Categoria: Administração

SHOWS E DECORAÇÃO NATALINA DO PROJETO ‘NATAL MAIS FELIZ’ DEVEM MOVIMENTAR FINAL DO ANO

Segundo o vereador Deley, a Associação Comercial e Industrial (ACIJ) não está colaborando com a decoração natalina deste ano. Isso teria sido um dos motivos para o atraso na instalação da decoração. A notícia é da Secretaria Municipal de Comunicação:

A decoração natalina vem ganhando as ruas de Jales desde o sábado, dia 30 de novembro, e promete encantar quem passar pelas avenidas, praças e pontos estratégicos da cidade neste final de ano.

Para festejar junto à população e fomentar as vendas do comércio, a semana que antecede o Natal será recebida com muita festa e alegria, através da programação especial do “Natal mais Feliz”, que será realizada a partir da segunda-feira, dia 16 dezembro, com apresentações artísticas e shows.

O palco será montado novamente na Praça João Mariano de Freitas. A semana de eventos é promovida pela Prefeitura de Jales e conta com a parceria de emissoras de rádio da cidade e importantes parceiros.

Nessa semana do dia 16 ao dia 20 de dezembro, em que o comércio ficará aberto das 8 às 22 horas, diversas apresentações artísticas estão programadas. “Nosso objetivo é melhor recepcionar a população jalesense e os visitantes de toda a região para suas compras no final de ano e encantá-los com a beleza da decoração natalina”, enfatizou o prefeito Flávio Prandi Franco, o Flá.

As noites no palco serão comandadas pelas equipes das rádios Moriah, Regional/Assunção e Nativa, além de uma noite especial promovida pela Unimed São José do Preto, que ficarão responsáveis por empolgar o público presente. Eis a programação:

Dia 16/12 (segunda-feira)- Rádio Moriah

– Coral IPIJ, da Igreja Presbiteriana Independente

– Grupo de Louvor dos Jovens, da Igreja Plena Paz

– Banda Revestidos, da Igreja Brasil para Cristo

– Grupo de Dança Rafá, da I Igreja Batista de Jales

– Banda Atos, da Igreja Assembleia de Deus

– Shows com as cantoras Aline Fonseca e Michele Carvalho, da Igreja Avivamento Bíblico

Dia 17/12 (terça-feira)- Unimed São José do Rio Preto

– Coral Uniencanta, mantido pela Unimed

– Josué Guimarães Quinteto Instrumental

Dia 18/12 (quarta-feira)- Assunção FM / Regional FM

– Escola de Música Edem Musical

– Academia New Corpus

– Show da dupla Luis Henrique & Lenon

Dia 19/12 (quinta-feira) – Rádio Nativa

– Escola de Música Santa Cecília

– Stúdio de Dança Julianne Magri

– Banda Retrô

– Dupla Bredy & Willian

Dia 20/12 (sexta-feira) – Rádio Nativa

– Show da cantora Gabriela Feltrin

– Show com o cantor Nando Andrade

– Apresentação do Grupo de Viola Caipira Vianna’s

– Show da Banda Jafferson

PREFEITURA PRORROGA POR MAIS NOVE MESES O PRAZO PARA CONCLUSÃO DO NOVO PRÉDIO DO NÚCLEO CENTRAL DE SAÚDE

No post anterior, foi dito que a Prefeitura poderia estar economizando o aluguel do prédio onde funciona o Núcleo Central de Saúde, caso já estivesse pronto o novo prédio – que já não será tão central assim – que está sendo construído no Jardim Monterey.

Além do Núcleo, o prédio deverá abrigar uma unidade do programa de Saúde da Família. A construção, porém, está atrasada, o que é perfeitamente normal em se tratando obra pública. Afinal, o andamento da obra depende do repasse dos recursos, que, nesse caso, estão vindo do Ministério da Saúde.

