Categoria: Região

PREFEITURA DE URÂNIA EMITE NOTA SOBRE USO DE MÁQUINA PÚBLICA EM LOTEAMENTO PARTICULAR

A Prefeitura de Urânia emitiu – como prometido pelo prefeito Márcio Arjol(PSDB) – uma Nota de Esclarecimento a respeito de denúncia do vereador Júnior Fuzetto(PROS), divulgada nas redes sociais e aqui no blog. Ei-la:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

No dia 17 de Novembro de 2017 foi divulgado, via rede social (facebook), uma máquina da Prefeitura Municipal de Urânia em funcionamento em um empreendimento particular (loteamento). O vídeo sugeriu que a máquina da prefeitura estava desde o período da manhã realizando serviços no local.

Ao tomar conhecimento, uma equipe da prefeitura esteve no local e foi constatado que um servidor público operava a máquina no período da manhã na área institucional do loteamento, ou seja, área de propriedade do município. Porém, no horário de almoço, o servidor deixou a máquina e a chave no local onde um funcionário do empreendimento a utilizou para dar continuidade ao serviço, sem qualquer autorização do próprio servidor público ou de qualquer pessoa ligada à Administração Pública.

Diante de todos esses fatos, a Prefeitura Municipal de Urânia instaurará processo administrativo para apurar possíveis faltas funcionais e utilização indevida do bem público por um particular.

Além disso, a Prefeitura Municipal de Urânia também reserva-se o direito de tomar as medidas judiciais cabíveis que o caso requerer.

JALES: INDÚSTRIA E COMÉRCIO ABREM EMPREGOS. AGROPECUÁRIA E CONSTRUÇÃO CIVIL FECHAM

O Ministério do Trabalho divulgou ontem os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), relativos a outubro. E Jales até que foi bem, com a abertura de 162 novos empregos com carteira assinada. Foi o segundo melhor resultado do ano, atrás apenas de fevereiro, quando foram gerados 226 novos empregos. Com o saldo positivo de outubro, a cidade chega a 397 postos de trabalho gerados em 2018.

Votuporanga, que gerou 553 novos empregos em outubro, foi a melhor da região. No ano, a economia votuporanguense já gerou 1.806 empregos. Em Fernandópolis, outubro terminou com 121 novos empregos, o que resulta, no ano, num total de 336. Menos que Jales, portanto.

De seu lado, Santa Fé do Sul – com 209 admissões e 208 demissões – apresentou saldo positivo de apenas um único novo emprego em outubro. No ano, porém, o saldo é bem negativo, com o fechamento de 518 postos de trabalho. É o pior desempenho da região.

Em Jales, quem mais gerou empregos, em outubro, foi a indústria, com 138 vagas. O comércio veio em seguida, com a criação de 65 novos empregos. Já a Agropecuária, com 39 empregos fechados e a Construção Civil, com 12, foram as decepções de outubro.

Por sinal, os dois setores decepcionaram em todo o Estado de São Paulo, onde, juntos, fecharam mais de 8.100 postos de trabalho. Apesar do resultado negativo da Agropecuária e da Construção Civil, o estado abriu 11.349 novos empregos formais em outubro, a maioria deles (9.181) no Comércio.  

POLÍCIA DE ANDRADINA APREENDE CAMINHONETE DE JALES LOTADA DE PRODUTOS SEM NOTA FISCAL

Deu no G1:

Um casal foi detido na madrugada desta segunda-feira (20) com mercadorias sem nota fiscal dentro de uma caminhonete em um posto de combustíveis em Andradina (SP). O posto fica às margens da rodovia General Euclides de Oliveira Figueiredo.

Com o casal havia uma criança. A equipe da Polícia Rodoviária abordou uma caminhonete com placas de Jales (SP) estacionada no pátio do posto.

Na vistoria, os policiais acharam perfumes, cosméticos e receptores de satélite. O dono da caminhonete disse para a polícia que comprou os produtos no Paraguai e que pretendia vendê-los em Jales.

Ele foi conduzido à Polícia Federal onde pagou fiança de R$ 1 mil e foi liberado para responder pelo crime de descaminho. A mercadoria e o veículo foram apreendidos.

VEREADOR DE URÂNIA DENUNCIA USO DE MÁQUINA DA PREFEITURA EM LOTEAMENTO PARTICULAR

O vereador Juninho Fuzzeto(PROS), de Urânia, postou um vídeo em sua página no Facebook, onde mostra uma retroescavadeira da Prefeitura daquela cidade executando serviços em um loteamento particular.

