Categoria: Geral

PROENÇA ABRE FILIAL EM VOTUPORANGA

O prefeito de Votuporanga, Júnior Marão(PSDB), anunciou a abertura de uma filial do Proença Supermercados na cidade, até o final do ano. Ao anúncio, estavam presentes o diretor-presidente da rede, Fernando Lopes Farinha, e o diretor-administrativo, Fernando Lopes Farinha Júnior. Será o 11º supermercado da rede Proença.

A matriz do Proença Supermercados fica em Pereira Barreto, onde os Farinha iniciaram suas atividades, em 1960. Além de Pereira Barreto, que conta, atualmente, com duas lojas do Proença Supermercados, a rede possui duas lojas em Ilha Solteira, duas em São José do Rio Preto, uma em Auriflama, uma em Três Lagoas(MS) e uma filial em Jales, onde o Proença se instalou em 1999, durante a administração do ex-prefeito Antonio Sanches Cardoso, o Rato. A décima filial do Proença será inaugurada, em 2011, em São José do Rio Preto, onde a rede passará a ter três lojas.

Em Votuporanga, o Proença Supermercados terá área construída de 7.500 m², com 200 vagas para estacionamento, em área de 19.000 m², situada na Rua Alfredo Rodrigues Simões, próximo à Santa Casa. Segundo o diretor-administrativo da rede, Farinha Júnior, o novo empreendimento deverá gerar entre 130 e 140 empregos diretos.

REVISTA INTERATIVA

A Revista Interativa deste mês, que está sendo distribuída aos assinantes nesta segunda-feira, traz como destaque de capa, os professores Fábio Fiorani e Tatiana Fiorani. Com reconhecida experiência no ramo de idiomas, o professor Fábio – também colunista de amenidades do Jornal de Jales – e sua esposa, Tatiana, estão inaugurando, em Jales, uma filial da escola de idiomas CCAA. A revista publica entrevista com o casal de professores e empresários, que falam sobre os motivos que os levaram a investir na franquia do CCAA.

A Interativa também veicula entrevista com Oswaldo Costa Júnior, o Bexiga, presidente da 42ª FACIP. Bexiga fala de suas expectativas e dos preparativos para a principal festa da cidade. Entre outras coisas, ele diz que pretende fazer com que Jales esteja entre as cinco melhores cidades do Estado, no quesito shows e rodeios.

CHUVA INUNDA LENÇÓIS PAULISTA E ATIBAIA

Deu no DiárioWeb, agora há pouco:

Chuvas intensas deixaram sob as águas na manhã de hoje grande parte da cidade de Lençóis Paulista(SP). O Rio Lençóis, que corta a cidade, transbordou e alagou casas, estabelecimentos comerciais, ruas, avenidas e praças. De acordo com o serviço de meteorologia, pode ter chovido 170 milímetros na região desde a noite de ontem.

O manancial subiu rapidamente e em meia hora as águas já inundavam a Avenida 25 de Janeiro, uma das principais da cidade. Alguns comerciantes carregaram o estoque em caminhões na tentativa de reduzir os prejuízos. A sede do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) foi atingida e a cidade pode ter racionamento de água.

A prefeitura está pedindo à população que permaneça em estado de alerta. De acordo com a prefeita, os últimos monitoramentos indicaram que as represas acima do Rio Lençóis estão no limite de suas capacidades. “Se uma delas se romper, haverá uma piora considerável da situação, visto que até agora as águas subiram apenas pelo grande volume das chuvas”, disse a prefeita Izabel Cristina Campanari Lorenzeti(PSDB).

Na cidade de Atibaia, as chuvas devem continuar essa semana, enquanto Prefeitura e população ainda contabilizam os prejuízos causados pelas enchentes. De acordo com a Prefeitura, 16 bairros foram afetados com a chuva, mas não há informação de mortos. Na semana passada foi decretada situação de emergência na cidade. O prejuízo material com as famílias atingidas até agora está sendo calculado em R$ 11 milhões.

Vamos falar sério: os problemas de Jales, quando chove um pouco mais, não representam nada, diante de tudo que está acontecendo. A previsão do tempo para Jales, nos próximos 8 dias, pode ser vista no link Previsão do Tempo, aí do lado direito. E se você tem problemas de artrite ou está pensando em fazer uma chapinha, o site do Jornal do Tempo também tem dicas interessantes.