De acordo com o contrato original, assinado em junho de 2018, a obra deveria ter sido concluída no início de março deste ano, mas… Mas, pouco antes do prazo vencer, Prefeitura e empresa – a V.de Souza Ferreira Ltda, de Paranapuã – assinaram um aditamento contratual, prorrogando o prazo de conclusão para o final de novembro de 2019.

Pois bem, novembro já se foi e os quase oito meses a mais não foram suficientes para que a empresa pudesse finalizar a obra. Na semana passada, um novo aditamento foi assinado, desta vez estendendo o prazo por mais 270 dias. Coisa de nove meses a mais.

Agora a boa notícia: por enquanto, não se falou em reajustes no valor da obra, que foi contratada por R$ 764 mil. Desse total, R$ 512 mil virão do Ministério da Saúde. O resto – cerca de R$ 250 mil – sairá dos cofres da Prefeitura.

PREFEITURA GASTA MAIS DE R$ 600 MIL COM ALUGUÉIS

A Prefeitura de Jales já gastou, até outubro, cerca de R$ 580 mil com o pagamento de aluguéis de 10 prédios/casas para o funcionamento de órgãos do município e de outras esferas de governo. O posto da Receita Federal, por exemplo, está funcionando em um prédio alugado pela Prefeitura, que já custou quase R$ 50 mil até outubro.

Da mesma forma, o prédio onde funciona a Justiça Federal e o Juizado Especial Federal (foto) também tem seu aluguel pago pela Prefeitura. Ele custa R$ 13.665.92 mensais para os cofres municipais e, ao final do ano, terá custado R$ 164 mil.

A segunda maior despesa com aluguel neste ano refere-se ao prédio da antiga Casa da Criança, onde agora funciona a EMEI “Vera Lúcia Vilela”, no Jardim Triannon. Até outubro, o prédio já tinha custado R$ 122 mil, mas boa parte desse dinheiro é relativo a aluguéis que estavam atrasados desde o ano passado. O aluguel do prédio custa R$ 5,8 mil mensais 

O Núcleo Central de Saúde, na Rua Sete, funciona em outro prédio alugado pela municipalidade a um custo mensal de R$ 7,3 mil. Até outubro, a Prefeitura já tinha pago R$ 66 mil pelo aluguel, mas, até o final do ano ele custará R$ 87 mil. O município poderia estar economizando essa despesa, se tivesse finalizado a construção do novo prédio do Núcleo, no Jardim Monterey.

Outro aluguel – R$ 31 mil por ano – que já poderia estar sendo economizado é o da Secretaria Municipal de Educação, que funciona em um prédio do Sindicato Rural há quase 20 anos. A Secretaria já poderia estar funcionando no prédio que pertencia à Aderj, no Jardim do Bosque, transferido em 2018 para o município em troca de dívidas. O prédio, no entanto, continua vazio

A casa onde funciona o Fundo Social de Solidariedade, na Rua Seis, deverá custar R$ 34,2 mil até o final do ano. Ainda na área social, a Prefeitura paga mais R$ 61 mil por ano, pelo aluguel do prédio situado na Avenida Arapuã, onde funciona o CRAS, e outros R$ 25 mil pela casa localizada na Rua Nove, onde está instalada a Casa de Apoio ao Migrante.

PREFEITURA ABRE LICITAÇÃO PARA REFORMA DA PRAÇA ‘EUPHLY JALLES’

Agora vai! Um ano e dois meses depois da assinatura do convênio com o Ministério do Turismo para liberação de recursos – cerca de R$ 1,2 milhão – visando a repaginação da praça que leva o nome do nosso estimado fundador, a Prefeitura abriu, finalmente, a licitação para contratação da empresa que vai executar a reforma.

A novidade está no Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado. Segundo o aviso de licitação, as empresas interessadas terão até o dia 20 de dezembro, às 13:45 horas, para protocolar suas propostas. Deve-se ao deputado federal Baleia Rossi(MDB) a emenda parlamentar que, ainda no governo Temer, liberou os recursos para a reforma.