O vereador disse que estava em seu escritório, quando recebeu uma denúncia sobre o uso irregular da máquina. Ele foi ao local e constatou que a retroescavadeira estava sendo operada por um funcionário da empresa responsável pelo loteamento, a MDR Construtora.

No vídeo (veja aqui), um homem diz que “pegou” a retroescavadeira enquanto os funcionários da Prefeitura almoçavam e assumiu a responsabilidade pelo uso da máquina. Também no vídeo, o vereador afirma que iria até a Delegacia de Polícia de Urânia para registrar um Boletim de Ocorrências.

A versão, ainda oficiosa, da Prefeitura é de que a máquina estava executando serviços na área institucional do loteamento e, quando o operador foi para casa almoçar, os funcionários da empresa teriam tomado a máquina “emprestada” para fazer alguns serviços, sem conhecimento da administração municipal.

As fontes do blog disseram que o operador da máquina – que já deu seu depoimento na delegacia – é um servidor antigo, com ficha limpa. De qualquer forma, o prefeito Márcio Arjol já teria adiantado que pretende aguardar as apurações da polícia, antes de tomar as providências que o caso requer. Ele prometeu emitir uma nota à imprensa, assim que a situação estiver mais clara.

MPF EM JALES APURA ATRASO EM PERÍCIAS MÉDICAS DO INSS NA REGIÃO

A notícia é da assessoria de imprensa do MPF:

O Ministério Público Federal (MPF) em Jales, no interior de São Paulo, instaurou inquérito civil para apurar possíveis atrasos nas perícias médicas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) na região. O problema tem sido causado pela falta de médicos peritos em algumas agências da autarquia.

Em Jales, por exemplo, onde existem apenas dois profissionais, os atendimentos chegam a demorar até 60 dias quando algum dos peritos está de férias. Já a agência localizada em Santa Fé do Sul não dispõe atualmente de nenhum profissional, o que obriga os beneficiários a buscarem atendimento em outros postos. A região conta ainda com agências do INSS em Fernandópolis e General Salgado.

O MPF já questionou a Gerência Executiva do Instituto em São José do Rio Preto (SP) sobre as medidas administrativas que estão sendo tomadas para não comprometer o atendimento dos usuários da Seguridade Social nestas quatro agências.

Denuncie – Com o intuito de identificar as irregularidades de forma mais detalhada, a Procuradoria da República em Jales solicita que os segurados da região que estejam com suas perícias atrasadas comuniquem o problema à unidade do MPF até as 18h do dia 28 de novembro de 2017. O contato pode ser feito por meio do telefone 17-3624-3111 ou pelo e-mail . Os segurados deverão informar nome completo e documento, a agência e a data em que foi feito o pedido do benefício ao INSS e a data para a qual foi agendada a perícia médica.

“Tais irregularidades vêm ocasionando a prestação de serviço deficiente pela autarquia previdenciária, cuja atuação impacta nos direitos sociais à previdência e à assistência social, assegurados no art. 6º da Constituição Federal”, destaca o procurador da República José Rubens Plates, responsável pelo inquérito.

TSE CONFIRMA: ZONA ELEITORAL DE JALES VAI FICAR COM APENAS TRÊS MUNICÍPIOS

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou as alterações propostas pela Resolução 413/2017, do TRE-SP, que trata da reorganização das zonas eleitorais do Estado de São Paulo. A Resolução prevê a extinção de 32 das atuais 425 zonas eleitorais paulistas e o remanejamento do eleitorado de pelo menos 28 municípios para outras zonas eleitorais.

A Resolução prevê, também, a criação da Zona Eleitoral de Urânia – que recebeu o nº 427 – com seis municípios. E é aí que Jales entra: os seis municípios – Urânia, Aspásia, Mesópolis, Paranapuã, Santa Albertina e Santa Salete – que integrarão a 427ª ZE, de Urânia, sairão exatamente da ZE de Jales, a 152ª.

E dos atuais 10 municípios que integram a Zona Eleitoral de Jales – a maior do estado em quantidade de municípios – restarão apenas três: Dirce Reis, Pontalinda e o próprio município sede – Jales. De seu lado, Vitória Brasil não ficará em Jales e nem irá para Urânia. Os eleitores do nosso ex-distrito estão sendo transferidos para a Zona Eleitoral de Estrela D’Oeste.

As alterações deverão ser implantadas até o próximo dia 1º de dezembro. Outros detalhes interessantes estarão na edição deste final de semana do jornal A Tribuna.

