Categoria: Música

ROBERTA SÁ – “CICATRIZES”

E agora eu estou indo lá prá Regional FM, onde, todos os domingos, apresento o Brasil & Cia, das 10:00 às 14:00 hs. Vou deixar mais um vídeo com a Roberta Sá, uma das boas cantoras da nova geração da MPB. Neste vídeo, ela canta “Cicatrizes”, um samba do Paulo César Pinheiro e do Miltinho, que fez sucesso nos anos 70. O meu amigo Gersi Bertolo, por exemplo, tá sempre pedindo prá que a gente coloque essa música lá no Brasil & Cia, prá ele ouvir.

RÁDIO BRASIL & CIA ESTÁ NO AR, EM FASE DE FORMATAÇÃO

Os amigos que acompanham este blog devem ter percebido que, nos últimos dias, a produção do blogueiro caiu um pouco. Mas eu tenho uma razoável justificativa: é que, há uns dez dias, venho me dedicando – com a ajuda do amigo Renato César Pereira e do meu filho número quatro, o KeKo – à criação de uma Rádio Web, coisa que tem me tomado bastante tempo.

Ontem, terminei a escolha das 4.200 músicas que, inicialmente, servirão de base à programação da Rádio. Foi um processo um pouco demorado, mas prazeroso. A programação terá, basicamente, muita MPB e alguns flash backs internacionais, mais ou menos aquilo que fazemos no Brasil & Cia, da Regional FM. A idéia é rodar apenas músicas e vinhetas.

A Rádio Brasil & Cia, que também terá um portal de notícias, ainda está em fase de formatação, mas já pode ser ouvida. Me daria imenso prazer, se vocês entrassem no endereço http://radiobrasilecia.com/, ouvissem e fizessem suas sugestões.


PREFEITA ROSINHA GAROTINHO ATACA DE CANTORA

Era só o que faltava! Não bastasse o Roberto Jefferson, agora é a ex-governadora do Rio, Rosinha Garotinho, quem ameaça atormentar nossos pobres ouvidos: A notícia – por sinal curtíssima – bem como a foto, é do Extra on Line:

A prefeita de Campos, Rosinha Garotinho, está em estúdio gravando um CD. 

Na foto acima, a moça aparece com um dos parceiros do disco, o forrozeiro Frank Aguiar. Além dele, há outras presenças ilustres como Elymar Santos, Joanna e Daniel.

Além do Extra on Line, também o blog da Berenice Seara traz informações sobre a incursão de Rosinha na seara musical. Segundo a blogueira, a “música de trabalho” do primeiro e, espero, único CD da nova cantora será Noturno, um antigo sucesso do Fagner. Valha-me, minha Nossa Senhora!

PAULA TOLLER E KEVIN JOHANSEN – “GLASS”

E agora eu estou indo lá prá Regional FM, onde, das 10 às 14 horas, apresento o Brasil e Cia, com o melhor da MPB e algumas internacionais. Há algum tempo, postei um vídeo em que a Paula Toller canta “À Noite Eu Sonhei Contigo”, uma música do Kevin Johansen em que ela escreveu a letra na versão em português. Apesar do nome, Kevin é um compositor argentino, pouco conhecido no Brasil, mas com muito prestígio internacional. Na verdade, ele nasceu no Alaska e veio ainda chiquitito para a Argentina. No vídeo abaixo, Paula e Kevin cantam “Glass”, no original, em inglês:

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video

YAMANDU COSTA – “CARINHOSO”

Agora eu estou indo lá prá Regional FM, onde, das 10:00 às 14:00 horas, apresento o Brasil & Cia, com o melhor da MPB. Deixo com vocês um vídeo onde o violonista gaúcho Yamandu Costa dá um show com seu violão de sete cordas, interpretando “Carinhoso”, do Pixinguinha. Vale a pena dar uma olhada: 

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video

RÁDIO JALES FOREVER

Temos uma ótima novidade na web. O blogueiro Renato César Pereira, também conhecido pelo carinhoso apelido de Pink, colocou no ar a Rádio Jales Forever, que pode ser acessada no endereço www.radiojalesforever.com. Segundo o Pink, a proposta da rádio é a de tocar música de qualidade e encurtar as distâncias entre os jalesenses espalhados pelos quatro cantos do planeta. Além de muita música, o site da rádio promete muitas fotos, de agora e de outros tempos, todas elas relacionadas com Jales e ou com jalesenses.