As coisas podem parecer demoradas, mas é assim mesmo que funcionam. No governo Parini, por exemplo, uma das últimas reformas daquela praça – também com recursos do Ministério do Turismo – consumiu mais de cinco anos entre a assinatura do convênio e a conclusão da obra. E olha que foi uma reforma meia-boca.

Em tempo: a placa acima se refere apenas à parte final da obra do governo Parini. A primeira placa – essa aí embaixo – foi instalada na praça em 2007 (mais detalhes, aqui).

 

PREFEITO FLÁ TEM CONTAS APROVADAS PELO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO

Da Secretaria Municipal de Comunicação:

O prefeito de Jales, Flávio Prandi Franco, o Flá, obteve do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE) parecer favorável à aprovação das contas da Prefeitura Municipal de Jales, referentes ao exercício de 2017, o primeiro ano de seu mandato. Os conselheiros do TCE destacaram a aplicação correta dos recursos públicos e o cumprimento dos índices estabelecidos para as áreas da saúde, educação e de gastos com pessoal.

A decisão da Segunda Câmara teve voto favorável dos Conselheiros Renato Martins Costa, presidente e relator, e Dimas Ramalho e do Auditor Substituto de Conselheiro, Antonio Carlos dos Santos.

A sessão aconteceu no dia 30 de julho deste ano e as informações apresentadas pela gestão municipal atestam o compromisso com a legalidade, o controle fiscal e a transparência pública, conforme reforçou o procurador-geral do Município, Pedro Manoel Callado Moraes.

Mesmo enfrentando o momento em que o país passa por uma crise econômica, a Prefeitura de Jales investiu acima dos índices constitucionais e legais em Educação, Saúde e teve superávit em sua execução orçamentária.

“Sob o enfoque econômico-financeiro, a Assessoria Técnica ponderou que os resultados contábeis obtidos pela municipalidade não prejudicaram o equilíbrio das contas, tendo em vista que o déficit financeiro apresentou uma redução em relação ao exercício anterior e correspondeu a menos de um mês de arrecadação da receita corrente líquida”, disse trecho do parecer.

Para o prefeito Flá “a aprovação das contas já era esperada, pois a gestão municipal tem se comprometido a cumprir as determinações da Corte de Contas. Estamos voltados ao cumprimento da legislação e correta aplicação dos recursos públicos. Jales vive um novo momento e isso é resultado de um trabalho em equipe, competente e que exerce suas funções com responsabilidade e seriedade. Trabalhamos de forma honesta e a orientação é para que nossas equipes gerenciem bem os recursos e utilizem cada centavo de forma responsável, para que a população seja beneficiada”.

PREFEITURA NÃO ESTÁ CONSEGUINDO CONTRATAR MÉDICOS PEDIATRAS

As unidades do programa Estratégia de Saúde da Família (ESF) de Jales estão sem médicos pediatras desde esta quinta-feira, 31.

Os contratos com os médicos venceram e a Prefeitura não está conseguindo firmar novos contratos. Dois pregões já foram realizados, mas fracassaram. No primeiro pregão, o problema estava na documentação apresentada pelos médicos, que estava incompleta.

No segundo pregão, o problema foi o valor mensal solicitado por eles para trabalhar 04 horas diárias. Os profissionais bateram o pé em R$ 16 mil mensais e a Prefeitura está disposta a pagar, no máximo, R$ 13,1 mil.

Mais detalhes sobre o caso, no jornal A Tribuna de domingo.  

PREFEITURA PREPARA CEMITÉRIOS PARA O ‘DIA DE FINADOS’ E INTENSIFICA AÇÕES CONTRA A DENGUE

A notícia é da Secretaria Municipal de Comunicação:

Desde o começo do mês, equipes da Prefeitura de Jales, por meio das secretarias municipais de Obras e Meio Ambiente, iniciaram a preparação dos dois cemitérios da cidade para o Dia de Finados, que será celebrado no próximo dia 02 de novembro. O trabalho está sendo realizado no Cemitério Municipal da Consolação (cemitério velho) e no Cemitério Nossa Senhora da Paz.

