já tinham comprado o presente, enquanto os outros 62% disseram que irão comprar um mimo para a mãe, mas deixaram isso para a última hora.

Outro assunto do jornal é a campanha Vacinação Solidária, patrocinada pelo Fundo Social de Solidariedade, comandado pela primeira-dama Alziane Rossafa, que está arrecadando alimentos junto às pessoas que estão sendo vacinadas contra a covid. Segundo a matéria, a campanha arrecadou mais de três toneladas de alimentos e distribuiu 320 cestas básicas durante o mês de abril, beneficiando centenas de famílias. A primeira-dama Alziane ressaltou que a campanha vem fazendo a diferença na mesa de muitas famílias e garantiu que “o objetivo é um só: ajudar, neste momento de pandemia, as pessoas que estão necessitando de ajuda”.

Na coluna FolhaGeral, o buliçoso redator-chefe Roberto Carvalho comenta que, em Jales, os cidadãos envolvidos com a causa da proteção aos animais, principalmente de cães, estão divulgando em suas redes sociais os nomes dos vereadores que, em princípio, se colocaram contra um projeto de lei da vereadora Andrea Moreto, que protege não só os animais mas também os ouvidos humanos, ao proibir a soltura de fogos de artifícios barulhentos. Na sessão de segunda-feira, os vereadores Ricardo Gouveia, Bruno de Paula e João Zanetoni se mostraram favoráveis, enquanto o vereador Deley defendeu que o projeto fosse melhor discutido com setores da comunidade, mas a discussão, na Câmara, foi interrompida por um pedido de vistas do secretário Rivelino Rodrigues.

“ME ARREPENDO ATÉ O ÚLTIMO FIO DE CABELO”, DIZ ROSÂNGELA MORO SOBRE VOTO EM BOLSONARO

A conja está arrependida, mas não é pelo que o Bozo está fazendo com o Brasil. É apenas porque os interesses pessoais do casal Moro, como aquela prometida cadeira no STF, não foram atendidos. Deu no Brasil 247:

Rosangela Moro, esposa do ex-juiz Sergio Moro, declarado parcial e suspeito pelo Supremo Tribunal Federal (STF), publicou foto no Instagram na noite desta quinta-feira (6) em frente à Fontana di Trevi, em janeiro de 2020.

Na legenda, Rosangela escreveu: “se soubéssemos que o mundo ia passar por essa pandemia horrível, eu teria feito outro pedido quando lancei minha moedinha na fonte”. De acordo com a tradição, joga-se uma moeda na Fontana di Trevi para garantir uma nova visita a Roma, na Itália. Para se apaixonar na cidade, joga-se duas e, para casar, três.

Nos comentários, uma usuária rebateu Rosangela: “bastava não ter votado em Jair Bolsonaro”. “Me arrependo até o último fio de cabelo!”, respondeu então a esposa do ex-juiz. Em fevereiro de 2020, no entanto, Rosangela disse ser “pró-governo federal” e afirmou que seu marido e Bolsonaro eram “uma coisa só“. 

HOSPITAL DE AMOR PRESTA HOMENAGENS A SUA EQUIPE DE ENFERMAGEM COM PROGRAMAÇÃO ESPECIAL

A notícia foi enviada pela Dara Freitas, assessora de imprensa do Hospital de Amor

O Hospital de Amor Jales estará realizando uma homenagem especial à equipe de enfermagem durante todo o mês para comemorar o dia do enfermeiro, lembrado no dia 12 e do técnico de enfermagem, no dia 20 de maio.

Segundo a enfermeira responsável técnica da unidade, Talita Amaral Macedo, a programação incluí uma exposição fotográfica com o tema “TBT – Throwback Thursday” – que em português significa: ‘quinta-feira nostálgica’, com fotos especiais enviadas pelas equipes e que marcaram o colaborador de alguma forma em relação ao trabalho.

As imagens já estão expostas e ficarão até o fim do mês de maio. Além desta ação, a unidade também preparou algumas palestras virtuais de capacitação aos colaboradores. “Tudo tem sido feito e pensado na valorização do profissional, para que ele se sinta especial e representado”, declarou Talita. Todas as ações estão sendo pensadas e desenvolvidas na realidade da pandemia.

Para a gerente administrativa da unidade, Camila Venturini, a equipe de enfermagem tem papel fundamental do ponto de vista da assistência. Segundo ela, só é possível atender os pacientes de modo satisfatório, quando se tem profissionais extremamente capacitados. “O que adianta ter os melhores protocolos de atendimentos e os melhores remédios, se não houver ótimos colaboradores, que além de desenvolverem a técnica de forma correta, também adotam a humanização como base fundamental do trabalho”, declarou.

No momento, o HA Jales, conta com 40 % do quadro de funcionários composto pela enfermagem. Assim como a matriz, em Barretos (SP), a equipe atua em diversas frentes, como tratamento, cuidado, ensino, pesquisa e administrativa. “A enfermagem está preparada para atuar em planos de ações, eleger prioridades, orientar doentes e familiares, manejar equipes e além de tudo isso, dedicar-se à maior de suas vocações que é o: cuidar”, declarou a RT.