DESTAQUES DOS JORNAIS

Essas foram as manchetes dos jornais locais, neste final de semana:

Folha Noroeste: “Santa Casa de Jales inaugura neste sábado, UTI Geral de R$ 1 milhão”

Folha Regional: “Educação mantém 30 horas de serviços comunitários para estudantes que se inscrevem no Auxílio-Transporte”

Jornal de Jales: “Trânsito é o maior desafio para Polícia Militar de Jales”

A Tribuna: “MP propõe nova Ação Civil Pública contra Parini”

Além da entrevista com o capitão Presutto, da Polícia Militar, o Jornal de Jales deu destaque também para a inauguração da nova UTI da Santa Casa e para a posse da nova diretoria do Sindicato do Comércio Varejista, presidida por Alexandre Rensi. Na coluna Fique Sabendo, o comentarisa Deonel Rosa Júnior  deu destaque para o aniversário de Nice Mistilides, duas vezes candidata a prefeita e, provavelmente, candidata mais uma vez em 2012, pelo PTB. Deonel também citou a criação deste Blog do Cardosinho e a minha volta ao jornalismo, dessa vez, na net.

Os blogs também foram destaque no jornal A Tribuna, em matéria assinada pelo jornalista Paulo Reis Aruca, que dedicou quase uma página ao assunto. O Blog do Cardosinho e o Blog do Murilo Pohl serviram de inspiração para a matéria, que reproduziu um post veiculado neste blog sobre o projeto Lar Doce Lar, uma das obras sociais da primeira-dama, Rosângela Parini, ainda não implantada. Na matéria de capa, assinada por Alexandre Ribeiro, A Tribuna repercutiu a nova Ação Civil Pública contra o prefeito Humberto Parini, que está sendo proposta pelo Ministério Público.

DESCANSE EM PAZ, PERIGO!

Estive neste finalzinho de tarde no velório e enterro do Araídes Domingos Leal, o PERIGO, onde além dos seus familiares, encontrei vários de seus amigos, como o Chico Melfi, o Deonel, o Zé Antonio de Carvalho, o Martini, o Wilter, o Igayara, etc., e alguns de seus ex-companheiros de futebol, como o Joaquinzinho e o Murilo.

Conheço o Perigo desde quando ele chegou por aqui, em 1967, trazido de Catanduva pelo lendário técnico Eca, para jogar no glorioso Clube Atlético Jalesense. Toda a minha infância e adolescência, morei na Vila Maria, quase ao lado do Estádio Municipal “Roberto Valle Rollemberg”. Por isso mesmo, presenciei todos os grandes jogos, vi todas as grandes estréias e conheci de perto a maioria dos jogadores daquela época, uma vez que – depois dos treinos – eles costumavam ir tomar umas “biritas” na mercearia do meu pai. Inclusive o Perigo.

Lembro-me, como se fosse hoje, da estréia do Vagner Basso, vindo de Igarapava, do Netão, Tatu, Percival, Kermes, Tota, Rafael, Mário, Lolito, etc. Lembro-me da estréia do Edson, um lateral-esquerdo que o Dalua considera o melhor que já jogou no Caj. Lembro-me da melhor de todas as estréias, a de Hélio Ambrósio Filho, o Helinho, que, vindo do Botafogo de Ribeirão Preto, fez três gols no seu primeiro jogo em Jales. E lembro-me, é claro, da estréia do Perigo.

Como jogador de futebol, ele era um zagueiro voluntarioso, que não dava moleza pros adversários – nem na casa deles! – e, por isso mesmo, tinha uma justificada fama de valente. Quem o conheceu de perto, porém, sabe que, ao contrário do que podia parecer, Perigo era uma pessoa doce, romântica, de coração mole e uma alma tranquila. Uma de suas principais virtudes era a lealdade, qualidade que já trazia impregnada até no nome. 