PF DE JALES PRENDE EX-PREFEITOS DE GUARANI D’OESTE E TURMALINA POR DESVIOS DE RECURSOS PÚBLICOS

Se eu entendi bem, a prisão do ex-prefeito de Turmalina, José Carlos Massoni, não se deu por desvios em sua administração, mas pela ligação com possíveis fraudes ocorridas em Guarani D’Oeste. A notícia é do G1:

Ex-prefeitos de Guarani d’Oeste (SP) e Turmalina (SP) foram presos na manhã desta terça-feira (7) durante a Operação Cajado, deflagrada pela Polícia Federal de Jales (SP). O G1 não conseguiu entrar em contato com a defesa dos suspeitos.

A operação investiga fraudes e desvios de recursos públicos ocorridos durante a administração do ex-prefeito Odair Vazarin, de Guarani d’Oeste.

De acordo com informações da Polícia Federal, também foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão nas casas dos suspeitos.

Odair Vazarin e José Carlos Massoni serão indiciados pelos crimes de associação criminosa, apropriação indébita previdenciária, desvios de verbas públicas, peculato e estelionato.

Ainda segundo a polícia, as investigações continuam para identificar outros membros da associação criminosa.

Todo o material apreendido será encaminhado à sede da PF e os ex-prefeitos serão interrogados e encaminhados a presídios da região de Jales, onde permanecerão à disposição da Justiça Federal.

A Polícia Federal passou a investigar os ex-prefeitos após o recebimento de uma requisição do Ministério Público Federal (MPF) sobre a instauração de um inquérito policial.

Segundo a PF, o ex-prefeito Odair Vazarin praticou fraudes durante sua administração. Estimativas iniciais da PF apontaram que os prejuízos da cidade ultrapassaram R$ 4 milhões.

Em um dos contratos suspeitos, uma empresa jurídica do Espírito Santo recebeu mais de R$ 130 mil da prefeitura por serviços que não teriam sido prestados. Parte dos valores pagos à empresa teria sido recebida pelo ex-prefeito de Turmalina, José Carlos Massoni, segundo a PF.

A polícia também identificou pagamentos suspeitos de verbas trabalhistas a assessores da prefeitura e do ex-prefeito Mais de R$ 120 teriam sido pagos em indenização de férias e licenças-prêmio, de acordo com a polícia.

O assessor jurídico da prefeitura na época teria recebido mais de R$ 70 mil, entre indenização de férias e licença-prêmio. No entanto, a polícia localizou uma viagem do servidor à Europa que não constava em pasta funcional.

SUSPEITO DE MATAR KELLY ERA FORAGIDO DE “SAIDINHA”

A revista Carta Capital deste final de semana traz na capa a manchete “Yes, nós somos bananas”. Embora a manchete faça a alusão à música do Braguinha, a matéria trata da passividade dos brasileiros, diante de tanta coisa errada acontecendo no país, sem que se ouça o som de uma única panela.

Mas, o que esperar de um país onde uma moça que mandou matar os pais é beneficiada com a chamada “saidinha” no Dia dos Pais? É o caso de nos perguntarmos, diante de casos como o da jovem Kelly, até quando teremos que aturar essa tal de “saidinha”?

A notícia é do Diário da Região:

O suspeito de matar a vendedora Kelly Cristina Cadamuro, 22 anos, que solicitou a carona por meio do WhatsApp, é foragido de ‘saidinha’ temporária. 

Segundo a Polícia Civil de Rio Preto, Jonathan Pereira do Prado foi liberado, junto a outros 1.517 detentos, do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) de Rio Preto no dia 24 de março, na primeira saidinha temporária do ano autorizada pela Justiça.

O suspeito possui diversas passagens pela polícia, incluindo crimes de roubo, estelionato e lesão corporal enquadrada na lei Maria da Penha. Dois mandados de prisão estão em aberto contra Jonathan, um expedido em fevereiro de 2013 e outro em abril deste ano, após fugir do CPP.

Jonathan está preso na Cadeia de Frutal e em depoimento na manhã desta sexta-feira, confessou ter roubado e matado a jovem durante viagem a Itapagipe.

A Polícia Civil de Frutal está tratando a morte de Kelly como latrocínio (roubo seguido de morte), embora o delegado responsável pelo caso, Bruno Giovannini de Paulo, não descarte outras hipóteses.

POLÍCIAS CIVIL E MILITAR DE SP E MG PROCURAM ASSASSINO DE VENDEDORA (E JÁ ENCONTRARAM!)

Se o calhorda fazia parte de um grupo de Whatsapp, não deve ser tão difícil identificá-lo. A notícia é do Diário da Região:

As polícias Civil e Militar de São Paulo e de Minas Gerais estão mobilizadas para identificar e localizar o assassino da vendedora Kelly Cristina Cadamuro, 22 anos, encontrada morta na tarde desta quinta-feira, 2, próximo a um córrego em uma área rural entre Itapagipe e Frutal, em Minas Gerais. 