Eu já vi, ouvi e gostei. No momento, por exemplo, está tocando “How Deep Is Your Love”, uma música maravilhosa dos irmãos Gibb, também conhecidos como Bee Gees. Só um chato maluco como o Pink poderia ter uma idéia fantástica dessas. Sem dúvida, uma loucura inspirada que, além de nos proporcionar boa música, ainda nos remete a uma Jales da qual nós todos temos orgulho. São maluquices assim que mudam o mundo prá melhor.

Vida longa à Rádio Jales Forever, que eu estou linkando aí do lado direito. Vale a pena acessar e ouvir.

SIMONE E DANIEL GONZAGA – “COMEÇARIA TUDO OUTRA VEZ”

Agora já estou aqui na Regional FM, onde, até às 14:00 horas, apresento o Brasil & Cia, com o melhor da MPB. E, por falar em MPB, um dos compositores que mais gosto é o Gonzaguinha. Aluno da Faculdade de Ciências Políticas Cândido Mendes, no Rio de Janeiro, onde se formou em Economia, Luiz Gonzaga Júnior foi um participante do grupo que dominou os primeiros festivais universitários, no final dos anos sessenta. Aliás, ele estaria, ao lado de Chico Buarque e Taiguara, entre os compositores mais perseguidos pela censura da ditadura.

Fruto de uma aventura amorosa de Gonzagão com uma bailarina, Gonzaguinha foi criado por um violonista (Baiano) do Morro de São Carlos, no Rio.  O bolero “Começaria Tudo Outra Vez”, lançado por Maria Bethânia, foi o primeiro grande sucesso de Gonzaga Júnior, como compositor. No vídeo abaixo, a música é interpretada pela Simone e pelo Daniel Gonzaga, filho de Gonzaguinha. Notem a emoção da Simone. A emoção é explicável: a voz do Daniel é igualzinha à do pai, um dos amigos/compositores prediletos da Simone.

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video

MPB4 & CHICO BUARQUE – “RODA VIVA”

Agora eu estou indo lá prá Regional FM, onde, das 10:00 às 14:00, apresento o Brasil & Cia, com o melhor da nossa MPB. Deixo com vocês, um vídeo com o MPB4 e o Chico Buarque cantando “Roda Viva”. Essa canção ficou em terceiro lugar no III Festival da TV Record, em 1967, mas não foi como música e sim como tema de uma peça homônima que “Roda Viva” entraria para a história. Escrita por Chico em 25 dias e montada por José Celso Martinez Correa, a peça estreou no Teatro Princesa Isabel, no Rio, em 15/01/1968.

Acontece que, apresentada no agitado ano de 1968, quando a radicalização da ditadura caminhava para a edição do AI-5, “Roda Viva” gerou intensa reação de grupos de direita ligados ao regime militar, que culminou com a agressão aos atores e a destruição dos cenários no Teatro Galpão, em Porto Alegre, em 17/07/1968. Isso determinou o final das encenações, sendo os atores da peça – Marília Pêra, entre eles – enfiados em um ônibus e despachados para São Paulo, com a recomendação de não retornarem.

Mas, voltando à canção, “Roda Viva” é uma longa e muito bem elaborada composição, com uma melodia soturna que realça e complementa o pessimismo fatalista do poema. A canção foi defendida no festival e gravada pelo próprio Chico Buarque, com o apoio do MPB4, numa versão que pode ser considerada definitiva. A versão que está no vídeo abaixo é bem mais recente, mas tão bonita quanto a original. Vale a pena dar uma olhada:

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video

PAULA TOLLER – “À NOITE SONHEI CONTIGO”

Paula Toller Amora foi criada pelos avós paternos Paulo e Renée, ele cirurgião aposentado, ex-assessor da presidência da República e do governo do Estado da Guanabara, historiador e autor de vários livros; ela dona de casa e gerente de uma pensão de senhoras idosas. O pai de Paula também morava com eles, já a mãe abandonou-a quando ainda era criança. Ela tinha tudo para ser uma professora de inglês, até que um dia…

Ela mesma é quem conta: “Eu estava em meu quarto. Na sala de visitas, meu namorado e meus avós assistiam TV. Ouvi um som legal e corri para ver o que era. Era a Gang 90 e as Absurdettes cantando ‘Perdidos na Selva’, num festival da Rede Globo. Ninguém percebeu, mas, naquele momento, minha vida mudara completamente e tive certeza de que cantaria aquele tipo de música“. Para nossa sorte, é ou não é?

E agora, estou indo lá prá Regional FM, onde apresento, das 10:00 às 14:00, o Brasil & Cia, com o melhor da MPB. No vídeo abaixo, a Paulinha canta “À Noite Sonhei Contigo”:

1 25 26 27 28 29 30