Me lembro de uma ocasião – um Dia dos Pais – em que ele foi até a Rádio Regional, onde apresento o Brasil & Cia, levando um CD do Altemar Dutra e, em homenagem ao dia, pediu prá que tocássemos a música “Meu Velho”, uma das mais conhecidas do repertório do Trovador das Américas. Quando a música começou, o Perigo encostou-se à parede do estúdio e chorou como um menino. Era assim, o Perigo, um sentimental. 

Nos últimos tempos, já adoentado, ele dedicou-se a ajudar o Hospital do Câncer. Junto com alguns amigos, Perigo empreendeu uma campanha para arrecadação de recursos visando a aquisição de equipamentos para a cozinha daquele hospital, como se pode ver aqui, em matéria da Folha Noroeste. Mesmo doente, tentou ser útil até o fim. Que ele descanse em paz!

DENGUE EM JALES: CASOS SE MULTIPLICARAM EM 2010

Os casos de dengue em Jales tiveram um substancial aumento em 2010, comparativamente com 2009, quando a cidade havia registrado apenas 31 casos confirmados. Relatório da Equipe Municipal de Combate à Dengue indica que, em 2010, tivemos 310 casos confirmados de dengue em Jales. No entanto, a responsável pela divulgação das atividades de combate ao mosquito Aedes Aegypt, Vanessa Luzia da Silva, confirmou que os números de 2010 registram, na verdade, 349 casos de dengue no município. Esses números representam uma elevação de 1.125% em relação aos 31 casos registrados em 2009.

Visto assim, o resultado de 2010 parece ter sido dos piores. Mas, uma simples comparação com os números de outras cidades vizinhas, demonstram que, em Jales, o trabalho de combate ao mosquito que transmite a dengue, pode ser considerado eficiente. Na opinião do vice-prefeito Clóvis Viola, presidente do Comitê de Combate à Dengue, o resultado, diante das circunstâncias, foi muito bom, mas poderia ter sido melhor, se houvesse mais colaboração por parte da população. Abaixo, os números da dengue na região, em 2010:

Catanduva            813
Cosmorama            349
Fernandópolis         1.166
Jales            349
Mirassol         1.119
Santa Fé do Sul            427
São José do Rio Preto      25.013
Votuporanga            911

 À pertinente opinião do Clóvis Viola, sobre a imprescindível colaboração da população, acrescento a minha: a Equipe de Combate à Dengue, comandada pelo vice-prefeito, está fazendo um bom trabalho, mas, além da colaboração da população, é importante também que a administração municipal faça a sua parte. Não basta que o prefeito Humberto Parini encha as ruas de agentes de saúde. É preciso que ele coloque também fiscais nas ruas e faça valer a lei 3.719/10, que obriga os donos de imóveis a manter limpos e conservados os respectivos terrenos. Ou então, prá que ficar criando leis?

A charge acima é do Newton Silva, do Jangadeiro On Line. E aqui você poderá ler artigo da profissional de I.E.C, Vanessa Luzia da Silva, a respeito da dengue em Jales, publicado no jornal Folha Noroeste, edição de 26/06/2010.

Em Tempo: nestes primeiros 15 dias de janeiro/2011, já foram feitas cinco notificações de casos suspeitos. Uma delas deu resultado negativo, enquanto as demais aguardam o resultado.

CASAL É CONDENADO POR FAZER SEXO EM CEMITÉRIO

Há quem diga que o cemitério de Jales já foi bastante movimentado, mas, pelo menos por enquanto, não precisamos ficar preocupados com a tranquilidade dos entes queridos que descansam em nosso campo santo.  O caso de agora aconteceu bem longe daqui. A notícia é do G1.

Um casal foi condenado por fazer sexo, em abril do ano passado, em um cemitério de uma igreja em Reigate, no Reino Unido. A Justiça vai divulgar em 11 de fevereiro a sentença de Andrew Donaldson, de 41 anos, e Karen Waters, de 42, segundo o jornal “Oxford Times“.

Donaldson e Waters foram flagrados durante o ato sexual entre as lápides de uma igreja que fica próxima a uma escola. O casal alegou que estava pegando sol e tinha trocado um beijo e um abraço. No entanto uma testemunha disse à Justiça que viu os dois realizando movimentos sexuais.

Veja aqui, a piada animada do Humortadela, sobre sexo no cemitério.