Kelly era moradora de Guapiaçu e estava desaparecida desde a noite de quarta-feira, 1º, quando saiu para visitar o namorado, que mora em Itapagipe. Por meio de um grupo no WhatsApp, a vendedora combinou de dar carona a um homem até a cidade mineira.

De acordo com familiares, a jovem encontrou o homem na Praça Cívica, em Rio Preto, e, de lá, os dois seguiram para Itapagipe. O último contato de Kelly com a família foi por volta das 19h, quando ela parou para abastecer em um posto de combustíveis na BR-153, em Nova Granada.

Às 19h53, o carro de Kelly passou por um pedágio em Fronteira. Imagens da vendedora realizando o pagamento foram captadas pelas câmeras de segurança. Às 21h, o carro passa novamente pelo mesmo local, mas, desta vez, é um homem quem dirige o veículo.

Preocupados com o paradeiro da jovem, familiares e amigos acionaram a polícia e deram início às buscas. Na manhã desta quinta-feira, o carro dela foi encontrado entre Mirassol e Mirassolândia. O veículo estava sem as rodas, o som e sujo de terra.

O corpo só foi encontrado na tarde desta quinta, pela Polícia Militar de Frutal. Segundo o major Ivanildo Gomes dos Santos, comandante da 4ª companhia da Polícia Militar em Frutal, Kelly estava seminua, com as mãos e o pescoço amarrados e com sinais de violência. “Estamos todos mobilizados – as polícias Militar e Civil de São Paulo e Minas Gerais – para identificar e prender o autor desse crime”, afirmou o major.

A perícia técnica foi até o local onde o corpo foi encontrado para tentar encontrar pistas que possam levar ao assassino. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Frutal para passar por autópsia e, posteriormente, ser liberado aos familiares, que foram até a cidade mineira para reconhecer o corpo.

ATUALIZAÇÃO: POLÍCIA PRENDE TRÊS SUSPEITOS

Policiais da Companhia de Ações Especiais da Polícia Militar (Caep) prenderam em Rio Preto três suspeitos de envolvimento na morte da vendedora Kelly Cristina Cadamuro, 22 anos, encontrada morta na tarde desta quinta-feira, 2, próximo a um córrego, em uma área rural entre os municípios de Itapagipe e Furtal, em Minas Gerais.

A prisão dos suspeitos aconteceu na noite desta quinta. Segundo a polícia, dois dos presos são suspeitos de estarem diretamente envolvidos na morte da jovem. O terceiro preso teria sido responsável pela receptação dos objetos roubados da vítima.

O celular de Kelly foi encontrado com os presos, além de outros pertences da vendedora. Segundo a polícia, os dois homens confessaram o crime e detalharam a ação que terminou na morte da jovem.

RECORDISTA: VIAGENS DO PREFEITO DE PONTALINDA JÁ CUSTARAM R$ 61 MIL EM 2017

O Portal da Transparência Municipal mostra que o prefeito de Pontalinda, Elvis Carlos de Souza(PTB), já gastou cerca de R$ 62 mil com viagens nos primeiros nove meses deste ano. Só para que os prezados leitores tenham um ideia da gastança do viandante alcaide, nesse mesmo período o prefeito de Jales, Flá Prandi, gastou pouco mais de R$ 20 mil em viagens.

No mês de maio, por exemplo, o prefeito Elvis passou pelo menos nove dias fora de Pontalinda, o que custou aos contribuintes do município pouco mais de R$ 10 mil. Uma das viagens de Elvis, naquele mês, foi para Brasília, onde ele permaneceu durante três dias. Nesse período, ele teria participado de uma tal Marcha Municipalista.

A maioria das viagens, no entanto, foi para São Paulo. E se existe alguma pessoa que não pode reclamar de ter sido esquecida por Elvis, é a nossa conterrânea Analice Fernandes(PSDB).  O gabinete da deputada foi, seguramente, o mais visitado pelo prefeito de Pontalinda, em 2017. De acordo com os empenhos, somente em maio Elvis esteve com Analice quatro dias. E em junho ele repetiu a dose.

Em nosso outro ex-distrito, Vitória Brasil, a prefeita Ana Lúcia Olhier Módulo(PSDB) já recebeu, em 2017, cerca de R$ 43 mil em “diárias para despesas de viagens a diversas cidades para tratar de assuntos da municipalidade”. As diárias de Ana Lúcia é um assunto bastante comentado nos bastidores políticos, mas, como se vê, as peregrinações do prefeito de Pontalinda estão ficando bem mais caras.

1 2 3 4 87