Cerca de 15 pessoas estão executando serviços de limpeza dos canteiros, capinagem, varrição das ruas, pintura das guias, o recolhimento de lixo acumulado nas proximidades dos jazidos e a poda de árvores. Também será feita a limpeza da área da capela e o reparo da cobertura daquele local. Aproximadamente doze caminhões de entulhos devem ser retirados apenas do cemitério velho. 

De acordo com o secretário de Obras, Manoel Andreo de Aro, os dois cemitérios recebem atenção especial não somente nos dias que antecedem o Dia de Finados, mas durante todo o ano. As ações são intensificadas devido ao fluxo ser maior neste período em que se intensifica a ida das pessoas que visitam os locais para homenagear entes queridos e, também, limpar e enfeitar os túmulos.

A Secretaria de Saúde vai orientar a população sobre a importância de reforçar os cuidados contra o Aedes aegypti, transmissor da dengue, da zika e da febre chikungunya. O alerta se deve à necessidade de redobrar as ações de prevenção nos cemitérios, considerados locais de risco para a proliferação do mosquito.

“Nesta terça-feira, a equipe de Combate às Endemias iniciou a visita aos cemitérios na busca por locais que possam servir de foco de proliferação do mosquito Aedes. Também vamos orientar a população sobre medidas a serem tomadas pelas pessoas durante a visita aos túmulos e vamos disponibilizar areia para serem colocadas nos vasos”, ressaltou a coordenadora da Equipe Municipal de Combate às Endemias, Vanessa Luzia da Silva Tonholi.

Vanessa ainda fez um alerta à população. “Qualquer recipiente exposto ao ar livre pode se tornar um criadouro do mosquito e trazer sérios problemas à vizinhança. Neste período do ano, em que se alternam dias de chuva e de calor, o cuidado tem que ser permanente, ainda mais pelo cemitério ser um ambiente favorável à reprodução e sobrevivência de larvas”.

Os cemitérios ficam abertos todos os dias das 7h30 às 11h e das 13h às 17h30. 

FUNDO SOCIAL OFERECE 126 VAGAS EM 11 CURSOS DE CAPACITAÇÃO GRATUITOS EM OUTUBRO

O Fundo Social de Solidariedade de Jales esta com inscrições abertas para onze cursos nas áreas de gastronomia, artesanato e beleza. Todas as capacitações são gratuitas. É uma excelente oportunidade para adquirir conhecimento, garantir reinserção no mercado de trabalho e contribuir com a renda da família.

As oficias e cursos do Fundo Social são ministrados por competentes voluntários. A grade desse mês oferece cursos de maquiagem, depilação, colorimetria, crochê, sobremesas natalinas, design de sobrancelhas, cupcake, tortas salgadas e trançado afro nos cabelo.

A presidente do Fundo Social e primeira-dama, Glauciane Pontes Helena Franco, faz questão de ressaltar o quanto o FSS já beneficiou inúmeras famílias com oportunidades fantásticas. “É prazeroso ver que as pessoas podem mudar de vida com a nossa ajuda, através de cursos e oficinas totalmente gratuitos, oferecidos por grandes profissionais, todos os meses. Temos relatos de muitas pessoas que conseguiram transformar suas vidas através dos cursos que garantem conhecimento e a oportunidade de reinserção no mercado de trabalho”, frisou.

Para se inscrever, o interessado deve ir pessoalmente até a sede do Fundo Social, que fica bem na Rua Seis, n° 2338. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h e das 13h às 17h. Os documentos necessários para a matrícula são: RG, CPF e comprovante de residência.

Mais detalhes, aqui.

PREFEITURA RESPONDE REQUERIMENTO SOBRE FALTA DE ÔNIBUS NO JACB E NO PARAÍSO

A notícia é da assessoria de imprensa da Câmara:

O vereador Luiz Henrique Viotto – Macetão (PP), em Sessão Ordinária, apresentou um requerimento questionando se a Prefeitura tinha conhecimento da falta de oferta regular de ônibus para o transporte coletivo urbano, em todos os horários previstos e contratados, devido às más condições dos veículos.