CÂMARA GASTA R$ 1,7 MILHÃO COM TROCA DE CARPETES E TELÕES

Notícia extraída da Folha de São Paulo, edição deste sábado.

Ao chegar para o trabalho na Câmara, os deputados federais vão encontrar novos carpetes e monitores de votação. O Salão Verde, local que fica na frente do plenário onde os deputados se reúnem, também estará de cara nova.

A partir de hoje, todo o seu carpete será substituído. O atual, segundo a assessoria de imprensa, tem 12 anos e está muito desgastado, por estar localizado em um local de grande circulação. O custo estimado para a mudança é de R$ 200 mil.

Dentro do plenário, uma das mudanças será a troca dos telões que registram presenças e orientações para votações. O sistema antigo será substituído por 25 monitores de LCD de cada lado. A justificativa é que a manutenção estava cara e difícil e que a troca resultará em economia de energia. O valor da reforma é de R$ 1,5 milhão, incluindo manutenção e instalação.

A matéria da Folha de São Paulo, na íntegra, pode ser lida aqui.

BURACO SEM SOLUÇÃO

O buraco da foto aí do lado fica aqui pertinho da casa onde moro, bem na confluência da Rua Iugoslávia com a Rua Itália. Um dia desses, uma vizinha ligou aqui em casa, pedindo providências à vereadora Tatinha contra o pobre buraco. Na avaliação da moça, ele já estaria oferecendo perigo aos motoristas de carros e, principalmente, aos motociclistas. Achei até uma falta de consideração com o buraco, que é antigo, quase um buraco de estimação. O vizinho da frente, pelo que vejo, até já se afeiçoou a ele. Todas as tardes, ele pega o filhinho de 5 anos e, juntos, passam alguns minutos admirando o local e, provavelmente, conferindo a evolução do tal buraco.

Nem foi preciso, no entanto, a vereadora Tatinha pedir alguma providência. Aliás, prá dizer a verdade, a vereadora não está com essa bola toda lá no Paço, e um pedido dela, certamente, nem seria atendido. Por coincidência, horas depois do telefonema da vizinha, alguma boa alma já havia providenciado uma placa – como se pode ver na foto aí embaixo – para servir de alerta aos motoristas mais desatentos. O que não garante que não vá haver nenhum acidente: há uns dois ou três anos, não me lembro bem, a vizinhança teve que acionar o SAMU 192, depois que um motociclista distraído atropelou a placa que fora colocada ali. Era uma placa menorzinha, é verdade, mas, prá compensar, era uma placa mais reluzente, recém-pintada. Até mais charmosa, eu diria.    

Bem, mas o que eu quero dizer mesmo é que nem sempre a culpa por esse tipo de problema deve ser atribuída ao prefeito da vez. Posso garantir que, no caso desse buraco teimoso, a Prefeitura – nessa e em outras administrações – bem que tentou resolver o problema com soluções paliativas, mas, bastam umas duas ou três chuvas mais fortes e lá está ele de volta. Isso acontece porque, segundo me explicaram, bem ali embaixo do buraco passa uma tubulação já muito velha e mal acabada.

Na atual administração, sou testemunha disso, o ex-secretário Miranda e seu ex-braço direito, o França,  já dedicaram horas à tentativa de desaparecer com esse bendito buraco. Tudo em vão! Todo ano ele ressurge imponente e, aparentemente, cada vez mais revigorado. Claro que uma solução definitiva poderia ser encontrada, mas isso exigiria vontade política, estudos e investimentos. E, convenhamos, aí também já seria exigir demais.

DIVULGADA A FOTO OFICIAL DE DILMA

O Palácio do Planalto divulgou a foto oficial da presidenta Dilma Rousseff. Na foto, feita pelo fotógrafo da Presidência, Roberto Stuckert Filho, Dilma aparece com um blazer branco, talvez o mesmo, ou parecido, com o que usou na cerimônia de posse. Discreta, a presidenta usa um batom vermelho e brincos de pérola. A sessão de fotos durou uma hora e meia e aconteceu no último domingo (9), no Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência da República.

(notícia extraída do site Congresso em Foco)

1 210 211 212 213 214