“Para nós, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, cuidar vai além de um curativo, puncionar uma veia ou administrar uma medicação. É respeitar e entender a dor, agindo sempre para tentar atenuar o sofrimento do outro”, finalizou Talita.

PREFEITO DE MOGI DAS CRUZES EDITA FOTO E APAGA IMAGEM DE BOLSONARO

A notícia é do Poder360:

O prefeito de Mogi das Cruzes (SP), Caio Cunha (Podemos), editou foto antes de publicar nas redes sociais e tirou a imagem do presidente Jair Bolsonaro. No lugar, colocou uma imagem de paisagem.

Na foto, Caio Cunha está ao lado do ministro do Turismo, Gilson Machado, e do deputado federal Marco Bertaiolli (PSD-SP). No encontro, realizado em Brasília, o ministro liberou para o prefeito R$ 1,8 milhão para investimentos para parques, R$ 10 milhões para educação e R$ 50 milhões para Jundiapeba.

Na imagem original, o ministro está sem máscara, entretanto, a proteção também foi colocada na edição.

Após bolsonaristas notarem a edição nesta 5ª feira (6.mai.2021), o prefeito foi alvo de críticas nas redes sociais. O deputado Carlos Jordy (PSL-RJ) foi um dos bolsonaristas que notou a edição da foto:

 

Após as críticas, Caio Cunha apagou a foto editada e postou uma nova imagem nas redes sociais, desta vez com a foto original e a foto editada, e minimizando o episódio.

“O assunto principal deveria ser as conquistas que impactarão positivamente Mogi das Cruzes. Mas algumas pessoas insistem em tentar tirar o foco do que realmente importa”, declarou.

Horas depois, o prefeito apagou a nova imagem e publicou nota esclarecendo que o “fato tão lamentável” ocorreu por causa de um erro de sua equipe e, agora, após tomar conhecimento do caso tomou “as medidas necessárias”.

GOVERNO DO ESTADO ANUNCIA RECAPEAMENTO DA VICINAL “VITÓRIO PRANDI”

A notícia é da Secretaria Municipal de Comunicação:

A vicinal que liga Jales a Dirce Reis será finalmente recapeada, após clamores da população das duas cidades há anos. Na tarde da quarta-feira, dia 05 de maio, o prefeito Luis Henrique Moreira participou de cerimônia no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, onde o governador do Estado, João Doria, anunciou o maior programa de investimentos em estradas vicinais da história do Estado, com investimentos de R$ 2,5 bilhões na recuperação e manutenção de estradas vicinais, gerando, ao mesmo tempo, 15 mil empregos.

Serão investidos quase R$ 17 milhões para a recuperação e pavimentação asfáltica na Estrada Vicinal que possui uma extensão total de 20 quilômetros, sendo 9 pertencentes a Jales (JAL 040 – Estrada Vicinal Vitório Prandi) e os outros 11 pertencentes a Dirce Reis (DIR 119 – Estrada Vicinal Raphael Cavalin).

A solenidade contou com a presença do governador João Doria, do vice-governador Rodrigo Garcia, do presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, o deputado estadual Carlão Pignatari, do secretário de Estado de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi e do secretário de Estado de Logística e Transportes, João Octaviano Machado Neto, do secretário de Estado de Turismo Vinícius Lummertz, além dos deputados estaduais Analice Fernandes e Itamar Borges.

Durante a cerimônia, foi apresentada pelo governador a licitação para contratar as duas primeiras fases do programa Novas Estradas Vicinais, que irá recuperar e modernizar 1.563 quilômetros de estradas de responsabilidade municipal em todo o estado. Nesta etapa inicial, o Governo de São Paulo vai investir R$ 1,2 bilhão em obras licitadas pelo DER (Departamento de Estradas de Rodagem).

“Só nestas fases 1 e 2, haverá investimento de R$ 1,2 bilhão e 1,5 mil quilômetros de novas vicinais aqui no estado de São Paulo. O efeito não é só a recuperação física das vicinais, e sim o que elas representam de fato para a vida dos municípios no campo e na cidade. É uma grande transformação. “Nas quatro fases do projeto serão R$ 2,5 bilhões de investimentos e 3 mil quilômetros de novas estradas vicinais.”, afirmou o Governador João Doria.

Para o vice-governador Rodrigo Garcia, “é um marco para os municípios que têm dificuldade na manutenção dessas estradas tão importantes. As obras vão gerar empregos e quando ficarem prontas trarão ainda mais desenvolvimento para as regiões”.

O prefeito Luis Henrique disse que, com as obras de recuperação da estrada vicinal que liga Jales a Dirce Reis, será possível garantir segurança aos usuários da via, melhorar o escoamento da produção agrícola e industrial daquela região, facilitar o acesso da população à educação, saúde, serviços sociais e muitos outros benefícios.

“Essa vicinal é uma importante via de escoamento da produção agrícola de nossa região, utilizada por produtores rurais, empresas, estudantes e pela população em geral. Há muito tempo ela se encontra em péssimas condições de conservação, totalmente cheia de buracos, representando um enorme perigo para quem transita ali, além de registrar recorrentes acidentes. Finalmente vamos conseguir transformar essa realidade”, disse o chefe do Executivo jalesense.

1 2 3 4 1.567