O vereador justificou que usuários reclamaram que a empresa cortou metade da oferta de horários de transporte para os bairros Conjunto Habitacional JACB e Jardim Paraíso, pois o mesmo ônibus passou a fazer as duas linhas. Apesar disso, a Prefeitura repassa o subsídio integral à empresa para oferecer os serviços contratados.

Macetão pediu que a Prefeitura informasse quem era o servidor responsável pela fiscalização dos serviços de transporte coletivo, se foram constatadas irregularidades, qual o valor do subsídio pago à empresa de transportes e o que seria feito para sinalizar e instalar cobertura nos pontos de ônibus mais movimentados.

Em resposta ao requerimento, a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Planejamento, Desenvolvimento Econômico e Mobilidade Urbana, informou que tem conhecimento da falta da oferta regular de ônibus. Segundo a Prefeitura, os horários e linhas disponíveis estão de acordo com o estabelecido no contrato firmado com a empresa terceirizada e ressaltou que os bairros Conjunto Habitacional JACB e Jardim Paraíso são atendidos regularmente por ônibus a cada hora.

A fiscalização das linhas e horários de ônibus é feita por servidores da Secretaria de Planejamento. A Prefeitura não informou se o setor de fiscalização encontrou irregularidades na prestação do serviço.

A Prefeitura afirmou que os horários e linhas do transporte coletivo atualmente contratados estão descritos no Contrato 30/2007 e no Termo Aditivo 1/2017, firmados com a empresa terceirizada responsável pelo transporte, sem, contudo, evidenciá-los. O valor do subsídio mensal repassado à empresa é de R$ 22 mil.

A Prefeitura informou que a Secretaria de Planejamento está elaborando um projeto de revitalização dos pontos de embarque e desembarque mais movimentados.

DELEGADO DA RECEITA FEDERAL ANUNCIA DESTINAÇÃO DE CINCO VEÍCULOS PARA PREFEITURA DE JALES

A notícia é da Secretaria Municipal de Comunicação:

Na manhã desta quarta-feira, dia 02 de outubro, o vice-prefeito de Jales, José Devanir Rodrigues, o Garça, recebeu o delegado da Receita Federal de Araçatuba, Tharsis Araújo Bueno, que anunciou a destinação de cinco veículos usados para fazerem parte da frota Prefeitura de Jales.

Também participaram da reunião os secretários municipais de Fazenda e de Administração, Nivael Brás Renesto e Francisco Melfi, e o subprocurador-geral do Município, Benedito Dias da Silva Filho.

Dois veículos VW Gol, um Fiat Palio, uma Scania com semirreboque e uma pick up VW Amarok, foram doados pela Receita Federal. Os dois Gol já foram entregues e os demais veículos chegarão em breve.

“O trabalho da Receita Federal, quando destina o repasse de materiais e equipamentos apreendidos, traz benefícios para a administração municipal, pois equipa órgãos públicos e também auxilia entidades sem fins lucrativos, contribuindo, desta forma, com a sociedade”, ressaltou o vice-prefeito Garça, que acrescentou: “estas ações de cooperação entre o Poder Federal com os Municípios são de extrema importância na atual conjuntura financeira do país e nas dificuldades enfrentadas pelas prefeituras. Os cinco veículos serão muito bem utilizados por nós que prezamos, acima de tudo, pelo bom serviço prestado à população”.

O prefeito Flávio Prandi Franco, o Flá, que não estava presente na reunião em função de viagem a São Paulo, agradeceu as doações. “Agradecemos esse voto de confiança em nossa administração. Estamos recebendo doações como estas porque temos credibilidade junto a órgãos tão importantes como a Receita Federal. Deixo registrado o nosso muito obrigado”.

1 2 3 168